Lugares para comer

O que comer em Pirenópolis: os principais pratos e o tempero goiano na cidade!

Pirenópolis é um destino fundador de Goiás, considerado berço da cultura goiana. A mistura de vários povos chegou à mesa e fez da cidade um dos mais importantes polos gastronômicos do estado. Prepare-se para comer muito bem com as dicas sobre onde e o que comer em Pirenópolis!

Não é de hoje que o local atrai pelo estômago. Durante a época da construção de Brasília, de 1956 a 1960, era para lá que o Presidente Juscelino Kubitschek ia para saborear pratos locais. Alguns clássicos são o Empadão e a Panelinha Goiana.

Os sabores da culinária de “Piri” também mescla influências das cozinhas mineira, baiana e carioca. Ainda herdou o sabor da culinária portuguesa, espanhola, indígena e africana. O resultado é uma combinação inconfundível e elogiada em todo o Brasil. Partiu descobrir o temperão goiano em Pirenópolis?

 

Quitandas goianas

Com forte influência da culinária mineira, as quitandas, como são chamados os biscoitos, bolos e pães de queijo na região, estão presentes na maioria das mesas de café da manhã dos goianos. Em Pirenópolis, essas delícias típicas ajudam a preservar o aspecto bucólico e histórico da cidade.

Tradicionalmente, as quitandas são servidas com pães diversos e até salgadinhos de festa em Goiás. De toda forma, as bolachas caseiras realmente são um destaque na gastronomia local.

As deliciosas rosquinhas goianas marcam presença em Pirenópolis!

 

Casa dos Biscoitos

Para experimentar quitandas com receitas tradicionais e sabores finos em Pirenópolis, a indicação é conhecer a Casa dos Biscoitos. Localizado na Rua da Penha, 115, e a três minutos do Museu das Cavalhadas, o espaço oferece quitandas doces de nata, coco, goiabada e até de leite ninho!

Frutas cristalizadas, doces de leite, bolachas integrais ou opções sem lactose também estão no menu dos produtos vendidos na casa. Os pacotes de biscoitos saem, em média, por R$ 14.

Na Casa dos Biscoitos, as quitandas podem sair quentinhas na hora!

 

Mellilotus – Empório, Café & Bistrô

No entanto, se o seu interesse é continuar explorando o universo das quitandas em Pirenópolis, o Mellilotus é um empório, café e bistrô muito elogiado na cidade. Por lá, as bolachas caseiras seguem uma linha mais saudável, com variedades sem glúten e sem conservantes artificiais.

Cookies, biscoitos de fruta e fibras e uma série integral com mel. Comida leve e deliciosa na Avenida Comendador Joaquim Alves, 3, em frente à Prefeitura de Pirenópolis.

A cozinha familiar do Mellilotus atrai quem deseja quitandas, cafés e refeições saborosas em Pirenópolis.

 

Dona Cida Restaurante

 

Paçoca de pilão

Próximo à Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Pirenópolis, o Dona Cida Restaurante é conhecido pelo ambiente acolhedor e por servir uma deliciosa comida caseira de tempero goiano. Porém, entre os pratos principais da casa, chama a atenção a paçoca de pilão que Dona Cida aprendeu a fazer com os pais.

O sabor e a receita tradicional preparada pela cozinheira leva farinha de mandioca torrada, carne seca frita e alho misturados em um pilão com mais de 50 anos de existência! A iguaria só fica pronta quando a carne está bem desfiada e guarda um pouco da história de Pirenópolis!

O preço da paçoca de pilão, no Dona Cida Restaurante, em Pirenópolis, é R$ 62.

 

Carne serenada e galinha de cabidela

No Dona Cida Restaurante você também pode experimentar outras iguarias típicas goianas com sotaques regionais e internacionais. A carne serenada (ressecada ao sereno) acompanha porção de mandioca frita e a galinha de cabidela (ao molho pardo), receita tradicional portuguesa.

 

Romaria Bistrô

 

Feijoada

Em Pirenópolis, quase todo dia é dia de feijoada! Os moradores são tão afeiçoados pelo prato símbolo da gastronomia brasileira que criaram versões em diferentes estabelecimentos da cidade.

No elegante Romaria Bistrô você encontra a tradicional feijoada, acompanhada de farofa de bacon crocante e torresmo por R$ 118. Na casa existe a opção de entrada “feijoada em dose”. O petisco que custa R$ 21 é uma espécie de shot de feijoada guarnecido de torresmo e gomo de laranja.

Aos fins de semana, o Romaria Bistrô serve um requintado menu degustação em Pirenópolis.

 

Frango com pamonha

Indicamos também o frango confit com pamonha da casa, na faixa de R$ 78. Confitada por horas, a carne desse preparo é acompanhada de pamonha de panela e ovo mollet. Imperdível! O Romaria Bistrô fica na Divina Pousada, no Alto da Lapa, em Pirenópolis.

Além do frango com pamonha, muita galinhada com pequi e quiabo e bacalhau com purê de abóbora são os clássicos da Romaria Bistrô, em Pirenópolis.

 

Pamonharias

Quando o tema é culinária goiana não podemos deixar de falar sobre a pamonha, não é mesmo? Seguindo uma tradição presente em todo o estado, Pirenópolis tem pamonharias com as melhores receitas doces e salgadas desse quitute preparado à base de milho verde.

 

Pamonharia Souza

Uma delas é a Pamonharia Souza, localizada na Avenida Prefeito Sizenando Jaime, 24, no centro de Pirenópolis. O local é bastante frequentado, pois além das pamonhas tradicionais, oferece um delicioso e típico empadão goiano, entre outros doces, salgados e receitas de pamonhas especiais.

A Pamonharia Souza funciona até as 23h. O preço médio dos lanches é de R$10.

O empadão goiano da Pamonharia Souza, em Pirenópolis, tem receita própria com recheio de guariroba!

 

Pamonharia da Roça

A Pamonharia da Roça é centrada na comercialização de pamonhas, sucos e vitaminas na Rua Aurora, localizada no centro de Pirenópolis. Um destaque da casa é a pamonha à moda, com muita calabresa! O lanche custa R$ 8.

As pamonhas costumam ser bastante recheadas em Pirenópolis.

Não faltam restaurantes nas ruas do centrinho e pela Rua do Lazer. E aí, gostou de descobrir os lugares e o que comer em Pirenópolis? Aproveite para conhecer onde ficar e o que fazer nessa cidade lendo o guia completo preparado pela 123Milhas!