Blog 123

Top 10 Tóquio: a capital do sol nascente

Roteirão Tóquio

Não existe lugar no mundo que melhor represente a palavra “renascimento” do que Tóquio. Moldada por fenômenos naturais – muitas vezes trágicos –, guerras, mudanças tecnológicas e assombroso crescimento econômico, a maior e mais importante cidade do Japão vive em constante renovação. Ressurgir a cada dia é o lema da metrópole nipônica. Neste roteirão, conheça o nosso Top 10 Tóquio: a capital do sol nascente.

Com uma população estimada em 13 milhões de pessoas e tendo mais de 37 milhões transitando pela cidade todos os dias, provenientes da região metropolitana, Tóquio é considerada a área urbana mais populosa do mundo. Mesmo com toda essa aglomeração humana, é impossível não se impressionar com a organização da capital japonesa – desde a eficiência e pontualidade do transporte coletivo até a limpeza dos locais públicos, como ruas e metrôs.

Em Tóquio, os extremos convivem lado a lado. O futurístico se esbarra nas tradições a todo momento, e a tranquilidade encontra a velocidade, como o caos em meio à paz. Um lugar mágico, fascinante e que desperta muita curiosidade. Neste artigo, conheça as principais atrações turísticas da capital japonesa, uma terra exótica aos olhos da maioria dos ocidentais. Vem com a gente!

#1 Harajuku (Takeshita Dori e Omotesando)

Harajuku é o bairro dos amantes da cultura pop. Takeshita Dori, sua principal rua, tem acesso exclusivo para pedestres e é cercada de lojas de todos os estilos. Aos domingos, a rua fica lotada, portanto se prepare para andar muito e ver bastante gente!

Harajuku, o bairro mais frequentado pelos amantes da cultura pop.

Por lá, é possível encontrar roupas, sapatos, bijuterias, cosméticos, souvenirs, lojas de produtos a 300 yens (cerca de 1 dólar), além dos mais diversos e coloridos cafés temáticos e muita, mas muita gente.

Se cultura pop não é tanto a sua praia, caminhe até Omotesando, conhecida como a “Champs Elysées de Tóquio”. É nessa rua que estão localizadas as principais lojas de luxo, como Prada, Louis Vuitton, Gucci e Dior.

Omotesando, a rua das grifes.

Além disso, você encontrará belíssimas e imponentes construções arquitetônicas, livrarias, cafés e restaurantes cool – ou então explore as ruas laterais e se aventure no mundo do street fashion, com produtos exclusivos de marcas desejadas.

#2 Templo Meiji Jingu

Fundado em 1920, o templo Meiji Jingu é relativamente novo se formos considerar as datas de construção dos demais templos. Ele foi construído em dedicação ao imperador Meiji e sua esposa imperatriz Shoken. O imperador subiu ao trono em 1867, durante o Japão moderno e foi em seu reinado que o país iniciou o caminho junto das grandes potências mundiais.

O templo Meiji Jingu.

O santuário é bastante arborizado e até trilhas podem ser feitas pela região. A título de curiosidade, as árvores da pequena floresta foram levadas especialmente para lá, ou seja, a floresta foi “montada” pelo homem.

#3 Cruzamento de Shibuya

Em Tóquio, você poderá ter a experiência de atravessar o maior cruzamento de pessoas do Japão e, possivelmente, do mundo. São mais de três mil pessoas atravessando um único cruzamento ao mesmo tempo.

O famoso cruzamento de Shibuya.

Na região, milhares de neons e gigantes telões publicitários enchem os olhos de quem passa. A melhor referência, para se ter uma ideia do lugar, é a Time Square, em Nova York. É impossível não se maravilhar pela grandiosidade das construções e excesso visual.

Vá próximo ao fim da tarde para apreciar as luzes e se sentir em um filme de ficção científica.

#4 Templo Senso-ji

Também chamado de Templo Asakusa Kannon, a construção é um dos templos budistas mais conhecidos na cidade. Suas cores chamam bastante atenção e são um dos atrativos do templo, que não deve ficar de fora do seu roteiro em Tóquio.

O templo Senso-ji.

Concluído no ano de 645, o santuário é dedicado à deusa da misericórdia Kannon e é o mais antigo da capital japonesa. O local é considerado um refúgio dentro da agitada cidade e impressiona pela arquitetura.

#5 Tóquio National Museum

Não muito distante de Asakusa, o Parque Ueno (localizado no distrito de mesmo nome) abriga o Tóquio National Museum, conhecido como o mais antigo museu de arte nacional do Japão.

Tóquio National Museum

Formado por um complexo de prédios distintos que permitem ao visitante ter uma experiência completa por dentro da arte japonesa e asiática, o museu abriga um acervo que inclui mais de 110 mil objetos.

Aproveite o dia para visitar outras atrações ao redor do parque, como o National Science Museum e o Tóquio Metropolitan Art Museum, ou o Ueno Zoo, primeiro zoológico da cidade, onde você poderá encontrar os adoráveis ursos panda!

Parque Ueno

#6 Akihabara

Luzes pulsantes, barulhos curiosos, prédios encobertos de cores e personagens do seu anime favorito, incontáveis máquinas de jogos: bem-vindo(a) a Akihabara, a meca dos colecionadores, fãs de anime e equipamentos eletrônicos, ótimos lugares para fazer compras em Tóquio.

Akihabara, o bairro dos animes.

Carinhosamente apelidada pelos locais como “Electric Town”, “Akiba”, como também é conhecida, fica na região onde você vai encontrar o futuro dos equipamentos eletrônicos e também um pouco do passado.

Sabe aquele game que você jogava quando criança e achava que não existia mais em lugar nenhum no mundo? Em Akihabara você encontra.

#7 Mercado Tsukiji

É um mercado de peixes famosíssimo na cidade e não é à toa, já que é considerado um dos maiores do mundo.

Por dia, a quantidade de peixes que circula por lá é inacreditável e o local também abriga um grande leilão de atum, que acontece no fim da madrugada e é bastante disputado, até pelos turistas. Se quiser assistir, acorde de madrugada e chegue cedo (antes das 5h), pois são apenas 120 lugares.

O mundialmente famoso mercado Tsukiji .

#8 Tóquio Skytree

O nome traduzido da torre significa literalmente “árvore do céu”, portanto, já dá pra imaginar que é uma atração com uma vista bastante agradável.

A torre, na verdade, é de transmissão de canais de televisão e tem 634 metros de altura, sendo a estrutura mais alta do Japão. É possível acessar dois decks de observação, um na altura de 350 metros e outro 100 metros acima.

Tóquio Skytree

#9 Tóquio Tower

Se Paris tem a Torre Eiffel, Tóquio tem a Tóquio Tower. Aliás, a versão japonesa é mais alta que a francesa e é, inclusive, considerada a maior torre em estrutura de aço do mundo. São 333 metros que representam a ascensão do Japão como potência mundial no período pós-guerra.

Assim como a Tóquio Skytree, a Tóquio Tower permite o acesso até dois mirantes, um que fica a 150 metros do chão e outro a 250. Dá pra subir de elevador e também por escada (mas prepare-se para enfrentar 600 degraus!). E o passeio não acaba aqui, pois na base da torre tem várias lojinhas, restaurantes, cafés e até um parque de diversões!

Tóquio Tower

#10 Palácio Imperial

É a residência da família imperial do Japão desde 1888, quando o palácio foi transferido de Kyoto para Tóquio. Sua arquitetura é a clássica japonesa, com os telhados típicos.

Logo de cara, duas pontes que levam até a entrada do Palácio chamam atenção e é possível fazer uma visita guiada pelo seu interior, mas que precisa ser agendada com bastante antecedência.

Caso não consiga fazer a visita guiada, visite ao menos os Jardins Leste do Palácio, pois eles são abertos ao público.

O palácio Imperial.

E aí, o que achou do nosso Top 10 Tóquio: a capital do sol nascente? Concorda com nossa seleção de principais destinos turísticos na capital japonesa? Deixe sua opinião nos comentários. E, quando for ao Japão, já sabe, né? Encontre suas passagens com até 50% de desconto aqui na 123Milhas!

Gostou? Compartilhe:

Comentários