Colunistas

O essencial de Florença

Por Raphael Ursino

Berço do Renascimento, Florença possui inúmeras igrejas, galerias de arte e museus com obras de arte de grandes nomes, como Leonardo Da Vinci, Michelangelo, Brunelleschi, dentre outros. Com tantas atrações, fica até difícil saber o que visitar, mas vou tentar mostrar aqui o essencial de Florença. Bora?

O essencial de Florença

O ideal é explorar Florença à pé

Florença é uma cidade para se degustar, admirar, aproveitar ao máximo cada cantinho, cada monumento e cada espaço, devido à importância que ela tem para o mundo. O Renascimento é o maior exemplo disso, uma vez que este movimento cultural, econômico, político e filosófico, surgido na Itália no século XIV, trouxe uma nova forma de pensar a arte, seus valores e suas crenças, dando início à Idade Moderna.

Portanto, para entendermos um pouco sobre esta magnífica cidade, alguns lugares são essenciais durante a visita. São eles:

Centro histórico

Com uma arquitetura sem igual, o centro histórico, por si só, já é uma obra de arte. Por lá, lindas praças, prédios monumentais e, claro, muito charme.

A começar pela lindíssima Catedral de Santa Maria del Fiore, o famoso Duomo de Florença. Só a fachada em mármore colorido já vale a visita. A construção começou em 1296. Dá pra acreditar que a catedral levou séculos para ser concluída? Além disso, este cartão postal de Florença possui a maior abóboda de alvenaria já construída, a Cúpula de Brunelleschi. O interior da igreja é lindo, onde podemos ver muitas obras de Giorgio Vasari e Federico Zuccari.

A Catedral de Santa Maria del Fiore é um dos principais cartões postais de Florença

Ponte Vecchio (Ponte Velha)

Uma galeria de joalherias e outros tipos de comercio, ou uma ponte? Essa é a pergunta que fazemos ao passear pela Ponte Vecchi, que já foi um dos centros comerciais mais importantes da cidade. Este belo cartão postal passa sobre o Rio Arno, ligando a sede da prefeitura ao Palácio Pitti. A título de curiosidade, a ponte foi a única que não sofreu danos durante os bombardeiros alemães na Segunda Guerra Mundial.

O essencial de Florença

A Ponte Vecchi já foi um dos centros comerciais mais importantes da cidade

Piazza della Signoria (Praça da Senhoria) e Galleria degli Uffizi

Linda e encantadora. Assim é a Praça da Senhoria, cercada de prédios com arquiteturas imponentes, estátuas e monumentos. É nesta praça que também fica a Galeria degli Uffizi, que dá uma verdadeira aula sobre o Renascimento, com obras de Leonardo da Vinci, Caravaggio, Botticelli, dentre vários outros.

O essencial de Florença

Palazzo Vecchio na Praça da Senhoria

 

O essencial de Florença

A Galeria degli Uffizi possui diversas obras de artistas renascentistas

Basílica di Santa Croce (Basílica de Santa Cruz)

A Basílica da Santa Cruz é considerada o Panteão das Glórias Italianas. Fundada em 1294 no estilo gótico italiano, ela abriga a sepultura de ilustres nomes da arte, como Machiavelli, Galileu Galilei, Michelangelo e outros mais.

Galleria dell’Accademia (Galeria da Academia de Belas Artes de Florença)

Para ver a bela escultura David de Michelangelo, você tem que ir à Galeria da Academia de Belas Artes de Florença. Uma curiosidade é que a obra foi planejada para ficar na frente do Palazzo Vecchio, mas para se manter conservada acabou sendo levada para a galeria.

Galeria dos Ofícios

E pra finalizar, a interessantíssima Galeria dos Ofícios. Inúmeras obras de arte de diversas épocas da história podem ser vistas no percurso. Imagina admirar “A Anunciação”, de Leonardo da Vinci, “Primavera”, de Botticelli, e muitos outros. É imperdível!

Fachada da igreja Santa Maria Novella di Firenze

Um pouco mais de Florença

Que a Itália tem uma gastronomia sem igual, ninguém tem dúvida, né? E para conhecer um pouco mais das delícias de Florença, leia esta coluna do Nenel Neto.

Ah, e se você está viajando com mais tempo pela cidade, te convido a visitar a coluna do Marcello Oliveira, falando sobre as fazendas de vinho e azeite da região.

Falar que a Itália, além de linda, é um dos países mais importantes na história da sociedade é chover no molhado. Viajar pelo país da bota é prazeroso e encantador. E se você for para a Toscana, não deixe de conhecer pelo menos o essencial de Florença.