Todos

Tem que ir para Guarujá

Guarujá, no litoral norte de São Paulo, tem a fama de ser um dos melhores destinos paulistas. E não é sem motivo: são 27 praias, morros, trilhas e uma beleza natural ímpar. Esses são apenas os primeiros motivos pelos quais você tem que ir para Guarujá!

A areia é branca, a água límpida e as praias bem charmosas. Não por menos, Guarujá é chamada de “Pérola do Atlântico”. E isso fica claro assim que você desembarca por lá. A cidade de clima relaxante aliada à badalação fica próxima de São Paulo, a 86 km da capital paulista.

Além da beleza da praia, Guarujá atrai amantes do ecoturismo e da vida noturna, graças aos bons restaurantes, bares e festas. Praticamente tudo o que desejar é possível encontrar nessa cidade praiana com infraestrutura completa para o turismo, com excelentes hotéis e pousadas. Bora conhecer o roteiro de onde você tem que ir em Guarujá? 

O que espera por você em Guarujá

A fama do Guarujá começou desde o século XIX, quando já era destino de verão disputado pelos paulistanos mais endinheirados.

A cidade conta com mais de 22 km de orla, com praias das mais diversas. Por certo, atrai visitantes que procuram, ao mesmo tempo, uma praia urbana tranquila e selvagem. Destino para pessoas com as mais diversas expectativas, ela é perfeita para temporadas com família, amigos, namorados e quem quer curtir a cidade sozinho.

Guarujá é excelente para relaxar, tomar sol e banho de mar. Mas também destino divertido para quem curte praticar futebol, vôlei, frescobol, mini tênis, slackline. Quem quiser esticar o passeio para a famosa Santos, basta percorrer mais 10 km de distância.

Guarujá é destino para quem procura praia urbana, tranquila e selvagem.

Gastronomia 

A exemplo de uma cidade grande, Guarujá acolhe a diversidade da culinária do mundo e capricha na oferta de restaurantes, bares e quiosques. Mas as grandes estrelas desse destino praiano são os peixes e frutos do mar. Prepare-se para pedir ao garçom os pratos camoranga e marisco lambe-lambe, duas iguarias deliciosas comuns na cidade. 

Camarão e abóbora são a dupla perfeita para comer em Guarujá.

Para dar conta de tantos passeios, os restaurantes das avenidas Miguel Stéfano e Dom Pedro, na praia da Enseada, são destinos certos. Separe alguns dias para comer nos bares e quiosques da praia do Perequê. As opções são para todos os gostos e bolsos. 

Doces e sobremesas saborosos estão no Boulevard Caminho do Mar, em Pitangueiras. Se você deseja restaurantes sofisticados, vá para a região de Tortugas, no final da praia da Enseada. 

Cidade do ecoturismo 

Imagina viajar para um lugar com natureza deslumbrante e propícia para a prática de esportes? Essa é a realidade de Guarujá, berço de rotas de trekking que levam às praias mais naturais, como Éden, Branca e Preta. Em 16 quilômetros de percurso, a trilha que leva a Camburi passa por vilas de pescadores e é bastante conhecida. 

Guarujá está na rota de quem prefere desfrutar a natureza com mais emoção. Lá você pode fazer rapel, escalada, tirolesa, trilhas pelas cachoeiras, passeios de bote, entre outras modalidades. Uma das empresas que oferece os serviços é a Guarujá Radical. 

Escalada, rapel e tirolesa são praticados em vários pontos da cidade.

A maravilhosa vista panorâmica 

Ver a cidade do alto é um dos programas mais prazerosos para se fazer em Guarujá. Os dois principais pontos para apreciar a vista do pôr-do-sol, com visão para o mar e para a vegetação são os mirantes do Morro da Campina, também conhecido como Morro do Maluf, e o Mirante da Caixa d’ Água.

O primeiro deles fica localizado entre as praias da Enseada e das Pitangueiras. Também representa o Marco Zero do município. A vista é incrível! Vale muito a pena. Local de prática de voo livre, escalada e rapel. O segundo é cenário de decolagens e pousos de quem pratica parapente. Ele tem vista para a Praia do Tombo. 

Os mirantes do Guarujá são ponto de encontro dos turistas com a beleza do horizonte.

Vida marinha 

O maior aquário de água salgada da América Latina está em Guarujá. Parada obrigatória para famílias, adultos e crianças se divertem no Acqua Mundo com mais de oito mil animais expostos para observação. São 35 tanques de água. 

Apenas nos dois tanques gigantes estão mais de três mil animais aquáticos de 180 espécies, como tubarões, pinguins, arraias, lobos marinhos e tartarugas. No local há opções de mergulho, acompanhado de instrutor para quem tem acima de oito anos. Também é possível acampar no espaço durante a noite.

Agora você já entendeu por que o Guarujá é conhecido como a Pérola do Atlântico? A cidade é sinônimo de descanso e agito, tudo em um só lugar e em uma natureza fantástica. Vem descobrir mais sobre este destino com a 123Milhas e saiba o que você tem que conhecer em Guarujá!