Notícias

Número de voos internacionais para o Brasil em ritmo de retomada

A malha aérea internacional do Brasil seguiu em forte ritmo de retomada em julho, segundo dados divulgados pela Embratur, a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo. A quantidade de voos internacionais que chegaram ao país ficou novamente acima dos 70% na comparação com o número atingido em 2019, antes do início da pandemia. 

Foram catalogados 3.751 voos no último mês, o que equivale a 72,33% dos registros de julho de 2019. Nos primeiros sete meses de 2022 o país teve 23.577 chegadas de voos do exterior, o que já supera todo o ano de 2020, quando a malha aérea internacional marcou 22.353 aterrissagens.

Confira com o Conexão123 como essa notícia é reflexo direto do otimismo do setor em relação à retomada das atividades turísticas no Brasil e seus desdobramentos até no segmento hoteleiro.

Você vai ler sobre

Voos internacionais: cenário de aumento de conectividade deve continuar

Em junho, a malha aérea internacional brasileira registrou 3.806 chegadas, o equivalente a mais de 76% das aterrissagens registradas no mesmo mês em 2019 e acréscimo de 7,29% na conectividade em relação a maio. O mês de julho registrou um pequeno decréscimo de 1,44% em relação a junho, mas, ainda assim, correspondeu a um acréscimo de 260,43% no número de voos internacionais recebidos no país em relação ao mesmo mês em 2021.

A conectividade ficou abaixo da apresentada em 2019, último ano antes das restrições impostas pela Covid-19. Naquele ano, o Brasil recebeu 35.587 voos internacionais nos primeiros sete meses.

“Temos trabalhado bastante a promoção do Brasil em mercados estratégicos e feito reuniões com empresas aéreas para aumentar nossa conectividade. E, mesmo diante das dificuldades com os preços das passagens aéreas e as greves na Europa, conseguirmos manter o cenário de retomada demonstra que a gente está no caminho certo”, afirmou Silvio Nascimento, presidente da Embratur.

Número de voos internacionais para o Brasil em ritmo de retomada | Visão de dentro do avião | Conexão123

Estão previstos 89 novos voos internacionais e 44 frequências adicionais até fevereiro de 2023

Para o gerente de Inteligência Competitiva e Mercadológica do Turismo da Embratur, Fernando Paranhos, o cenário de aumento da conectividade deve continuar. “Conforme nossas pesquisas junto à Agência Nacional de Aviação Civil e às empresas aéreas, estão previstos 89 novos voos e 44 frequências adicionais (internacionais) até fevereiro do ano que vem”, disse Paranhos.

Setor hoteleiro: 124 novos hotéis serão construídos no Brasil até 2026

Em sintonia com o otimismo do setor aéreo, a rede hoteleira do país deve passar por expansão nos próximos anos. O Brasil deverá contar, até 2026, com 124 novos hotéis, que, juntos, somam R$ 5,3 bilhões em investimentos. 

A informação consta do relatório Panorama da Hotelaria Brasileira de 2022, produzido pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB). O segmento de luxo é o destaque no cenário de novos investimentos, com 33% do total de aportes previstos no setor de hotelaria no país. Já o segmento econômico/supereconômico será responsável por 38% dos novos investimentos.

Número de voos internacionais para o Brasil em ritmo de retomada | Imagem aérea de Maceió | Conexão123

Em sintonia com otimismo do setor aéreo, rede hoteleira do país deve passar por expansão nos próximos anos

Ao todo serão 18.806 novas unidades, sendo 73% localizadas nas regiões Sul e Sudeste. São Paulo lidera o ranking de estabelecimentos em construção, com 41, e de novos quartos de hotéis, com 6.936.

A 123milhas acredita que viajar é pra todos e tem por missão oferecer a seus clientes os melhores preços em passagem aérea, pacote de viagem, seguro-viagem e aluguel de carros. Vamos viajar?