Lifestyle

Balonismo: três destinos para fazer passeio de balão no Brasil

Voar de balão está entre os desejos de diversas pessoas. Balonismo é uma prática comum em lugares como a Capadócia. Mas sobrevoar de balão sem sair do país também rende adrenalina e paisagens deslumbrantes. Vamos explicar tudo sobre essa atividade e mapear os três destinos para fazer passeio de balão no Brasil

Balonismo

O balonismo, como é chamado esse esporte aéreo, é praticado a bordo de um balão de ar quente. Surgiu oficialmente no ano de 1783, quando os irmãos franceses Montgolfier, Etiene e Joseph, fizeram um primeiro teste bem sucedido. Na época o voo foi visto por grande parte da população de Paris.

Já no Brasil, o primeiro voo de balão ocorreu em 1885 e dois anos depois foi criada a Associação Brasileira de Balonismo (ABB) – entidade máxima do esporte.

Escolha o seu próximo destino para curtir essa aventura.  Confira nossa lista com três lugares lindos para ver o Brasil de cima.

 

Como funciona o voo de balão

É comum as pessoas terem vontade de realizar o sonho de voar de balão. O seu funcionamento é curioso para muitos. Por isso, explicamos o que você precisa saber para ficar bem seguro no seu primeiro voo.

No quesito segurança, é importante saber que os voos só acontecem com condições meteorológicas adequadas. Isto é, quando o vento de superfície não excede 15km/h. Além de somente pilotos profissionais licenciados poderem conduzir o aparato.

Bom, em relação à sua estrutura, o balão é composto por: 

  • Envelope: tecido usado em si, que mantém o ar quente e é responsável pelo objeto flutuar;
  • Cesto: é como uma cabine, onde os passageiros ficam durante o trajeto. É feito em vime trançado, por ser um tipo de material leve, flexível e de fácil manutenção;
  • Maçarico: funciona como uma espécie de motor. Nesta parte acontece a queima do gás propano. Ele aquece o ar no interior do envelope, fazendo com que o balão suba;
  • Ventoinha: parte usada somente quando o balão está em solo. Funciona para iniciar a inflagem de ar enquanto o envelope ainda está deitado. Depois de inflado, o maçarico termina o trabalho.

Além disso, há equipamentos eletrônicos importantes para direcionar o piloto, como o GPS, o rádio para a comunicação e o altímetro.

Portanto, o balão funciona com a adição de ar quente. E quanto mais ar quente, mais ele sobe. Ao parar de adicionar o composto, o balão vai descendo aos poucos. A direção é completamente determinada pelo vento, mas há um recurso usado pelos pilotos para subir e descer, pegando correntes de ar de acordo com a altitude. 

Com todo esse planejamento, o piloto sempre encontra um lugar adequado para realizar o pouso. Já que é necessário um lugar amplo e bem aberto, onde tenha espaço suficiente para pousar, sem qualquer fio de energia por perto e fácil acesso para que o carro de resgate dos passageiros possa chegar com facilidade e estacionar.

Pronto! Pode ficar tranquilo e curtir bastante o seu passeio. As empresas renomadas do mercado estão super preparadas para realizar voo de balão. 

 

Onde voar de balão

O balonismo tem se tornado cada vez mais popular no Brasil. Por isso, você tem vários lugares onde voar de balão de norte a sul no país. Aqui vão três dos melhores!

 

Boituva, São Paulo

Quando o assunto é voo de balão no Brasil, Boituva lidera a lista. A cidade do interior de SP é um dos lugares mais conhecidos para o esporte e fica a 122 km de São Paulo. É ideal para quem vai visitar a capital paulista e deseja fazer um bate e volta até o local.

O cenário lá do alto é lindíssimo: composto por cachoeiras, serras, rios e campos verdes.  Boituva é palco também para outros esportes aéreos radicais, como o paraquedismo. Há mais de 30 anos o município é conhecido por abrigar o maior centro de práticas esportivas aéreas na América Latina.

Mas, afinal, quanto custa voar de balão por lá? Existem diversas empresas renomadas que você pode escolher para fazer o seu passeio. A Céu Azul Balonismo oferece um serviço mais luxuoso. Os valores variam de R$ 349,90 a R$ 1590. Tudo depende se o passeio será mais exclusivo, somente o casal, por exemplo. Ou se o balão subirá voo com outras pessoas. Existe a possibilidade até mesmo de fechar para um grupo de amigos.

A Aventurar Balonismo é outra empresa que tem tradição no local. Os valores variam entre R$ 494 e R$ 2156. Esse último seria uma condição especial para um casal fazer o voo. Além do voo personalizado, inclui café da manhã e um espumante. Já imaginou brindar lá do alto ao lado do seu amor?!

Os passeios têm duração padrão de 1 hora. A reserva deve ser feita com antecedência.

A Equipe Aventurar de Balonismo faz voos há 20 anos pela cidade paulista

Para chegar a Boituva, você pode pegar um voo para São Paulo e alugar um carro. Você deve seguir pela Rodovia Castelo Branco. A viagem tem duração aproximada de 1h30 a 1h50.

Aqui te damos as dicas dos melhores lugares de onde se hospedar na capital paulista.

Lindo pôr do sol em Boituva, que é uma das belas paisagens que as pessoas podem contemplar da cidade

 

Torres, Rio Grande do Sul

No litoral do Rio Grande Sul, o cenário que você poderá ver bem do alto abrange praias, rios e montanhas. Estamos falando da cidade de Torres, quase na divisa com Santa Catarina, um outro destino indicado quando o assunto é balonismo. 

Na cidade acontece o Festival Internacional de Balonismo, que reúne milhares de pessoas e competição de balões. Com um guia cultural bem completo, além de shows, é diversão garantida. Normalmente, o Festival acontece em datas próximas ao feriado da Páscoa. Esse ano o evento ocorreu de 14 a 24 de abril.  

A paisagem da cidade gaúcha é de tirar o fôlego. Quem tiver o privilégio de sobrevoar Torres, vai ver belos mares, as formações rochosas da serra, falésias, além do rio que divide os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Há diversas empresas que realizam o passeio na região. A Trip Balonismo é uma delas. Entre em contato diretamente com eles para tirar as dúvidas e agendar o seu passeio de balão. A Omega Balonismo é outra empresa super indicada para fazer o voo pelo local.

Os passeios por Torres custam a partir de R$ 639 por pessoa e têm duração em média de 45 minutos.

Voos de balões em Torres, durante o Festival Internacional de Balonismo na cidade

Torres é um lugar que vale a pena conhecer. A cidade ganhou esse nome devido aos enormes penhascos que se erguem à beira-mar. Além do tradicional passeio de balão, as praias ficam cheias durante o verão. As mais famosas são a Praia da Cal, indicada para famílias; a Praia da Guarita, com mar agitado, frequentada por surfistas; e a Praia Grande, para quem busca agitação.

Outra parada obrigatória no destino é o Parque Estadual da Guarita. O Parque reúne as maiores atrações do local, com os penhascos na orla. Lá existem as escadarias que levam até o topo da Torre Sul, além da caminhada para a Torre do Meio.

Vista panorâmica da Praia de Torres

O acesso é livre para quem quiser visitar ou fazer a caminhada. O caminho é pavimentado para quem optar por fazer o passeio de carro. Nesse caso, o valor é de R$ 20 na alta temporada e R$ 10 na baixa. O Parque da Guarita fica aberto todos os dias das 8h30 às 17h30 e a entrada fica na Praia da Cal, a apenas 1,5 km do centro de Torres.

Para chegar em Torres, você pode pegar um voo para Porto Alegre ou Florianópolis. Depois será necessário dirigir até a cidade por 197 km e 280 km, respectivamente.

 

Chapada dos Veadeiros, Goiás

Ver as belas atrações do cerrado brasileiro lá do alto é um espetáculo à parte! Fazer um passeio de balão na Chapada dos Veadeiros, região considerada Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, reserva imagens surpreendentes da fauna e da flora local. Inclusive de lugares que não permitem acesso ao público, como a Cachoeira dos Órfãos.

Os voos na região são feitos exclusivamente pela empresa Balonismo na Chapada. O voo tem duração de 1 hora e custa a partir de R$ 400 para crianças de 6 (idade mínima permitida) a 11 anos, e R$ 790 para adultos. Os voos por lá acontecem entre os meses de janeiro a julho e de outubro a dezembro. 

Famosa pela vastidão de quedas d’água, chapadas e cânions, a Chapada dos Veadeiros promete ser o destino certo para os amantes do ecoturismo. Cenário perfeito para sobrevoar de balão, não é mesmo? E confira também o que mais você não pode deixar de conhecer na Chapada dos Veadeiros quando visitar esse paraíso.

Voo de balão no Cerrado brasileiro. Uma das lindas vistas da Chapada dos Veadeiros, em Goiás

Se você gosta do combo lazer e aventura, sabe que o balonismo é ideal para uma viagem inesquecível! E aí, já escolheu o seu próximo destino para voar de balão e ver as belezas lá de cima? 

A 123milhas tem sempre as passagens aéreas mais baratas para você!