Colunistas

Delícias de Beirute, a capital do Líbano

Por Nenel Neto

Beirute, capital do Líbano, é uma cidade milenar. Rica culturalmente e cheia de atrações, como museus, boates, bares e restaurantes, a cidade tenta se reerguer das históricas e irreparáveis explosões no porto da cidade, ocorridas em 2020. Apesar das tragédias, há o que se comemorar. Um exemplo é a culinária libanesa, tão amada pelos brasileiros. E na coluna de hoje vamos conhecer duas delícias de Beirute, a capital do Líbano.

Shawarma e falafel são dois pratos clássicos do Oriente Médio. Quer experimentar essas delícias de Beirute, a capital do Líbano, quando visitar a cidade? Então seguem os dois melhores locais para isso. Papel e caneta na mão e vamos lá!

Para comer falafel

Falafel é um bolinho de grão de bico frito e temperado com alho, cebola e, às vezes, coentro. Cada lugar tem sua própria receita, que pode ser feita com favas também. Alguns usam uma mistura delas com grão de bico.

Clássico da cidade é o restaurante Falafel Freiha, aberto em 1945.

Produzido com favas, o falafel da casa é 100% vegetariano com exterior estaladiço e interior fofo e suculento.

A receita já está na terceira geração e pode se dizer que, com o tempo, atingiu a perfeição. Não à toa, o local é um dos mais procurados por turistas.

Em 2015, Falafel Freiha recebeu o certificado de excelência do TripAdvisor, site de viagens que compartilha as opiniões de seus usuários.

Experimente o sanduíche com falafel, pepinos e nabos em conserva. Você não vai se arrepender.

Falafel Freiha
Endereço: Al Salam Street (em frente ao shopping ABC) – Ashrafieh.
O que pedir: Falafel.

Para comer shawarma

Um dos melhores locais para comer shawarma, não só no Líbano, mas em todo o Oriente Médio, é o Barbar, lanchonete aberta em 1979 no coração de Beirute, em plena guerra civil que assolou o país.

Shawarma é um sanduíche preparado a partir de uma carne assada no espeto, geralmente cordeiro ou frango. Ela é cortada em fatias finas como papel e depois colocada em pão pita e coberta com salsinha picada, cebola e molho de alho.

A versão de frango do Barbar é épica. Marinada com cardamomo e canela, ela atrai multidões, incluindo cantores, artistas e celebridades locais que se apresentaram no finado teatro Piccadilly, que ficava nas redondezas.

O sucesso de Barbar é tanto que ele se tornou uma rede, com restaurantes na Arábia Saudita, no Egito, no Catar e em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Barbar
Endereço: Piccadilly Street – Hamra.
O que pedir: Shawarma.