Lugares para comer

Tem que Comer na Estrada Real (Parte 2)

Mais uma vez voltamos às terras mineiras para falar de algo que amamos: gastronomia. Na semana passada passamos por restaurantes em Ouro Preto, Santo Antônio do Leite e Lavras Novas, uma rota diferente dessa semana. Releia aqui. Hoje começamos a desbravar esse roteiro gastronômico da Estrada Real por Diamantina e Tiradentes. Vamos juntos conhecer mais sobre as delícias dessa terra e descobrir onde você tem que comer na Estrada Real (Parte 2)

 

Diamantina

 

A rota que passa por aqui se chama Rota dos Diamantes, ela recebeu esse nome por transportar as pedras preciosas da região de Diamantina até o Rio de Janeiro. A cidade é histórica e não tem um polo gastronômico gigantesco, mas tem restaurantes com comida regional e com aquele toque simples e delicioso que só os mineiros têm.

 

 

Um bom lugar para começar a conhecer os sabores da cidade é o Mercado dos Tropeiros. Todos os sábados você encontra uma feira que vende doces e quitandas artesanais de vários sabores. Já à noite as cozinheiras tomam o espaço para preparar as delícias da comida mineira, com muita fartura e tradição.

 

 

Catedral Pub

 

No centro histórico da cidade é onde se encontra o maior número de restaurantes, todos concentrados em casarões antigos nas ruas de calçamento. O Catedral Pub fica em frente a Catedral Metropolitana. Ele oferece uma gama de cervejas artesanais e hambúrgueres com receitas inovadoras, como hambúrguer de carne de sol com manteiga de garrafa e mix de pimentões. Aqui você pode jantar ao som de música ao vivo e contemplar as construções coloniais ao redor.

 

Crédito: www.instagram.com/rafaelmageste

 

Relicário

 

Ainda no centro histórico e ao lado do Mercado dos Tropeiros fica o simpático restaurante Relicário, com uma decoração retrô, cervejas artesanais e pratos típicos das famílias mineiras tradicionais. Não deixe de experimentar a deliciosa carne de lata, os dadinhos de tapioca com goiabada ou a canjiquinha com costela. Um sabor de casa de vó que enche a boca e o coração. Este é um dos lugares imperdíveis em que você tem que comer na Estrada Real.

 

Dadinhos de tapioca com goiabada

 

Vila do Biribiri

 

Para um clima de fazenda com ares rústicos do campo e belas paisagens, visite a linda Vila do Biribiri. No passado as casas eram moradia dos trabalhadores de uma fábrica de tecidos que hoje foi transformada em um espaço para receber os visitantes para passar o dia no campo, tomar banho de cachoeira e experimentar as comidas típicas da região. No local você encontra dois restaurantes: o Raimundo sem Braço e o Restaurante do Adilson. Ambos servem comida mineira debaixo da sombra de árvores.

 

Crédito: www.instagram.com/pousadaviladobiribiri

 

Tiradentes

 

Tiradentes faz parte do Caminho Velho da Estrada Real, que foi a primeira via aberta pela Coroa Portuguesa no estado. Quando foi criado, o percurso demorava até 60 dias para ser feito pelos tropeiros a cavalo. Hoje a cidade se destaca por ser polo cultural e gastronômico do estado, com muitos restaurantes e bares incríveis para se conhecer.

 

 

No meio do ano em Tiradentes existe o famoso Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes, criado por chefs da cidade para atrair os visitantes e oferecer os melhores pratos, muitas vezes criados especificamente para o evento. Vale a pena ir nessa época!

 

Tragaluz

 

Um dos restaurantes mais clássicos da cidade, o Tragaluz, fica na Rua Direita, o point dos restaurantes da cidade. Um ambiente rústico, a luz de velas, com música ambiente e super aconchegante, ideal para casais curtirem uma noite romântica. O cardápio é um show à parte, todo ilustrado e pensado para que sua experiência seja completa. O queridinho dos clientes do local é a Pintada Tragaluz, um prato feito com galinha d’angola confitada e polenta cremosa.

 

Crédito: www.instagram.com/tragaluztiradentes

 

Pau de Angu

 

Na saída da cidade, em direção à região de Bichinho, fica o restaurante Fazenda Pau de Angu. Com mesas grandes, decoração rústica e muita fartura no prato, você come a típica comida mineira de interior. As mesas da varanda são disputadas, já que lá você tem o privilégio de comer observando o pasto verdejante ao seu redor e as montanhas de Minas ao fundo. Não dá para ir no Pau de Angu sem experimentar o clássico pastel de angu do local. Com vários recheios ele é quase sempre acompanhado de uma cachaça artesanal da região.

 

Crédito: www.instagram.com/paudeangu

 

Mia Confeitaria

 

Depois de caminhar pelas vielas de Tiradentes e conhecer os casarões históricos e igrejas coloniais, nada melhor do que descansar tomando um café tipicamente mineiro com quitandas deliciosas, não é? A Mia Confeitaria tem receitas divinas que vão te encher de energia para continuar a explorar a cidade. Destaque para a torta de avelã com ganache de chocolate amargo. E não se esqueça de pedir um cafezinho, coado direto na mesa, para acompanhar.

 

Crédito: www.instagram.com/mia_confeitaria

 

E aí, deu água na boca? Agora você sabe que tem que visitar Minas Gerais e onde você tem que comer na Estrada Real com a 123Milhas!