Colunistas

Três sugestões para comer gostoso pagando pouco em Ouro Preto

Por Nenel Neto

Ouro Preto já teve o dobro da população de Nova Iorque.

Pode acreditar! Em 1730, a antiga capital de Minas Gerais chegou a ser a maior cidade da América Latina.

É claro que os tempos mudaram e, hoje, Ouro Preto, não tem mais este poderio.

Mesmo assim, a cidade continua a despertar a curiosidade de turistas de todo o planeta, afinal, a história do Brasil passa por este local e, desde 1980, a antiga Vila Rica é considerada Patrimônio Histórico Mundial pela UNESCO.

Com toda esta fama, Ouro Preto pode se tornar uma pegadinha para turista. A não ser que você saiba aonde ir. Principalmente quando o assunto é comida.

Tá com pouca grana ou quer somente economizar? Então esta coluna servirá perfeitamente pra você.

A seguir, três locais pra você comer gostoso e gastar bem pouquinho.

Lanchonete Garapinha

Este é um daqueles lugares para comer um belo prato feito servido em pequena travessa, que vai te deixar feliz sem estourar o orçamento.

Basicamente, os clientes do local são moradores da cidade.

A cada dia, um prato é servido. Tem tutu, tropeiro, bife de porco e por aí vai.

Fundada em 1958, a Lanchonete Garapinha também vende salgados e, como boa venda mineira, queijos e doces típicos da região.

Endereço: Praça Reinaldo O. Alves de Brito, 77 (próximo à Casa dos Contos).

Bar Barroco

A coxinha mais famosa do Brasil não está no Rio, em São Paulo, em Porto Alegre ou em Beagá.

É em Ouro Preto que o mais brasileiro dos salgados enlouquece os fãs da iguaria.

A coxinha de galinha do Bar Barroco é diferente. Ela tem massa amarelinha e o seu recheio leva coxa e sobrecoxa, ao invés do peito, que é mais ressecado. E nada de requeijão!

O melhor de tudo é que ela não é grande. Ou seja, dá pra comer duas ou até três.

O Bar Barroco é ponto de estudantes da cidade. Só vá e seja feliz.

Endereço: Praça Pref. Amadeu Barbosa, 51 – Barra.

Bar do Bartim

Essa dica é para os profissionais. O Bar do Bartim não tem redes sociais nem localização no Instagram. Mas é um espetáculo.

É daqueles botequins que têm cachorro na porta e tudo mais.

Da pequena vitrine sobre o balcão saem um esplendoroso torresmo e outros tira-gostos clássicos, como fígado de galinha.

Anote aí o endereço: Rua Bernardo Vasconcelos, 85.