Lugares para conhecer

Aniversário de Campo Grande (MS): curiosidades e informações da cidade

Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, comemora no próximo dia 26 de agosto o seu aniversário de 123 anos. Com paisagens deslumbrantes, praças, parques e pontos turísticos que mantêm viva a cultura e a história, a cidade tem muito o que oferecer aos turistas e moradores. 

Além disso, a gastronomia do município é muito rica e cheia de sabores únicos! Conheça curiosidades de Campo Grande, MS, a capital sul-mato-grossense. 

Você vai ler sobre

Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul

Fundada pelo mineiro José Antônio Pereira, em 1872, Campo Grande foi elevada à categoria de município apenas em 1889, com o nome de Santo Antônio de Campo Grande.

Existem duas versões sobre a origem do nome da cidade. A primeira está relacionada à existência de um vasto campo na região sudoeste do local. Já a segunda diz que José Antônio falava para os visitantes que “o campo é grande”, referindo-se ao tamanho do território. 

Localizada no centro de Mato Grosso do Sul, a cidade de Campo Grande tem como bioma predominante o Cerrado. O clima da região é bastante diverso, porém o tropical semiúmido predomina: verões quentes e chuvosos e invernos secos. A temperatura anual varia entre 15 ºC e 30 ºC. Para saber mais sobre a capital, acesse o guia de turismo de Campo Grande

A cultura de Campo Grande é muito ampla e rica. Formada a partir da união de elementos de diversos povos, ela tem influência de:

  • Portugueses
  • Africanos
  • Paraguaios
  • Libaneses
  • Japoneses

Além disso, há muitas aldeias indígenas no município, como Água Bonita, Noroeste-Kaiowá, Inápolis, Marçal de Souza e outras. Vem com a gente conhecer um pouco mais sobre as aldeias urbanas de Campo Grande

Aniversário de Campo Grande (MS): curiosidades e informações | Rua Campo Grande | Conexão123

As ruas de Campo Grande são arborizadas e cheias de vida

Aldeias urbanas de Campo Grande

Você sabia que Campo Grande é a única cidade brasileira que possui uma aldeia dentro do seu território urbano? Cerca de 135 ocas de alvenarias, construídas pela Prefeitura Municipal, formam o Conjunto Habitacional Marçal de Souza.

O Memorial da Cultura Indígena, centro cultural e ponto turístico localizado em Campo Grande, fica no conjunto habitacional e foi construído com bambu e palha de bacuri. O local possui uma área total de 340 m² e uma arquitetura cheia de detalhes e que encanta quem se depara com ela. 

O espaço resgata a cultura indígena e conta com um acervo variado de cerâmica Terena, artesanatos feitos com palha, telas e outros materiais, e também escritos da literatura regional. A aldeia urbana tem uma escola bilíngue, a Sulivan Silvestre de Oliveira ou Tumune Kalivono (Crianças do Futuro).

Todos os anos, a cidade de Campo Grande promove os Jogos Urbanos Indígenas, evento organizado pela prefeitura, por meio da Funesp (Fundação Municipal de Esporte).

A competição tem como objetivo desenvolver o intercâmbio esportivo entre as comunidades indígenas do município, promover o esporte com base nas atividades exercidas nas aldeias e ainda valorizar o caráter educativo e comunitário. 

Aniversário de Campo Grande (MS): curiosidades e informações | Memorial da Cultura Indígena | Conexão123

O Memorial da Cultura Indígena resgata as raízes de tribos que habitaram o território brasileiro

Imigrantes japoneses de Campo Grande

Campo Grande conta atualmente com uma das mais expressivas comunidades de imigrantes japoneses originários da ilha de Okinawa, que desembarcaram na cidade para integrar a construção da estrada de ferro Noroeste do Brasil.

Estima-se que a primeira associação de pessoas de Okinawa Kenjin foi fundada nos anos 1920, porém existem indícios que mostram que antes dessa época já existiam colônias desses imigrantes. 

Algumas tradições asiáticas, inclusive, são preservadas no Brasil, como é o caso do sobá – massa originária da culinária japonesa, feita à base de farinha de trigo sarraceno. A iguaria é tão popular em Campo Grande que recebeu em sua homenagem uma escultura gigante, de 4,5 metros de altura, bem na porta da Feira Central da cidade.

Se está curioso para provar o prato, vá a Campo Grande e conheça as diversas sobarias, restaurantes típicos que servem o prato oriental, uma sugestão de o que fazer no aniversário de Campo Grande. 

Aniversário de Campo Grande (MS): curiosidades e informações | Sobá | Conexão123

O sobá se tornou Patrimônio Histórico e Cultural de Campo Grande

Gastronomia de Campo Grande

Se estiver de passagem por Campo Grande, você não pode deixar de conhecer os restaurantes, bares e café que servem deliciosos pratos da gastronomia local. A Feira Central de Campo Grande, por exemplo, não pode ficar de fora do seu roteiro gastronômico.

Localizada ao lado de uma antiga linha férrea que ligava a região a Bauru (SP), no sentido leste, e à Bolívia, no sentido oeste, o complexo turístico dispõe de boxes comerciais que vendem verduras, legumes e frutas e estabelecimentos que oferecem o delicioso sobá. 

Os peixes de água doce estão muito presentes nas casas dos moradores de Campo Grande, e não existe lugar melhor na cidade para comer um bom pintado ou uma costela de pacu como A Casa do Peixe, situada na Avenida Doutor João Rosa Pires, 1030 – em frente à Praça das Araras, famoso ponto turístico local.

Aniversário de Campo Grande (MS): curiosidades e informações | Costela de pacu | Conexão123

A costela de pacu é um dos pratos típicos de Campo Grande

Já a Cervejaria Prosa é um barzinho charmoso que produz as próprias cervejas em seis estilos diferentes, todos com nomes regionais, como:

  • Piracema
  • Toca da Onça
  • Ipê
  • Boiadeira
  • Cantagalo
  • Saracura

Além das saborosas cervejas, o cardápio tem também opções de petiscos e pratos quentes. Aos sábados, o espaço serve uma recheada feijoada, com farofa, couve e tudo que se tem direito.

O apelido de Campo Grande: “Cidade Morena”

A capital de Mato Grosso do Sul foi carinhosamente apelidada de Cidade Morena pelo arcebispo dom Francisco de Aquino Correia. Nascido em Cuiabá, em 1885, ele gostava de relacionar nomes de cidades com algo que ele achasse parecido na natureza e, devido à cor da terra que existe na região, ele deu esse apelido a jovem urbe.

E não foi apenas Campo Grande que ganhou uma alcunha do arcebispo. Francisco de Aquino também apelidou Corumbá de Cidade Branca, devido à cor clara de seu solo, rico em calcário, e Cuiabá de Cidade Verde, por conta da sua arborização.  

Aniversário de Campo Grande

Tem algum fã de moda de viola por aqui? No aniversário de 123 anos de Campo Grande, comemorado no dia 26 de agosto, a cidade vai receber o músico sul-mato-grossense Almir Sater.

No dia da celebração, às 19h, o artista fará um show no Parque das Nações Indígenas, e você não pode perder a apresentação caso esteja passeando pela região. A cidade também vai promover atividades culturais até o fim do mês de agosto para alegrar a família toda. 

Saiba mais sobre a programação do aniversário de Campo Grande no site oficial da prefeitura da cidade. 

Ficou com vontade de conhecer Campo Grande? A 123milhas conta com condições incríveis para que você explore o Brasil e o mundo, como seguro-viagem, aluguel de carros e pacotes promo. Agende a sua próxima viagem e siga as dicas do Conexão123.