Guia turístico

Turismo em Campo Grande (MS): guia de viagem

Áreas verdes, museus, parques e praças estão entre os atrativos do turismo em Campo Grande. A capital de Mato Grosso do Sul reserva aos viajantes dias de lazer e descanso, aliados também à imersão na gastronomia local, influenciada por paraguaios, bolivianos, sulistas, entre outros. Que tal conhecer mais sobre a cidade do Centro-Oeste do Brasil? 

 

Você vai ler sobre

 


Conheça Campo Grande

O município sul-mato-grossense conta com infraestrutura moderna e desenvolvida. Campo Grande, ao lado de Brasília (DF) e Goiânia (GO), é uma das maiores cidades do Centro-Oeste brasileiro, com estimativa de 916 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE (2021). 

A história do destino está entrelaçada com a de Mato Grosso. Os portugueses criaram a capitania mato-grossense em 1748, que dois anos depois ganhou ainda mais evidência, por meio da assinatura do Tratado de Madri com os espanhóis. Após esses fatos, os colonos europeus buscaram se apossar do sul do território, que mais tarde se tornaria um estado independente. 

O povoamento em Campo Grande teve início por meio da migração de paulistas, cuiabanos, goianos, gaúchos e mineiros, no século XIX. Eles buscavam terras férteis para o desenvolvimento de atividades agropecuárias. 

Além disso, a fundação é atribuída a José Antônio Pereira, nascido em Minas Gerais, que visitou o local em 1872 e retornou de forma definitiva com a família em 1875. O mineiro contribuiu ainda com a introdução de commodities como o café e a cana-de-açúcar. 

Em 1918, o lugar passou a ser considerado oficialmente como cidade. Já em 1977, foi implantado o projeto que tornava Mato Grosso do Sul um novo estado, que ganhou como capital Campo Grande, em razão da centralidade econômica e política. 

Outra curiosidade local é que quem nasce no destino recebe o gentílico de campo-grandense. Com extensão territorial de 8.082 km², o roteiro de viagem para Campo Grande integra diversos pontos turísticos, históricos e culturais.

Onde se hospedar em Campo Grande (MS) | Rua Ricardo Brandão (Córrego Prosa) | Conexão123

A viagem por Campo Grande integra também áreas verdes e espaços ao ar livre

 

Turismo em Campo Grande

Ruas largas e arborizadas desenham a cidade de Mato Grosso do Sul. Durante a estadia, os turistas podem ver araras e tucanos pelas árvores do município. Prepare seu guia para uma surpreendente viagem para Campo Grande, seja a sós, a dois, entre amigos ou em família.

O Parque das Nações Indígenas é um dos pontos altos do turismo na região. Criado em 1993, o local tem área aproximada de 115 hectares e é considerado um dos maiores parques urbanos do Brasil. 

Às margens dos córregos Prosa e Reveilleau, o ambiente ao ar livre é ideal para práticas esportivas, caminhadas e piqueniques. Os viajantes ainda encontram vários animais silvestres, como capivaras e pássaros. As visitas podem ocorrer diariamente das 6h às 21h, e o acesso é pela Avenida Afonso Pena, s/n – Centro. 

Por lá, é possível conhecer também:

  • Cascatas do Lago
  • Monumento ao Cavaleiro Guaicuru
  • Lago do Amor

Já o Museu de Arte Contemporânea (Marco), que também fica na propriedade, abriga mostras permanentes, com um acervo de aproximadamente 1.600 obras, além de exposições temporárias, que ocorrem com regularidade. A entrada é gratuita.

A visitação acontece de terça a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. Anote o endereço: Rua Antônio Maria Coelho, 6000 – Parque das Nações Indígenas. 

Mais uma alternativa para a visitação turística é a Praça das Araras, que comporta uma escultura de três araras, idealizadas pelo artista plástico Cleir Ávila em 1964. Localizado entre as ruas João Rosa Pires e Terrenos, o lugar também é conhecido como Praça União. 

Viajar para o destino é desfrutar de momentos especiais. Por isso, saiba mais detalhes sobre o que fazer em Campo Grande

Turismo em Campo Grande: Guia de Viagem | Parque das Nações Indígenas | Conexão123

O Parque das Nações Indígenas abriga outros atrativos turísticos, como o Lago das Capivaras e as Cascatas do Lago

 

Quando ir para Campo Grande

O clima da cidade de Campo Grande é tropical, o que caracteriza duas estações bem definidas ao longo do ano, uma mais quente e úmida (verão) e outra amena e menos chuvosa (inverno). 

Durante o ano, as temperaturas máximas no destino costumam ficar entre 28 ºC e 32 ºC, e as mínimas, entre 17 ºC e 22 ºC. Junho é o mês mais frio, quando os termômetros costumam registrar cerca de 19 ºC. 

As chuvas ocorrem com maior frequência de dezembro a março. E o  período mais seco vai de junho a setembro. Portanto, qualquer época do ano pode ser uma boa oportunidade para fazer sua viagem acontecer. 

Por isso, quando for arrumar as malas, coloque alguns itens essenciais, para o verão ou o inverno, e aproveite ainda mais sua viagem para Campo Grande

  • Roupas: camisetas, blusas leves, bermudas ou shorts e calças confortáveis
  • Calçados: chinelo e tênis confortáveis
  • Cuidados pessoais: protetor solar, cremes pós-sol, entre outros

 

Como chegar a Campo Grande

O Aeroporto Internacional de Campo Grande é a melhor alternativa para os viajantes que optam pelo transporte aéreo. Localizado a cerca de 10 km da região central da cidade, o espaço recebe voos oriundos das principais capitais do Brasil. 

Após o desembarque em solo campo-grandense, o turista pode seguir o trajeto até os pontos turísticos e a hospedagem via táxi, veículos de aplicativo, ônibus ou optar pelo aluguel de carros

Para aqueles que decidem chegar ao destino de ônibus, diversas rodovias conectam outras regiões do país a Campo Grande. De Cuiabá, cidade vizinha que fica no estado de Mato Grosso, são aproximadamente 700 km. 

Já aos visitantes que preferem ir de carro pelas estradas do país, de Bonito, outra opção turística de Mato Grosso do Sul, para Campo Grande, por exemplo, as rodovias BR-060 e BR-419 ou a MS-345 e a BR-262 unem as duas cidades. O percurso tem duração aproximada de três horas e meia. A capital brasileira do ecoturismo é, inclusive, uma excelente sugestão de passeio para realizar nos arredores campo-grandenses.

Depois, é só apreciar cada experiência incrível que o município oferece a todos os visitantes. Afinal, sua viagem pode ser repleta de atrativos turísticos, além de boas opções de lugares para comer em Campo Grande

O que fazer em Campo Grande (MS): pontos turísticos e passeios | Trem em Campo Grande | Conexão123

O Monumento Maria Fumaça resgata memórias e integra parte dos atrativos turísticos da região

 

Quanto custa viajar para Campo Grande

A viagem para Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, garante dias de tranquilidade e entretenimento. Portanto, planejar um roteiro turístico por lá pode te surpreender. 

O custo final do passeio pelas terras campo-grandenses vai depender de alguns fatores importantes, como alimentação, atrações, passagens aéreas e a escolha de onde se hospedar em Campo Grande.

O preço da tarifa aérea (ida e volta) varia de acordo com o local de embarque do viajante. De São Paulo para o destino, o turista pode achar valores a partir de R$ 729 (por passageiro) com escalas. Já saindo de Cuiabá para a capital, é possível encontrar voos que começam em R$ 951 (por adulto). 

Vale ressaltar que o custo refere-se a viagens fora da alta temporada e com pesquisas realizadas com antecedência.

 

Pacotes de turismo para Campo Grande

Que tal garantir passagens aéreas e hospedagem em um só clique? Os pacotes de viagem são excelentes alternativas para turistar e economizar ao mesmo tempo. 

Partindo da capital paulista, o preço inicia em R$ 1.077 (por turista). Já de Cuiabá, o valor por viajante está a partir de R$ 1.476. Os custos englobam três diárias, com café da manhã, além da tarifa aérea de ida e volta. 

Vale lembrar que as pesquisas foram realizadas com antecedência para viagens na baixa temporada. 

O guia turístico de Campo Grande integra história, curiosidades, pontos turísticos e opções para concretizar sua viagem. 

Vamos embarcar nessa aventura? Conte com a 123milhas para garantir os melhores valores e desfrute de dias de lazer e descanso. 

 

Respostas123

1: Quanto custa ir para Campo Grande?

O preço integral da sua viagem vai depender de alguns fatores, como hospedagem, alimentação, passeios, passagens aéreas, entre outros. Por exemplo, a tarifa aérea (ida e volta) de São Paulo para o destino está a partir de R$ 729 (por passageiro) com escalas.

2: Quando ir para Campo Grande?

Anualmente, as temperaturas máximas em Campo Grande costumam ficar entre 28 ºC e 32 ºC, e as mínimas, entre 17 ºC e 22 ºC. As chuvas costumam ocorrer com maior frequência de dezembro a março. E o  período mais seco vai de junho a setembro. Ainda assim, em qualquer época do ano, é possível conhecer os atrativos turísticos do local. 

3: Onde fica Campo Grande?

Campo Grande é a capital do estado de Mato Grosso do Sul, na Região Centro-Oeste do Brasil.