Dicas para o viajante

Viagem de avião para gestantes

A gravidez é um período que envolve, além da espera pelo bebê, atenção especial em diferentes situações. Listamos tudo sobre viagem de avião para gestantes. Saiba os procedimentos adotados pelas companhias aéreas e que precisam ser seguidos antes e durante o embarque para que a viagem da mulher grávida transcorra com toda a segurança e os cuidados necessários. Confira! 

 

Dicas para viajar de avião estando gestante

Quando viajar?

A recomendação padrão da maioria das companhias aéreas indica que gestantes de até 27 semanas podem viajar normalmente. Já a orientação vinda de conselhos de obstetras e ginecologistas apontam o período entre a 14ª e a 26ª semana de gestação como o intervalo ideal para voar. Ambas correspondem ao segundo trimestre de gravidez.

O principal motivo é que nessa fase os enjoos são menos recorrentes. Ainda, o risco de abortos espontâneos diminui. Outro ponto é o tamanho e o peso da barriga. Nesse período, costuma-se conseguir viajar com conforto mesmo para deslocamentos mais longos.

Como obter mais conforto durante a viagem?

Uma das formas de ter uma viagem mais confortável durante a gravidez é usar meias de compressão durante todo o voo. Elas são ótimas para minimizar os efeitos da pressurização da cabine do avião, principalmente, em casos de viagens longas e/ou para gestações de risco.  

Nesse sentido, também é importante tentar caminhar ao menos uma vez dentro da aeronave durante a viagem. A circulação sanguínea obtida com a movimentação dos membros ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares como a trombose. Técnicas de alongamento para pernas e costas também podem ser aplicadas para essa finalidade. 

A hidratação é outra atitude essencial para se realizar durante o trajeto. Afinal, a baixa umidade do ar dentro do avião pode causar ressecamento da pele, boca, olhos, nariz e garganta. É possível também que ocorra inchaços nas mãos, pernas e pés. E para as gestantes esses sintomas são ainda mais comuns.  

Seguir os cuidados em relação a roupas, atividades físicas e alimentação são primordiais para a gestante ter uma viagem agradável durante a gestação

 

Quais as restrições adotadas pelas companhias aéreas e/ou destinos em relação às gestantes?

Cada companhia aérea possui suas regras de restrições e exigências em relação a viajantes gestantes. Como dissemos, as principais companhias aéreas permitem o deslocamento até a 27ª semana sem a necessidade de apresentação do atestado médico ou declaração de responsabilidade

De qualquer forma, certifique-se sobre essas instruções antes do embarque. Também, atente-se quanto aos protocolos aplicados em seu destino de pouso. Em Fernando de Noronha, por exemplo, as grávidas só são aceitas até a 28ª semana em virtude da falta de estrutura para realização de partos.

Ter os documentos exigidos pelas companhias aéreas preenchidos corretamente é o único jeito de viajar de avião estando gestante.

A seguir, descubra as regras comuns às companhias aéreas brasileiras – LATAM, Azul e Gol.

 

Documentação exigida pelas companhias aéreas em diferentes semanas e tipos de gestação:

Gestação simples (apenas 1 bebê)

  • Para gestantes até 29ª semana não há necessidade de atestado médico ou declaração de responsabilidade (baixe formulário no site das companhias aéreas).
  • Gestantes entre a 30ª e 35ª semana devem apresentar o atestado médico de autorização para a viagem e preencher o formulário da companhia aérea correspondente.
  • Gestantes entre a 36ª e 37ª semana precisam preencher a declaração de responsabilidade fornecida pela companhia aérea nos aeroportos e apresentar o MEDIF (autorização médica).
  • Gestantes a partir da 38ª semana só podem viajar acompanhadas pelo médico responsável.

Gestação múltipla (gêmeos ou mais) e/ou gravidez de risco

  • Gestantes até a 29ª semana não há necessidade de atestado médico ou Declaração de Responsabilidade.
  • Gestantes entre a 30ª e 31ª semana devem apresentar o atestado médico autorizando a viagem e preencher o formulário próprio oferecido pela companhia aérea.
  • Gestantes entre a 32ª e 37ª semana devem apresentar o MEDIF e ele pode ter que ser validado pela área médica da companhia aérea correspondente.
  • Gestantes a partir da 38ª semana só podem viajar acompanhadas pelo médico responsável.

Gestantes a partir da 40ª semana não poderão embarcar em qualquer situação

Mesmo com autorização médica, puérperas (que acabaram de dar à luz) não devem viajar até sete dias (excluindo o dia do parto) depois do parto normal e sem complicação. 

Caso o procedimento de parto tenha sido por meio de uma cesariana, o atendimento é tratado pela companhia aérea como procedimento cirúrgico. Desse modo, deve ser enviado o MEDIF (baixe formulário no site das companhias aéreas) para análise e liberação do embarque.

Informações sobre o atestado médico

Emitidos por um médico regulamentado, os atestados têm validade no mundo inteiro. Observe o que eles precisam conter para serem validados: 

  • Nome do médico;
  • Registro do respectivo no Conselho Profissional de Medicina ou de Especialista (com assinatura e carimbo);
  • Quantidade de semanas/meses de gestação da viajante.

Para voos internacionais, o documento deve ser emitido no idioma do viajante, em via original e ser traduzido, de forma juramentada, para os idiomas dos países de origem e destino.

O atestado médico também deve ser emitido pelo médico assistente da gestante até 7 dias antes do embarque, tendo validade de 30 dias, desde que, no retorno, não haja mudança no código de gestação. 

Caso a passageira embarque no voo de ida na transição da 35ª para a 36ª semana de gestação e, no voo de volta, tenha completado 36 semanas, é necessário a apresentação da declaração de responsabilidade e de um novo atestado com o número de semanas atualizado.

O atestado médico é essencial para viajantes grávidas comprovarem as semanas de gestação.

Gostou de saber mais sobre o que envolve uma viagem de avião para gestantes? Então compartilhe as informações com os seus amigos e venha programar as suas viagens com a gente!

Aqui você fica por dentro das melhores promoções para destinos nacionais com até 50% de desconto na 123milhas. Continue conosco e planeje sua próxima viagem!