Ouro Preto

Ouro Preto

Na Serra do Espinhaço, encontra-se a colonial cidade de Ouro Preto. O município de Minas Gerais abriga ruas calcetadas, íngremes e sinuosas que conectam o turista às igrejas, capelas, pontes, praças fontes e diversas atrações históricas que merecem estar em seu guia de turismo em Ouro Preto. Vamos viajar com o Conexão123?

Você vai ler sobre

Conheça Ouro Preto

A cidade de Ouro Preto fica no estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Reconhecida pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1980, a região carrega história e cultura em cada detalhe, seja nas ruas com aspectos do século XVIII ou em atrativos turísticos, como o Museu da Inconfidência. 

O município, distante 100 km da capital mineira, tem extensão territorial de 1.245,865 km² e é agraciado pelo bioma da Mata Atlântica. A população aproximada do local é de 74.800 habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas - IBGE (2021). 

Outra curiosidade é que quem nasce em Ouro Preto recebe o gentílico de ouro-pretano. Diferente, né? Por lá, o turista pode sentir como se estivesse viajando no tempo. Afinal, o destino preserva cada momento do passado em diversos lugares. 

Como já falamos, a história do território mineiro pode ser conhecida em diferentes pontos da cidade. Mas você sabe a origem de Ouro Preto? 

No ano de 1696, uma expedição de bandeirantes localizou jazidas de ouro nas regiões montanhosas de Minas. Logo, o local despertou grande interesse dos exploradores e teve início a ocupação do vale onde hoje está localizada a cidade de Ouro Preto (MG). O povoado surgiu em 1698, como Arraial do Padre Faria. 

Em 1711, devido à junção de vários arraiais, transformou-se em Vila Rica, subindo uma categoria à época. Em 1720, foi agraciada como capital de Minas Gerais. Foi neste período que a região desenvolveu-se de forma acelerada, principalmente devido à exploração do metal tão valioso. Entre 1730 a 1765, o local chegou a ter 25 mil habitantes, sendo maior que Nova York naquela época. 

A cidade foi palco de um movimento de suma importância do período colonial brasileiro: a Inconfidência Mineira, ocorrida entre 1789 e 1792, que questionava e buscava libertar o país do domínio português. Porém, a conspiração foi descoberta pela Coroa Portuguesa e teve Tiradentes enforcado, único envolvido condenado à morte. 

Após a Independência do Brasil, em 1823, a vila ganhou o nome usado até hoje: Ouro Preto, em referência à cor mais escura do metal que era encontrado na região. No mesmo ano, recebeu o título de Imperial Cidade, concedido por Dom Pedro I. 

Já em 1897, a cidade perdeu o status de capital, justamente por não dispor de alternativas viáveis ao desenvolvimento urbano. A sede foi transferida para o antigo Curral Del’Rey, local que, anos depois, virou a cidade de Belo Horizonte, metrópole de MG. 

O destino ainda agrega à sua área os seguintes distritos: Cachoeira do Campo, Amarantina, Glaura (Casa Branca), São Bartolomeu, Santo Antônio do Leite, Rodrigo Silva, Miguel Burnier, Engenheiro Correia, Santa Rita de Ouro Preto, Santo Antônio do Salto, Antônio Pereira e Lavras Novas.

Construções históricas, museus, mirantes, cachoeiras, igrejas e muito mais integram o turismo em Ouro Preto. 

Preparamos um guia de viagem completo especialmente para você. 

Partiu conhecer a cidade histórica de Ouro Preto?

Turismo em Ouro Preto | Vista aérea de Ouro Preto | Conexão123

A cidade de Ouro Preto atrai os olhares de viajantes amantes de arquitetura colonial

Turismo em Ouro Preto

A  viagem para Ouro Preto é repleta de atrativos belíssimos e contempla todos os tipos de turistas, dos que apreciam a natureza aos que preferem “respirar” a história local.   

A arquitetura do município de Minas Gerais foi inspirada no estilo barroco, e pelas ruas da cidade é possível observar os aspectos dos tempos do Brasil Colônia. A Capela de Nossa Senhora da Piedade, localizada no Morro da Piedade (Rua N. Sr.a da Piedade, 151), foi construída em 1720 e é considerada um dos templos mais antigos da região. 

Em destaque na Praça Tiradentes está o Museu da Inconfidência. O monumento, erguido entre 1785 e 1855, abrigava originalmente a Casa de Câmara e Cadeia. Desde 1944, o local funciona como museu, e a exposição permanente aborda o movimento de insurreição mineiro relacionado ao cotidiano da vida em Ouro Preto durante os séculos XVIII e XIX. 

O espaço cultural tem entrada gratuita e funciona de terça, quarta, quinta e sábado, das 10h às 18h; sexta, das 10h às 20h; e domingos e feriados, das 10h às 14h. Anote o endereço: Praça Tiradentes, 139, Centro. 

Aos viajantes apreciadores do ecoturismo, a Cachoeira da Ponte da Rancharia pode ser uma excelente opção. Situada às margens da Estrada Real (MG-129), as quedas d’água compõem cenário com uma das históricas pontes da Rancharia, construída há mais de 150 anos e que servia de travessia de carroças. 

Reunimos mais três alternativas para você montar seu roteiro com ideias de o que fazer em Ouro Preto, antes da sua viagem: 

  • Igreja de São Francisco de Paula: abre de terça, quarta, quinta e sexta, das 9h às 12h30
  • Casa de Tomás Antônio Gonzaga: funciona de terça, quarta, quinta, sexta e feriados, das 8h às 18h; e sábados e domingos, das 8h às 18h, mas com parada para o almoço, das 12h às 13h
  • Mina 13 de Maio: todos os dias, das 9h às 17h 

Os locais onde ir em Ouro Preto são inúmeros. Afinal, por lá, os viajantes encontram atrativos turísticos para todos os gostos. 

Quer tornar sua estada em Ouro Preto ainda mais inesquecível? Conheça também os lugares para comer e deguste as delícias regionais!

Turismo em Ouro Preto | Rua de Ouro Preto | Conexão123

As ruas de Ouro Preto são calcetadas, íngremes e sinuosas

Quando ir para Ouro Preto

Ouro Preto é uma cidade turística procurada em diversas datas durante o ano. Os fins de semana, férias e feriados são os mais disputados. Por isso, o município fica mais cheio e os valores em serviços e estabelecimentos podem ficar mais altos. 

Se você busca tranquilidade, evite viajar em dezembro, janeiro, fevereiro e julho. Em termos de clima, a melhor época para visitar o destino é de maio a agosto. Apesar de não estar tão quente, o tempo fica firme e é possível conhecer muitas atrações.

Mas se você pretende curtir eventos culturais e aproveitar um friozinho no destino, realize seu passeio em julho. A cidade é palco de um dos importantes festivais de inverno no Brasil, organizado pela UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto). Neste período, a região recebe apresentações musicais, teatro, oficinas e muito mais. 

O clima quente e temperado de Ouro Preto traz duas estações bem definidas: uma chuvosa e outra seca. Aliás, cada uma delas oferece aos turistas experiências bem diferentes. Em geral, ao longo dos meses, a temperatura na região varia entre 10 ºC e 26 ºC. 

Portanto, escolha o período que mais favoreça sua viagem e a torne mais agradável. Quando for preparar suas malas, inclua alguns itens essenciais:

  • Roupas: camisetas, blusas leves, bermudas ou shorts e calças confortáveis
  • Itens de banho: biquíni, maiô e sunga (se for durante o verão)
  • Calçados: chinelo e tênis confortáveis
  • Cuidados pessoais: protetor solar, cremes pós-sol, repelente, entre outros

Como chegar a Ouro Preto

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte/Confins, a cerca de 150 km de Ouro Preto, é uma opção para os turistas que optam por viajar de avião. Depois de descer da aeronave na capital de Minas Gerais, o viajante precisa continuar o caminho pela estrada. Se precisar, conte com aluguel de carros

Saindo de BH, o trajeto mais fácil é pela BR-040, sentido Rio de Janeiro. Após percorrer aproximadamente 20 km, entre no trevo em direção a Ouro Preto por meio da BR-356 (Rodovia dos Inconfidentes) e siga até o destino final. O percurso dura pouco mais de 1h30.

Aos que partem de São Paulo, por exemplo, uma das alternativas é ir direto para Belo Horizonte pela BR-381 (Fernão Dias) e então prosseguir no mesmo trajeto acima. A distância é em torno de 680 km. 

A viagem ainda pode ser feita de ônibus. A partir da capital mineira, o itinerário é realizado pela Viação Pássaro Verde e pela Buser. O tempo médio é de 2 horas. Da capital paulista, a Viação Útil faz o deslocamento e a média é de 11 horas na estrada. 

Já para se locomover em Ouro Preto, o visitante pode usar táxi, transporte público para locais mais distantes ou ir a pé. 

Turismo em Ouro Preto | Igrejas de Ouro Preto | Conexão123

Ouro Preto abriga mais de 18 igrejas barrocas

Quanto custa viajar para Ouro Preto

Agora que você sabe praticamente tudo sobre a cidade de Ouro Preto, vamos abordar outros pontos bastante importantes para concretizar sua viagem. Afinal, o turismo em Ouro Preto reserva muitas atrações e merece um espacinho especial no seu calendário de passeios anuais. 

O custo para visitar o município mineiro vai depender de alguns aspectos fundamentais, como alimentação, pontos turísticos, passagens aéreas ou de ônibus, aluguel de carro e, claro, a escolha de onde se hospedar em Ouro Preto. 

A tarifa de avião (ida e volta) para o Aeroporto de Belo Horizonte vai variar conforme o local de partida do passageiro. De São Paulo para BH, o turista encontra valores a partir de R$ R$ 391 (por viajante). Já o preço dos hotéis começam em R$ 150 (por hóspede) a diária com café da manhã. 

Pacotes de turismo para Ouro Preto

Pensando em economizar e, ao mesmo tempo, fazer uma viagem inesquecível? Os pacotes de viagem são ótimas opções por aliar acomodação e passagens aéreas em um só clique, além de garantir preços incríveis. 

Saindo da capital paulista para Ouro Preto (MG), o valor está a partir de R$ 660 (por viajante) para três diárias com café da manhã e voos de ida e volta. O transfer do aeroporto para a hospedagem não está incluso no preço. 

Vale ressaltar que os custos informados no guia são referentes a viagens fora da alta temporada e as pesquisas foram realizadas com antecedência.

E aí? Gostou do nosso guia turístico de Ouro Preto? Conte com a 123milhas para viajar pelo Brasil e o mundo!

RESERVAR

RESPOSTAS123

A cidade histórica de Ouro Preto está localizada no estado de Minas Gerais, Região Sudeste do Brasil.

O custo para visitar Ouro Preto vai depender de alguns aspectos fundamentais, como alimentação, pontos turísticos, passagens aéreas ou de ônibus, aluguel de carro e hospedagem.

O preço dos hotéis, por exemplo, começam em R$ 150 (por hóspede) para uma diária com café da manhã.

A melhor época para visitar Ouro Preto é de maio a agosto. Período em que o tempo fica mais firme e é possível visitar as atrações com maior conforto e tranquilidade, além de existir a possibilidade de conseguir preços mais baratos.