Blog 123

LENÇÓIS MARANHENSES: ABERTA A ALTA TEMPORADA

Junho chegou e trouxe, além das famosas festas juninas nordestinas – também conhecidas como São João -, a melhor época do ano para visitar os Lençóis Maranhenses. A alta temporada vai até agosto e é estabelecida por ser os meses de maior equilíbrio entre as cheias e a seca da região.

A estação das chuvas vai de janeiro a junho e atinge o auge nos meses de fevereiro a maio. Quem pretende encontrar as lagoas de água doce, em meio às dunas de areia, bem cheias, deve, inclusive, visitar a região nos meses de abril e maio. No entanto, é justamente nessa fase que ainda há possibilidade de pegar dias de muita chuva. Para ter certeza que você irá conseguir aproveitar as belezas da região com sol no céu e o melhor volume de água nas lagoas, o melhor é marcar a viagem para os meses de junho, julho e agosto. Já o pior momento para visitar os Lençóis Maranhenses fica a cargo dos meses de novembro e dezembro, o auge da seca na região. Nessa época, as chances de ver as lagoas cheias é quase nula.

Mas, como meteorologia é uma ciência que trabalha com previsões, isso não é regra. Porém, como as lagoas são a grande atração do lugar e elas só existem por causa das chuvas, siga nosso conselho: agende a sua viagem para o período de junho a agosto, se você quer conhecer os Lençóis Maranhenses em todo o seu esplendor.

PICO DA TEMPORADA

Se você é um turista que está sempre tentando fugir de períodos de alta estação nos locais que visita, vale a pena saber que o pico da alta temporada nos Lençóis Maranhenses ocorre no mês de julho. Esse mês geralmente é muito procurado por ser um período de férias escolares no Brasil, o que eleva consideravelmente os preços dos hotéis e também dos passeios.

COMO CHEGAR AOS LENÇÓIS MARANHENSES

Chegando de avião ao Aeroporto Internacional de São Luís, siga por transporte terrestre até uma das três cidades próximas ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, que ficam a, aproximadamente, 250 quilômetros (cerca de quatro horas) da capital São Luís: Barreirinhas, Santo Amaro e Atins.

Pode-se contratar um transfer, ir de ônibus intermunicipal ou alugar um carro. De um dos três destinos, siga de carro até à entrada do Parque Nacional. Ele ficará estacionado do lado de fora, pois o paraíso só pode ser explorado a pé ou, no máximo com carros autorizados das agências de turismo.

O acesso à região dos lençóis maranhenses é feito apenas a pé ou por meio de veículos autorizados

Quer conhecer o Maranhão? Acesse 123milhas.com e descubra os melhores preços online de passagens aéreas. Vem planejar sua viagem, vem!

Gostou? Compartilhe:

Comentários