Fátima, a pacata e abençoada cidade portuguesa - Dicas de Viagem e Turismo - Conexão123
Fátima, a pacata e abençoada cidade portuguesa

Fátima, a pacata e abençoada cidade portuguesa

27 de abril de 2022

Por Marcello Oliveira

Fátima, a pacata e abençoada cidade portuguesa, é um dos destinos mais visitados por turistas internacionais em Portugal. A cidade abriga um dos Santuários mais conhecidos em todo o mundo, construído para homenagear Nossa Senhora, que apareceu algumas vezes para pessoas da região, em 1917.

Para se ter uma ideia da popularidade da pequena cidade, somente em 2017, ano em que as aparições de Nossa Senhora completaram 100 anos, Fátima recebeu 10 milhões de visitantes. Naquele mesmo ano, o Brasil inteiro recebeu 6,5 milhões de turistas.

Agora vai a minha primeira dica: uma ida a Fátima vale muito a pena independentemente da sua religião, pois eu mesmo já vi depoimentos de ateus e pessoas de doutras religiões que relataram uma energia muito boa ao visitar Fátima. A cidade em si é muito alto astral, além de linda.

Como chegar

A melhor maneira de chegar em Fátima, quinta cidade mais visitada em Portugal, é via Lisboa (128 km), mas também é bem razoável ir a partir da cidade do Porto (196 km). Do Brasil, há diversas opções de voos diretos para Lisboa (TAP, Azul e Latam) a partir de várias capitais e voos diretos para o Porto a partir de São Paulo e do Rio de Janeiro. O ônibus da capital portuguesa para Fátima custa no máximo 15 euros, mas é muito comum encontrar tarifas promocionais, por 5 Euros ou menos. A viagem dura menos de 2 horas e é feita por uma estrada de excelente qualidade.

A vantagem de ir de ônibus é que você já chega na rodoviária, que fica a poucos metros de uma das entradas do Santuário. Caminhando pela mesma rua por menos de 10 minutos você já chega pela Basílica da Santíssima Trindade.

Quem for de carro, encontrará um enorme estacionamento gratuito nessa mesma região. Lembre se que em dias de muito movimento, principalmente em maio, achar vagas para estacionar pode não ser uma tarefa fácil.

O Santuário de Fátima é composto por duas capelas, duas basílicas e pela Cruz Alta.

No local onde os três pastorinhos Lúcia, Jacinta e Francisco viram o raio, em maio de 1917, o que seria o primeiro sinal da aparição de Nossa Senhora, foi erguida a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fatima, em 1953. É a igreja mais antiga do Santuário e foi feita em calcário branco do mar, encontrado em abundância na região. É no interior dela que estão os restos mortais dos pastorinhos.

Fátima, a pacata e abençoada cidade portuguesa

Em frente à basílica antiga, mas do outro lado da praça, está a Basílica Santíssima Trindade, também conhecida como a nova igreja do Santuário de Fátima. Construída a partir de um projeto arquitetônico de um arquiteto grego, foi inaugurada durante as comemorações dos 90 anos das aparições de Nossa Senhora, em 12 de outubro de 2007, curiosamente na data da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

A basílica nova impressiona pelas grandes dimensões e pelos traços modernos.

Bem na frente da Basílica, a Cruz Alta é um dos monumentos mais conhecidos do Santuário. É muito comum servir de cenário para belas fotos de recordação da sua visita.

Fátima, a pacata e abençoada cidade portuguesa

O colunista em uma das visitas a Fátima

Um dos locais mais simbólicos de Fátima é, sem dúvida nenhuma, a capelinha das aparições. Foi construída em 1919 no exato local onde ficava a árvore em que Nossa Senhora de Fátima apareceu cinco vezes aos pastorinhos. A primeira aparição ocorreu em 13 de maio de 1917 e depois ocorreu novamente nos dias 13 de junho, julho, setembro e outubro daquele ano. Nesta capelinha são celebradas várias missas ao longo do dia e cria-se um clima intimista na celebração. Uma imagem da viagem feita em madeira, com cedro do Brasil está no centro da capela, protegida por um vidro.

Curiosidade: em 1984 o Papa João Paulo II levou pessoalmente a Fátima a bala que o atingiu no atentado que sofreu no Vaticano, três anos antes. A bala foi colocada no centro da coroa da imagem, onde coube perfeitamente.

Aproveite para pedir, rezar e agradecer na sala das velas, logo atrás da capelinha. Lá você também pode pegar velas gratuitamente para acender, mas há local para deixar alguma doação espontânea para ajudar na manutenção do Santuário.

No Santuário há uma loja oficial com produtos licenciados como livros, camisas, terços, imagens e frascos para guardar água benta. A água pode ser coletada em uma fonte localizada na praça principal, em frente à capelinha dos milagres.

Se pernoitar em um dos vários hotéis de Fátima, não deixe de participar da Procissão das Velas de Fátima, que acontece todos os dias, de 21h30 às 23h, entre 17 de abril a 31 de outubro. É justamente na época do ano em que o clima à noite em Fatima está mais ameno.

Fátima, a pacata e abençoada cidade portuguesa

Fora do Santuário

Quase tudo que se refere ao turismo religioso em Fátima está dentro do Santuário, porém há atrações muito visitadas fora dele, como é o caso das casas onde viviam os três pastorinhos.

A casa em que nasceram os Santos Francisco e Jacinta Marto, os dois filhos mais novos da família Marto, e a casa em que nasceu a vidente Lúcia de Jesus, sua prima, localizam-se no lugar de Aljustrel.

A casa de Francisco e Jacinta foi adquirida pelo Santuário em novembro de 1996 e reconstruída. Em 1981, a Irmã Lúcia ofereceu a casa ao Santuário, que dela tomou posse apenas em 1986. Visitas são permitidas com agendamento no site oficial do Santuário.

Marcello Oliveira
Jornalista da Rede 98. Morou durante 4 anos na Austrália e já rodou por mais de 40 países com uma mochila nas costas.
Drones

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!