Lugares para conhecer

Ilhéus: curiosidades sobre a cidade do sul da Bahia

Situada no sul da Bahia, Ilhéus abriga diversos atrativos ao longo de seus 80 km de litoral, aproximadamente. Construções históricas, como a Capela Nossa Senhora Santana, e imensa beleza natural, dentre inúmeras praias e cachoeiras, encantam os visitantes, além da rica culinária típica baiana. 

O destino, a aproximadamente 400 km de Salvador, atrai turistas de diversas partes do mundo pela oportunidade de imergir à cultura, à gastronomia, à história e, claro, visitar os diversos pontos turísticos das “terras” de Jorge Amado. Afinal, o município serviu de inspiração para os romances do escritor, como “Gabriela, Cravo e Canela” (1958). 

Neste dia 28 de junho, celebramos o aniversário de Ilhéus, que completa 488 anos de fundação. Foi em 1881, que a Vila de São Jorge dos Ilhéus, à época, elevou-se à categoria de cidade, após vivenciar intenso crescimento a partir das lavouras de cacau, na segunda metade do século XIX. 

Em homenagem ao território de grande valor histórico e cultural, o Conexão123 separou curiosidades sobre Ilhéus (BA)

 

Você vai ler sobre


Ilhéus é conhecida como “terra” de Jorge Amado

Fundada em 1534, a cidade de Ilhéus ganhou fama com as obras de Jorge Amado. O escritor se inspirou no cenário urbano local para produzir livros e novelas, como “Dona Flor e Seus Dois Maridos”. 

Considerado um dos maiores escritores brasileiros, Jorge Amado nasceu em 10 de agosto de 1912, na Fazenda Auricídia, em Itabuna (BA). O filho de João Amado de Faria e de Eulália Leal, mudou-se para Ilhéus aos quatros anos, após as plantações da família serem devastadas por uma intensa enchente. 

No decorrer da adolescência, despertou a vocação da narrativa coloquial pelas ruas estreitas e históricas ilheuenses. Jorge levou Ilhéus para o mundo por meio de suas obras literárias, que são algumas das mais lidas do globo. A ficção e a realidade se misturavam em seus textos. 

O romance emblemático de “Gabriela, Cravo e Canela” carrega uma espécie de tradução do município baiano no livro, no cinema e na televisão. Por Ilhéus, os viajantes encontram pontos turísticos que homenageiam Amado.

A Casa de Cultura Jorge Amado é um excelente exemplo. O local traz a vida e a obra do romancista. Já a Casa de Tonico Bastos é dedicada ao personagem ficcional que aparece em “Gabriela, Cravo e Canela”.

Ilhéus: curiosidades sobre a cidade do sul da Bahia | Casa de Cultura Jorge Amado | Conexão123

A Casa de Cultura Jorge Amado fica localizada na Rua Jorge Amado e foi fundada em 1997

 

Ilhéus: a “Princesinha do Sul” e uma das cidades mais importantes da Bahia

Completando 488 anos de existência, Ilhéus é denominada a “Princesinha do Sul” e fica entre as sete cidades mais importantes da Bahia, na região Nordeste. Os municípios que se destacam são: Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Itabuna, Juazeiro e Ilhéus. 

Além do mais, o território ilheuense é porta de entrada para as principais cidades do Sul do estado. Ao lado de Itabuna, é considerado também o centro regional de serviços e sedia o Aeroporto Jorge Amado. 

Agraciada pela Mata Atlântica, a região possui variedade de ecossistemas naturais e vastos patrimônios histórico, cultural e arquitetônico, composto por casarões, palacetes e igrejas em estilo neoclássico. A exemplo, o Palácio Paranaguá (1907), tombado como patrimônio histórico pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC). 

Ilhéus: curiosidades sobre a cidade do sul da Bahia | Palácio Paranaguá | Conexão123

O Palácio Paranaguá, datado em 1907, foi construído em estilo neoclássico

 

Ilhéus é o município baiano com maior extensão litorânea

Ilhéus é o município baiano com maior extensão litorânea. São cerca de 80 km de belas praias com cenários paradisíacos, mar azul e areia dourada. 

Seja com a família, a dois, a sós ou entre amigos, os recantos praianos de Ilhéus, na Bahia, são variados e para todos os gostos de turistas. Cada local tem suas próprias características e encantos. Listamos três lugares banhados pelo oceano e as curiosidades para você conhecer: 

  • Praia do Sul: ideal para todos os estilos de viajantes, o local tem orla extensa, areia firme e ótima estrutura com boa comida. As pedras e recifes tornam o visual ainda mais belo. O lugar é bastante movimentado pelos banhistas, esportistas e ambulantes, que vendem produtos. Durante a maré baixa, os recifes formam piscinas naturais
  • Praia dos Milionários: localizado no Sul da cidade, o point é extenso e integra ótima infraestrutura com mesas, cadeiras, guarda-sóis e estabelecimentos gastronômicos. A praia recebeu este nome pois no passado os casarões dos barões de café ocupavam a orla
  • Praia dos Milagres: situada no distrito de Olivença, o atrativo tem fácil acesso e quiosques com pequena estrutura. O ambiente, cercado por rochas, é procurado por surfistas pelas ótimas ondas. Ao lado direito da praia existe um altar com algumas imagens, que traz um ar de mistério e, ao mesmo tempo, tranquilidade
Ilhéus: curiosidades sobre a cidade do sul da Bahia | Praia de Ilhéus | Conexão123

As praias de Ilhéus reservam estilos e características únicas

 

Ilhéus abriga uma das igrejas mais antigas do país

A Capela Nossa Senhora Santana, em Ilhéus, foi construída no século XVII e é o monumento mais antigo subsistente da cidade baiana. Além disso, o santuário foi erguido por jesuítas. 

À margem do Rio Engenho, Distrito de Couto, a construção foi tombada como patrimônio histórico e cultural pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 

Segundo os historiadores, o prédio é considerado a mais antiga capela rural do país e tem em sua edificação pedra e cal, além de possuir torre sineira. O espaço religioso pertenceu à família de Mem de Sá, terceiro governador-geral do Brasil. 

Ilhéus: curiosidades sobre a cidade do sul da Bahia | Capela Nossa Senhora Santana | Conexão123

A Capela Nossa Senhora Santana é o monumento mais antigo de Ilhéus

 

Ilhéus: produção de cacau foi responsável por boa parte das riquezas do destino

No Brasil, o berço do cacau foi a região amazônica, justamente pelas temperaturas elevadas e chuvas abundantes, clima ideal para o desenvolvimento do fruto. Porém, em meados do século XVIII, as primeiras sementes da árvore foram plantadas no Sul da Bahia, o que originou um novo capítulo na história de Ilhéus

O cacau foi responsável por parte significativa da riqueza do município. A partir da expansão da lavoura, no século XIX, a Vila de São Jorge dos Ilhéus vivenciou um período de prosperidade, causando um movimento para elevação do território à categoria de cidade. 

Apresentado oficialmente em 4 de junho de 1881 pelo deputado Cônego Manuel Teodolindo Ferreira, na Assembleia Legislativa Provincial da Bahia, o projeto foi sancionado no dia 28 de junho do mesmo ano, data que oficializou o status de “cidade” ao território.  

O município atingiu o ápice cacaueiro com a construção do antigo Porto de Ilhéus, em torno da década de 20, local de suma importância para o escoamento da produção do fruto. 

Ilhéus: curiosidades sobre a cidade do sul da Bahia | Cacau em Ilhéus | Conexão123

A cidade de Ilhéus é conhecida pelas produções de cacau e também fabrica os próprios chocolates

 

Outra curiosidade é que o homem mais rico da Bahia, na época, era o Coronel Misael Tavares, também conhecido como “O Rei do Cacau”. Fazendeiro e dono de incontáveis empreendimentos, ele residia com sua família em um luxuoso palacete. Atualmente, o local é ponto turístico no centro ilheuense. 

Ilhéus já foi considerado o maior produtor de cacau do mundo, sendo ainda hoje um dos mais importantes do Brasil. O país ocupa a sétima posição no ranking mundial de maiores fabricantes do fruto, atrás apenas da Costa do Marfim, Gana, Indonésia, Nigéria, Equador e Camarões, de acordo com dados da FAOSTAT (Food and Agriculture Organization of the United Nations) – 2020. 

Em Ilhéus, o viajante ainda pode acompanhar parte do processo de plantio do cacau, como ao visitar a Fazenda Yrerê, especialista na iniciação ao cacau. Um verdadeiro paraíso dos chocólatras! 

Inclusive, além de plantar cacau, o destino também produz os próprios chocolates, acredita? Listamos três estabelecimentos para você visitar:

  • Chor – Chocolate de Origem (Rua Vereador Marcus Paiva, 316, Cidade Nova) – segunda a sexta, das 9h às 18h; sábado, das 9h30 às 13h30
  • Chocolate Caseiro Ilhéus (Rodovia Ilhéus Uruçuca, SN – km 2,5, Distrito Industrial) – segunda a sábado, das 8h às 17h
  • Cacau do Céu (Avenida Soares Lopes, 508, Centro) – segunda a sábado, das 10h às 17h30

Curtiu saber um pouco mais sobre a história e curiosidades de Ilhéus? Chegou a hora de arrumar as malas e embarcar rumo às “terras” de Jorge Amado!

Para isso, conte com a 123milhas com as melhores condições de passagens aéreas, hotéis e pacotes de viagem!