Tem que ir para São Luís do Maranhão - Blog 123Milhas
Tem que ir para São Luís do Maranhão

Tem que ir para São Luís do Maranhão

18 de novembro de 2021

Carinhosamente conhecida como ilha do amor, a capital São Luís do Maranhão tem atrativos que encantam todos os tipos de gosto. Portanto, se você procura um lugar com grandes belezas arquitetônicas, charmoso, com muita cultura, história e uma das maiores festas de São João do Brasil, você tem que ir para São Luís do Maranhão!

Localizada entre as baías de São Marcos e São José do Ribamar, a cidade é a única capital do país colonizada por franceses. São Luís também concentra o maior conjunto arquitetônico de azulejos portugueses da América Latina.

A noite movimentada e a gastronomia única da cidade ainda chamam a atenção de quem visita São Luís e região. Seja para dar um pulo na “Chapada das Mesas” (no município de Carolina) ou se encantar com o badalado “Parque dos Lençóis Maranhenses” (em Barreirinhas), a cada dia, a animação na capital ganha mais destaque.

Praias, lagoa, museus, restaurantes são alguns lugares de São Luís, mas as atrações da cidade vão além disso. Bora, então, entender mais por que você tem que ir para São Luís do Maranhão?!

 

Ilha histórica

Fundada oficialmente em 1612, com a ocupação dos franceses na região, a cidade de São Luís foi batizada de Ilha Upaon-Açu (Ilha Grande). Em seu nome, a capital também homenageia o rei francês Luís XIII.

Durante a década de 1980, por meio do “Projeto Reviver”, cerca de 200 casarões foram restaurados e as ruas do núcleo da cidade tiveram seus pontos de iluminação trocados por lampiões. A circulação de veículos também foi proibida em alguns locais e o calçamento dos tempos do império foram conservados.

Sendo assim, uma área de cerca de 60 hectares do riquíssimo Centro Histórico de São Luís é hoje tombada pela Unesco e listada como o nono monumento histórico-cultural do país! Demais, né?

De fato, o patrimônio cultural de São Luís garante muito charme nesta cidade de ruas de paralelepípedos, casarões com fachadas azulejadas e edificações oitocentistas. Lá também guarda uma famosa tradição literária, com nomes consagrados no meio artístico, e de ritmos tropicais.

São muitos detalhes encantadores que contribuem para o seu grande valor patrimonial. Partiu conferir os pontos que contam mais sobre essa história?

O encanto das ruas históricas de São Luís do Maranhão.

 

Rua Portugal

O centro histórico de São Luís é um dos mais bonitos do Brasil. A famosa Rua Portugal de São Luís é um dos espaços mais fotografados entre todos no Maranhão. O pedaço exibe o maior número de residências revestidas em azulejos portugueses de toda a América Latina e atrai muitos olhares!

O local também é caminho para outros pontos turísticos na região, como o Beco da Catarina, a Feira de Artesanato de Praia Grande e o Mercado das Tulhas.

Quando estiver por lá, a dica é aproveitar para visitar a Casa de Nhozinho. O lugar se dedica a contar sobre a vida de sertanejos, indígenas e pescadores da região e a exibir o acervo de Nhozinho, um importante artesão em São Luís que produzia brinquedos populares com a fibra de buriti.

Entre um passeio e outro, você também pode fazer uma pausa em um dos cafés que existem por lá e experimentar a tradicional tapioca maranhense, que leva margarina e geralmente é acompanhada por um delicioso café puro!

A Rua Portugal é um cartão postal de São Luís.

 

Beco Catarina Mina

O Beco Catarina Mina é outro ponto histórico que chama atenção nas ruas do centro e onde você tem que ir em São Luís do Maranhão!

Além da famosa escadaria e das pedras de cantaria, o espaço é uma espécie de esquina cultural, com muita música, bares, espaço de lojas, restaurantes e até sorveteria para se refrescar nos dias mais quentes! O movimento por lá é grande.

O detalhe curioso é que o nome desse lugar faz referência a Catarina Rosa Pereira de Jesus, escrava alforriada que comprou a própria liberdade e possuía um imóvel no local.

No Beco Catarina Mina é possível encontrar opções de lojas com moda afro.

 

Palácio dos Leões

Uma das vistas mais grandiosas e de frente para a baía de São Marcos no centro histórico de São Luís é a do Palácio dos Leões. Esse monumento é a sede do Governo do Maranhão e um dos mais belos e imponentes projetos arquitetônicos coloniais do Brasil.

São três mil metros de área construída em um dos maiores prédios públicos do país! O palácio recebe visitantes, mas depende da agenda do governador.

O Palácio dos Leões é um dos símbolos da cultura maranhense.
Créditos: Reprodução / Flickr Isaque Almeida Prefeitura de São Luís.

Com características neoclássicas, o lado interno concentra um salão nobre com exposições permanentes de grandes obras dos séculos XV ao XX. Desse modo, as visitações guiadas por lá são uma ótima oportunidade para conhecer a coleção de aproximadamente 1300 objetos contendo telas, gravuras, mobiliário, documentos, entre outros bens patrimoniais públicos do Maranhão.

Antes de ser sede do governo, o espaço foi construído pelos franceses no lugar de uma antiga fortificação.
Créditos: Reprodução / Governo do Maranhão.

 

Forte de Santo Antônio

Situado na Ponta do Espigão da Ponta D’Areia, o Forte Santo Antônio da Barra abriga dois importantes museus de São Luís e um ponto turístico interessante na cidade.

Criado com base no período de invasões coloniais, esse espaço conta um pouco da história da resistência portuguesa no território. Do lado de fora é possível ver canhões e uma muralha remanescentes dessa época de enfrentamentos.

O Forte de Santo Antônio hoje é um centro cultural que atrai muitos estudantes, principalmente.

O Museu das Embarcações Maranhenses, localizado no forte, abriga cópias dos modelos das embarcações usadas durante o período de lutas em diante. Nesse sentido, o espaço conta, por exemplo, com o registro da canoa costeira de “proa chata”.

O outro espaço que faz parte do Centro Cultural do Forte de Santo Antônio é o Museu da Imagem e do Som (MIS). O acervo contém as obras audiovisuais do Maranhão, tão importante para a construção da história e memória do estado.

Exposições fotográficas, saraus e outros projetos de conhecimento e entretenimento são constantemente promovidos por lá!

 

Praça dos poetas

Você já leu obras literárias de Aluísio de Azevedo, Maria Firmino dos Reis, Ferreira Gullar, Gonçalves Dias? Pois é! Todos eles (e mais alguns outros) nasceram no Maranhão. Por causa de tantos intelectuais reconhecidos no Brasil e no mundo,
São Luís também ficou conhecida como a “Atenas Brasileira”.

Dessa forma, a cidade não poderia deixar de dedicar uma bela homenagem a eles, né? A Praça dos Poetas foi criada para celebrar esses grandes nomes da literatura e hoje é um dos espaços de lazer mais visitados de São Luís. Situada no mirante de um antigo sobrado colonial, a praça conta com estátuas e monumentos de dez escritores e poetas maranhenses.

Por lá, além de opções de lanchonetes e restaurantes, é onde fica uma das mais belas vistas do pôr-do-sol em toda a cidade. A proposta foi concebida após a comemoração dos 408 anos de São Luís do Maranhão. É uma graça!

A Praça dos Poetas e sua linda vista panorâmica para o Rio Anil.
Créditos: Reprodução / Governo do Estado do Maranhão.

 

Festa de São João

Por falar em tradição, o “São João” realizado em São Luís do Maranhão é uma das festas mais originais e com detalhes únicos do Brasil!

As ruas da cidade se enchem com o colorido das bandeirolas.

 

A mistura de ritmos, crenças, sons e tradições que acontece nesse festejo junino desperta a curiosidade de muitos visitantes. Isso porque além de homenagear quatro santos (Santo Antônio, São João, São Marçal e São Pedro), no arraiá maranhense, os batuques crioulos e as toadas do boi bumbá marcam presença.

A Festa de São João é maior do que o carnaval, em São Luís.

É um momento para acompanhar e aprender mais sobre figuras místicas e a animação contagiante da população do Maranhão!

Entre os destaques vale assistir às apresentações de bois, como o de “sotaque de matraca’‘. Mas também é interessante não perder a exibição de outros sotaques (como são divididos os grupos de bumba meu boi).

Além de tudo é um excelente momento para provar a gastronomia são luisense, que nessa época fica ainda mais especial com muitas tortas de camarão, cuxá e pratos à base de milho. Imperdível!

 

Praias da Ilha de São Luís

E para não dizer que não estamos falando de uma ilha com tudo o que se tem direito, as belas praias e o agito na areia em São Luís dão o tom para um verão com muita natureza e clima quente.

 

Praia do Araçagi

A uma meia hora de carro do centro de São Luís, a formosa Araçagi (ou Araçagy) é a praia com o mar mais limpo e, por consequência, a mais frequentada da ilha. As ondas por lá são mais agitadas e durante o período de maré baixa pequenas piscinas naturais se formam para deleite dos banhistas.

O local também costuma ser uma opção para quem quer fazer passeios de barco e dar um pulo até às “Fronhas Maranhenses”, nas dunas de Carimã. Demais, né!?

A praia de Araçagi se destaca pela água morna e muitos quiosques instalados na orla.

 

Praia do Olho d’Água

Próxima a Araçagi, a Praia do Olho d’Água é outra opção com condições para banho na região. O local tem uma boa extensão e é cercado por muito verde de mata nativa, ainda que seja uma praia urbanizada.

A Praia do Olho d’Água atrai banhistas e praticantes de esportes náuticos.
Créditos: Reprodução / Aero 98.

 

Praia de São Marcos

Uma das mais procuradas durante o verão na Ilha, a Praia de São Marcos é bastante frequentada por esportistas ou adeptos de aventuras. Por lá, é comum ver surfistas e praticantes de bodyboard.

Uma das qualidades dessa área também são as boas opções de petiscos servidos na orla e uma bela paisagem de fim de tarde, com o sol se pondo no mar.

Não deixe de conhecer o pôr-do-sol na Praia de São Marcos.

Viu só quantos motivos para aproveitar os encantos e as belezas da capital maranhense com a 123Milhas? Descubra agora outros pontos turísticos e lugares diferentes que você tem que conhecer em São Luís do Maranhão!

Drones

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!