Guia turístico

Por que viajar a Boa Vista?

Cercada pela Floresta Amazônica, Boa Vista, capital do Estado de Roraima, é um destino maravilhoso para quem quer se conectar com a natureza e conhecer a cultura da Região Norte do país. E, quando falamos “norte”, é ao norte mesmo. A cidade é a única capital brasileira acima da Linha do Equador. Vamos descobrir por que viajar a Boa Vista e as atrações que não podem ficar de fora da sua viagem à capital de Roraima?

 

Onde fica Boa Vista

Roraima é o estado que se encontra mais ao norte do Brasil, e sua principal cidade também segue a cartilha. Boa Vista é a única capital brasileira localizada acima da Linha do Equador. Cercada pela Floresta Amazônica, que predomina na região setentrional do país, a cidade é um destino cheio de belezas naturais e muita história.

Nas margens do Rio Branco, que hoje é o principal curso fluvial de Roraima, o local começou a ser povoado em 1755, com a construção do Forte São Joaquim do Rio Branco

Boa Vista começou a ser construída às margens do Rio Branco

Em 1944, a região cresceu bastante com o aumento das atividades do garimpo. Foi nessa época que o município ganhou o seu traçado urbano. A inspiração do projeto veio das ruas e das avenidas de Paris, e também de uma das primeiras cidades planejadas do país, Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

O Aeroporto Internacional de Boa Vista – Atlas Brasil Cantanhede recebe voos diários e regulares de várias capitais do Brasil. É a melhor opção para quem está buscando chegar a Boa Vista. As pistas de pouso ficam bem próximas de pontos centrais da cidade, como o Parque Anuá, a poucos metros do estabelecimento, e o Complexo Poliesportivo Ayrton Senna da Silva, a menos de dois km do aeroporto.

O Monumento ao Avião fica em frente ao Aeroporto Internacional de Boa Vista

Nos terminais é possível encontrar serviços de táxi, aluguel de carros e ônibus que levam até o centro da cidade. A região mais movimentada do município não fica muito longe dali: a cerca de 3,5 km de distância. É possível chegar de carro rapidamente à área central, isto é, em menos de 6 minutos de percurso.

 

Quanto custa viajar para Boa Vista

O valor dos bilhetes aéreos para Boa Vista vai depender da época da sua viagem, da antecedência com que você está se organizando e de qual parte do Brasil você vai partir. O preço do percurso de ida e volta pode variar na casa de R$ 1500, se você estiver saindo de regiões mais afastadas do município, como da Região Sudeste. Mas você pode  encontrar boas promoções no valor de R$ 1000, aproximadamente, e até mais elevados, por volta de R$ 2000.

A hospedagem na região também pode variar, mas você pode encontrar hotéis com bons preços. Se você se preparar com antecedência e realizar um bom planejamento financeiro, é viável realizar uma viagem bem completa, gastando menos de R$ 3000.

Sabe quem pode ajudar você a economizar ainda mais nesse passeio? A 123milhas! Com um sistema de milhagem próprio (você não precisa ter milhas para aproveitar as ofertas), a empresa consegue descontos de até 50% em voos e hospedagens. Um pacote de viagem para Boa Vista, em Roraima, com hospedagem de quatro dias e passagem aérea saindo de São Paulo, custa cerca de R$ 2.000 a R$ 2.400 com a 123milhas.

Clique aqui para aproveitar.

 

Quando ir a Boa Vista

Apesar de estar no Hemisfério Norte, Boa Vista fica bem próxima da Linha do Equador, e por isso o seu clima é equatorial. Ou seja: muito quente e úmido a maior parte do tempo. O verão, estação em que o calor chega a níveis extremos, ocorre entre os meses de setembro e março. Nessa época, a temperatura fica em torno de 36ºC a 40ºC

É também nesse período que, por causa da seca, o nível da água baixa bastante. Assim, surgem pequenas praias na beira dos rios e lagos de água doce da cidade, excelentes para se refrescar no calorão. 

Se você quer temperaturas mais amenas – na medida do possível, claro, – o ideal é ir entre abril e setembro. Nesse período, os termômetros ficam entre 25ºC e 34ºC. É também no inverno que acontecem mais chuvas na região, e as cachoeiras ficam ainda mais exuberantes. 

Outro bom motivo para ir a Boa Vista, nos meses de junho e julho, são as comemorações da ocasião. As festas juninas são muito celebradas por lá. O Boa Vista Junina, por exemplo, é considerado o maior arraial amazônico, e costuma durar quase uma semana inteira, com vários dias e noites de festa. 

Muita música, dança e cor fazem parte do Boa Vista Junina

É uma oportunidade excelente para assistir às quadrilhas e provar comidas típicas, como a paçoca de carne seca. Um detalhe: a festividade serve a Maior Paçoca do Mundo, registrada no Guiness Book. Em 2019, antes da pandemia, a iguaria oferecida no arraial bateu o recorde de 1050 kg. Sim, mais de uma tonelada de paçoca salgada, servida de graça aos foliões! Se você estava procurando um bom motivo para curtir uma festa junina em Roraima, acabou de encontrar. 

A produção da maior paçoca (salgada) do mundo faz parte das tradições juninas de Boa Vista

 

O que fazer em Boa Vista

Apesar de a capital ser uma das menos visitadas do país, por conta da distância dos grandes polos urbanos da Região Sudeste, existe um grande potencial para turismo em Boa Vista. A cidade dispõe de grandes parques e complexos de lazer, praias de água doce e é cercada pela Floresta Amazônica.

Muitos turistas usam o município como rota para chegar até o Monte Roraima, uma formação rochosa imponente que fica na fronteira com a Guiana e a Venezuela. O ponto tem diversas atrações para quem deseja praticar turismo ecológico. Se esse for seu caso, aproveite para fazer parada na capital do estado e conhecer os seus encantos. Veja nossas dicas de o que fazer em Boa Vista:

 

Passear pela Orla Taumanan

Às margens do Rio Branco, a Orla Taumanan consiste em um amplo espaço para fazer caminhadas e outras atividades. O local dispõe de um parquinho para recreação de crianças e um mirante, de onde é possível contemplar o curso fluvial e seus arredores.

É o principal ponto de encontro e lazer da cidade, visto que fica cercado de diversas opções de bares, restaurantes e quiosques. O espaço ainda recebe shows e apresentações musicais, em uma área específica para esse propósito.

A Orla Taumanan é construída em cima de plataformas sobre o Rio Branco

Bem pertinho das margens da orla, há uma importante construção da cidade: o Monumento aos Pioneiros. A escultura homenageia os primeiros imigrantes, que, por volta do ano de 1900, deram início à formação do estado. Ao fundo da imagem, é possível observar o Monte Roraima, um dos principais pontos turísticos da região.

O Monumento aos Pioneiros foi construído em 1995 pelo artista plástico Luíz Canará

 

Ir à Praça do Centro Cívico

Como contamos, Boa Vista é uma cidade planejada, com um traçado urbano muito bem desenhado. A parte central apresenta o formato de semicírculo. O ponto de onde partem as ruas que formam esse desenho que se assemelha a um leque aberto é a Praça do Centro Cívico.

O local é um dos mais movimentados da cidade e abriga o Palácio do Governo do Estado de Roraima. Mas a grande atração da área é o Monumento ao Garimpeiro, estátua de sete metros de altura que homenageia os trabalhadores dos garimpos. Ela fica sobre um espelho d’água de mais de sete metros de extensão e é um dos principais pontos turísticos de Boa Vista.

O Monumento ao Garimpeiro foi construído em 1960 em estilo modernista

 

Visitar o Complexo Ayrton Senna

Nomeado como homenagem ao ídolo do esporte brasileiro, o Complexo Ayrton Senna encanta os turistas que desembarcam no Aeroporto de Boa Vista por conta de sua estrutura. O espaço é uma integração de várias praças da cidade, como a Praça da Cultura, a Praça das Artes, o Portal do Milênio e a Praça das Águas, por exemplo. 

São cerca de dois km com diversas opções de lazer, com pistas de corrida e de skate, academias ao ar livre, playgrounds, além de quadras dos mais variados esportes, como futebol, tênis e basquete. Ainda existem uma série de bares e praças de alimentação na região.

O Complexo fica na Avenida Capitão Ene Garcês, reconhecido como um importante ponto gastronômico da cidade, reunindo alguns dos melhores restaurantes de Boa Vista.

O Portal do Milênio e a Praça das Águas fazem parte do Complexo Ayrton Senna

 

Conhecer o Parque Anauá

O Parque Anauá é o maior de Boa Vista, com área de 106 hectares, reunindo ambientes de recreação para todas as idades. 

O maior destaque do espaço é o grande lago central, cercado por gramados e pistas de caminhada. A atração proporciona uma bela paisagem do pôr do sol.

O parque conta ainda com quadras esportivas, playgrounds e pistas de skate. Para completar, há um anfiteatro, que recebe algumas apresentações, e o Forródromo, espaço para shows musicais. Na região também funcionava o Museu Integrado de Roraima, o único museu do estado. Infelizmente, ele se encontra fechado, há dez anos, e sem previsão de reabertura.

O grande lago toma conta de boa parte da paisagem do Parque Anauá

 

Comer no Mercado Municipal São Francisco

Para conhecer a gastronomia de Boa Vista, um passeio pelo Mercado Municipal São Francisco é essencial. O espaço é especializado em cafés da manhã e delícias da culinária regional, como a paçoca de carne seca com banana e a tapioca. Além disso, há uma grande abundância de frutas, vegetais e especiarias típicos da Floresta Amazônica 

Há mais de 40 anos na cidade, o mercado já passou por várias reformas e hoje tem uma estrutura nova e bem confortável. Conta com 60 quiosques, muito frequentados por moradores e com ótimos preços. Ele funciona todos os dias, das 6h às 18h, e fica na Avenida Major Wiliams, no centro de Boa Vista.

O Mercado Municipal São Francisco é o point para conhecer a culinária típica do estado

 

Refresque-se nas praias de água doce de Boa Vista

Apesar de não ser banhada pelo mar, Boa Vista tem praia sim! As praias de água doce, formadas na beira de rios e córregos, são uma excelente opção para se refrescar na cidade. Esses ambientes costumam se formar apenas nos períodos de seca, de outubro a março.

A mais famosa delas é a Praia Grande, na orla do Rio Branco, com águas frescas que atraem turistas e moradores e ainda uma variedade de quiosques ao seu redor. Outras opções são as praias do Rio Caumé, um dos afluentes do Rio Branco. Ficam em um ambiente menos urbano, têm águas limpas e são cercadas pela vegetação amazônica.

Praticantes de Kitesurf também aproveitam as praias do Rio Branco

 

O que fazer em Boa Vista à noite

Uma boa atividade para realizar em Boa Vista, ao entardecer, é o passeio pela Orla Taumanan. Você pode observar o pôr do sol na região e então aproveitar alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade. A área é um importante ponto gastronômico de Boa Vista. Não deixe de provar uma boa peixada no estado!

O Teatro Municipal de Boa Vista recebe muitos shows e apresentações culturais. Se esse for o seu tipo ideal de programa, vale pesquisar a agenda do local durante a sua estadia e planejar uma noite por lá.

O moderno Teatro Municipal de Boa Vista foi construído em 2017

Quer conhecer ainda mais a fundo todas as opções de lazer e contato com a natureza que você encontra em Roraima? Acesse aqui o nosso Guia

E não se esqueça de que, na hora de viajar, a 123milhas tem as melhores opções de hotéis, passagens e pacotes, com até 50% de desconto. E aí, partiu?