Lugares para conhecer

O que fazer em Bonito: pontos turísticos e passeios

Bonito, no Mato Grosso do Sul, é um destino muito buscado pelos praticantes de ecoturismo. A imensidão de áreas verdes, cachoeiras, trilhas, rios com águas  cristalinas e outros cenários deslumbrantes atraem aqueles que buscam estar em contato com a natureza. Com tantas opções, quer saber o que fazer em Bonito?

O Conexão123 preparou um material completo para você montar o seu roteiro de viagem ideal!

 

Você vai ler sobre

 

Principais atrações em Bonito

Há aproximadamente 350 km do Aeroporto de Corumbá,  Bonito é um respiro em meio a natureza no Mato Grosso do Sul. O ecoturismo é amplamente praticado na região, em razão das belezas naturais. Suas principais atividades são as flutuações e mergulhos em rios de águas cristalinas, cachoeiras, grutas, cavernas e dolina

A preservação ambiental e o foco na sustentabilidade são destaques do destino, que o tornaram referência mundial. De acordo com dados do Observatório de Turismo e de Eventos de Bonito (OTEB), a cidade recebeu, durante o ano de 2021, em média 205 mil pessoas, um crescimento de 41,4% em relação ao ano anterior. 

Entre as principais atrações em Bonito, as flutuações pelo Rio da Prata e Rio Sucuri, em contato com os peixinhos coloridos, garantem uma experiência inesquecível. A Gruta de São Miguel é dona de uma paisagem de tirar o fôlego, muito por conta das estalactites, estalagmites e outras formações geológicas presentes em seu interior. 

Você sabia que a maior cachoeira do Mato Grosso do Sul fica em Bonito? A Boca da Onça possui 156 m de altura, e para acessá-la é preciso fazer uma trilha, com cerca de 4 km de extensão, que passa por outras lindas quedas d’água. 

Descubra mais sobre cada uma dessas atrações e como fazer para visitá-las! Continue acompanhando o guia do Conexão123 e deixe sua viagem repleta de diversão. 

O que fazer em Bonito: pontos turísticos e passeios | Guia de turismo | Conexão123

Os passeios em Bonito são feitos com guias de turismo

 

O que fazer em Bonito: pontos turísticos

Existem muitos pontos turísticos em Bonito para conhecer, então o ideal é estruturar bem o seu roteiro antes de desembarcar na cidade, assim nada ficará de fora.

A maioria das atrações e atividades estão localizadas na região rural, dentro de propriedades particulares. Por isso, saiba que muitos dos passeios exigem a aquisição de um ingresso para acesso, ok?

 

Gruta do Lago Azul 

A Gruta do Lago Azul, além de cartão postal da cidade, é um dos pontos turísticos mais visitados de Bonito. A cerca de 15 km do centro histórico da região, a caverna pode ser acessada através da contratação de passeios com guias da região e carros 4×4. Caso queira fazer o caminho sozinho, é possível chegar até lá com veículos particulares. 

As estalagmites, estalactites e outras formações rochosas impressionam qualquer um, assim como o imenso lago cristalino que reflete em diferentes tons de azul.  A beleza e a coloração que ele tem é simplesmente magnífica, um espetáculo da natureza diante de seus olhos. Para a segurança de todos, não é permitido se banhar em suas águas, que possuem profundidade estimada de 90 m.

A melhor época do ano para conhecer essa atração e tirar lindas fotos é em dezembro e janeiro, na parte da manhã, entre 7 e 9 horas. Isso porque é nesse período que o sol incide diretamente sobre as águas, deixando-as com uma tonalidade ainda mais intensa. O ingresso para conhecer esse show da natureza custa R$ 90 na baixa temporada e até R$ 130 na alta.

 

Flutuação na Barra do Sucuri

As águas cristalinas de Bonito atraem pessoas do mundo inteiro. O que é esperado, já que lá está o Rio Sucuri, considerado um dos três mais transparentes do Brasil. Os passeios nos afluentes existem há mais de 27 anos e são classificados como uma das principais atividades turísticas de Bonito

O local é perfeito para fazer flutuação e observar os peixes coloridos à sua volta. De início, um instrutor realiza um rápido treinamento para quem não tem habilidade com as máscaras de mergulho. Em seguida, os visitantes são guiados por uma trilha leve, de cerca de 500 m, até um determinado ponto do rio. 

O trecho de flutuação tem 2 mil m de extensão e a atividade dura em média 1 hora. Os turistas contam com suporte e apoio dos guias, que acompanham todo o passeio de barco, caso precisem prestar algum auxílio. Durante a alta temporada, os vouchers para adultos podem custar R$ 230. Entre em contato com agências locais para mais informações. 

 

O que fazer em Bonito: pontos turísticos e passeios | Flutuação | Conexão123

Nade com os peixinhos coloridos em passeios de flutuação em Bonito

 

Abismo Anhumas 

A capital do ecoturismo brasileiro também abriga o majestoso Abismo Anhumas. A fenda com um lago subterrâneo é mais um dos estonteantes pontos turísticos de Bonito. A experiência se inicia na descida, que é feita através de um sistema de elevação e ascensão. Enquanto os visitantes são baixados, a paisagem deslumbrante do interior da caverna já anuncia a imensidão do passeio. 

Diferente de outras grutas de Bonito, no Anhumas é possível fazer flutuação. Após a descida, os instrutores distribuem máscaras de mergulho, pés de pato e snorkels. Quando já estiver na água, não deixe de olhar para o fundo do lago, onde existe uma floresta de cones de calcário, a maior desse tipo que existe no mundo. 

Em razão do calcário, a água é super transparente, o que traz a sensação de estar flutuando. A roupa de neoprene, própria para esse tipo de prática, também ajuda a flutuar. Caso queira, existem botes e coletes salva-vidas à disposição. 

Devido a complexidade da atração, o número de visitantes por dia é limitado em apenas 20 pessoas. Por isso, faça a sua reserva com antecedência e garanta esse ponto turístico inesquecível no seu roteiro de viagem. Os valores variam de acordo com as datas e o tamanho dos grupos, porém, o preço médio por pessoa é de R$250. 

 

O que fazer em Bonito: passeios

Muitos dos passeios em Bonito se misturam com os pontos turísticos da região, isso porque, para acessar a grande maioria das atrações é preciso fazer trilha, escalada, tour em veículos 4×4 ou rapel. Então, se você é fã de natureza e adrenalina, a cidade vai proporcionar muitos momentos incríveis. 

Listamos três roteiros em Bonito para você conhecer. Acompanhe! 

 

Parque das Cachoeiras

O passeio pelo Parque das Cachoeiras precisa estar na sua lista de o que fazer em Bonito. O complexo conta com sete cachoeiras, uma mais linda que a outra, que caem do Rio Mimoso, formando quedas d’águas impressionantes, entre elas:

  • Cachoeira da Gruta
  • Cachoeira do Sol
  • Cachoeira do Mulungu
  • Cachoeira do Amor
  • Cachoeira do Sinhozinho
  • Cachoeira do Salto
  • Cachoeira da Figueira

Cada uma tem um encanto especial. A Cachoeira do Amor, por exemplo, é a mais alta da trilha e carrega esse nome por conta de um casal que se conheceu no espaço e voltaram após alguns anos para casar.

Já a Cachoeira do Salto é ideal para quem não perde uma boa dose de adrenalina. Ali existe uma plataforma, com uma altura de sete metros, onde os saltos são liberados rumo a uma profundidade de cinco metros. 

Localizada na Rodovia MS 178, Bonito/Bodoquena, Km 11, o roteiro  possibilita ao turista avistar várias espécies de fauna e flora, aproveitar a estrutura e ainda desfrutar de um delicioso almoço com o melhor da gastronomia de Bonito. O passeio custa cerca de R$ 149 por pessoa e deve ser agendado com antecedência. 

O que fazer em Bonito: pontos turísticos e passeios | Parque das Cachoeiras | Conexão123

A Cachoeira do Amor faz parte do complexo de quedas d’água

 

Ybirá Pe

Ybirá Pe, que significa caminho das árvores em tupi guarani, é o primeiro circuito de arvorismo do Mato Grosso do Sul. Localizado a cerca de 8 km da Praça das Piraputangas, foi construído às margens do Rio Formoso, o que garante um visual ainda mais bonito à excursão. 

A sensação de cruzar as copas das árvores nativas por meio das travessias em cabos de aço, madeira e bambu é incomparável. Para quem é iniciante, existem rotas mais tranquilas e igualmente estonteantes, tirolesas e slackline, sendo que todas essas atividades proporcionam a oportunidade de estar perto da natureza. 

O percurso principal tem cerca de 380 m de extensão, com uma subida que mede 20 m. De lá partem as tirolesas que vão de uma árvore à outra. Durante a alta temporada os vouchers custam a partir de R$ 155 para adultos e R$ 120 para crianças até 11 anos. O Sítio Ybirá Pê fica a apenas 7km do centro de Bonito e, caso faça sua reserva com agências locais, o valor do transporte é de R$ 40 por pessoa. 

 

Boca da Onça Ecotour 

Que tal conhecer os lugares mais bonitos em um único tour? O Boca da Onça Ecotour é o passeio mais buscado pelos turistas que desejam um roteiro de viagem em Bonito para fazer em poucos dias. A excursão se inicia em uma trilha bem reservada, onde as copas das árvores fazem sombra enquanto você caminha. 

Em prol da segurança dos visitantes, a pista é constantemente monitorada pela administração do complexo. Os corrimões e escadas facilitam o trajeto até as cachoeiras e pontos de banho, como o Poço da Lontra. 

O maior rapel de plataforma do Brasil também está incluso no Boca da Onça Ecotour! Com mais de 90 m de altura, essa é uma atividade e tanto para os fãs de altitude e adrenalina.

O que fazer em Bonito: pontos turísticos e passeios | Boca da Onça | Conexão123

A cachoeira Boca da Onça é a maior do Mato Grosso do Sul

 

O Buraco do Macaco, mais um ponto de banho do espaço, é responsável por um fenômeno surpreendente. No decorrer do ano, as águas mudam de tonalidade e se transformam diversas vezes, sempre apresentando um espetáculo diferente para quem a conhece. 

Essas e muitas outras atrações você encontra no lugar, que fica na Rodovia Bodoquena, S/N Km 26 Zona Rural. Diversas agências de turismo fazem esse tour, então pesquise e encontre a que melhor se adequa a você. Os valores são, em média, R$ 220, já incluído o almoço no restaurante do complexo.

Como o próprio nome diz, Bonito é um destino no Brasil com tamanha beleza que só indo até lá para entender. Então, agende suas passagens aéreas com a 123milhas e tire um tempo para se conectar com a natureza! 

 

Respostas123

1: O que não deixar de conhecer em Bonito?

Você não pode deixar de conhecer as sete quedas d’águas do Parque das Cachoeiras:

  • Cachoeira da Gruta
  • Cachoeira do Sol
  • Cachoeira do Mulungu
  • Cachoeira do Amor
  • Cachoeira do Sinhozinho
  • Cachoeira do Salto
  • Cachoeira da Figueira

2: O que fazer em Bonito de graça?

A grande maioria dos passeios em Bonito são pagos, em razão das atrações naturais estarem dentro de propriedades particulares. Porém, o Parque Ecológico do Rio Formoso é um passeio em conta que se estende durante todo o dia, devido a quantidade de atrações e atividades.