Lugares para conhecer

História e celebração do Día de los Muertos, no México

O Dia de los Muertos é uma celebração extremamente popular no México, que se origina na cultura asteca, bem antes da chegada dos espanhóis ao território. Há mais de 3.000 anos, os povos da região fazem homenagens aos mortos, para celebrar o fim do ciclo da vida, a morte e o renascimento.

Apesar de ser considerado por muitos um momento de tristeza, o Dia de los Muertos é uma festa bem animada que une danças, doces e caveirinhas de açúcar. Reza a lenda que, na data, 02 de novembro, os mortos, ou seus espíritos, retornam para visitar seus parentes, tornando o dia repleto de imensa felicidade. 

O culto da população asteca era prestigiado pela Dama da Morte, esposa do rei dos mortos na mitologia. Até os dias atuais, El Día de los Muertos homenageia os ancestrais e celebra alegremente o seu “retorno”.

Celebração do Dia de Los Muertos | Cranios decorativos | Conexão123

O feriado do Dia de Los Muertos é considerado pela UNESCO um Patrimônio da Humanidade

Você vai ler sobre

Tradições do Dia de los Muertos 

O Día de los Muertos, no México, tem como foco a celebração da passagem da vida para a morte, realizando rituais em homenagem aos que já se foram. O dia é marcado principalmente pelo uso das calaveras ou catrinas, representações de caveiras, pintadas e decoradas de forma simbólica e artística. O feriado é considerado pela UNESCO como um Patrimônio da Humanidade. A celebração pode durar até sete 7 dias. A festa geralmente começa no fim de outubro e vai até os primeiros dias de novembro, sendo que a data oficial do Dia dos Mortos é 02 de novembro. Apesar de a data ser comemorada em todo o país, ela é mais tradicional em Aguascalientes, Cidade do México, Morelos, Oaxaca, e Quintana Roo.

Hoje, o Conexão123 te apresenta um pouco sobre a grande festividade mexicana. 

Vamos conhecer alguns costumes e adereços do Dia de los Muertos

Os esqueletos tradicionais da festa 

Os esqueletos são espalhados por todos os lados das cidades, mas principalmente na entrada das casas. Normalmente estão vestidos com roupas, chapéus e adereços, como brincos. Na tradição, eles recepcionam as almas que vêm visitar seus entes queridos. Inclusive, alguns até decoram suas casas com esqueletos reais de familiares já falecidos. 

Para algumas culturas, a decoração do Día de los Muertos pode parecer um pouco aterrorizante, mas para os mexicanos os esqueletos divertidos e decorados com cores alegres podem ajudar os vivos a lidar com a morte de forma menos triste.

Celebração do Dia de Los Muertos | Caveiras | Conexão123

Os esqueletos são espalhados por todos os lados da cidade, mas principalmente na entrada das casas

Decoração de flores 

As flores são usadas para representar a beleza e a transitoriedade da vida. Elas costumam integrar, por exemplo, um grande arco colocado diante de um altar como forma de portal para as almas passarem e visitarem os vivos. As mais usadas pelos mexicanos costumam ser a crista-de-galo, o cravo, o crisântemo e a cempasúchil, conhecida como cravo-de-defunto.

Esta última também é utilizada na decoração de altares e túmulos, de forma a ajudar as almas dos entes queridos a “encontrar o caminho”.

Celebração do Dia de Los Muertos | Flores | Conexão123

As flores são usadas para representar a beleza e a transitoriedade da vida. Elas costumam integrar um grande arco colocado diante de um altar

Onde é comemorado o Dia de los Muertos 

Vários destinos, como Guatemala, El Salvador e Honduras comemoram a data. Algumas regiões do Canadá e dos Estados Unidos também celebram o Día de los Muertos. Porém, as festas mais tradicionais acontecem realmente no México. Na capital ocorrem grandes paradas, com direito a carros alegóricos e artistas maquiados de caveira e vestidos com roupas tradicionais. 

As festividades acontecem perto de lápides, mausoléus e memoriais, que recebem enfeites coloridos, flores frescas e até mesmo apresentações de música ao vivo para festejar a presença dos mortos.

Dicas para festejar o Dia de los Muertos 

A programação do Día de los Muertos varia de cidade a cidade, sendo Pátzcuaro e Oaxaca os melhores lugares para curtir a festa. De qualquer forma, vale dar uma passadinha no centro de informações turísticas do município e descobrir o que vai rolar de bacana. Algumas das atividades mais comuns são exposições fotográficas de catrinas, que são caveiras vestidas com roupas de gala, danças típicas, feirinha de comidas e artesanato.

Celebração da festividade do Dia de Los Muertos | Cidades da América Latina | Conexão123

A programação do Dia de los Muertos varia de cidade a cidade, sendo Pátzcuaro e Oaxaca os melhores lugares para curtir a festa

Se você pensa em curtir o Día de los Muertos, no México, confira também nosso conteúdo sobre o que fazer no México e nossas recomendações de Dois tacos e um churro na Cidade do México

Gostou do nosso conteúdo sobre o Día de los Muertos? Conte com a 123milhas para garantir top ofertas, hotéis e seguro-viagem!