Blog 123

A CULINÁRIA PERUANA É ISSO TUDO MESMO?

Você que vive no Brasil já deve ter pensado em viajar pra longe, ou pra bem longe, pra comer coisas gostosas e diferentes. Aparentemente, muitas milhas separam o brasileiro de uma cozinha exótica ou extremamente qualificada, e alguns dos destinos estão na Europa, outros na Ásia…

… mas a verdade é que comer bem, mesmo aquilo que não está no nosso cardápio (afinal, a comida brasileira é incrível, como o mundo todo pode constatar), não é preciso ir tão longe. Pegar um avião, sim, mas nem sempre para outro continente. Pode parecer clichê mas a verdade é que tudo isso que você espera de uma boa cozinha pode estar bem do seu lado.

Tão do lado que até faz fronteira.

Estamos falando do Peru, país que está mais ao norte do continente, vizinho ali do Acre (que existe, sim! O resto é intriga da oposição), e que chama a atenção mais pelo turismo de aventura e descoberta cultural. É lá que estão localidades extremamente visitadas, como Cusco e Machu Picchu.

O Peru não erra em nos lembrar, no entanto, que a construção da cultura não se dá apenas pelos lugares, mas sim pela intervenção humana em cada cenário. A começar pela cozinha: não é de hoje que a culinária peruana é maravilhosa, mas faz bem pouco tempo que ela tem sido descoberta como um ponto turístico do país vizinho.

Spoiler alert: é isso tudo, sim.

E que ponto turístico! Recentemente, o Peru ganhou o Prêmio de Melhor Destino Culinário do Mundo do prestigiado WTA, World Travel Awards. Machu Picchu, claro, também levou o seu, com o complexo ganhando medalha de ouro na modalidade Melhor Atração Turística.

Sejamos honestos: não é tão difícil para o sítio arqueológico ganhar qualquer prêmio. Só quem já foi sabe que esse é um dos lugares mais mágicos do planeta Terra. Contudo, a culinária peruana ser premiada como a melhor do mundo é uma grande surpresa. Não porque não mereça, mas porque concorre com muitos outros países, até bem mais famosos, o título de quem agrada mais à mesa.

Mas a realidade é que, apesar da alta concorrência, o caneco de campeão veio mesmo para a América do Sul. Só nos resta celebrar. Os brasileiros não precisam de visto para visitar o país e são muito bem acolhidos em qualquer lugar do Peru, assim que pisam em Lima. Talvez esse prêmio seja apenas mais uma desculpa para finalmente conhecer toda a riqueza da experiência peruana – e aproveitar que as passagens, pra lá, são muito mais baratas do que pra Ásia e pra Europa…

Ainda não se convenceu?

Dê só uma olhada em alguns pratos típicos da culinária peruana para ter logo a certeza absoluta de que esse será seu próximo destino no mundo. Difícil, mesmo, vai ser voltar pra casa depois de tanto amor em forma de comida.

Ají de Gallina

Pense em um strogonoff. Agora pense em um strogonoff melhorado umas cinco vezes. Não há melhor definição do que essa para esse prato, que pode aparecer tanto com pedaços grandes de frango quanto co um creme com galinha desfiada, dependendo da região em que é pedido.

De qualquer forma, o importante é seu tempero, meio apimentado, que faz toda a diferença. É o principal carro chefe do Peru para quem não gosta de frutos do mar.

Ceviche

Porque quem gosta não vai conseguir desgrudar os olhos – e a boca – do tradicional ceviche peruano, que são nada mais do que fatias de peixe cru marinadas no molho de limão.

Parece simples, mas está longe de ser simplório. No Brasil, um ceviche pode custar mais de 150 reais por uma porção pequena. No Peru, os valores são bem menos… azedos, para dizer o mínimo, e o prato ainda vem acompanhado de pastel de choclo, uma iguaria feita de milho.

Ceviche with pollock and onion served potato

Rocoto Relleno

Esse é típico da região de Arequipa e pode até fazer algumas pessoas torcerem o nariz, mas isso só até a primeira mordida. Trata-se de um pimentão da região que é recheado com carne, cebola, ovo e queijo, dentre outros ingredientes. Para quem quer testar algo diferente mas não pensa em cair nos braços da pimenta peruana, que está por todas as partes, esse prato é uma boa sugestão.

Suspiro de Limeña

Esqueça definitivamente as claras de ovos batidas com açúcar, por mais deliciosas que elas possam parecer. A versão peruana do suspiro nasceu em Lima, no século XIX, e leva em sua composição manjar branco e merengue de vinho do porto.

Uma ótima pedida para quebrar o sal da culinária peruana que, como você pode ver, é cheio de sabores exóticos.

O texto termina aqui porque achamos que você precisa experimentar todas essas delícias, e não apenas ler. Muitas outras opções te esperam no Peru, compre agora suas passagens e marque sua viagem para esse paraíso. Você vai descobrir, por lá, porque o prêmio de Melhor Culinária não é tãããão surpreendente assim.

Gostou? Compartilhe:

Comentários