Lugares para conhecer

Melhores passeios em Lisboa

Vai conhecer a capital portuguesa e ainda não sabe quais lugares quer visitar? Confira os melhores passeios em Lisboa e monte o melhor roteiro! Não deixe de acessar também o guia de viagem com informações completas sobre a cidade e dicas incríveis para curtir o destino.

 

Praça do Comércio

Fica na parte mais antiga da cidade, a Baixa Lisboa. A Praça do Comércio foi ocupada pela residência do rei Manuel I. O local foi destruído pelo terremoto de 1511 e construiu-se o largo.

A Praça do Comércio é uma das regiões mais movimentadas da cidade

A Praça do Comércio é uma das regiões mais movimentadas da cidade

Ao redor estão edifícios históricos, a maioria com funções governamentais. Também é onde está o Café Martinho da Arcada, que teve dois frequentadores ilustres: Fernando Pessoa e José Saramago. Ambos têm mesas permanentemente reservadas no estabelecimento.

 

Lisboa Story Center

Conheça a história da cidade no Lisboa Story Center. É bem interessante pois mostra como era antes do terremoto de 1755, que acabou mudando a configuração da capital portuguesa. Há salas temáticas, vídeos e áudios que mostram diversas fases da região. A visita pode ser feita em 1h e é para pessoas de todas as idades.

Abre todos os dias, das 10h às 19h. A entrada custa € 6,50, mas há preços especiais para crianças, estudantes, idosos e famílias.

Fica na Praça do Comércio. Inclua no roteiro para Lisboa!

 

Praça do Rossio

A Praça do Rossio, também conhecida como Praça Dom Pedro IV, não pode ficar de fora da sua lista do que fazer em Lisboa. É uma das mais antigas da cidade. Na época do Império Romano o local era ocupado por um hipódromo, onde aconteciam feiras.

Um grande chafariz se destaca na Praça do Rossio

Um grande chafariz se destaca na Praça do Rossio

Bem no centro está uma estátua de Dom Pedro IV, que é chamado no Brasil de Dom Pedro I. Ao redor você encontra lugares como o Teatro Nacional D. Maria II, Café Nicola (um dos mais famosos da cidade) e o Fantástico Mundo da Sardinha Portuguesa – uma loja muito excêntrica, com temática circense e que homenageia a importância da sardinha para o país.

Você pode chegar lá de metrô, basta pegar a linha verde e descer na estação Rossi. Caso esteja na Praça do Comércio, pode ir caminhando. O percurso é de apenas 1 km e você pode explorar mais a cidade.

Depois de ir à Praça do Rossio, aproveite para ir ao Elevador de Santa Justa, que oferece uma das vistas mais bonitas da cidade. A estrutura é toda de ferro e foi construída há mais de 100 anos, para ligar a cidade Baixa à Alta. Com seus 45 metros de altura, garante uma visão panorâmica.

Suba do Elevador de Santa Justa e aproveite a vista da cidade

Suba do Elevador de Santa Justa e aproveite a vista da cidade

Funciona todos os dias. Abre das 7h30 às 23h de maio a outubro e das 9h às 21h de novembro a abril. A entrada custa € 1,50 (aproximadamente R$ 8,40). Caso queira subir no elevador, sai a € 5,30 (aproximadamente R$ 29,70).

 

Panteão Nacional

O edifício do Panteão Nacional foi fundado na segunda metade do século XVI e, originalmente, era ocupado pela Igreja de Santa Engrácia. Chama a atenção pela arquitetura, com uma cúpula decorada com mármore colorido, característica do barroco português. Lá estão enterradas personalidades nacionais ilustres, como o poeta Almeida Garret e a fadista Amália Rodrigues.

A cúpula é o grande charme do Panteão Nacional

A cúpula é o grande charme do Panteão Nacional

Fica na região de Santa Clara, próximo à Feira da Ladra (realizada às terças e sábados).

Para chegar lá, pegue um eléctrico 28 ou a linha azul do metrô, e desça na estação Santa Apolónia. A entrada custa € 4 (aproximadamente R$ 22). Confira o horário de funcionamento:

  • outubro a março: de terça a domingo, das 10h às 17h;
  • abril a setembro: de terça a domingo, das 10h às 18h.

 

Casa Fernando Pessoa

Que tal visitar a casa habitada por Fernando Pessoa nos seus últimos 15 anos de vida? A exposição é dedicada aos trabalhos do poeta e também conta com objetos pessoais, móveis e outros itens. Aproveite para também visitar a biblioteca especializada em poesia.

A Casa Fernando Pessoa abre de terça a domingo, das 10h às 18h. O ingresso custa € 5 (aproximadamente R$ 27). Crianças menores de 12 anos e pessoas com deficiência têm entrada gratuita. O público de 13 a 25 anos e maior de 65 têm um preço especial.

Há uma biblioteca especializada em poesia na Casa Fernando Pessoa

Há uma biblioteca especializada em poesia na Casa Fernando Pessoa

O ponto turístico fica no bairro Campo de Ourique. Para chegar até lá, pegue um eléctrico 28 e pare na rua Saraiva Carvalho, a três minutos de caminhada do museu.

 

Fundação José Saramago

Conheça também a Fundação José Saramago, com exposições de sua vida e obra. O espaço foi fundado pelo próprio escritor em 2007, com o objetivo de difundir a Declaração Universal dos Direitos Humanos e promover a cultura em Portugal.

Veja objetos pessoais e réplicas de José Saramago

Veja objetos pessoais e réplicas de José Saramago

O espaço abre de segunda a sábado, das 10h às 18h. O acesso custa € 3 (aproximadamente R$ 16). Fica bem pertinho da Praça do Comércio, então inclua no roteiro para fazer as duas visitas no mesmo dia.

 

Museu do Azulejo

O Museu Nacional do Azulejo é, sem dúvida, um dos melhores passeios em Lisboa. Você certamente perceberá que muitas construções portuguesas são decoradas por azulejos, especialmente em azul e branco.

O local conta a história do uso das peças desde o século XV e ainda explica os diferentes tipos. Vale muito a pena conhecer.

Azulejos são marcantes na cultura portuguesa

Azulejos são marcantes na cultura portuguesa

Aos domingos acontece uma oficina de pintura de azulejos, às 14h. É necessário fazer inscrição prévia até às 16h da sexta-feira anterior pelo e-mail: servicoseducativos@mnazulejo.dgpc.pt. A atividade custa € 5 para crianças e € 8 para adultos.

O museu abre de terça a domingo, das 10h às 13h e das 14h às 18h. A entrada sai a € 5, mas há uma opção de ingresso que inclui a visita ao Panteão Nacional. Nesse caso, custa € 7.

Para chegar lá, pegue um autocarro (como é chamado o ônibus em Portugal) das linhas 718, 742, 794 ou 759. Todas param em frente ao local. As linhas 728 e 759 também têm ponto próximo, localizado na avenida Infante Dom Henrique, a apenas cinco minutos de caminhada. Outra opção é pegar o metrô da linha azul e descer na estação Santa Apolónia, a 20 minutos do local.

 

Museu do Fado

A melhor maneira de conhecer o fado, um estilo musical português, é visitando o museu dedicado a ele. Você poderá ouvir canções, entender a história do gênero e ainda descobrir famosos fadistas.

Abre de terça a domingo, das 10h às 18h. A entrada custa € 5.

O fado é um estilo musical português

O fado é um estilo musical português

 

Parque Eduardo VII

O Parque Eduardo VII é um ponto turístico em Lisboa que não pode deixar de visitar. São 25 hectares de área verde com trilhas, estufas, parquinho infantil, lagos, anfiteatro e uma diversa flora. É lá que acontece anualmente a Feira do Livro de Lisboa, um evento que atrai escritores e leitores de várias partes de Portugal.

Para chegar lá você pode pegar o metrô e descer na estação Marquês de Pombal, que integra as linhas azul e amarela.

Passeie pelos bosques do Parque Eduardo XVII

Passeie pelos bosques do Parque Eduardo XVII

 

Miradouro Santa Luzia

O Miradouro Santa Luzia é um ponto turístico em Lisboa que oferece uma bela vista da cidade. É um mirante todo decorado pelos charmosos azulejos portugueses e fica bem pertinho do Castelo de São Jorge. Inclua no passeio pelo bairro de Alfama.

O local é bem movimentado e sempre conta com artistas de rua tocando música ou vendendo peças de artesanato.

Veja todo o bairro de Alfama do Miradouro Santa Luzia

Veja todo o bairro de Alfama do Miradouro Santa Luzia

 

Museu Coleção Berardo

Vá ao Museu Coleção Berardo para ver uma grande exposição de arte contemporânea. Há obras de artistas famosos como Pablo Picasso, Marcel Duchamp, Joan Miró e Andy Warhol.

Fica aberto todos os dias, das 10h às 19h. A entrada custa € 5, mas o acesso é gratuito aos sábados. Se for nesse dia, chegue cedo pois tem bastante fila.

O museu fica em Belém, então você pode aproveitar para visitar a Torre, o Mosteiro dos Jerónimos e outros pontos da região como o Padrão do Descobrimento. O monumento fica às margens do rio Tejo e homenageia figuras portuguesas como Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral e o poeta Luís Vaz de Camões.

É onde acontece o mais bonito pôr do sol no rio Tejo, vale a pena tirar um momento para aproveitar a vista.

O Padrão do Descobrimento homenageia personalidades portuguesas

O Padrão do Descobrimento homenageia personalidades portuguesas

Apaixonou-se pelos pontos turísticos de Lisboa? Ame ainda mais a cidade descobrindo os melhores restaurantes e tudo o que você não pode deixar de comer durante a viagem.