Guia turístico

Ruínas históricas, praias paradisíacas e sabores intensos: descubra o que fazer no México

Arriba muchachos! O México é um destino cada vez mais procurado pelos brasileiros para turismo. E com razão! O país pode oferecer de tudo um pouco. Entre ruínas históricas, praias paradisíacas e sabores intensos: descubra o que fazer no México. Veja a seguir quais cidades você não pode deixar de visitar.

Tulum é uma das cidades mexicanas que une passeios por ruínas históricas a belos cenários à beira-mar

Já adiantamos que são muitas opções de atividades e passeios no México, aliás bem diversificados. Então, se você está preocupado em saber quantos dias passar no México, isso vai depender dos objetivos da sua viagem. 

Se quiser ter um pouco de cada experiência, desde relaxar na natureza até conhecer as áreas mais urbanas, separe de 10 a 15 dias para essa jornada. Afinal de contas, é uma viagem para o exterior, e vale a pena tirar um tempo extra para isso. Veja a seguir as nossas dicas de quais cidades visitar e o que conhecer no México:

 

Cidade do México

Capital do país, a Cidade do México é uma das maiores metrópoles do mundo. É a cidade mais populosa da América do Norte, com mais de 21 milhões de habitantes. Com essa pegada urbana e bem movimentada, o destino é repleto de passeios e atividades para todos os gostos.

O Palácio de Bellas Artes é uma das suntuosas construções da Cidade do México

A visita às Pirâmides de Teotihuacán não pode faltar no seu roteiro. Elas são consideradas umas das principais atrações turísticas do México. Foram construídas por uma civilização que viveu na região antes mesmo dos astecas, entre os séculos III e V. 

Hoje, o sítio arqueológico de Teotihuacán preserva as ruínas desta antiga cidade. Ainda oferece aos visitantes uma incrível viagem pela cultura e história daquele povo. Uma grande avenida, várias pequenas construções e pirâmides gigantescas fazem parte das atrações do local. A maior delas é a Pirâmide do Sol, com 65 metros de altura.

A Pirâmide do Sol (ao fundo) é considerada a maior estrutura do tipo fora do Egito

Outro passeio histórico superinteressante que você pode fazer na metrópole é até a Casa Azul: Museu Frida Khalo. O local onde a pintora mexicana nasceu, viveu e morreu fica no bairro de Coyoacán, e hoje funciona como um museu dedicado à vida e obra da artista.

Lá é possível visitar os cômodos preservados da construção, com objetos pessoais de Frida e Diego Rivera, com quem ela foi casada. Além disso, fica exposta uma coleção de obras de arte dos dois pintores, bem como fotografias e outros artefatos.

Objetos pessoais, móveis preservados, mosaicos e pinturas fazem parte do acervo da Casa Azul

Visite também o imponente prédio do Palácio de Bellas Artes, que possui um museu de arte em seu interior, o Palácio Nacional, sede do poder executivo do México e a Praça da Constituição. Os interessados em história também precisam conhecer a Catedral Metropolitana da Cidade do México, o Castelo de Chapultepec e o Museu Nacional de Antropologia.

 

Cancún

Aposto que ao pensar em fazer uma viagem para o México, um dos primeiros destinos que passou pela sua cabeça foi Cancún. A cidade caribenha é uma das mais procuradas por visitantes de todo o mundo. E isso não acontece por acaso! O balneário foi projetado com esse objetivo: se tornar uma praia turística para fomentar ainda mais o setor na região. E deu muito certo, não é mesmo?

Localizada na costa leste do país, a cidade é banhada pelo mar do Caribe. Águas cristalinas com os mais variados tons de azul te esperam nesse paraíso. São aproximadamente 22 quilômetros de orla, e há muitas praias para visitar.

O mar límpido da região caribenha é um dos principais atrativos de Cancún

A mais famosa é a Playa del Carmen, que fica bem perto de Cancún. Apesar de ser bem badalada, ela ainda tem uma pegada mais natural e intimista. Perto dela você vai encontrar uma outra atração bem divertida e relaxante: o Parque Eco-arqueológico Xcaret. O local funciona como um parque temático e de conservação da flora e da fauna típicas do sudeste mexicano, como tartarugas marinhas e manatis (peixes-bois marinhos).

O parque Xcaret combina contato com a natureza, história e muita diversão

Existem diversas outras praias em Cancún para praticar atividades, como passeios de barco, esportes aquáticos e até mesmo mergulho com golfinhos. Algumas delas são: a Playa Delfines, a Playa Gaivota Azul e a Playa Tortugas. Desta última ainda saem as embarcações para conhecer a Isla Mujeres, mais um local que precisa estar no seu roteiro de viagem.

As praias costumam ficar bem vazias, pois são privativas aos hóspedes que estão nos hotéis de luxo. Afinal, a cidade foi construída de forma que a zona hoteleira bloqueasse o caminho para a praia.

A zona hoteleira de Cancún garante aos hóspedes da região acesso privativo a algumas das principais praias da cidade

Mas você não precisa ir para a praia o tempo inteiro em Cancún. Existem outras atrações turísticas na região. O sítio arqueológico Chichén Itzá definitivamente é uma delas. O espaço é considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, e foi um dos mais importantes centros políticos e religiosos dos maias.

Esse lugar intrigante conta com várias esculturas. O cartão-postal é a gigante pirâmide Kulkukan, conhecida como El Castillo. O templo dos guerreiros, que abriga mil belas colunas, e o Observatório também são estruturas muito visitadas.

O Templo de Kukulkan possui 24 metros de altura

 

Tulum

Ruínas antigas à beira de um mar azul turquesa: Tulum é um passeio no México para os apaixonados por história. Além disso, a cidade encanta os visitantes por conta de suas belezas naturais, como os belos cenotes e formações rochosas.

A região também fica na costa leste do México, banhada pelo mar do Caribe. Porém, está localizada um pouco mais ao sul de Cancún, a cerca de 130 quilômetros do grande balneário turístico.

O contraste entre o mar azul, areia branca e as antigas ruínas maias formam cenários impressionantes em Tulum

As Ruínas Maias de Tulum hoje funcionam como um sítio arqueológico que ajuda a desvendar um pouco da cultura dessa civilização. A antiga cidade foi construída na beira do mar, em cima de uma falésia. O local também servia como uma espécie de porto para embarcações. 

El Castillo (sim, outro Castillo, diferente daquele que você vai encontrar em Chichén Itzá) é uma das principais ruínas de Tulum. A construção funcionava como farol de navegação e ponto de observação astronômica. 

Com 7,5 metros de altura, El Castillo foi construído pelos maias em cima de um edifício anterior

Outro programa imperdível na região é a visita aos cenotes. Cenotes são piscinas naturais que ficam, na maioria das vezes, escondidas dentro de cavernas. Eles são abastecidos pelas águas de rios subterrâneos e podem ter as mais variadas formas. 

Em Tulum, é possível se refrescar e mergulhar em diversas dessas formações. O Gran Cenote é o mais conhecido e movimentado da região. Possui águas bem geladinhas, de um tom azul-turquesa. 

O Cenote dos Ojos tem águas refrescantes em um belo tom de azul

Outros cenotes para conhecer na região são o Cenote Dos Ojos, o Cenote Azul e o Cenote Carwash, também conhecido como Aktun Ha. 

Agora, se o seu plano for se refrescar em uma praia da região, ir para alguns dos beach clubs localizados na orla da cidade pode ser uma boa pedida. Lá poucas praias são públicas, e para relaxar na areia ou curtir um banho de mar o ideal é desfrutar dessas estruturas. 

 

San Miguel de Allende

A charmosa e colorida San Miguel de Allende é bem diferente de todos os outros destinos que apresentamos por aqui até agora. Suas ruas de pedra, pontilhadas por casinhas antigas de cores vibrantes e belas construções históricas, conquistam os mais exigentes viajantes.

Com 60 mil habitantes, San Miguel de Allende foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO

Com uma localização central no país, a 270 km da Cidade do México, o pequeno município já desbancou muitos destinos famosos para turistas. Em 2017 e 2018, San Miguel recebeu o título de “Melhor Cidade do Mundo” para se visitar, de acordo com a revista Travel + Leisure. 

O passeio pelo centro histórico e pelas vias estreitas da cidade é uma delícia de se fazer, aliás, dá para sentir o clima cosmopolita e, ao mesmo tempo, bucólico da região. No coração da cidade fica um de seus principais cartões postais: a Paróquia de San Miguel Arcángel.

A Paróquia de San Miguel Arcángel fica no centro histórico da cidade, em frente ao Jardim Allende

A imponente construção foi projetada em estilo neogótico no século XVIII. Sua coloração se destaca, principalmente nos dias de sol, por conta da pedra utilizada para seu revestimento, a cantera rosa.

A igreja fica em uma praça de mesmo nome, rodeada por lojinhas de artesanato e excelentes restaurantes. Por falar nisso, a gastronomia é outro atrativo à parte dessa região. Se você planeja comer pratos típicos do México, você está no lugar certo. Alguns dos estabelecimentos que você pode aproveitar para provar as iguarias por lá são o café Ten Ten Pie, o La Parada e o Luna Rooftop Tapas Bar.

Também logo em frente à construção fica o Jardim Allende. É um espaço muito arborizado e agradável, frequentado tanto por moradores da cidade quanto por turistas.

Já os amantes de arte vão adorar conhecer o La Aurora. A atração foi instalada em uma antiga fábrica têxtil, onde hoje funcionam cerca de 50 galerias variadas. Ficam expostas nesse espaço desde antiguidades do século 18 a obras de Andy Warhol, Diego Rivera e Salvador Dalí. 

Os charmosos jardins de La Aurora, onde antes funcionava uma fábrica de tecidos

Quem adora visitar o museu também encontra várias opções na região. O Museu de La Katrina, com uma coleção das famosas caveiras mexicanas, o Mask Museum e o Museu Casa Allende são algumas delas.

 

Acapulco

Um lugar que todos os apaixonados pelo seriado Chaves já sonharam em conhecer: Acapulco. A cidade litorânea sempre foi um destino popular para férias na região, mas depois que se tornou cenário de um dos episódios mais icônicos da série mexicana, ganhou fama mundial.

O município fica na costa oeste do país, e é banhado pelo oceano Pacífico. Com clima tropical, sua orla possui areias douradas e um mar de água cristalina. 

Acapulco fica no estado de Guerrero, no sudoeste do país

Além do belo cenário, as praias do local também são um paraíso para os aprendizes de surfe, que encontram nas ondas tranquilas, o lugar perfeito para treinar. Dentre as mais famosas da região estão a praia Caletilla e a Las Condesas. Também muito conhecida, porém mais reservada, é a praia Pichilingue, que possui cerca de 350 metros de extensão.

Vista aérea das praias Caleta e Caletilla, separadas por uma pequena faixa de terra

Os amantes de aventuras mais radicais também podem aproveitar um passeio de tirolesa. Mas não é qualquer descida não! A Xtasea é uma das maiores tirolesas sobre o mar do planeta. Ela possui cerca de 1800 metros de comprimento, e tem uma vista indescritível, passando sobre a Bahía de Puerto Marqués a 140 km por hora.

Inclua no seu roteiro de viagem uma visita ao Forte de San Diego, construído em 1778. A região passou por diversas invasões piratas ao longo da história, e o Museu Histórico de Acapulco conta um pouco dessa história. 

O Forte de San Diego foi construído com um formato peculiar que lembra o de uma estrela

Já deu pra ver que não vão faltar opções na hora de decidir o que fazer no México, não é mesmo? Veja a seguir mais detalhes sobre esse destino e agende suas férias nesse país surpreendente.

 

Qual a melhor época para visitar o México?

Por ser um país extenso, o México tem climas diferentes em cada região. É possível encontrar florestas tropicais, desertos áridos e montanhas nevadas. Por isso, antes de escolher as datas, decida para onde você quer viajar.

Na zona de Tierra Caliente, onde fica Cancún e outras praias caribenhas, predomina o clima tropical úmido. O verão vai de abril a setembro, com temperaturas que variam entre 29 e 35 graus. Costuma ser chuvoso e com bastante umidade. O inverno (se é que dá para chamar assim) vai de outubro a março, com temperaturas entre 18 e 28 graus. 

No entanto, é preciso estar atento à época de furacões. No Caribe eles costumam ocorrer entre agosto e outubro. Os meses de alta temporada são janeiro, julho e dezembro.

Já na outra costa do país, na região onde fica Acapulco, os meses compreendidos entre janeiro e maio são perfeitos para um passeio. Contam com temperaturas apropriadas e poucas precipitações. 

Se for conhecer a Cidade do México e quiser fugir das chuvas, a dica é evitar os meses de julho e agosto. O clima é bem ameno nessa região mais central do país.

Agora, independentemente do clima e das temperaturas que você pretende encontrar, existe uma época que não tem erro para garantir uma experiência inesquecível no país: novembro. Mais especificamente no dia 2 deste mês é realizada uma das mais famosas comemorações mexicanas: O Dia de Los Muertos.

Desfiles, cores e fantasias fazem parte das tradições do Dia de Los Muertos

A celebração enche as cidades de cores, música e festa, e pode durar até 7 dias. Costuma começar por volta do dia 26 de outubro e vai até o dia 3 de novembro.

Apesar de a data ser comemorada em todo o país, ela é mais tradicional em: Águas Calientes, Cidade do México, Pátzcuaro, Morelos, Oaxaca e Quintana Roo.

 

Precisa de visto para entrar no México?

A resposta é sim! Desde 11 de dezembro de 2021, o Governo Mexicano revogou a isenção de vistos brasileiros para entrarem no país, que estava em vigor desde 2004. A boa notícia é que o processo é todo gratuito e on-line

O visto é na realidade uma Autorização Eletrônica. Além de ser preenchido facilmente, deve ser feito a partir 30 dias de antecedência da data da viagem. Importante: para quem chegar por via terrestre ou marítima precisará de visto físico no passaporte.

Quanto custa viajar para o México?

O preço de uma passagem aérea para o México vai depender de muitas variáveis, como a região de onde você sairá e qual a sua cidade de destino. Planejando a sua viagem com antecedência, é possível encontrar voos por valores entre R$ 1700 e R$ 2500 para Cancún, saindo de São Paulo.

Os valores dos hotéis também podem variar de acordo com o objetivo de sua viagem. Quer ficar em um quarto econômico para descansar após passar o dia conhecendo os pontos turísticos da Cidade do México ou em um hotel luxuoso de Cancún com tudo que tem direito?

Uma boa solução pode ser adquirir um pacote de viagem para o México que combine o aéreo + hospedagem. Para a Cidade do México, é possível encontrar promoções em que o combo sai por menos de R$ 4000, para quatro dias de viagem. Já uma estadia pelo mesmo período em Cancún pode sair na faixa de R$ 3000, já com as passagens de ida e volta incluídas. 

Todos esses preços megatentadores são da 123milhas. Usando um sistema de milhagem próprio (você não precisa ter milhas para aproveitar) ela é capaz de conseguir descontos de até 50% em pacotes e viagens.

Tá esperando o que para conhecer essas praias paradisíacas e lugares históricos incríveis? Agende já suas férias no México!