Tem que ir para Brasília - Blog 123Milhas
Tem que ir para Brasília

Tem que ir para Brasília

01 de dezembro de 2021

Planejada pelo famoso arquiteto Oscar Niemeyer e pelo engenheiro Joaquim Cardozo, a capital federal encanta os turistas pelas construções modernas e singulares. Mas não é apenas isso. Quer saber mais? Vem com a 123Milhas e descubra por que você tem que ir para Brasília!

Além de conhecer prédios tão autênticos, o destino permite embarcar na história do Brasil a partir da década de 60. Cada lugar da cidade é uma experiência de arte, cultura e conhecimento.

 

Congresso Nacional

Famoso cartão-postal brasileiro, o Congresso é a sede da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. É formado por duas torres idênticas de cem metros de altura e duas cúpulas, cujo posicionamento não foi por acaso.

O Congresso Nacional é o símbolo de Brasília.

O Senado Federal ocupa a cúpula côncava. A que está “virada para baixo” é a menor e transmite a ideia de ponderação. É lá que são aprovadas as leis federais. Já a cúpula convexa, “virada para cima”, abriga a Câmara dos Deputados e indica que está aberta às ideias, ideologias e opiniões do povo brasileiro.

Além de apreciar a construção do lado de fora, você pode conhecer o interior. As duas cúpulas têm visitas guiadas aos espaços principais. O horário vai das 9h às 17h30, com grupos saindo a cada meia hora. O passeio acontece às segundas, quintas, sextas, sábados, domingos e feriados.

 

Palácio do Planalto

Sede do Poder Executivo Federal, abriga o Gabinete Presidencial, a Casa Civil e outros órgãos da presidência da República. O prédio se assemelha a uma caixa de vidro com colunas curvas na fachada. O palácio parece estar suspenso por ficar entre a base e o topo das colunas. No entorno há uma piscina refletiva com 1.635 metros quadrados e 110 centímetros de profundidade.

A sede do Poder Executivo Federal fica no Palácio do Planalto.
Créditos: Governo Federal

As visitas ao Palácio do Planalto acontecem somente aos domingos. O horário vai das 9h30 às 13h com grupos saindo a cada hora. O passeio é gratuito, e as visitas devem ser marcadas no site da presidência.

 

Pontão do Lago Sul

O Pontão do Lago Sul é um complexo de lazer muito frequentado por moradores e turistas que costumam aproveitar bastante o espaço. É o melhor lugar da cidade para apreciar o pôr-do-sol. Fica às margens do Lago Paranoá, onde acontecem atividades aquáticas. O passeio inclui ótimos restaurantes, jardins, parquinhos e um calendário de eventos supercompleto, com shows, feiras e exposições.

O Pontão fica na orla do Lago Paranoá.

O acesso é gratuito e acontece de domingo a quinta e aos sábados, das 7h à meia-noite.

 

Palácio da Alvorada

A residência oficial do presidente da República é o Palácio da Alvorada. Pelo posicionamento das pilastras, também parece que não toca o chão. Há um espelho d’água no entorno que reflete todo o prédio, com algumas esculturas.

Há esculturas na piscina ao redor do Palácio da Alvorada.
Créditos: Empresa Brasileira de Comunicação

É possível visitar algumas partes do Palácio, como salas de reunião, biblioteca, capelinha, jardim e piscina. O passeio é superconcorrido e acontece somente às quartas-feiras, das 15h às 17h. A partir das 13h começa a distribuição de cerca de 300 senhas. O atendimento é por ordem de chegada. Se você tiver interesse, é recomendável chegar cedo para conseguir uma entrada.

 

Esplanada dos Ministérios

Vasto gramado com 17 prédios que abrigam os ministérios e demais órgãos do Poder Executivo. A Esplanada tem 16 quilômetros de extensão. Vai da Rodoferroviária até o Congresso Nacional. Ao longo da via, estão importantes edifícios, como a Catedral, Memorial JK, Setor de Divulgação Cultural (com o Planetário, Estádio Mané Garrincha, Complexo Cultural Funarte e Parque da Cidade), Torre da TV, praça, palácios, etc.

É onde se concentram as principais atrações arquitetônicas da cidade. Imperdível!

A Esplanada dos Ministérios termina com o Congresso Nacional.

 

Catedral Metropolitana

A imponente Catedral impressiona com seus 16 arcos e belíssimos vitrais. É considerada uma das mais importantes obras de Niemeyer. Foi com ela que o principal arquiteto brasileiro ganhou o prêmio Pritzker – equivalente a um Nobel para arquitetos.

Niemeyer ganhou o prêmio Pritzker com a Catedral Metropolitana.

No exterior, há quatro estátuas de bronze de três metros de altura que representam os Quatro Evangelistas do cristianismo (Mateus, Marcos, Lucas e João) e um campanário com quatro sinos.

A Catedral Metropolitana é um dos pontos mais visitados pelos turistas e impressiona principalmente pelos vitrais coloridos, que são iluminados pelo sol. As visitas acontecem de terça a domingo, das 8h30 às 17h. Para quem quiser assistir a uma missa, pode ir de terça a sexta, às 12h15, aos sábados, às 17h, e aos domingos, às 10h30 e às 18h.

 

Ponte Juscelino Kubitschek

A Ponte JK é um dos cartões-postais de Brasília mais fotografados pelos turistas. Tem 1,2 quilômetro de extensão e arcos com 62 metros de altura! O projeto é do arquiteto Alexandre Chan, conhecido pela Ponte do Saber no Rio de Janeiro.

Fica sobre o Lago Paranoá e liga as regiões Lago Sul, São Sebastião e Paranoá à parte central da cidade. Além do acesso para carros, a ponte tem passarelas para pedestres e ciclistas.

Além dos três arcos assimétricos, a ponte impressiona pela iluminação noturna, com diversas lâmpadas e luminárias. É de tirar o fôlego!

A Ponte JK impressiona com a iluminação noturna.

Deu vontade de viajar? Que tal saber mais sobre a capital federal brasileira? Descubra tudo o que você tem que conhecer em Brasília com a 123 Milhas!

Drones

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!