Blog 123

CURITIBA (PR): A CAPITAL BRASILEIRA DO PLANEJAMENTO URBANO

Curitiba

Curitiba é, decididamente, feita para quem é alucinado com duas coisas: histórias e belezas naturais. Com vastas áreas verdes e um planejamento urbano diferenciado, a terra dos pinheiros encanta a todos com seus clássicos pontos turísticos, apreciados, em sua maioria, ao ar livre.

A infraestrutura da cidade não deixa por menos. De acordo com o levantamento Connected Smart Cities de 2018, responsável por mensurar o potencial de desenvolvimento de cada estado do Brasil, Curitiba é considerada a cidade mais inteligente do país, ultrapassando a lideranças duas vezes consecutivas, de São Paulo.

Ainda para reforçar o avanço técnico e tecnológico de Curitiba, outro dado desperta atenção. A capital está, pois, entre as 10 melhores cidades brasileiras para se viver. O estudo é da Organização das Nações Unidas (ONU) e serve como parâmetro para eleger as regiões com melhor índice de qualidade de vida.

Na cidade que inspira organização e planejamento, o trânsito flui com rapidez invejável diante de outras grandes cidades nacionais. Com isso, chegar ao centro pode ser tarefa relativamente descomplicada, se compararmos com o caos de outras metrópoles.

O aeroporto responsável por fazer acontecer o transporte aéreo da cidade – Aeroporto Internacional Afonso Pena – é um dos espaços aeroportuários mais preparados do Brasil para receber visitantes de outras regiões do país e do mundo. Localizado em São José dos Pinhais, a apenas 18 km do centro de Curitiba, ele já foi mencionado em ao menos três pesquisas recentemente encomendadas pelo Ministério dos Transportes.

Quer conhecer tudo sobre a querida capital paranaense? A gente preparou esse roteirão supercompleto. Vem ver:

QUAIS OS PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS?

O ponto central de Curitiba, definitivamente, são os parques – lugares que inspiram calmaria e dão aula quando o assunto é beleza e contato íntimo com a natureza. Mas não para por aí. Atrações de cunho cultural e boêmio também roubam o coração dos curitibanos. Na lista do que é indispensável fazer em sua viagem a Curitiba, separamos:

#1 Jardim Botânico

Jardim Botânico

Um dos marcos curitibanos, o Jardim Botânico, inaugurado em 1991, reúne espécies botânicas nativas da região e uma belíssima fonte d’água. O espaço atrai visitantes e pesquisadores interessados em descobrir as raridades das espécies vegetais ali expostas.

O ponto turístico também é agraciado com o deslumbrante Jardim das Sensações, por meio do qual os visitantes são convidados a percorrer uma trilha de 200 metros e a sentir os aromas e o toques aveludados das plantas, sem, no entanto, poder enxergá-las graças a uma venda nos olhos. Quem vive a experiência garante que vale a pena!

#2 Centro Histórico

Centro histórico
Centro Histórico

As ruas estreitas e em pedraria, os antigos casarões, os bares e restaurantes e a programação artística de rua do Centro Histórico de Curitiba fazem do lugarejo um encontro perfeito para quem é apaixonado por história e deseja desbravar as mais profundas memórias da capital paranaense. O passeio é imperdível!

#3 Museu Oscar Niemeyer

Museu Oscar Niemeyer
Museu Oscar Niemeyer

Também chamado de Museu do Olho ou MON, o centro de exposição denominado Museu Oscar Niemeyer é referência internacional em arquitetura e arte. O projeto de autoria do próprio ilustre e memorável arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer reúne aproximadamente 7 mil obras de artes visuais, arquitetura e design. O passeio é obrigatório e verdadeiramente nos remete à luz do conhecimento das mais diversas etapas da história das obras.

#4 Memorial de Segurança no Transporte

Memorial Segurança no Transporte
Memorial Segurança no Transporte

Localizado no bairro Cidade Industrial, com entrada gratuita e funcionamento de quarta a sábado, das 09h às 17h, o Memorial de Segurança no Transporte foi inaugurado há apenas 3 anos e tem missão de conscientizar os visitantes acerca dos riscos da imprudência no trânsito.

Logo de cara, a fachada do memorial, que conta com a parte dianteira de um ônibus, já impressiona. Para enriquecer a experiência dos visitantes, simuladores instalados no local permitem real vivência em acidentes rodoviários. As principais atrações são os simuladores de capotamento e de “crash-test”, além do teste do bafômetro e o percurso do ônibus biarticulado suspenso. A reunião perfeita entre conhecimento e tecnologia!

#5 Parques Tanguá e Barigui

Parques Tanguá e Barigui

Parques Tanguá e Barigui

Com área de 235 mil m², os dois parques curitibanos, Tanguá e Barigui, sendo o primeiro deles localizado no extremo norte de Curitiba e o segundo situado entre os bairros Bigorrilho e Santo Inácio, constituem verdadeiros espetáculos naturais do Brasil.

O pôr do sol dos parques, a rica vegetação e a paisagem formada já garantiu aos dois parques alguns títulos, entre os quais entra na lista dos dez melhores parques da América Latina, de acordo com o TripAdvisor.

#6 Região de Santa Felicidade

Santa Felicidade
Santa Felicidade

A região administrativa de Curitiba, denominada região de Santa Felicidade, é um charme que só vendo. Em 1878, o bairro começou a ser constituído com a chegada dos imigrantes italianos. Por esse motivo, diversos traços da cultura de Santa Felicidade são marcados pela influência europeia.

Além do próprio bairro de Santa Felicidade, a região administrativa, que fica distante apenas 7 km do centro, contempla outros 15 bairros. A produção em larga escala de alimentos como queijos e vinhos, a edificação de igrejas católicas e alguns pontos de passeios, como a Casa dos Arcos, a Casa Culpi e a Casa das Pinturas foram disseminados pelos italianos recém-chegados no século XVIII. Um passeio por Santa Felicidade vale tudo!

O QUE E ONDE COMER?

Quitutes e delícias delirantes são com os curitibanos mesmos! A carne de onça – uma das iguarias símbolo da capital paranaense – o tradicional pão com vinho e as inesquecíveis massas… Tudo tão delicioso que é difícil explicar. Preparamos dicas especiais de restaurantes:

#1 Bar do Alemão

Bar do Alemão
Bar do Alemão

Bar e restaurante de comidas, bebidas e decoração típicas da Alemanha. São delícias germânicas de tirar o fôlego!

Localização: Rua Dr. Claudino dos Santos, 63 – São Francisco, Curitiba (Centro Histórico).

#2 Mercado Municipal

Mercado Municipal
Mercado Municipal

Lugar de múltiplas misturas e possibilidades: hamburguerias, comidas orgânica, japonesa, chinesa e muito mais.

Localização: Av. Sete de Setembro, 1865 – Centro, Curitiba.

#3 Curitiba Sunset Café

Curitiba Sunset Café

Local privilegiado, com petiscos deliciosos e bebidas quentes e geladas para aproveitar a bela vista da região.

Localização: R Mal. Hermes, 1016 – Juvevê, Curitiba (em frente ao museu Oscar Niemeyer).

#4 O Jardineiro

O Jardineiro
O Jardineiro

Espaço completo com música ao vivo e comida de qualidade. É a ocasião ideal para um happy hour dos sonhos.

Localização: Av. Manoel Ribas, 227 – São Francisco, Curitiba (Centro Histórico).

#5  Ópera Arte

Ópera Arte

Restaurante referência com cardápio variado de comida de qualidade servida em um ambiente agradável e acolhedor.

Localização: R. João Gava, 920 – Abranches, Curitiba.

O QUE ESPERAR DO CLIMA?

Ter uma bagagem preparada para qualquer clima – desde um frio enlouquecedor até o calorzão do meio dia – é o segredo para não passar nenhum tipo de apuro na sua visita a Curitiba.

A cidade é nacionalmente conhecida pela sua capacidade de reunir em só dia todas as quatro estações do ano – característica típica do clima subtropical, imperante nessa região de terreno plano. Isso significa que você pode amanhecer com o ventinho gelado na parte da manhã, enfrentar um sol quente ao meio dia, além de uma chuvinha à noite e um frio ressequido de inverno à noite.

Por se tratar de uma região localizada próxima ao extremo sul, as temperaturas curitibanas são, naturalmente, mais baixas que as áreas restantes do país. Se é do frio que você deseja desfrutar, então, escolha visitar a cidade durante o inverno, quando a temperatura média é de 13º, podendo chegar até a marca dos 8° negativos.

Já se é o clima ameno que ganha o seu coração, o ideal é visitar a cidade nos meses de verão, quando a temperatura média fica na casa nos 21°.

QUANDO IR?

Jardim Botânico, Curitiba
Jardim Botânico, Curitiba

Para escolher a melhor época do ano para visitar Curitiba, é preciso entender qual o clima mais agradável à sua rotina de atividades.

Levando em consideração que grande parte dos pontos turísticos da cidade é localizada ao ar livre, fugir do período chuvoso da cidade (que diga-se de passagem é bastante estendido, sendo mais intenso entre novembro e março) pode ser uma boa solução para aproveitar melhor as mais inúmeras possibilidades de passeios proporcionadas pela cidade.

Já o inverno é a preferência dos turistas que desejam mergulhar de cabeça nas delícias paisagísticas curitibanas. Além daquele ar de fineza proporcionado pelos looks invernais, o frio sulista é mais intenso que o de outras regiões do país, o que torna necessário um café ou chocolate quente, com um big casaco protegendo a pele de toda sorte de ventos e geadas. Essa aventura gelada a dois, então, fica super romântica. Os pombinhos adoram!

Já o mês de agosto, que ainda é inverno, também apresenta um friozinho, mas bem mais sutil, com temperatura média na casa dos 16º. Se você não gosta daquele frio de ranger os dentes, escolha esse mês.

ONDE SE HOSPEDAR?

Assim como a estrutura de Curitiba é bem planejada e oferece condições de vida, em muitos aspectos, diferenciadas à sua população, a rede hoteleira não decepciona. São meios de hospedagem que agradam a todos os gostos e bolsos, desde hotéis 5 estrelas, passando por pousadas requintadas até hostels supercompletos e estruturados.

A diária das hospedagens em Curitiba por pessoa, por meio do Booking (booking.com), varia entre R$25 e R$932. Neste mesmo site, para os mais ousados, é ofertada, inclusive, uma casa de sítio cujo aluguel diário é R$4.220.

A maior parte das opções de hospedagem disponíveis na cidade estão nas áreas do Centro, Centro Histórico e bairro Batel, que são as regiões onde o agito realmente toma conta com mais intensidade.

Aqui, listamos algumas das opções de hospedagem com excelentes índices de recomendação pelo Booking:

Hoteis:

#1 Hotel San Juan Johnscher

#2 Nomaa Hotel

Hostels:

#1 Hostel Matilda

#2 Motter Home Curitiba Hostel

QUANTO CUSTA VISITAR A CIDADE?

Como dona do título de melhor cidade do Brasil, Curitiba atrai, por si só, a atenção e os olhares de milhares de turistas. Aqui, na 123Milhas, Curitiba é o 13° destino para o qual mais emitimos passagens. Somente entre janeiro e maio de 2019, mais de 6 mil passagens foram geradas no nosso sistema com destino à terra dos pinheiros.

De acordo com o site Quanto Custa Viajar (quantocustaviajar.com/brasil/curitiba), consultado em 28 de maio de 2019, uma viagem de 5 dias, saindo de São Paulo com destino a Curitiba, incluindo passagens aéreas e hospedagem em hotel, tem o valor de R$910 por pessoa.

COMO ENCONTRAR AS MELHORES PASSAGENS?

Encontrar as passagens aéreas com o melhor preço do momento é o primeiro passo para fazer uma viagem econômica a Curitiba. Aqui, na 123Milhas, nós disponibilizamos bilhetes com até 50% de desconto em relação aos valores cobrados pelas próprias aéreas nacionais em seus sites oficiais e nos balcões dos aeroportos de todo o país.

Quer uma dica interessantíssima que pode te ajudar a economizar a valer em sua próxima (ou primeira) viagem rumo à desejadíssima Curitiba? Faça sua pesquisa na área “Melhores Destinos” clicando aqui.

Essa é a melhor maneira de localizar os voos mais baratos para as mais diversas cidades do mundo em datas diversas. Então, se você tem flexibilidade de dias e horários, essa seção do nosso site vai conquistar seu coração.

E aí, gostou desta publicação? Comente aqui sobre qual ponto turístico mais chamou sua atenção e também se você identificou a ausência de algum local curitibano imperdível.

Gostou? Compartilhe:

Comentários