Tem que Comer na Estrada Real - Blog 123Milhas %
Tem que Comer na Estrada Real

Tem que Comer na Estrada Real

16 de outubro de 2021

A Estrada Real, caminho que reúne rotas definidas por Portugal para explorar ouro e diamante no período colonial, é um grande atrativo turístico em Minas Gerais.

 

As cidades do trajeto oferecem uma enorme variedade de pratos e quitutes deliciosos tradicionais e com sabores inesquecíveis. Com valor histórico imensurável, ela é rica em arte, cultura e, é claro, gastronomia. E por falar nisso, venha com a gente e descubra tudo o que você tem que comer na Estrada Real. Bora lá?

 

Ouro Preto 

 

Ouro Preto

 

Além de visitar as belíssimas igrejas, ricos museus e demais pontos turísticos de Ouro Preto, há paradas obrigatórias para desfrutar da boa gastronomia. A cidade possui, inclusive, uma cerveja própria.

 

Cervejaria Ouropretana

A Cervejaria Ouropretana possui sete estilos de cervejas, que agradam todos os paladares. Os sabores diferenciados chamam a atenção dos clientes, que não perdem tempo em saborear as bebidas com toques de gengibre, maracujá, café e outros elementos.

 

Cervejaria Ouropretana

 

Além das bebidas, a Cervejaria se destaca pelo gin e petiscos que complementam o happy hour. Sanduíches, queijos, torresmo de barriga, bolinho de carne e o pão com linguiça são algumas das delícias que você pode pedir para completar sua experiência no bar.

 

Bené da Flauta

Você também não pode deixar de ir ao Bené da Flauta, um restaurante muito tradicional da cidade. Localizado em um casarão antigo e muito espaçoso, o local tem um cardápio de dar água na boca e com opções variadas.

 

Bené da Flauta

 

Desde frango com quiabo e feijão tropeiro até ossobuco, massas e bacalhau, o menu oferece pratos da culinária mineira, brasileira e mundial.

 

O Passo Pizzajazz

Outro queridinho da cidade é O Passo Pizzajazz, que chama a atenção pelas pizzas deliciosas e muitas opções de vinho. O cardápio conta com os sabores tradicionais, como marguerita, presunto e quatro queijos, e uma série de recheios mais elaborados, com direito a queijo de cabra, mel trufado, alho poró e mascarpone.

 

 

Para quem não quer pizza, há diversas outras opções de pratos, com massas, risotos, peixes, frutos do mar e carne.

 

Santa Matula – Casa Bistrô

O Santa Matula – Casa Bistrô também é uma ótima opção para almoço ou jantar. Com pratos típicos da cultura mineira, esse charmoso restaurante chama a atenção pela costelinha suína, tutu à mineira com carne de lata e frango caipira com quiabo. Deu água na boca por aí?!

 

Bar do Pelé

Para quem gosta de buteco, o Bar do Pelé merece uma visita. Com cerveja gelada, ambiente descontraído, ótimo atendimento e deliciosos petiscos, é parada obrigatória para quem gosta dos bares raiz. Não deixe de experimentar o elogiadíssimo torresmo com mandioca!

 

Lanchonete Garapinha

A lanchonete Garapinha também é outro local onde os turistas batem ponto. Além do famoso caldo de cana, o menu também chama a atenção pelos doces regionais, como doce de leite e goiabada, queijos e pimentas. Também é uma opção para quem procura um almoço caprichado e com excelente custo-benefício. Apenas um único prato é servido por dia, mas as opções são trocadas diariamente.

 

Lanchonete Garapinha

 

Quem visita o Bar Barroco afirma que lá vende a melhor coxinha do mundo, que você tem que comer em Ouro Preto! Simples e com ótimo preço, transmite a atmosfera boêmia da cidade. O risole de milho, pastel português e pinga com mel também recebem muitos elogios.

 

Santo Antônio do Leite

 

Santo Antônio do Leite

 

Santo Antônio do Leite, distrito de Ouro Preto carinhosamente chamado de Leite, é parada obrigatória para quem quer desfrutar de uma boa comida mineira em uma cidade agradável e bucólica.

 

Restaurante Os Inconfidentes

O restaurante Os Inconfidentes, um dos mais populares, oferece um sistema de buffet, com seis tipos de salada, três tipos de carne, dois tipos de massa e guarnições. Simples e delicioso, recebe destaque pelo uso de alimentos sem agrotóxicos, comprados dos produtores rurais da região.

 

Capricho Asturiano

O Capricho Asturiano também segue a linha de usar legumes e verduras frescos da agricultura local. Famoso pela comida caseira e variedade de carnes, como galinha caipira, cordeiro, leitão e pato, conquista todos os turistas.

 

Capricho Asturiano

 

Chalé da Praça

Uma outra opção para comida mineira de qualidade é o Chalé da Praça. O feijão tropeiro é um dos pratos favoritos, e o arroz doce é a sobremesa que mais recebe elogios. Além de almoçar, aproveite para comprar uma deliciosa geleia de jabuticaba, você não vai se arrepender.

 

Cervejaria Porão Beer

Vamos falar de cerveja? A Cervejaria Porão Beer é a melhor indicação para quem não abre mão de uma cerveja gelada. A decoração rústica deixa o ambiente aconchegante e as porções são a combinação perfeita com as bebidas. Não dá vontade de ir embora nunca! Para quem gosta de música ao vivo, a dica é ir aos sábados e aproveitar.

 

Lavras Novas

 

Lavras Novas – Igreja Nossa Senhora dos Prazeres

 

Lavras Novas, também distrito de Ouro Preto, atrai os turistas que buscam tranquilidade e aconchego. Romântica e tranquila, é um ponto que não pode faltar na sua jornada pela Estrada Real.

 

Pimenta Rosa

Opções para comer bem não faltam nesta cidade. Um dos restaurantes mais recomendados é o Pimenta Rosa, que chama atenção tanto pela comida quanto pelo ambiente acolhedor. O cardápio é de comida mineira com um toque contemporâneo, e oferece opções variadas, deliciosas e com porções bem generosas.

 

Pimenta Rosa

 

Pierina

O Pierina é um dos restaurantes mais sofisticados da cidade, que se destaca pelo cardápio de vinhos e pratos bem montados. As massas são produzidas na casa e valem muito a visita. Para quem gosta de tiramisu, pode pedir sem medo porque é delicioso!

 

Pierina

 

Bem Te Vi

Para uma refeição saborosa e mais em conta, o Bem Te Vi é a escolha ideal. Comida mineira de qualidade e porções fartas são os grandes destaques do restaurante, além da simpatia dos funcionários.

 

Confeitaria e Café Casa Amarela

Um outro lugar excelente é a Confeitaria e Café Casa Amarela, indicada especialmente para café da manhã e brunch. Muitas opções de bolos deliciosos e de dar água na boca, é até difícil escolher qual comer. O cappuccino da casa e o chocolate quente merecem destaque e encantam o paladar.

 

Confeitaria e Café Casa Amarela

 

São Bartolomeu

 

Matriz de São Bartolomeu

 

Eleita pela ONU como uma das melhores vilas de Minas Gerais, São Bartolomeu deve estar no seu roteiro. Também distrito de Ouro Preto, é famosa pelos doces artesanais que conquistam todos os paladares. A goiabada é um dos mais populares, e inclusive foi registrada como patrimônio imaterial. A fama é tanta que a vila celebra a Festa da Goiaba anualmente. A comemoração acontece em abril e celebra o final da colheita da fruta. O festival é gratuito e tem programação variada, com apresentações culturais, oficinas e exposições de artistas.

 

Festa da Goiaba de São Bartolomeu

 

Vovó Pia

Um dos melhores lugares para comprar doces artesanais em São Bartolomeu é na Vovó Pia. Todos os quitutes são preparados com frutas de produtores locais, açúcar orgânico e muito carinho. Doce de jabuticaba, cidra, figo, mamão com abacaxi e laranja são algumas opções do extenso cardápio. A geleias também são populares e com sabores diferentes, como manga com gengibre e jabuticaba com pimenta. Os doces de goiaba, típicos da cidade, também são produzidos. Você pode experimentar a goiabada cascão, goiabada pastosa e a geleia de goiaba. É difícil decidir qual comer primeiro!

 

São Vicente e Dona Serma

O doce de leite da vila também é muito popular, e feito com pequenas produções caseiras. Um dos melhores lugares para experimentar é na vendinha do São Vicente e Dona Serma. Produzido no tacho de cobre, como os demais doces da cidade, o doce de leite é extremamente saboroso.

 

O queijo, mel, cachaça e fubá moído são outros produtos muito famosos em São Bartolomeu. Para encontrar, não há muito mistério. Ao longo da rua principal da cidade, há várias vendinhas com dezenas de opções dessas delícias. O segredo mesmo é se aventurar pela via e visitar cada cantinho.

 

Doces de São Bartolomeu

 

Cantinho Caipira

A comida mineira da cidade também não pode ficar de fora da sua lista, e boas recomendações é o que não falta. O Cantinho Caipira, como o próprio nome já diz, é o melhor lugar para aproveitar bons pratos que só cidades do interior sabem fazer. O tempero da comida, ambiente agradável e bom atendimento são elogiados pelos turistas.

 

Outra indicação é o Cidadão da Mata, conhecido por usar produtos frescos e peixes recém pescados. O cardápio é curto e simples, mas oferece pratos deliciosos e muito bem preparados.

 

Parada Jeca Tatu

 

Museu Jeca Tatu

 

Museu Jeca Tatu

Na rota da Estrada Real, próximo ao município de Itabirito, há um lugar pra lá de inusitado. O Museu Jeca Tatu é um acervo de antiguidades de todos os tipos, com direito a móveis, eletrodomésticos, discos de vinil, brinquedos, latas de refrigerante e televisões. Além da viagem no tempo, essa parada tem um detalhe bem especial: o pastel de angu.

 

Essa iguaria é bem famosa em Minas Gerais, e você pode encontrar em diversos restaurantes, bares e lanchonetes, mas o do Jeca Tatu merece destaque e vale sua parada. Os sabores são variados, como carne, queijo, frango, jiló com carne e goiabada com queijo (também chamado de Romeu e Julieta).

 

O espaço agrada pessoas de todas as idades com as quinquilharias, e é interessante embarcar na descoberta de tudo o que o museu esconde. Mas, depois da brincadeira, nada melhor que um lanchinho para completar o passeio, não é mesmo?

 

Museu Jeca Tatu – Pastel de angu

 

Essa jornada gastronômica incrível está esperando você na Estrada Real. Partiu?!

Gostou da culinária? Aproveite e veja também onde se hospedar e as atrações que você precisa conhecer.

Drones

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!