Blog 123

PORTUGAL: (RE)DESCUBRA ESTE DESTINO EUROPEU

Por muito tempo Portugal foi um destino na Europa pouco quisto pelos brasileiros, já que visitar países de línguas diferentes parecia muito mais… interessante. Acontece que esse cenário vem mudando, e não só para o público brasileiro: até os europeus estão dando mais atenção à Portugal, já que o clima do país (e as praias paradisíacas) é o principal fator de contraste desse destino em relação a muitos outros do continente.

Outros possíveis fatores do aumento da visitação de Portugal por turistas da Europa e de outras localidades são o longo verão, com temperaturas agradáveis, o mar convidativo em vários meses do ano (e não só na estação mais quente), o turismo religioso, com cidades inteiras voltadas a esse propósito e, claro, a gastronomia rica da terrinha, que vai do bacalhau aos doces em uma cadência incrível de gostosuras.

Se você está estudando a possibilidade de visitar Portugal, faça isso o quanto antes: pequenininho (com apenas 10 milhões de habitantes) e muito simpático, além de ser lindo, o país é uma das escolhas mais baratas da Europa, compensando totalmente o investimento e dando retorno certo no custo-benefício.

Nossa dica é separar quinze dias para desbravar, de norte a sul, as terras portuguesas. E, se possível, alugar um carro para fazer isso: são cerca de 700km de estradas cinematográficas (e muito seguras) para andar por todo território sem perder nenhum detalhe.

Veja nesse roteirão que construímos para você o que não dá pra perder, de jeito nenhum, na sua próxima oportunidade de conhecer de perto o país que colonizou o Brasil.

Principais pontos turísticos de Portugal

Com dez milhões de habitantes e menos de 1000 km de extensão de ponta a ponta, Portugal é um país todo turístico: ao invés de dedicar seu tempo de visita a apenas uma cidade, considerando apenas os pontos importantes dela, o ideal é fazer um roteiro com várias localidades para tirar o melhor proveito possível da experiência.

E, como dissemos ali em cima, a melhor forma de conhecer o destino nos mínimos detalhes é viajando de carro, que pode ser alugado no aeroporto de Lisboa ou no Porto, outra cidade que os turistas (principalmente brasileiros) gostam muito.

Em Portugal há opções de turismo para todos os gostos, então faça um roteiro com o que mais tem a ver com os seus desejos de viagem: circuito de praia, visitas em vinícolas, peregrinação religiosa, degustações… assim, a experiência fica mais personalizada e divertida. As principais cidades do país para que você fique de olho são Lisboa, Porto, Cascais, Fátima, Sintra e Óbidos, mas dá pra descobrir muita coisa bacana no roteiro entre elas.

Listamos abaixo os principais pontos turísticos de Portugal dentro dessas opções de personalização para deixar seu planejamento de viagem mais focado.

Em Lisboa

Torre de Belém: considerado Patrimônio Mundial da Unesco, um dos fortes do país em seus primórdios é hoje parada obrigatória do turista atento.

Nice view of the Tower of Belém in Lisbon (Portugal)

Em Fátima

A cidade é toda turística, um dos maiores marcos da peregrinação católica no mundo. Os religiosos rumam para pontos como o Santuário de Fátima e a Capela das Aparições, fazendo com que boas energias e muita fé fluam pelo local.

Perto de Fátima fica a cidade litorânea de Nazaré que é conhecida mundialmente por suas ondas gigantes, melhor apreciadas durante o inverno europeu (de outubro a fevereiro). Nessa época do ano as ondas podem chegar a 22 metros – o que faz o lugar ser perfeito para campeonatos de surf de todos os estilos.

Nazaré tem também falésias, restaurantes especializados em frutos do mar e um farol que vale a visita, mesmo em dias em que as ondas gigantes resolvem não aparecer.

Sanctuary of Fatima, Portugal.

Em Sintra

Sintra é uma vila que fica muito perto de Lisboa e vale a visita por seu charme pitoresco, surpreendente e bem romântico. Por lá, visite o Palácio Nacional da Pena, que é nada menos do que o monumento mais visitado de todo o país, e enche os olhos pela vista que promove: de frente para o mar, você vai se perder nas paisagens e histórias dessa edificação incrível.

Em Porto

A região do Douro é parada obrigatória para quem quer conhecer Portugal em todas as suas nuances, principalmente as gastronômicas. É nesse lugar que você vai conhecer o melhor da cozinha portuguesa e apreciar os tão famosos vinhos do Porto, já que a região é repleta de vinícolas que produzem a bebida há mais de dois mil anos.

A melhor parte é que esse pedaço da viagem pode ser feita de duas formas diferentes, onde você escolhe a que mais se assemelha a seu perfil: de carro, estabelecendo seu próprio ritmo para conhecer a região toda, ou de barco, em um mini cruzeiro que pode durar um ou mais dias, dependendo das suas intenções.

Além da arquitetura, da gastronomia e da religião, um dos principais chamarizes do turismo português são suas praias, com cores incríveis e paisagens de tirar o fôlego.

Diferentemente de regiões do Brasil como o Nordeste, onde as águas costumam ser bem quentes durante o verão, em Portugal a temperatura da água é de amena a gelada, dependendo da época do ano. Contudo, ainda parecem bem interessantes aos europeus, acostumados a temperaturas abaixo de zero e dias chuvosos.

Porto, Portugal

Por isso, quando for visitar as praias de Portugal, não estranhe caso veja enorme movimentação em alguma delas: ainda que os peixes, os vinhos e a história sejam programas turísticos obrigatórios, são nas praias que a gente vê a maior concentração de gente de outras localidades.

Veja as 10 principais – e imperdíveis – praias do litoral português:

     Moledo (Caminha): é considerada uma das melhores praias da zona norte de Portugal e atrai muita gente interessada em seu efeito terapêutico, já que as águas dessa praia têm grande presença de iodo. Windsurfe e bodyboard são esportes náuticos comuns em Moledo;
     Apúlia (Esposende): de enorme beleza natural, é repleta de dunas e moinhos que transportam o turista no tempo. Venta forte nessa praia, o que deixa a visita poética, uma vez que os moinhos ficam em constante movimento;
     São Jacinto (Aveiro): essa praia fica dentro da reserva natural de São Jacinto, sendo considerada uma das mais bonitas de todo o país. Para chegar à localidade de maneira mais tranquila, vá na balsa que atravessa a Ria de Aveiro, uma vez que o caminho de carro pode ser um pouco mais longo;
     Osso da Baleia (Pombal): essa é uma das praias de Portugal totalmente otimizadas para agradar os turistas, com passarelas de madeira facilitando o acesso e uma paisagem de tirar o fôlego. Como é uma praia escondida pelas dunas, o destino se torna um pouco mais “desértico”, apesar de estar apinhado de gente;
     Galapos (Setúbal): um pedaço de litoral circundado pela Serra da Arrábida, a praia de Galapos tem mar azul de águas cristalinas e areia quase branca. Esse cenário permite o mergulho e a caça submarina, já que a observação do fundo do mar é facilitada pelos tons da água;
     Figueirinha (Setúbal): também em Setúbal, essa praia é perfeita para quem gosta de entrar na água e se esquecer da vida, já que o mar é bem calmo e, durante a maré baixa, bancos de areia emergem, formando piscinas naturais para adultos e crianças. Seu complexo conta com estacionamentos, restaurantes e lojas de aluguel de escorregador e boias infantis;
     Praia da Comporta (Grândola): essa praia está nos limites da Reserva Natural do Estuário do Sado, que já vale a visita, e fica a sul da Península de Troia. Tem infraestrutura que permite ao turista passar o dia todo na areia, comendo e bebendo bem, sem se preocupar com o mundo ao redor;
     Praia Grande (Odemira): o nome oficial é Praia de Almograve e essa é, também, uma das mais belas praias da costa portuguesa. Dividida entre rochas, falésias e dunas, a aventura para a descoberta desse pequeno pedaço de paraíso começa na escolha por onde passar para chegar até ela. Lá, não se preocupe com a estadia: há restaurantes e banheiros com chuveiro para garantir o conforto do turista;
     Praia da Rocha (Portimão): é um dos pontos turísticos mais requisitados de Algarve, com um quilômetro de extensão e infraestrutura completa para receber os turistas que abarrotam suas areias, especialmente durante o verão europeu. É uma das poucas de Portugal que oferece como aditivo boas opções de vida noturna, com bares, baladas e até um cassino para garantir a diversão dos maiores de 21 anos;
     Praia da Marinha (Lagoa): fechando nosso roteiro litorâneo esta essa praia que, de beleza natural sem comparação, está na lista das 100 praias mais bonitas do mundo. O acesso ao mar é feito por rochas ou túneis naturais, além de falésias, que podem render as melhores fotos da sua viagem.

Como você pode perceber, Portugal tem pontos turísticos que vão desde os marcos históricos até o intenso contato com a natureza, permitindo roteiros para todos os gostos e bolsos. Não perca a oportunidade de conhecer essas opções mais de perto e fazer as melhores escolhas para uma viagem inesquecível.

Onde se hospedar em Portugal

A escolha pela hospedagem portuguesa começa na definição do seu roteiro e, principalmente, de quanto você quer gastar durante a viagem. Afinal, como é comum na Europa, as opções vão desde os hostels bem baratos até os hotéis de extremo luxo.

Definir a prioridade de conforto e os lugares pelos quais você quer passar são as principais etapas da escolha da hospedagem. As diárias podem variar de 14 euros a noite (em albergues e hostels, principalmente em quartos coletivos) a 1.600 euros em hotéis de luxo, com quarto de casal e banheiro privativo.

O que comer em Portugal

Nem só de bacalhau e pastel de Belém vivem os portugueses: a culinária do país é uma das mais apreciadas do mundo por sua variedade de pratos salgados e doces e a harmonização com os famosos vinhos locais.

Os vinhos, aliás, são um diferencial até mesmo nos supermercados: é fácil entrar em um estabelecimento e encontrar garrafas de rótulos incríveis ao preço de dois euros. Se for optar pela compra no supermercado e apreciação em casa, não se esqueça dos pães portugueses, que são deliciosos, e das azeitonas e dos queijos locais, que vão acompanhar a bebida em grande estilo.

Restaurantes com o melhor da comida portuguesa são encontrados por todos os lados com valores interessantes a todos os tipos de orçamento. Aliás, vale lembrar que Portugal é um dos países mais baratos da Europa quando o assunto é comida, já que uma refeição com entrada, prato principal, sobremesa e um café para fechar a experiência pode sair pelo preço médio de 15 euros.

Apesar de a língua ser a mesma, cuidado com as expressões para não pedir a refeição errada! A refeição acima é chamada de almoço, como aqui no Brasil, mas se for muito para você não peça um “pequeno almoço”, já que essa expressão é usada para designar o café da manhã.

Portuguese cuisine - Bacalhau com todos, Portugal dishes, Top view. Portuguese cuisine – Bacalhau com todos, Portugal dishes, Top view.

Quanto custa visitar Portugal?

Com tanta economia de hospedagem e refeições o preço da sua viagem vai depender da época do ano (verão europeu, de maio a agosto, é considerado alta temporada) e do tempo de estadia. Geralmente é interessante optar por sete a quinze dias de viagem, sendo sete se você quiser conhecer cidades específicas com transporte facilitado e quinze se você quiser rodar por praias e vinícolas do país.

Na Europa, a estimativa média de gastos por dia (contando hospedagem, alimentação, transporte e visita a pontos turísticos) é de 70 euros, mas sugerimos que você estabeleça o teto de 100 euros diários para sobrar um tantinho para lembrancinhas e, claro, doces portugueses!

Como ir para Portugal com a 123Milhas?

Se você amou essas dicas e mal pode esperar para visitar Portugal, lembre-se de pesquisar as passagens aéreas com antecedência. Na 123Milhas elas podem estar disponíveis com até 50% de desconto, o que te garante um troquinho a mais para gastar durante a viagem dos sonhos, e não no transporte até ela.

No site, pesquise principalmente os valores para os aeroportos de Lisboa e Porto, que são os principais, e lembre-se que o aeroporto de Lisboa também é uma boa pedida para quem vai viajar para outros países da Europa, já que as tarifas para a cidade costumam ser mais baratas do que para Berlim, Londres e Amsterdam, por exemplo.

Tem mais alguma dúvida sobre turismo em Portugal? Deixe suas perguntas nos comentários e vamos juntos desbravar esse país incrível!

Gostou? Compartilhe:

2 respostas para “PORTUGAL: (RE)DESCUBRA ESTE DESTINO EUROPEU”

    • Realmente Ana, Portugal é um lugar maravilhoso! Ficamos felizes com seu feedback e agradecemos muito pelo seu carinho!

Comentários

%d blogueiros gostam disto: