Colunistas

Um misterioso amontoado de pedras chamado Stonehenge

Por Raphael Ursino

Além de bonito, o destino de hoje desta coluna é muito misterioso. Isso porque não se sabe, até hoje, muita coisa a respeito desse monumento milenar. Estou falando do Stonehenge, que é formado por pedras de até cinco metros de altura e quase 50 toneladas amontoadas e organizadas em forma circular. 

Acredita-se que o Stonehenge funcionava como um calendário solar

Acredita-se que o Stonehenge funcionava como um calendário solar

A estrutura está localizada em uma área descampada com muita área verde perto da cidade de Salisbury, no interior da Inglaterra, a 140 km de Londres.  

Diante das diversas teorias sobre a data e os motivos da construção, pesquisas mais recentes apontam que o Stonehenge já era utilizado há cerca de cinco mil anos, e que ele servia como um calendário solar. O que chama bastante atenção é a sincronia e o alinhamento das pedras em relação ao nascer e ao pôr do sol. Curioso, não é mesmo? 

Como eu sou do tipo de viajante que não pode ver um destino enigmático, que já quer logo conhecer, resolvi ir lá para ver de perto esse incrível lugar. 

Simulação de como era o Stonehenge originalmente

Simulação de como seria o Stonehenge originalmente

Para visitar Stonehenge, peguei um trem na estação de Waterloo, em Londres, com destino a Salisbury. A viagem durou cerca de uma hora e vinte minutos. Depois, percorri mais 30 minutos de ônibus. 

Ao chegar, recebi um áudio guia com diversas opções de idiomas, contando um pouco sobre o monumento. Ao andar ao redor daquelas imensas pedras, pude ouvir algumas importantes informações e curiosidades. 

Pesquisas recentes apontam que a construção foi feita 5.000 anos atrás

Pesquisas recentes apontam que a construção foi feita cinco mil anos atrás

Para evitar degradações e manter a preservação, há um cordão de isolamento para evitar que os visitantes cheguem muito perto e também toquem nas pedras. Justo, né? 

Mas não pense que essa pequena distância vai te impedir de tirar belas fotos, viu. Além da enorme estrutura do Stonehenge, a vista ao redor é incrível. E para dar um toque ainda mais especial, existem várias ovelhas por lá. 

Várias ovelhas habitam a região do Stonehenge

Várias ovelhas habitam a região do Stonehenge

Sabe uma coisa superinteressante de se fazer? Sentar-se no gramado e ficar ali admirando a paisagem, tentando imaginar quando toda aquela estrutura foi montada, quais recursos foram utilizados, e por quem. Dá pra ficar horas ali, só contemplando.

Sente-se na grama e admire a bela paisagem em volta

Sente-se na grama e admire a bela paisagem em volta

Depois de andar bastante em volta do monumento e tirar muitas fotos, decidi entrar no Centro de Exposições Stonehenge, que tem banheiros, lanchonete e uma lojinha de souvenirs. Antes de partir, aproveitei para comprar uma miniatura. 

Visitar o Stonehenge é um passeio que eu considero importantíssimo e recomendo bastante, seja para os curiosos pela história e seus mistérios, ou para viajantes que gostam de apreciar belas paisagens e diferentes construções.  

Para saber mais, é só dar o play!