Lugares para conhecer

Ecoturismo em Goiás: conheça destinos sustentáveis para visitar

O ecoturismo em Goiás se destaca no Brasil por causa de suas grandes áreas preservadas em forma de parques e unidades de conservação, além de cidades ricas em história.

O ecoturismo, ou turismo de natureza, é um segmento de atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentivando sua conservação e promovendo o bem-estar das populações nativas.

No mês em que se comemora o Dia do Cerrado, vamos conhecer três destinos ideais para os amantes da natureza visitarem em Goiás! Vem com o Conexão123!

Você vai ler sobre

O que fazer em Goiás: conheça destinos para praticar o ecoturismo no estado

O Estado de Goiás está localizado em sua maior parte dentro do cerrado, segundo maior bioma da América do Sul e do Brasil. A vegetação ocupa cerca de 22% do território nacional, estendendo-se por cerca de 2 milhões de quilômetros quadrados. 

As áreas de conservação ajudam a preservar um patrimônio natural valioso, além de manter intactas paisagens deslumbrantes e únicas, como a famosa Chapada dos Veadeiros.

Quer conhecer um pouco mais sobre três destinos especiais quando se fala em ecoturismo em Goiás? Confira! 

Ecoturismo em Pirenópolis

A pequena Pirenópolis é tombada como Patrimônio Nacional e está situada a cerca de 120 km da capital do estado, Goiânia. A cidade oferece aos visitantes uma mistura única de arquitetura colonial e atrações naturais. Suas diversas cachoeiras, serras e matas preservadas compõem um cenário encantador muito procurado pelos fãs de ecoturismo no Brasil.

A maior reserva na área é o Parque Estadual da Serra dos Pireneus, criado em 1987 e a grande atração da região. Localizado nos municípios de Pirenópolis, Corumbá e Cocalzinho de Goiás, o parque abrange 2.833 hectares e é o lar de dezenas de espécies vegetais e animais típicas do Cerrado.

O pôr do sol no Pico dos Pireneus, a mais de 1.300 metros de altitude, é literalmente o ponto alto de um passeio pelo parque. São cerca de 30 minutos de caminhada para alcançar o topo do morro, onde uma capelinha marca o local para assistir ao sol sumir no horizonte. 

Ecoturismo em Goiás: conheça destinos sustentáveis no estado para visitar | Foto de Pirenópolis | Conexão123

A pequena Pirenópolis é tombada como Patrimônio Nacional e está situada a cerca de 120 km da capital

Um dos destaques do Parque Estadual da Serra dos Pireneus são as belas cachoeiras. Entre as principais quedas d’água, destacamos:

  • Cachoeira do Abade
  • Cachoeira do Lázaro
  • Cachoeira Santa Maria

Apesar de ser um parque estadual, o Pireneus não tem quase nenhuma infraestrutura, tampouco guarita de entrada. Para subir ao Pico dos Pireneus, por exemplo, não é necessário um guia.

Pensando numa boa opção de hospedagem em Pirenópolis, a Pousada Flores do Cerrado tem ótima localização, a cerca de 15 minutos de caminhada da Igreja de Nosso Senhor do Bonfim. São 16 quartos, com ar-condicionado, Wi-Fi, frigobar e smart TV. A piscina externa é ladeada por um tranquilo jardim. Está incluso o café da manhã diariamente.  

Ecoturismo na Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros surge imponente no coração do Brasil e impressiona os turistas com seus chapadões, cachoeiras, desfiladeiros e formações de cristais de quartzo. O local faz parte do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, criado em 1961, e fica a 400 km de Goiânia e a 230 km de Brasília. 

O Parna, destino ideal para praticar o ecoturismo em Goiás, está situado no nordeste do estado, entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d’Aliança. Em seus mais de 240 mil hectares de extensão, é abrigo de centenas de nascentes, cursos d’água e espécies endêmicas do cerrado de altitude. Foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco em 2001.

Alguns pontos da Chapada dos Veadeiros fazem os turistas acreditarem que estão em outro planeta. Como o Vale da Lua, com suas formações rochosas peculiares ao longo do leito do rio, com fendas e corredeiras que somem em meio às pedras, e o Jardim de Maytrea, cenário que lembra uma cena do filme Jurassic Park – sem os dinossauros, claro! 

Ecoturismo em Goiás: conheça destinos sustentáveis no estado para visitar | Vale da Lua | Conexão123

O Vale da Lua esta localizado no município de Alto Paraíso de Goiás, no entorno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Todo esse clima zen e alto-astral atrai ainda muitos turistas interessados em uma vivência mística, pois acredita-se que a energia dos cristais encontrados por lá seria uma cura para os males da alma. 

Os banhos nas dezenas de cachoeiras localizadas pelo parque são um dos atrativos mais procurados. Conheça três quedas d’água que valem a visita:

  • Cachoeira Poço Encantado
  • Cachoeira Loquinhas
  • Cachoeira dos Cristais

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros possui boa infraestrutura, disponibilizando banheiros, bebedouros, trilhas sinalizadas, estacionamento, entre outras amenidades. Os ingressos custam R$ 40, para visitantes estrangeiros, R$ 30, para turistas estrangeiros do Mercosul, R$ 20, para visitantes brasileiros, e R$ 4, para os moradores do entorno do Parna.

Na hora de descansar dos passeios pelo parque, os Chalés Alto da Estância são a pedida para a hospedagem na Chapada dos Veadeiros. A poucos minutos do centro de Alto Paraíso e cercada por uma natureza exuberante em região de ecoturismo, a pousada oferece, além de café da manhã, piscina aquecida ao ar livre, sauna a vapor, sala de massagem e terapias e um mirante observatório com paisagem de tirar o fôlego. 

Ecoturismo na Cidade de Goiás

A charmosa Cidade de Goiás fica a cerca de 140 km da capital goiana e possui diversas áreas de preservação ambiental, em que se destacam cachoeiras, riachos de águas límpidas e áreas de matas preservadas.

Goiás Velho, Cidade de Goiás, ou, simplesmente, Goiás, foi a primeira capital do estado homônimo, antes de Goiânia. O conjunto arquitetônico da cidade, com mais de 500 edificações em estilo colonial, foi tombado pelo Iphan, em 1978, e reconhecido como Patrimônio Mundial pela Unesco, em 2001.

Para além da história, o município também oferece muitas opções de ecoturismo em Goiás. Por lá, vale a pena conhecer o Parque Estadual da Serra Dourada. Criado em 2003, o parque tem aproximadamente 30 mil hectares e é o lugar perfeito para tomar banhos de cachoeira, mergulhar num aquário natural ou fazer canoagem pelo Rio Vermelho.

Ecoturismo em Goiás: conheça destinos sustentáveis no estado para visitar | Foto da Cidade de Goiás | Conexão123

Goiás Velho, ou Cidade de Goiás, ou, simplesmente, Goiás, foi a primeira capital do estado homônimo

No quesito quedas d’água, as cachoeiras são uma das vedetes do parque. Veja as três mais conhecidas: 

  • Cachoeira das Andorinhas
  • Fonte da Carioca
  • Cachoeira do Rosário

A entrada no parque custa R$ 5 por pessoa. Devido à pouca infraestrutura para receber turistas no local, é recomendado levar bastante água, comida, protetor solar e repelente.

Quando estiver viajando pelo estado, não deixe de conferir as dicas do Conexão123 sobre onde se hospedar em Goiás, com as melhores opções de hotéis e pousadas por lá!

Saindo de outros estados, a melhor forma de conhecer esses destinos surpreendentes é de avião. O Aeroporto de Goiânia, na capital, é a principal porta de entrada para todas essas belezas naturais!

Que tal visitar esses destinos de ecoturismo em Goiás? A 123milhas acredita que viajar é pra todos e tem por missão oferecer a seus clientes os melhores preços em passagem aérea, pacote de viagem, seguro-viagem e aluguel de carros.