Blog 123

MELHORES DESTINOS NACIONAIS PARA O TURISMO ADAPTADO

turismo adaptado

Viajar é tão bom que ninguém, absolutamente ninguém, pode e deve ser privado desse prazer. Baseando-se nessa máxima, o turismo adaptado – expressão também conhecida como turismo acessível ou turismo inclusivo – tem ganhado cada vez mais destaque no mundo à medida que cresce a visibilidade de um nicho de consumidor muito especial: o deficiente físico. Afinal, essa parcela da população busca o mesmo que todo viajante: experiências e sensações que enriquecerão para sempre a sua memória afetiva. E, proporcionalmente ao movimento que tem feito cada vez mais viajantes com necessidades especiais se aventurarem a sair da segurança de seus lares para descobrirem o mundo, o Brasil tem se preparado para ser um país receptivo ao turismo acessível. Quer conhecer os melhores destinos nacionais para o turismo adaptado? Vem com a gente!

Recife (Pernambuco)

Recife conta com todo seu centro histórico acessível, como o Marco Zero – no qual há um mapa tátil urbano -, a Praça do Arsenal, o Paço do Frevo e o mercado de artesanato.

Na Torre Malakoff, ícone da arquitetura da cidade, há exposições artísticas e shows acessíveis, com textos informativos em braile e para quem tem baixa acuidade visual, além de uma maquete tátil do prédio histórico e seu entorno.

Já o projeto Praia sem Barreiras, que reúne recursos públicos e privados, oferece banhos adaptados de mar, com o auxílio de cadeiras anfíbias.

O programa é gratuito e funciona de sexta a domingo e também nos feriados, das 8h às 13h, no Posto 7 da orla.

Recife (PE)

Fernando de Noronha (Pernambuco)

Fernando de Noronha é o mais famoso arquipélago brasileiro, lindo por natureza, com várias praias, passeios, histórias e mergulho adaptado que pode ser realizado com instrutores capacitados.

Fernando de Noronha (PE)

Curitiba (Paraná)

Em Curitiba, na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, aos domingos, qualquer um pode andar de skate adaptado, suspenso em cabos de aço com cadeira de alpinista.

Além disso, os ônibus municipais são quase todos adaptados e no Jardim Botânico, um dos cartões postais de Curitiba, há o Jardim das Sensações, percurso sensorial com legendas em braile.

Jardim Botânico, em Curitiba (PR)

Rio de Janeiro (capital)

O Rio possui o projeto Praia para Todos, que funciona de dezembro a abril (meses mais quentes do ano) e oferece banhos assistidos, com dia e hora para acontecer.

Há esteiras para facilitar o acesso: o cadeirante chega, deixa a sua cadeira e é acomodado em uma cadeira anfíbia, com pessoas que o auxiliam no banho de mar.

Há também outras atividades como frescobol e vôlei sentado. Acontece aos sábados e domingos, das 9h às 14h, na Barra da Tijuca, no posto 3, em Copacabana, entre os postos 5 e 6; e, no Leblon, no posto 11.

Por sua vez, o Projeto Adaptsurf acontece o ano todo, mas depende das condições do mar. Funciona na praia da Barra, no posto 2, aos sábados; e, no Leblon, posto 11, aos domingos, das 9h às 14h.

Praia de Copacabana, no Rio

Cabo Frio (Rio de Janeiro)

Cabo Frio é a maior cidade da Região dos Lagos no estado do Rio de Janeiro. Possui praias com excelente estrutura e pode servir de base para explorar outros municípios da região, como Búzios e Arraial do Cabo. 

Na Praia do Forte, cartão-postal de Cabo Frio, há um completo serviço de lazer para cadeirantes que podem entrar no mar em cadeiras anfíbias.

Praia do Forte, em Cabo Frio (RJ)

Você é portador(a) de necessidades especiais ou conhece um(a) deficiente físico que adoraria desfrutar dos benefícios de um passeio em um dos melhores destinos nacionais para o turismo adaptado?

Não deixe o sonho para depois, a hora de ser feliz é agora! Garanta já os seus voos e boa viagem!

Gostou? Compartilhe:

Comentários