Todos

Tem que conhecer em Guarujá

Guarujá, destino turístico amado pelos paulistas recebe gente do país inteiro. Um balneário com uma natureza exuberante repleta de trilhas, cachoeiras e morros com mirantes para curtir um belo entardecer. Este texto é um guia completo para você organizar a sua viagem com tudo o que você tem que conhecer em Guarujá!

As praias de Guarujá sempre surpreendem o visitante pela diversidade, agradáveis para todos os gostos. Há praias calmas para curtir com toda a família. Outras com ondas ao gosto dos surfistas. É preciso acordar cedo para aproveitar tantos passeios, como de barco, mergulho e voo de parapente.

Até mesmo quem não é católico vai gostar de visitar a Ermida de Santo Antônio do Guaibê, que é uma das primeiras igrejas do Brasil. As ruínas são lindas! 

Outra atração turística é o Forte de Vera Cruz de Itapema, localizado no distrito de Vicente de Carvalho. Construído de rochas, a fortificação controlava o acesso das embarcações ao porto de Santos e protegia a cidade das invasões piratas. Hoje é um belo lugar para se fotografar e ver o pôr-do-sol. 

Bora planejar a viagem com todos os lugares que você tem que conhecer em Guarujá?! 

Praias 

O mar é o lugar ideal para recarregar as energias de qualquer pessoa. Quando o destino turístico oferece desde infraestrutura a praias virgens, com estrutura completa de lazer, a temporada a beira-mar deixa recordações inesquecíveis. Esse é o caso do Guarujá. Conheça suas praias:   

Praia da Enseada 

Com 7 km de extensão, a maior faixa de areia branca e de mar calmo no Guarujá fica na Praia da Enseada. É lá também que fica a melhor infraestrutura turística do balneário. Mesmo nos dias mais cheios, a areia acomoda todo mundo com espaço livre de aglomeração. 

O lado esquerdo da praia é onde fica lotado de crianças por causa da piscina natural formada durante a maré baixa. As atrações são para todos os gostos. Cercado por coqueiros, o calçadão permite a prática agradável de esportes, como andar de bicicleta na ciclovia. 

Bastante urbanizada, a orla conta com restaurantes, baladas, comércio, hotéis e pousadas. É também na Praia da Enseada onde fica o “Acqua Mundo”, maior aquário de água salgada da América do Sul. 

A Praia da Enseada é bem movimentada de dia e à noite

Praia do Guaiúba

As águas transparentes da Praia do Guaiúba atraem muitos banhistas e quem deseja mergulhar ao redor da Ilha do Mato. Ainda que pequena e cercada de vegetação preservada, a praia oferece infraestrutura confortável para os visitantes. 

As ondas ficam mais fortes em  julho, ideais para a prática de surf e pesca de arremesso. Portanto é preciso redobrar os cuidados para tomar banho de mar. Algumas pessoas acreditam que a praia é fechada à visitação por causa dos condomínios nos arredores. Contudo, é aberta ao público. Então, pode marcar no seu roteiro. 

O nome da Praia do Guaiúba é indígena tupi-guarani e significa “local de águas agitadas”

Praia das Astúrias 

Um pequeno paraíso de águas tranquilas e areia branca e fininha. Assim é a bem movimentada Praia das Astúrias, com seu um quilômetro de extensão. Não menospreze o seu tamanho. Vale passar pelo menos um dia por lá. 

A praia chama atenção por sua limpeza e boa infraestrutura. Também é conhecida pela história de dois ex-marinheiros do Navio Príncipe das Astúrias que abriram um bar no local. Vá lá descobrir se é conto de homem do mar ou não! O certo é que é uma das melhores praias do Guarujá. 

Rodeada por quiosques e prédios, a Praia das Astúrias é ideal para uma tarde em família. Créditos: Portal Guarujá

Praia do Tombo

A Praia do Tombo é a praia dos surfistas no Guarujá. Só para ilustrar, o próprio nome já diz que é o lugar para quem praticar surf: um mar de ondas constantes e fácil de levar um tombo da prancha. 

Ao mesmo tempo é a praia mais badalada pela galera jovem paulista. Repleta de campeonatos, nacionais e internacionais, de surf o ano inteiro. A praia é point da descontração e da noite mais animada da cidade, com bares e quiosques sempre lotados por todas as tribos. 

A Praia do Tombo recebeu o selo Bandeira Azul por possuir ótima qualidade da água

Praia das Pitangueiras

Localizada no centro da cidade, a Praia das Pitangueiras é uma das mais procuradas pelos turistas. Ela vive movimentada por causa da ótima infraestrutura com bares, lanchonetes, restaurantes, shopping, hotéis e pousadas. É onde você encontra artesanato para levar para casa. 

Suas águas são claras e calmas de um lado e de outro é própria para o surfe. É uma praia que agrada toda família. No canto esquerdo é possível ver a beleza de toda a orla do Píer Tony Villela. 

Praia das Pitangueiras é um destino movimentado no Guarujá, por estar no centro da cidade

Praia de Pernambuco e do Mar Casado

Quando a maré está alta, as águas das Praias do Morro do Mar Casado e de Pernambuco se juntam numa só praia. Na maré baixa, as águas se separam deixando a Ilha do Mar Casado com duas praias. O lado esquerdo é onde o mar é calmo e bom para banho. Viva essa experiência!

Legenda: A Praia do Mar Casado é muito procurada por famílias com crianças por conta do mar tranquilo e sem ondas. Créditos: Portal Guarujá

Conhecida por seus condomínios luxuosos, a Praia de Pernambuco é cercada por rochas e vegetação nativa.  Atrai muitos visitantes pela grande oferta de atrativos, como stand up paddle, aluguel de pranchas e passeio de banana boat. As próprias barracas oferecem cadeiras e guarda sol, além de cardápio variado de petiscos e bebidas. 

A Praia de Pernambuco ocupa o posto de queridinha por muitos turistas

Praia do Éden

Caminhada, trilha e mergulho são as principais atividades feitas na Praia do Éden. Como um paraíso escondido que é, essa praia é lugar de sossego e contemplação da mata atlântica e do mar de águas claras.  

O pequeno reduto natural está localizado entre as praias da Enseada e de Pernambuco. Ainda fica dentro do condomínio Sorocotuba e seu acesso é feito por trilha. 

A Praia do Éden é um pequeno paraíso de mata atlântica e mar agitado. Créditos: Portal Guarujá

Praia Branca 

Ideal para quem deseja escapar das praias urbanas e cheias do Guarujá, a Praia Branca é outro paraíso. Fica na Serra do Guararu, entre o município e Bertioga, numa região de mata atlântica preservada. 

A Praia Branca é reconhecida como uma das mais encantadoras de Guarujá, muito procurada para quem busca tranquilidade e natureza. A praia rústica conta com campings e pousadas simples, comuns em vilas de pescadores. A população é muito hospitaleira. 

O mar da Praia Branca agrada os surfistas que procuram águas agitadas. Nas altas temporadas fica cheio deles, ao som de muita música e baladas. Mas, normalmente, é uma praia tranquila. As águas são calmas e boas para banho de mar nas suas extremidades. Dá para curtir com a  família. 

A Praia Branca é de fácil acesso por trilha que começa na divisa com Bertioga

Espaços culturais

Famosa por suas praias, mas nem só isso. Guarujá também é embelezada por fortes, museus e igrejas. Cenário perfeito para conhecer a história e cultura local para além do mar, entre um passeio e outro. Separamos algumas paradas imperdíveis. Passe por lá! 

O roteiro de viagem para Guarujá é rico em possibilidades

Fortaleza da Barra Grande

A fortificação branca de estilo espanhol já é vista desde a Baía de Santos. Construída pela coroa espanhola em 1584, o monumento histórico foi criado para combater piratas ingleses e holandeses, durante o domínio espanhol. 

Destaque na Ilha do Guarujá, a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande é um lugar encantador e a vista de lá é excelente. Mantém um pequeno museu no seu interior para visitação sob agendamento. O acesso é por estrada de terra ou por embarcações. A fortaleza fica aberta de terça a sábado, das 9h às 17h. 

O monumento foi construído para combater piratas

 Ruínas da Ermida de Santo Antônio do Guaibê

Quem deseja explorar Guarujá precisa inserir as ruínas da capela Ermida de Santo Antônio do Guaibê na rota. Construída no século XVI, junto ao canal de Bertioga, o templo foi uma das primeiras igrejas do Brasil. Era lá que o Padre Anchieta catequizava a população indígena. 

A construção chama atenção, feita com pedras de sambaquis e óleo de baleia com conchas. O caminho para chegar nas ruínas é lindo, em meio a uma área preservada da mata atlântica. É maravilhoso! Vá lá! 

O passeio ecológico e cultural nas ruínas da capela também rende vista espetacular do mar. Créditos: Portal Guarujá

Pavilhão da Maria Fumaça 

Instalado no centro de Guarujá, o espaço conta com a locomotiva Maria-Fumaça que foi utilizada para facilitar o acesso de pessoas à cidade no passado. É um ótimo passeio para as crianças e quem nunca andou ou nem viu um trem do século XIX. 

Criada nos Estados Unidos para transporte de passageiros, a locomotiva a vapor funcionou por mais de 50 anos, até a ferrovia da cidade ser desativada. Hoje é lembrança do passado. A visitação acontece de terça a domingo, das 9h às 17h. 

Visite o Pavilhão da Maria Fumaça. Créditos: Portal Guarujá

Ilha dos Arvoredos 

Localizada a 1,6 quilômetros da Praia de Pernambuco, na ilha funciona um centro de tratamento para animais marinhos e um sistema autossustentável de água potável, com captação de água de chuva e energia elétrica. 

A Ilha dos Arvoredos possui 37 mil metros quadrados em uma área de preservação linda, propícia para mergulho, contemplação da natureza e belíssimas fotografias. 

Morro da Campina

O nascer do sol é mais bonito do  Morro da Campina. Essa é a fama do mirante, mais conhecido como “Morro do Maluf”. Localizado no final da Praia das Pitangueiras, oferece uma vista deslumbrante das praias do Guarujá, em especial para a Praia da Enseada.

Os 100 metros de altura do mirante também o colocam entre um ponto muito  procurado pelos praticantes de rapel e de voos livres.

Mergulho e a deslumbrante natureza atraem turistas para a Ilha dos Arvoredos. Créditos: Portal Guarujá

Parque do Conde 

Que tal praticar tirolesa, arvorismo, rapel, escalada e trilhas em meio à deslumbrante reserva florestal do Parque do Conde? Além de aproveitar o espaço criado para os esportes radicais, os visitantes podem conhecer o observatório de pássaros criado para várias espécies. 

As trilhas são percorridas entre uma infinidade de árvores, riachos e piscinas naturais. O acesso ao parque é feito pela Estrada Guarujá/Bertioga, no quilômetro 14,5. 

O Parque do Conde conta com tirolesa de 100 metros de comprimentos e sobre um riacho. Créditos: Portal Guarujá 

Carro Fúnebre de Santos Dumont 

Além da locomotiva a vapor,  Guarujá ainda guarda o carro que transportou o corpo do aviador Alberto Santos Dumont, falecido em 1932. 

Para os amantes de carros antigos, é uma preciosa raridade. O carro é do modelo Chevrolet Romana, de 1929, construído em madeira e com motor de seis cilindros. 

Pontos de surf 

Os surfistas descobriram Guarujá nos anos 1960. De lá para cá, a cidade é rota para quem pratica o esporte. A partir de abril começa a melhor temporada do ano para surfistas pegarem onda em Guarujá. As ondas constantes favorecem os vários picos de surf por diversas praias. O Morro do Maluf é um dos preferidos, tanto para quem quer aprender a surfar quanto quem procura performance. Praia de São Pedro, Prainha Branca, Praia do Tombo, Praia do Guaiúba são outras queridinhas dos surfistas. 

Guarujá é destino para quem procura praia urbana, tranquila e selvagem

E agora? Depois de conhecer as belezas naturais e lugares inesquecíveis de Guarujá é hora de aprontar as malas! Mas antes, conheça onde você tem que comer em Guarujá! Como nunca faltam descobertas, vem com a 123Milhas