Notícias

123milhas é o e-commerce de turismo com melhor acessibilidade do Brasil

Para descobrir quais são os e-commerces com mais acessibilidade no Brasil, a Yaman, empresa especializada em consultoria de qualidade e engenharia de software, realizou uma pesquisa com as 30 maiores plataformas de vendas online do país. 

Atualmente, a 123milhas é um dos 10 maiores e-commerces brasileiros, e está em primeiro lugar na categoria turismo. Com a nova análise, também ganhou a primeira posição como o e-commerce de turismo com melhor acessibilidade!

 

Você vai ler sobre

  • Quais são os e-commerces mais acessíveis do Brasil?
  • 123milhas e acessibilidade
  • Importância da  acessibilidade nos e-commerces

 

Quais são os e-commerces mais acessíveis do Brasil?

Na hora de navegar por uma página da internet, o que é mais importante para você? O tamanho das letras, a facilidade para clicar em um botão ou para compreender o que está escrito? Por trás do desenvolvimento de um site, essas questões devem ser muito bem trabalhadas. 

Para descobrir quais são os e-commerces com mais acessibilidade no Brasil, ou seja, aqueles em que os usuários, com ou sem deficiência, encontram menos dificuldades para navegar, a Yaman, empresa especializada em consultoria de qualidade e engenharia de software, analisou as 30 maiores plataformas de vendas online do país. 

Dentre todas as empresas que tiveram sua usabilidade analisada, a 123milhas conquistou a quinta posição no ranking geral, figurando a frente de todas as demais plataformas de viagens. Veja a seguir o Top 10 dos e-commerces mais adequados ao design e desenvolvimento acessível no Brasil:

  • 1º Apple
  • 2º Samsung
  • 3º Elo7
  • 4º QConcursos
  • 5º 123milhas
  • 6º Booking
  • 7º Hurb
  • 8º Mercado Livre
  • 9º Ifood
  • 10º Dafiti

 

O nível de acessibilidade de cada uma dessas empresas foi testado de acordo com as diretrizes mais atuais da Web Content Accessibility Guidelines, iniciativa que busca padronizar a internet de forma acessível. 

Uma dupla de profissionais de QA (Garantia de Qualidade), especializados no tema, experimentou cada uma das plataformas. Dos integrantes do time, um possuía deficiência e o outro não. Eles avaliaram a usabilidade e classificaram os bugs como “impeditivos”, “altos”, “médios” e “baixos”. 

Além de ter ficado em quinto lugar na classificação geral e em primeiro quando comparada às outras empresas de turismo, a 123milhas conquistou pontos ao cumprir um requisito de extrema importância: a possibilidade da conclusão da compra, durante a experiência do usuário.

 

123milhas e acessibilidade

Para a 123milhas, a acessibilidade de sua plataforma é um assunto de extrema importância. É o que explicou a Coordenadora de Design do e-commerce, Bruna França, especializada em usabilidade e interface: “O cliente é o nosso principal valor, e por isso nós prezamos muito para que eles tenham uma experiência positiva ao acessar o site”. 

Mas quais são os diferenciais que tornam o site da 123milhas mais fácil de navegar para todas as pessoas, com ou sem deficiência? A Bruna e o Josoé Queiroz, Desenvolvedor Frontend do site, listaram alguns detalhes importantes que compõem os serviços de acessibilidade da plataforma:

  • Tamanho das letras
  • Contraste de cores
  • Tamanho das “zonas clicáveis”
  • Adaptação para todos os tipos de tela
  • Adequação para que as imagens sejam lidas como textos
123milhas é o e-commerce de turismo com melhor acessibilidade do Brasil | Casal de idosos em compras no celular | Conexão123

Atributos como os listados acima são importantes para que os sites sejam acessíveis para todos

 

“Um exemplo é o plug in que usamos para testar as cores do site”, conta a coordenadora de design, Bruna França. “O mecanismo mostra como os tons seriam percebidos pelas pessoas de acordo com cada tipo de daltonismo, e assim podemos escolher as combinações que mais funcionam para todas elas”.

As previsões são ainda melhores para o futuro. “Estamos trabalhando em uma atualização de software que vai modernizar ainda mais a plataforma, e poderemos revisar e melhorar diversos aspectos  relacionados à acessibilidade do site”, conta Josoé Queiroz.

 

Importância da  acessibilidade nos e-commerces

De acordo com dados levantados em 2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 24% da população do país possui algum tipo de deficiência. São mais de 45 milhões de pessoas, que muitas vezes encontram dificuldades em tarefas que deveriam ser simples, como acessar e navegar pela internet.

Neste contexto, os e-commerces acessíveis ainda são raridade. Isso representa uma perda considerável para todos, tanto para as próprias plataformas, que deixam de captar clientes, e mais ainda para os usuários com deficiência, que não vêem os seus direitos serem cumpridos.

Afinal de contas, a acessibilidade digital não é apenas relevante, como também, prevista na Constituição. A Lei Brasileira de Inclusão (LBI) torna obrigatória a acessibilidade nos sites da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no país.