Conheça o estado de Minas Gerais

Minas Gerais fica na região Sudeste do país. O território guarda muitas riquezas da era colonial, época em que houve o famoso ciclo do ouro, iniciado no século XVI, com a descoberta de minas do precioso metal e o desbravamento do território pelos bandeirantes. 

O destino reserva uma imersão histórica, cultural e gastronômica aos turistas. Antes de embarcar numa viagem incrível, conheça o estado de Minas Gerais

Você vai ler sobre

Estado de Minas Gerais

As cidades históricas do estado de Minas Gerais proporcionam aos turistas a oportunidade de fazer uma viagem no tempo, como Diamantina e Ouro Preto. Além de oferecer um mergulho na culinária típica, com os famosos pão de queijo e “cafézin”, iguarias apreciadas pelos conterrâneos e visitantes.

Enquanto isso, as grandes cidades do território, como Belo Horizonte, Uberlândia e Juiz de fora, são capazes de aliar toda a estrutura das maiores metrópoles brasileiras àquele clima pacato de interior.

Minas Gerais faz divisa com São Paulo (a sul e sudoeste), Rio de Janeiro (a sudeste), Mato Grosso do Sul (a oeste), Goiás e Distrito Federal (a noroeste), Espírito Santo (a leste) e Bahia (a norte e nordeste). 

O mapa de Minas Gerais abriga mais de 850 municípios, entre eles, alguns se destacam pela quantidade de habitantes, como Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora , Betim, Montes Claros, Ribeirão das Neves, Uberaba, Governador Valadares, Ipatinga, Santa Luzia e Sete Lagoas. 

Inclusive, a extensão territorial do estado é de aproximadamente 587 mil km². A população mineira soma cerca de 21 milhões de pessoas, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas - IBGE (2021). 

Viajar para Minas Gerais é apreciar de pertinho todas as riquezas e peculiaridades que englobam história, cultura, turismo e gastronomia, pontos essenciais para conhecer a região. 

Pensando em desfrutar do que há de melhor em solo mineiro? Fique por aqui para saber mais detalhes sobre o estado que cativa tantos viajantes! 

Conheça o estado de Minas Gerais: história, turismo e mais | Vista área de Diamantina (MG) | Conexão123

O estado de Minas Gerais agrega mais de 850 municípios

Capital do estado de Minas Gerais: Belo Horizonte

Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, encanta os visitantes pelas paisagens montanhosas, atrativos turísticos e “ar interiorano”, apesar da potência metropolitana e culinária regional. Inclusive, o município é reconhecido pela Unesco como Cidade Criativa da Gastronomia

O município tem mais de 331 km² de área e conta com cerca de 2,5 milhões de habitantes, conforme dados estimados do IBGE (2021). 

Em 1750, a região ganhou o status de distrito, com o nome de Nossa Senhora da Boa Viagem do Curral del Rey. Somente em 1893 foi elevada à classe de município, denominada Cidade de Minas.

No ano de 1897, tornou-se capital de Minas Gerais. Já em 1901, o local foi renomeado como Belo Horizonte, como conhecemos até hoje. 

Por lá, construções e museus também contam a história local, entre eles: 

  • Edifício Acaiaca, Centro
  • Memorial Minas Gerais Vale, Praça da Liberdade 
  • Museu das Minas e do Metal, Praça da Liberdade 

O turismo em Belo Horizonte é diversificado e contempla todos os estilos de viajantes. Afinal, há muito o que fazer em BH. 

Conheça o estado de Minas Gerais: história, turismo e mais | Lagoa da Pampulha em Belo Horizonte | Conexão123

A capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, propicia aos viajantes uma verdadeira imersão mineira

Cidades do estado de Minas Gerais

Quando se fala em procura turística, algumas cidades de Minas Gerais se sobressaem, como Ouro Preto, Capitólio e a capital, BH, a qual citamos anteriormente.

Porém, cada destino é único em suas próprias características. Afinal, são mais de 850 municípios, repletos de belezas singulares e peculiaridades. Abaixo, reunimos duas dicas de cidades turísticas em Minas Gerais

O turismo em Ouro Preto reserva atrativos históricos pelas ruas e vielas, que remetem ao período Brasil Colônia. A cidade, reconhecida pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, em 1980, vivenciou fatos importantes, como o Ciclo do Ouro, no século XVII, e a Inconfidência Mineira, no século XVIII. 

O município abriga museus importantes da história nacional, a exemplo o da Inconfidência e o do Aleijadinho. Saiba mais sobre o que fazer por lá! 

Capitólio é o lugar ideal para praticar o ecoturismo, pois pode-se estar em pleno contato com a natureza. O Lago de Furnas, com dimensão de 1.440 km², proporciona paisagens belíssimas no destino. Dentre as atrativos, estão águas em tom esverdeado, paredões rochosos e os famosos cânions. Veja o que fazer no destino! 

Brasil no top 1 destinos aventureiros mundiais | Cânions de Capitólio | Conexão123

Os Cânions de Capitólio, em Minas Gerais, atraem muitos visitantes pela oportunidade de conhecer paisagens únicas e naturais

História do estado de Minas Gerais

A descoberta do território onde, atualmente, fica o estado de Minas Gerais aconteceu no século XVI, através da busca dos bandeirantes por ouro e pedras preciosas. Em 1709, foi criada a Capitania de São Paulo e Minas de Ouro, que, desmembrada em 1720, transformou-se em São Paulo e em Minas Gerais. 

No começo do século XVIII, a região foi um importante centro econômico da colônia portuguesa com rápido povoamento. A região de Ouro Preto, que na época tinha o nome de Vila Rica, chegou a ser até mais populosa que Nova York na mesma época. Porém, em torno de 1750, a produção de ouro começou a decair, o que levou Portugal a promover maneiras mais rígidas de arrecadar impostos. 

Esse movimento causou o start da Inconfidência Mineira, revolta que tinha intenção de libertar o país das mãos dos colonizadores europeus. A conspiração, baseada no ideal iluminista, foi descoberta pela Coroa portuguesa e fez com que  Tiradentes fosse enforcado, único protagonista condenado à morte.

Apesar da queda da mineração no território e do avanço de outros produtos para exportação, como açúcar, fumo e algodão, por muitos anos, Minas Gerais fundamentou sua economia nas grandes fazendas mineradoras. 

No início do século XIX, a introdução da cafeicultura fez a economia voltar a crescer, e a produção do grão se tornou a principal atividade da província. Em meados de 1930, surgiu a tendência do estado ao ramo siderúrgico, com mais aproveitamento dos seus recursos minerais. Já na década de 1970, a economia passou por mudanças estruturais com diversificação e adensamento industrial, buscando reconhecimento nacional e internacional.

Outra curiosidade é que a primeira vila de Minas Gerais foi a de Mariana, atual município mineiro. Ela começou a ser habitada em 1696 e foi elevada ao status de cidade em 1745, por ordem do rei Dom João V. 

Um símbolo fundamental da região, e que nasceu a partir da Inconfidência Mineira, é a bandeira do estado. Composta por um triângulo vermelho em fundo branco, tem os dizeres em latim “Libertas quae sera tamen”, que significa “Liberdade ainda que tardia”, lema da conspiração. 

A atual bandeira de Minas Gerais foi instituída pela lei 2.793, de 8 de janeiro de 1963, e sancionada pelo governador José de Magalhães Pinto, naquele período. 

O triângulo remete à santíssima trindade e foi proposto por Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Já a frase em latim foi sugerida por Alvarenga Peixoto, outro inconfidente. O trecho escrito refere-se a um versículo do poeta romano Virgílio.

Conheça o estado de Minas Gerais: história, turismo e mais | Bandeira de Minas Gerais | Conexão123

A concepção da bandeira de Minas Gerais nasceu a partir da Inconfidência Mineira

Geografia do estado de Minas Gerais

O pico da Bandeira é o ponto mais alto do território e o terceiro maior do Brasil, com cume de cerca de 2.900 metros de altitude, e fica situado entre os estados de MG (30%) e Espírito Santo (70%).

Na maior parte do território mineiro, o clima tropical de altitude é o predominante. Já no extremo norte do estado, em razão da baixa pluviosidade, prevalece o semiárido. 

Na maior parte do ano, o clima é ameno. Ao longo das estações, em geral, a temperatura varia de 13 ºC a 29 ºC e raramente é inferior a 10 ºC ou superior a 32 ºC. 

O estado de Minas Gerais ficou conhecido ainda como “caixa d’água” brasileira, em referência à importância de suas bacias hidrográficas. A região é produtora de águas em seus 58,6 milhões de hectares. 

O território possui rios, riachos e lagos. Dentre as bacias do país que compõem a rede hidrográfica do estado, estão as do Rio Doce, do Rio Grande, do Rio Pardo e do Rio São Francisco. 

Cultura do estado de Minas Gerais

A cultura de Minas Gerais formou-se pelas influências africana, portuguesa e indígena. Das festas religiosas à convivência familiar, o povo mineiro é acolhedor e aprecia o aroma de um pão de queijo recém-assado e um café coado na hora. Como bem definiu o escritor João Guimarães Rosa: “Aí está Minas: a mineiridade”. 

Ao longo dos mais de 300 anos de existência, Minas Gerais contribui de diversas maneiras com a cultura brasileira. No que diz respeito à literatura, a história da população ganha evidência pelas mãos de grandes escritores, entre eles: Cláudio Manuel da Costa, Carlos Drummond de Andrade, Lúcia Machado de Almeida, e claro, Guimarães Rosa, que citamos acima. 

A sonoridade e a musicalidade levam o nome do território para o mundo por meio de consagrados compositores e intérpretes brasileiros oriundos da região, como Ary Barroso e Clara Nunes.

Outro dado relevante é que o estado concentra um número relevante de Patrimônios Culturais da Humanidade, titulados pela Unesco. Ao todo são quatro: Cidade Histórica de Ouro Preto; o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas; o Centro Histórico de Diamantina; e o Conjunto Moderno da Pampulha, em Belo Horizonte.

A riqueza de Minas pode ser percebida também no artesanato, com produções em pedra, barro, madeira, prata, estanho, bordado e fibra trançada. As influências de povos também são carregadas pela tradição folclórica, através das danças típicas e festas populares.

  • Congada: preserva a tradição da cultura negra e é organizada em Silvianópolis (junho), Poços de Caldas (maio) e muitos outros municípios
  • Cavalhada: inspirada na Cavalaria Medieval, acontece, por exemplo, em São Romão (outubro) e Senhora dos Remédios (setembro)
  • Quadrilha: ocorre nos festejos juninos, como no Arraial de Belô, em Belo Horizonte, considerado o maior São João do sudeste

Já a gastronomia de Minas Gerais é agraciada por preparos deliciosos e ingredientes típicos. Do café à famosa cachaça mineira e dos queijos aos azeites formam-se pratos saborosos, sejam eles simples ou sofisticados. Separamos alguns que traduzem, um pouco, a culinária regional:

  • Broa de Fubá
  • Pão de queijo
  • Tutu de feijão
  • Couve refogada
  • Canjiquinha no fogão a lenha
Conheça o estado de Minas Gerais: história, turismo e mais | Pão de Queijo e café | Conexão123

A combinação perfeita para um café da manhã ou chá da tarde em Minas Gerais leva café e pão de queijo

Economia do estado de Minas Gerais

A economia de Minas Gerais tem destaque nos setores de serviços, telecomunicações e comércio, que contribuem de forma significativa para o avanço econômico do estado.

Inclusive, outros segmentos também fortalecem o território, como o de agropecuária com rebanho bovino, leite, feijão, café, milho, soja e cana-de-açúcar; o industrial com enfoque automobilístico, sendo representado por grandes empresas, como Fiat e Mercedes-Benz. 

Mais ramos fortalecem economicamente a região, como alimentício, têxtil, eletroeletrônico, mecânico, metalúrgico, siderúrgico, da construção civil, de autopeças e das mineradoras. 

O turismo em Minas Gerais é mais um exemplo que torna a economia local ainda mais sólida. O destino conta com inúmeras cidades, hospedagens, pontos históricos, passeios e atrativos turísticos. Como pudemos observar em Belo Horizonte, Ouro Preto e Capitólio. 

Que tal programar uma viagem para Minas Gerais? Conte com a 123milhas para garantir os melhores preços em passagens aéreas, hotéis, pacotes de viagem e aluguel de carros.

RESERVAR

RESPOSTAS123

Em Minas Gerais, algumas cidades turísticas se destacam, como Belo Horizonte (capital mineira), Ouro Preto e Capitólio. 

O estado de Minas Gerais fica localizado na região Sudeste do Brasil, ao lado de São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Na maior parte do ano, o clima é ameno. Ao longo das estações, em geral, a temperatura varia de 13 ºC a 29 ºC e raramente é inferior a 10 ºC ou superior a 32 ºC.