Blog 123

SERRA GAÚCHA: TENHA UM INVERNO INESQUECÍVEL

Gramado

A temporada de inverno se aproxima e o destino brasileiro mais cobiçado entre os que pretendem aproveitar tudo o que o friozinho tem a oferecer é, sem dúvidas, a serra gaúcha. Com características socioculturais específicas, como a influência alemã e italiana, a grande produção de uvas e vinho, a famosa indústria de calçados e da moda em couro e o desenvolvido mercado turístico, a região tem tanto agito nos meses junho a setembro que acaba aquecendo os dias gelados da estação.

Para quem busca um cenário de filme, com aquela névoa branquinha digna de cartão postal e, por sorte, chegar até mesmo a ver neve em pleno Brasil, este é o lugar certo. A rota aérea é baseada, principalmente, em Porto Alegre. De lá, os dois destinos mais procurados para a serra são Gramado – praticamente a capital da região – e o Vale dos Vinhedos.

A distância de Porto Alegre até Gramado é de 115 km. Já para o Vale dos Vinhedos, cuja base é Bento Gonçalves, a distância é um pouco maior: 128 km.

Então, se você quer curtir um verdadeiro inverno sem sair do Brasil, está na hora de encher as malas com agasalhos, gorros, luvas e botas e planejar sua viagem à serra gaúcha. A 123Milhas te apresenta as principais cidades deste destino encantador. Vem com a gente!

GRAMADO

A mais clássica cidade da serra gaúcha é, claro, Gramado. Abrigada entre seus famosos pórticos nas duas entradas do município, tudo o que se encontra dentro deles é puro charme e delícias. A começar pelo chocolate artesanal. Quase todas as principais grifes brasileiras do doce nasceram em Gramado. Quilos e mais quilos do mais puro “ouro negro gramadense” são fabricados e comercializados nas mais variadas formas e apresentações. Um delírio aos sentidos e um pesadelo para quem vive brigando com a balança. É quase impossível resistir!

Passeios quase infinitos convidam o turista a gastar sola de sapato e dinheiro – já que muitas são as atrações da cidade gaúcha que cobram um valor, digamos, salgado, se compararmos com a média de gastos com passeios turísticos Brasil afora. Por isso, programe-se e planeje seu orçamento para curtir seu roteiro da forma mais mão aberta possível.

Alguns passeios são indispensáveis em Gramado: o esplendoroso Lago Negro; o encantador Mini Mundo; a Snowland – um parque de diversões indoor feito de neve de verdade; o Parque Knorr – onde encontra-se a permanente Aldeia do Papai Noel; os diversos museus de tudo o que você possa imaginar, o Jardim das Lavandas; os cafés coloniais – uma perdição culinária; as casas de fondue – outra orgia gastronômica; sem falar nos inúmeros restaurantes e bistrôs que fazem a alegria dos amantes da boa gastronomia.

A rede hoteleira é um deslumbre à parte, com inúmeras opções de hospedagens que vão do extremo luxo a abrigos para bolsos menos recheados nas charmosas pousadas. O roteiro de compras não poderia ser o mais diverso. Destaque para as lojas da charmosa Rua Coberta, para as lojas de artigos em couro legítimo e para as famosas fábricas de cristal e de perfume gramadense.

CANELA

Ao lado de Gramado fica Canela. – A cidade é tão próxima que quase não se percebe o limite entre os municípios. Entretanto, engana-se quem pensa que a cidade é só uma extensão da vizinha mais famosa. Canela tem ótimas opções de restaurantes e pousadas que não deixam nada a desejar em termos de charme e conforto com Gramado.

Boa parte das atrações mais procuradas da serra gaúcha ficam em Canela, como o Parque do Caracol – onde localiza-se a famosa cascata, cenário de filmes e novelas –, o Alpen Park, o Castelinho Caracol e o Parque Terra Mágica Florybal.

Também não faltam belas paisagens serranas. Destaque para o Parque da Ferradura e programas que envolvem muita adrenalina, com atividades como rapel, arvorismo e escalada.

CAXIAS DO SUL

Localizada no coração da serra gaúcha, Caxias do Sul é a segunda maior cidade do Rio Grande do Sul, repleta de atrações urbanas e rurais.

A cidade é um importante polo industrial metal-mecânico e ao mesmo tempo possui características da colonização italiana. São muitas cantinas e parreirais de uva no interior, além de um ambiente tradicionalista gaúcho.

Em Caxias é possível visitar vinícolas, cachoeiras, rios, museus, grutas, santuários ecológicos e cânions. Também se pode vivenciar o tradicionalismo gaúcho e italiano, unidos às belas paisagens do sul e a excelente culinária da região.

NOVA PETRÓPOLIS

Também conhecida como Jardim da Serra Gaúcha, Nova Petrópolis ostenta esse título porque em cada recanto da tranquila cidadezinha colonizada pelos alemães há espaços floridos. Não é à toa que a Praça da República, no coração da cidade, é chamada de Praça das Flores, por conta da grande variedade de cores e de espécies.

Outra característica marcante de Nova Petrópolis é a gastronomia. A terra do café colonial reúne muitos dos mais conhecidos restaurantes estrelados do país quando o assunto gira em torno das típicas receitas caseiras italianas e alemãs. Nas mesas, os fartos banquetes vão além de cucas, pães, geléias e folhados. A cidade é também a capital das malharias na Serra Gaúcha. Aproveite para fazer boas caminhadas pela Avenida 15 de Novembro, repleta de lojas de malhas e de artefatos em lã e couro.

BENTO GONÇALVES, GARIBALDI E CARLOS BARBOSA

Por concentrar uma intensa atividade vitivinícola, Bento Gonçalves foi declarada a capital brasileira do vinho, um destino repleto de roteiros por onde os primeiros imigrantes italianos iniciaram o cultivo da uva. Mas não é só de vinho que vive Bento Gonçalves. Há cinco roteiros turísticos pelo interior do município que valem muito a pena: Caminhos de Pedra, Vale dos Vinhedos, Cantinas Históricas, Vale do Rio das Antas e Encantos de Eulália.

Além dos roteiros, Bento Gonçalves conta com o Parque Cultural Epopeia Italiana, uma área coberta composta por nove cenários que remontam a história da colonização italiana na região. E é de Bento Gonçalves que parte o clássico e animado passeio de Maria Fumaça pela Serra Gaúcha. Já na estação, o passeio começa com distribuição de suco de uva, vinhos e espumantes. A viagem é toda regada à boas bebidas e embalada por shows interativos de música e teatro, com predominância para a exaltação das tradições gaúchas. As duas horas de viagem mal são percebidas, tamanha animação dos grupos folclóricos que “invadem” os vagões e às paradas estratégicas para o reabastecimento dos viajantes com muita bebida.

A Maria Fumaça passa pela cidade de Garibaldi e termina na cidade vizinha Carlos Barbosa. Aproveite o embalo para comprar uma infinidade de utensílios para a casa diretamente na fábrica da Tramontina. O trajeto inverso, de Carlos Barbosa até Bento Gonçalves, também é possível ser feito. Independentemente do ponto de partida, o passeio de Maria Fumaça é absolutamente imperdível para quem visita a Serra Gaúcha.

E então? Após ler tudo isso você se apaixonou ainda mais pelos encantos da Serra Gaúcha e decidiu curtir a temporada de inverno por lá? Então está na hora de planejar tudo e aproveitar todo o romantismo da estação para uma viagem a dois com seu par perfeito. Que tal? Para as passagens aéreas, deixe conosco! Aproveite já os nossos preços imperdíveis!

Vem voar com a 123Milhas

Gostou? Compartilhe:

Comentários