Morro de São Paulo

Morro de São Paulo

Você adora destinos que oferecem lugares sossegados e animados, muito contato com a natureza e o charme de cidades rústicas? Confira o guia de viagem para Morro de São Paulo e tenha férias perfeitas num lugar inesquecível. 

A vila fica na Ilha de Tinharé, na Bahia. A entrada de automóveis não é permitida, e, por isso, o meio ambiente é preservado; e a atmosfera, tranquila. É o melhor passeio para relaxar e deixar de lado toda a correria do dia a dia. 

Como chegar

Há três maneiras de chegar a Morro de São Paulo a partir de Salvador. A forma mais comum é indo até o Terminal Marítimo para um catamarã. O trajeto dura cerca de 2h30, e a passagem custa a partir de R$ 113. Caso você vá na alta temporada, é indicado comprar com antecedência. 

O catamarã é o transporte mais usado para chegar a Morro de São Paulo

Preste atenção ao horário, pois a última embarcação sai às 14h30. Dependendo de quando você chegar na capital baiana, será necessário ir no dia seguinte.

Nessa situação, a via mais rápida é de táxi aéreo, indo do aeroporto de Salvador até o de Morro de São Paulo. Dura 25 minutos e custa entre R$ 595 e R$ 759. Os aviões são pequenos e comportam poucos passageiros, então também reserve com antecedência.

Outra opção é fazer o trajeto semiterrestre. É mais demorado, dura cerca de 4 horas. É indicado para quem sente muito enjoo ao andar de catamarã. Você deve ir ao Terminal Marítimo e pegar um ferry-boat até a Ilha de Itaparica, num percurso de 1 hora. A passagem custa R$ 5,10, de segunda a sexta, e R$ 6,70, aos sábados, domingos e feriados. Também é possível comprar com antecedência. Depois do desembarque, faça o trajeto terrestre até Valença. A distância é de 105 km. É possível ir de ônibus ou van, com passagens a partir de R$ 30. 

O percurso de Valença a Morro de São Paulo é feito de lancha. Dura 40 minutos e custa a partir de R$ 45. 

Aproveite o contato com a natureza preservada

Quanto custa uma viagem para Morro de São Paulo? 

O valor gasto em uma viagem para Morro de São Paulo varia conforme a época escolhida (alta ou baixa temporada), tipo de hospedagem, transporte, alimentação e se você fará ou não os passeios pagos. 

O descolamento mais comum e barato de Salvador até a vila sai a R$ 113 por trecho, ou seja, você paga pela ida e depois pela volta. Todos os turistas devem desembolsar R$ 20 pela taxa de visitação. Assim, já são R$ 246 para chegar lá. 

O trajeto do desembarque do catamarã até as pousadas é uma subida bem puxada. Algumas pessoas oferecem o serviço de transportar as bagagens com carrinhos de mão. Custa em média R$ 20 e é um bom investimento. 

No caso da alimentação, é possível fazer um lanche de R$ 10 ou pedir um prato principal em um restaurante, que pode custar a partir de R$ 35, nos mais baratos, e R$ 80, nos mais famosos. Considere que a maioria das pousadas oferece café da manhã; então você fará ao menos duas refeições ao longo do dia. 

O preço das bebidas varia bastante entre a alta e a baixa temporada. A cerveja na praia, por exemplo, pode flutuar entre R$ 12 e R$ 30. 

As hospedagens também mudam de acordo com o tipo e a época. As pousadas mais próximas das praias têm diárias a partir de R$ 500, enquanto as mais distantes têm opções a R$ 210. 

Para conseguir economizar nos dois maiores gastos, que são as passagens aéreas e a acomodação, a dica é comprar um pacote de viagem para Morro de São Paulo. Você encontra os melhores preços na 123milhas e faz o passeio perfeito gastando menos. 

Morro de São Paulo reserva um lindo pôr do sol

Qual é a melhor época para conhecer Morro de São Paulo?

A alta temporada vai de dezembro a fevereiro e também inclui o Carnaval. É a época que a ilha fica mais cheia, e consequentemente  os valores aumentam. Se você tem o orçamento apertado ou prefere lugares mais vazios, é bom evitar esses meses. 

Faz calor durante o ano todo em Morro de São Paulo, mas há maior incidência de chuvas de abril a julho. Também não é a época mais indicada para viajar. 

Contudo, o destino é incrível e vale a pena ser visitado em qualquer momento. Se você só puder viajar na alta temporada ou na estação chuvosa, vá mesmo assim. 

Quantos dias ficar em Morro de São Paulo? 

As viagens à vila duram entre três e cinco dias. Não é um lugar grande, então não precisa de muito tempo para conhecer. Com uma viagem mais curta, porém, você não conseguirá aproveitar tanto. 

O que fazer em Morro de São Paulo? 

As praias são os mais famosos pontos turísticos em Morro de São Paulo e há opções para todos os tipos de turistas. Quem gosta de lugares animados e esportes vai adorar a Segunda Praia. Os fãs de mergulho vão marcar presença na Terceira, enquanto aqueles que preferem ambientes pacatos vão se encantar pela Quinta Praia

A Quinta Praia é um dos lugares mais sossegados da vila

Os passeios pelas ilhas, pelas trilhas ecológicas, a tirolesa de 300 metros de comprimento, a observação de baleias jubarte, andar de lancha e fazer caminhada pelo centro histórico também compõem a lista do que fazer em Morro de São Paulo

Um dos lugares queridinhos para assistir ao pôr do sol e tomar drinks é a Toca do Morcego. Os turistas aproveitam para assistir a shows de música ao vivo e curtir um dos ambientes mais descolados da vila. 

Qual a praia mais bonita de Morro de São Paulo?

A beleza das praias depende de cada um, mas a queridinha é a Quarta Praia. Ela até entrou para a lista das dez melhores praias do mundo para viajar em 2022, ocupando o quarto lugar. Outro destino brasileiro que figura na lista é a Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, na sétima posição. 

A Quarta Praia está na lista das melhores para viajar em 2022

Dicas

  • Leve pouca bagagem. Não há automóveis na vila e, mesmo que você contrate o serviço de carrinho de mão, provavelmente terá de circular com suas malas em alguns momentos da viagem. 
  • Priorize roupas leves e confortáveis. Caso vá durante o inverno, um casaco fino será suficiente. 
  • A voltagem padrão é 220v. Se você mora em algum lugar que seja 110v, verifique se os seus itens são bivolt ou se será necessário usar um adaptador. 
  • Leve dinheiro em espécie, já que nem todos os estabelecimentos aceitam cartões e não há bancos na ilha, apenas lotéricas e alguns caixas eletrônicos.
  • Não se esqueça de incluir protetor solar e repelente na sua mala.   

Leve pouca bagagem e não se esqueça de incluir o protetor solar

Deu vontade de viajar? Fique por dentro dos melhores passeios em Morro de São Paulo e monte o roteiro perfeito! 

O orçamento está apertado? Confira também lugares na Bahia para viajar gastando pouco. 

RESERVAR