Lifestyle

Saiba como se tornar um nômade digital

Com o avanço das tecnologias e a possibilidade de trabalhar remotamente, uma tendência alavancada principalmente em razão da pandemia da Covid-19 – o nomadismo digital – se popularizou. O termo engloba um estilo de vida adotado por pessoas que desejam flexibilidade no trabalho enquanto exploram o mundo. Descubra tudo sobre o assunto e saiba como se tornar um nômade digital

Essa opção é uma ótima ideia para quem quer sair da rotina, conhecer pessoas e lugares novos e sempre embarcar em aventuras. 

Nômades digitais podem trabalhar de qualquer lugar

 

Guia para se tornar um nômade digital

O passo inicial para ser um nômade digital é o planejamento. Decida para onde você vai primeiro e pesquise a média de gastos, incluindo passagens, hospedagem, alimentação e transporte na cidade. É preciso verificar se o seu salário atual é compatível com essas despesas. 

Garanta que você tenha os equipamentos necessários para trabalhar em qualquer lugar do mundo. Um computador leve e potente e um bom celular são essenciais, mas também é interessante avaliar a possibilidade de adquirir um roteador portátil. Ainda que quase todos os lugares tenham wi-fi, é bom se prevenir. 

Tenha um computador que seja fácil de transportar

Tenha dinheiro para emergências, principalmente em relação às suas ferramentas de trabalho. Se o seu computador estragar, por exemplo, terá de comprar outro rapidamente. Caso seja possível, armazene tudo em alguma nuvem digital para que você não fique preso em um único aparelho. 

Confira também se todos os seus documentos estão em dia. Se o seu plano é ir para o exterior, confira o prazo de validade do passaporte. O cartão de vacina deve estar atualizado e adquirir um seguro-viagem, sobretudo se o país o exigir, é fundamental.

 

Vantagens de ser um nômade digital

A maior vantagem de ser um nômade digital é poder viajar quando e para onde quiser. Com o acesso à internet, não há barreiras, e você tem a oportunidade de explorar diversos lugares. Cada destino oferece novos aprendizados, entendimento de outras culturas e idiomas e a oportunidade de conhecer pessoas novas. 

A liberdade, a flexibilidade e a saída da rotina garantem que a vida dos adeptos se reinvente a cada dia.  

Você pode ficar em uma cafeteria enquanto trabalha

Além disso, você pode até mesmo escolher o tipo de clima do qual quer usufruir e o lugar em que deseja estar. Que tal fugir do inverno e ter vários meses de verão? É possível fazer isso mudando de região conforme o calendário das estações.

 

Opções de lugares

O nomadismo digital serve tanto para viajar no Brasil quanto para o exterior. Começar no território brasileiro é uma boa dica, já que você terá mais facilidade para se adaptar ao novo local e, claro, gastará menos dinheiro com a passagem.  

O nomadismo digital permite experiências incríveis

Esse primeiro passo ajuda você a perceber se realmente quer embarcar nesse estilo de vida sem fazer uma mudança tão drástica. Aliás, há várias cidades incríveis no Brasil e que certamente vale a pena curtir e passar uma temporada. Confira aqui algumas sugestões e descubra o que cada uma tem de tão especial. 

Caso sua ideia seja conhecer outros países, é necessário verificar a autorização para permanecer em cada localidade. Geralmente, os destinos exigem visto com duração de três meses para turistas. Ficando no máximo esse período, você não precisará solicitar outra modalidade de visto. 

É importante lembrar que, provavelmente, você receberá seu salário em uma moeda diferente da do país onde estiver morando. Isso pode ser uma vantagem ou uma desvantagem. No caso do euro e do dólar, o real é desvalorizado. Portanto, seu custo de vida será mais alto. Já nos países da América Latina, com o peso argentino ou o mexicano, por exemplo, o real vale mais. 

 

Tipos de trabalho

Diversas áreas profissionais são destaque no trabalho remoto, como analistas, desenvolvedores, programadores, ilustradores, designers, tradutores, etc. É possível, porém, atuar tanto como funcionário de uma empresa quanto como freelancer

A modalidade de carreira autônoma é muito frequente entre nômades digitais, que até usam do estilo de vida como forma de sustento. Fotógrafos e produtores de conteúdo, por exemplo, têm ótimas oportunidades para trabalhar enquanto exploram o mundo. 

Trabalhe enquanto explora o mundo

Trabalhos de freelancer são uma boa escolha para quem está no exterior, pois a pessoa pode conseguir clientes locais. Dessa maneira, se for o seu caso, além de conhecer pessoas novas, você receberá na moeda do país onde estiver morando, e isso pode facilitar muito sua estadia. 

No nomadismo digital, o importante é se reinventar e usar da criatividade para se adaptar aos novos espaços. 

A fotografia é uma ótima área profissional para nômades digitais

 

Long stay

Com a popularização dos nômades digitais, as buscas por long stay em hotéis também aumentaram. A tradução literal é “moradia estendida”, e a modalidade se aplica às pessoas que permanecerão por mais tempo em uma acomodação. 

Teoricamente, as hospedagens a partir de cinco dias já são consideradas long stay. Entretanto, isso costuma ser aplicado em relação às pessoas que ficam hospedadas no lugar por mais de um mês. Nesses casos, os hotéis têm condições especiais para os hóspedes, o que geralmente inclui diárias mais acessíveis. 

O long stay permite que você tenha todas as comodidades de um hotel, como café da manhã, serviço de limpeza, wi-fi e estruturas como academia e piscina. Outro diferencial é que você não precisa se preocupar em adquirir móveis ou pagar contas de água e luz. Algumas hospedagens oferecem lavanderia e acomodações com cozinha para hóspedes adeptos ao long stay. É uma boa ideia avaliar essa opção, visto que, além da praticidade, isso pode ser mais econômico. 

Quer saber se você combina com o perfil de um nômade digital? Faça este quiz e descubra! 

Se você tem interesse em adotar esse estilo de vida, está na hora de começar a olhar as passagens aéreas. Garanta os melhores preços e comece a jornada do nomadismo com o pé-direito!