Guia turístico

Onde ir em Alter do Chão: descubra a Ilha do amor e as praias do Rio Arapiuns

A vila de Alter do Chão é um distrito de Santarém – município que fica a cerca de 1,3 mil quilômetros de Belém do Pará. O lugar tem paisagens espetaculares e as mais belas praias à beira-rio no Brasil. Passeios de barco pelos rios Tapajós e Arapiuns são atrativos desse destino, que proporciona uma vista de pôr do sol inesquecível. Mas a riqueza da Floresta Amazônica e a identidade da cultura paraense também arrastam muitos visitantes até o local. Descubra como ir para Alter do Chão e fique por dentro das maravilhas desse lugar encantado do Norte do Brasil.

 

Como chegar em Alter do Chão

Para chegar em Alter do Chão a principal opção é desembarcar no Aeroporto de Santarém, a 35 Km da vila e de onde chegam voos de Belém, Manaus e Brasília. Caso você parta de outras regiões do Brasil, precisa fazer uma conexão em um desses três pontos.

Geralmente, o percurso até Alter do Chão é completado por táxi ou transfer particular. A viagem leva cerca de 40 minutos. Esse transporte custa cerca de R$100.

Há também uma linha de ônibus que faz o itinerário convencional durante a semana. O horário vai das 6h às 22h, e a passagem custa R$4. Quem opta por essa modalidade vai precisar fazer pelo menos uma baldeação no Shopping Rio Tapajós para chegar em Alter.

A cidade de Santarém tem uma boa estrutura para receber os visitantes de Alter do Chão

Se você sai diretamente da região de Manaus ou de Belém, a alternativa é seguir para Santarém de barco. O preço do bilhete custa cerca de R$120 com acomodação simples. Nesse caso, o tempo de viagem é maior, podendo chegar até três noites como a rota pelo Rio Amazonas saindo de Belém (PA).

Consulte os valores nas três principais empresas que fazem esse trajeto na região: Amazon Star, Embarcar e AR Transporte.

A viagem de barco até Alter do Chão é deslumbrante

 

Ilha do Amor em Alter do Chão

Um dos lugares mais visitados em Alter do Chão é a Ilha do Amor. O espaço queridinho fica em uma ponta de areia entre o Lago Verde e o Rio Tapajós. A dois minutos do centro, o ponto também é o mais recomendado para começar a conhecer a vila.

Cercada por forte estrutura de restaurantes, quiosques e pousadas, a Ilha do Amor possui areia fina e no final de tarde fica paradisíaco! Outro destaque são os aluguéis de caiaque disponíveis para passeios no local.

Para chegar à Ilha do Amor é preciso pegar uma catraia (barco de madeira) por cerca de R$5 no centrinho de Alter do Chão. O trajeto também pode ser feito a pé ou a nado dependendo das condições da maré.

Os quiosques na Ilha do Amor servem os melhores pratos típicos de sabor amazonense de Alter do Chão

 

Praias do Rio Arapiuns

Inegavelmente, um dos grandes chamarizes de Alter do Chão são as belas praias à beira do Rio Tapajós. E você pode atravessar a margem do rio em direção à região de Arapiuns e se surpreender com um novo universo de praias de águas transparentes e dunas quase desertas.

É nessa área de Arapiuns que fica a maioria das comunidades da população ribeirinha com estrutura para receber visitação. Um exemplo é a Comunidade Coroca, que oferece refeições típicas à base de peixes frescos e redários para relaxamento ao longo do dia.

Outras atrações são os espaços para observação de tartarugas de rio e os trançados do tucumanzeiro, que podem dar forma a mandalas e cestarias originais da região de Alter.

Conheça as tartarugas de rio em Arapiuns, Alter do Chão, no Pará

A rota de barco ou de lancha até Arapiuns sai em média por R$150 partindo do centrinho. Já com saída do Porto de Santarém, os bilhetes para barcos de linha custam cerca de R$40 por pessoa e costumam ter paradas para pernoite em algumas das comunidades locais.

 

Ponta Grande

Principal praia da região de Arapiuns, a Praia de Ponta Grande é um verdadeiro cartão de visitas de Alter do Chão. A grande ponta de areia fina do local é cenário para muita beleza e tranquilidade. A característica das águas segue o padrão da região, que tem um clima ameno e pouca agitação.

A Ponta Grande é repleta de pequenas piscinas à margem do Rio Arapiuns, em Alter do Chão

 

Ponta do Icuxi

Uma das praias mais interessantes à margem do Rio Arapiuns, a Ponta do Icuxi chama a atenção principalmente pela formação de piscinas naturais na parte das águas rasas. O local é bastante conhecido por mesclar regiões com águas profundas.

 

Ponta do Toronó

Também com longa faixa de areia clara, a bela Ponta do Toronó sobressai pelos caminhos de piscinas que se formam ao adentrar às margens do Rio Arapiuns. O local é considerado um dos pontos imperdíveis para ir em Alter do Chão.

A Praia Ponta do Toronó tem uma paisagem surreal

 

Floresta Nacional dos Tapajós

Voltando ao centro de Alter do Chão, um outro passeio muito recomendado é seguir até a Floresta Nacional do Tapajós, BR 136, quilômetro 360, em Belterra. A unidade de conservação condensa mata secundária e primária com muitas espécies nativas da fauna e da flora amazônica.

É uma experiência e tanto estar perto de árvores emblemáticas como a gigante sumaúma e a seringueira. Os repelentes naturais produzidos a partir do manejo comunitário como a extração do látex e dos óleos de andiroba e copaíba estão entre os mais procurados.

Existem, ainda, muitas curiosidades sobre a população tradicional e indígena da região contadas durante passeio de trilha. Você pode optar por pernoitar nas hospedagens do local.

A grandeza da Floresta Amazônica na região de Alter do Chão

Está impressionado e com vontade de programar uma viagem para esse cantinho paraense eleito o melhor destino de praia pluvial do Brasil com a 123Milhas? Então fique atento para o próximo guia com as principais praias à beira do Rio Tapajós e tudo o que fazer Alter do Chão.