Guia turístico

Conheça três destinos para descansar no carnaval

Quem espera o ano inteiro para pular carnaval terá que aguardar mais um pouco por conta da pandemia de Covid-19. A disparada de infecções do vírus adiou os planos de muitos foliões para o próximo ano.  Então, relaxar em um lugar calmo e, claro, espetacular é uma boa saída para se desligar da rotina e prevenir contra a doença.  Para ajudar você a encontrar um lugar mais seguro, listamos três destinos para descansar no carnaval de 2022

Neste guia, você vai encontrar quais são os melhores destinos para passar o carnaval. O mapeamento inclui paraísos naturais com cachoeiras, grutas, mar e trilhas espalhados pelo Brasil. E, o melhor, onde passar o carnaval gastando pouco dinheiro

 

Vai ter feriado no carnaval?

Em 2022, o Carnaval está previsto para acontecer de 26 de fevereiro (sábado) a 1º de março (terça-feira). Contudo, os novos indicadores da pandemia, em todo o país, não demonstram segurança epidemiológica para a realização de festas de rua e desfiles de escolas de samba.

Você tem dúvida se vai ter ponto facultativo no Carnaval de 2022? Então, atenção! Apesar da contaminação não ter abaixado, o avanço da vacinação contra a Covid-19 está permitindo que alguns estados e municípios flexibilizem algumas das medidas de restrição. 

Por isso, mesmo sem folia, vários destinos mantiveram o feriado e adotaram ponto facultativo nos dias 28 de fevereiro, 1º e 2 de março. Para saber se você poderá descansar no feriado de carnaval em 2022, é preciso acompanhar a determinação da prefeitura da cidade, do seu empregador e do destino onde deseja conhecer. A programação da sua viagem deve começar por aí.

O ponto facultativo é um dia em que o empregador pode decidir se o trabalho será ou não suspenso de acordo com o calendário da empresa.

Até o momento, pelo menos onze estados e o Distrito Federal decretaram ponto facultativo. São eles: Acre, Alagoas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. Bahia, Ceará e Pernambuco não terão feriado.

 

Chapada dos Guimarães

Belos rios, paredões de pedra e cachoeiras atraem quem quer paz e aventura na natureza durante o Carnaval. Além do mais, se refrescar é palavra de ordem durante o verão. Agora, imagine se, somado a isso, você viajasse para um lugar com belo parque de ecoturismo, vários mirantes e a maior gruta de arenito do Brasil?

Esse destino é a Chapada dos Guimarães, imponente reserva natural localizada no Mato Grosso. Lugar ideal onde passar o Carnaval de 2022 tranquilo. O principal cartão-postal desse paraíso pantaneiro é a Cachoeira Véu de Noiva. A queda d’água de 85 metros de altura desce por um paredão de arenito e forma um enorme poço.  

Ela passa pela rodovia Emanuel Pinheiro (MT-250), no km 50. Então, ainda no caminho, dá para encostar o carro e já sentir a energia que o restante do roteiro reserva.

A Cachoeira Véu de Noiva é um monumento natural gigantesco apenas para se apreciar a beleza e a força das águas. É proibido se banhar nela.

Para chegar à Chapada dos Guimarães, a melhor rota é descer de avião no aeroporto de Cuiabá. De lá, vá de carro pela estrada MT-251 por 60 km até o destino. A cidade Chapada dos Guimarães está a apenas 69 km da capital e o parque fica bem próximo a ela. Nos fins de semana e feriados, pousadas e restaurantes costumam encher.

Para as atrações Gruta da Lagoa Azul – com poço de água cristalina – e a Caverna Aroe Jari (ou Gruta do Francês) também é preciso seguir pela MT-251, sentido Campo Verde. Elas estão localizadas a 30 minutos de distância uma da outra. Vale a pena conhecer as duas.

A Caverna Aroe Jari é a maior gruta de arenito do Brasil, com 1550 metros de extensão.

 Reserve, pelo menos, um dia para conhecer o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. No Circuito das Cachoeiras, passe pelo mirante da emblemática Cachoeira Véu de Noiva, por meio de trilhas pelo Vale do Rio Claro. Inclua Cachoeira das Andorinhas e dos Degraus para se banhar.

Com mais tempo, faça oito horas de caminhada até o morro de São Jerônimo. O caminho é feito por formações rochosas e cânions impressionantes, como o Jacaré de Pedra, a Mesa do Sacrifício e a Pedra Furada. Fique atento durante o trekking. É comum ver araras-vermelha, coruja-buraqueira e siriema no caminho.

A cidade de Chapada dos Guimarães recebe grande fluxo de visitantes de veraneio. Mas são tantos atrativos naturais ao longo de 32 mil hectares de reserva natural que esse é um destino perfeito para descansar no carnaval

 O centro de Chapada dos Guimarães é pequeno, arborizado e muito charmoso. É um ótimo local para comprar artesanatos, inclusive feitos de pedras, ir em restaurantes e bares.

Até a pandemia da Covid-19, pular carnaval na Praça Dom Wunibaldo era um clássico. Porém, neste ano, nem lá ou outros lugares serão palco da festividade. A prefeitura de Chapada dos Guimarães cancelou todas as festas, públicas e privadas, no município neste período.

Atualmente a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é gratuita. Esse é um bom destino para se desligar da rotina, fugir da aglomeração e conseguir viajar no carnaval com pouco dinheiro.   

 

Serra da Canastra

Esse é um destino vazio no carnaval e ideal para quem gosta de relaxar, mas sem perder o espírito de aventura. O  Parque Nacional da Serra da Canastra faz parte dos municípios mineiros São Roque de Minas, São João Batista, Sacramento e São José do Barreiro. Prepare-se para fazer trekking ou percorrer áreas íngremes e chão de terra, apenas com veículos 4×4.

Localizado no sudoeste de Minas Gerais, a 350 km de distância de Belo Horizonte, fica em uma área de 200 mil hectares, com vegetação de transição entre a Mata Atlântica e o Cerrado. O nome vem do formato da serra semelhante a um baú – antigamente chamado de canastra.

O relevo acidentado, com serras de até 1.496 metros de altitude (torre da Serra Brava), e a vegetação rasteira garantem uma paisagem única. No complexo natural, as cachoeiras atingem mais de 100 metros.

O parque foi criado em 1972 para preservar a nascente do Rio São Francisco. É um santuário para várias espécies de vegetais e animais, como tamanduá-bandeira, lobo-guará e pato mergulhão.

 A cidade de São Roque de Minas concentra a maioria dos hotéis, bares e restaurantes na região. Para chegar lá, a rota mais usada segue por 58 km da MG-341, a partir de Piumhi (principal cidade de entrada para a Serra).

Daí para frente, é preciso enfrentar um trecho com várias curvas, pedras e estrada de terra até a portaria 1 – a principal do parque. Outra muito usada é a Portaria 4, no distrito de São José do Barreiro, em Vargem Bonita.  

A Cachoeira Casca D´Anta é o símbolo do Parque Nacional da Serra da Canastra.

Um dos principais atrativos da Serra da Canastra é a Cachoeira do Cerradão. Com 186 metros de extensão, é obrigatório ir acompanhado de guia para cruzar a parte alta e a baixa da Cachoeira Casca D’Anta.

Outras boas quedas d’água são a Cachoeira Velho Chico, do Cerradão e do Jota. As piscinas naturais do Tio Zezico e o Poço das Orquídeas são boas para as crianças nadarem. Para entrar no parque, a cobrança de ingresso está temporariamente suspensa.

O Queijo Canastra é vendido em diversos pontos da cidade.

A região é muito famosa pela fabricação do Queijo Canastra, considerado Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Aproveite o roteiro para conhecer fazendas produtoras, degustar a iguaria e levar vários deles na bagagem para casa.

 

Ilha do Mel

Descansar e curtir a praia é possível no feriado de carnaval de 2022. A Ilha do Mel, no litoral do Paraná, é um dos destinos tranquilos para o carnaval e um dos lugares mais bonitos do Brasil. Distante apenas 120 km da capital do estado, Curitiba, é muito procurada no sul do país. 

Com 38 km de extensão, a ilha pertence ao município de Paranaguá e atrai visitantes atrás de turismo ecológico e histórico. É composta por quatro vilas: Encantadas, Brasília, Farol e Fortaleza.

A Ilha do Mel possui limite de 5 mil pessoas simultaneamente visitando o local.

Para chegar à Ilha do Mel, o acesso é feito de barco pelo Pontal do Paraná ou Paranaguá. As travessias ocorrem das 8h às 23h, com intervalos de hora em hora nos feriados. Por dia, saem sete embarcações entre as 8h30 e as 18h.

Além do mar relaxante, é preciso conhecer a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres, construída no século XVIII para proteger a entrada da ilha de piratas e ingleses, e o Farol das Conchas, de 1872.

Ilha do Mel é uma ótima opção para quem quer fazer trilhas e passeios de bicicleta, mergulho, parapente e surfe ou apenas esperar o dia passar.

A Baía dos Golfinhos é um passeio imperdível na Ilha do Mel. É um lugar para apreciar, claro, o mamífero que dá nome ao local. Nem é preciso ter paciência para ver algum deles por lá. Há uma população fixa de 400 golfinhos saltando no ar.

A região também é famosa pela gastronomia alemã e pratos típicos, como tainha assada, arroz lambe-lambe e farofa de mexilhões. Tire a noite para dançar forró e escutar música ao vivo em bares e restaurantes na Praia das Encantadas.

 Que tal escolher um desses destinos para descansar no carnaval em 2022? Certamente, você conseguirá relaxar e se divertir bastante em meio à natureza.