Todos

Blumenau: mergulhe na cultura germânica

Uma caminhada pelas ruas centrais de Blumenau, em Santa Catarina, revela a forte colonização alemã, nas construções em estilo enxaimel ao lado das margens do Rio Itajaí-Açu. A encantadora cidade é muito mais do que um reduto cervejeiro. Neste guia, saiba onde ir em Blumenau

 

Conheça Blumenau 

Terceiro município catarinense  mais populoso, Blumenau abriga 357 mil habitantes segundo o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2019. Iniciou a sua história como uma vila. Recebeu muitos alemães na primeira metade do século 19, e posteriormente italianos e poloneses. 

O destino continua muito associado às confecções, uma de suas principais atividades. Grande parte de seus prédios históricos e arquitetura são preservados nessa cidade que respira cultura europeia, especialmente germânica. Mas foi o circuito cervejeiro que inseriu de vez Blumenau entre os melhores destinos turísticos do Brasil.

A cidade detém o título oficial de Capital Nacional da Cerveja desde 2017. Tudo começou em 1860, quando a primeira fábrica da bebida foi aberta em Blumenau. Desde então, ganhou várias cervejarias, lojas, bares, passeios guiados pela produção e festivais das “loiras”. O principal deles é o Oktoberfest, a festa da cerveja que ocorre anualmente em outubro. 

A  gastronomia alemã também atrai quem gosta de experimentar novos sabores. 

Reserve um dia para fazer trilhas no Parque Ecológico Spitzkopf e no Parque das Nascentes. Sem dúvida, Blumenau é uma ótima escolha para aqueles que buscam passeios bucólicos, repletos de histórias e nostalgias, natureza e diversão.

 

Centro Histórico de Blumenau 

O cenário remete a vilarejos europeus. Ao percorrer o centro de Blumenau, principalmente a turística Rua XV de Novembro, é possível ver vários edifícios com arquitetura em estilo enxaimel. Essa técnica de construção alemã é baseada na montagem de paredes com hastes de madeira encaixadas entre si na horizontal, vertical ou inclinadas. Depois disso, os espaços são preenchidos com pedras ou tijolos.

Por lá há várias atrações, como o relógio das flores, o Teatro Carlos Gomes, a Catedral São Paulo Apóstolo, muitas lojinhas, bares e restaurantes. 

A arquitetura em estilo enxaimel é característica do Centro Histórico de Blumenau.

Outra particularidade do Centro Histórico de Blumenau são os fatos históricos que marcaram vários monumentos da cidade. Os primeiros 17 imigrantes alemães se estabeleceram no que é hoje a Praça Hercílio Luz para fundar o local. Na sequência vem o prédio da Prefeitura, construído no espaço em que funcionava a sede da Estação Ferroviária do município.


O letreiro “Eu amo Blumenau” fica em frente à Prefeitura Municipal. Vá até lá e aproveite para tirar uma foto.

 

Como chegar em Blumenau 

O município de Blumenau não tem aeroporto, mas é bem fácil chegar até lá.  Desembarque no Aeroporto Nacional de Navegantes, em Navegantes, a 55 km de distância. Depois de pousar na cidade vizinha, alugue um carro e siga pela BR-470. Ou pegue o ônibus da Transporte Executivo no aeroporto. A passagem do trecho custa R$ 45 e o percurso tem duração de 1h30.

Outra opção é ir de avião até o Aeroporto Internacional de Florianópolis, que fica a 150 km de Blumenau. De carro, vá pela BR-101 até Itajaí. A partir daí, há duas opções: entre na movimentadíssima BR-470 ou continue pela SC-412, geralmente mais tranquila. 

Ainda há dois aeroportos em cidades próximas, como o de Joinville, ainda em Santa Catarina, e o de Curitiba, no Paraná. 

 

Quando ir a Blumenau 

Leve em conta dois fatores para definir a melhor época de visitar Blumenau: o clima e o calendário de eventos.

Se decidir se basear no clima, a cidade apresenta verões chuvosos e quentes. Já os invernos se caracterizam por temperaturas amenas e menor possibilidade de chuva, que não chegam a formar um período de estiagem. A umidade se mantém alta durante todo o ano. 

Agora, se você busca os festivais, fique atento a algumas épocas importantes do ano. Separe o mês de outubro para conhecer o destino e beber boa cerveja na Oktoberfest. Também existem outros atrativos ao longo do ano em Blumenau. 

A parada da Oktoberfest apresenta músicas, danças e trajes típicos da cultura germânica.

Quem deseja aproveitar as férias para esticar até outras cidades catarinenses, dá para fazer um  roteiro de, pelo menos, sete dias na região. Além de Blumenau, inclua FlorianópolisBalneário Camboriú e o Beto Carrero World, o maior parque temático da América Latina, que fica em Penha.

A partir de Balneário Camboriú é fácil chegar em Blumenau. Siga de carro pelas BR-101 e BR-470, por um trecho de 68 km. A viagem de ônibus entre os dois destinos dura 1h30 e custa R$ 30 pela empresa Viação Catarinense. É possível até fazer um bate e volta ou pernoitar em Blumenau, ou vice-versa. 

 

Festivais por Blumenau

Durante o mês de janeiro, é a vez da Sommerfest, conhecida como a “Oktoberfest de Verão”. O evento acontece às quintas e sextas-feiras, no mesmo Pavilhão da Oktoberfest. A festa, cujos ingressos custam cerca de R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia-entrada), ainda é excelente para quem deseja aliar a bebida gelada às praias do Balneário Camboriú. Você pode comprar as entradas no site oficial da Sommerfest. 

Em março, Blumenau recebe o Festival Brasileiro da Cerveja. Durante quatro dias, o evento abre espaço a pequenos produtores da bebida. São mais de 600 rótulos de breja à disposição para bebericar nos pavilhões da Vila Germânica.

Fora da rota cervejeira, a cidade realiza ainda eventos em novembro e dezembro. Antes chamado de “Festival Magia de Natal”, o evento Natal em Blumenau segue a tradição de cidades como Gramado, no Rio Grande do Sul.

Em razão da pandemia de Covid-19,  os festejos da Oktoberfest e o Sommerfest foram cancelados nos últimos dois anos. Enquanto isso, a celebração natalina cresceu na cidade. Por 58 dias, de 10 de novembro a 6 de janeiro de 2022, os visitantes de Blumenau puderam acompanhar as atrações natalinas e uma decoração especial para a ocasião.

O Natal em Blumenau tem o objetivo de se tornar um dos maiores eventos dessa época do ano no Brasil.
Créditos: Reprodução / O municipio Blumenau (Clio Luconi)

 

Pomerode 

A pouco mais de 30 km, a cidade catarinense de Pomerode se assemelha na preservação da cultura germânica, resultado da imigração alemã para a região do Vale do Itajaí no século XIX. Além das casas com vigas de madeira enviesadas e aparentes na fachada, o destino vizinho também conserva o gosto pela cerveja e promove festividades. 

Para conhecer uma Pomerode bem animada, procure conhecer seus costumes, história e pontos turísticos no mês de dezembro, quando acontece a Weihnachtsfest, a tradicional festa de natal alemã. De fevereiro a abril, próximo à Páscoa, é celebrada a Osterfest. 

A gastronomia também é o forte do município considerado a cidade mais alemã fora da Alemanha. Visite as cinco rotas culturais para provar cervejas e chocolates artesanais, joelho de porco, chucrute, cuca e stollen. 

Além das tradições europeias e muita comida boa, a capital brasileira da cerveja é um reduto de boas surpresas. Acompanhe com detalhes o que você  o que fazer em Blumenau, com as dicas dos principais pontos turísticos.