Todos

O que fazer em Mata de São João: os melhores passeios para você aproveitar esse paraíso baiano

Cerca de 60 km ao norte de Salvador, a pequena cidade de Mata de São João faz parte de um reduto repleto de paisagens selvagens e muitos atrativos para os turistas.  Em outro post, nós já mapeamos as belas praias dessa parte da costa baiana. Agora é hora de conhecer os principais programas que você vai encontrar por lá! Veja nossas dicas de o que fazer em Mata de São João:

 

Conhecer os projetos de preservação da vida marinha em Mata de São João

Os principais programas de conservação e proteção da vida marinha em Mata de São João ficam localizados na Praia do Forte, a mais movimentada e com estrutura turística completa do município. 

Na localidade estão grandes complexos do projeto Tamar e do espaço Baleia Jubarte. Saiba o que dá para fazer nesses lugares:

 

Projeto Tamar

O complexo conta com tanques e aquários que somam 750 mil litros de água salgada com exemplares da fauna marinha da região. A grandiosidade do lugar tem motivo: lá funciona a sede nacional do Projeto Tamar, que visa preservar as tartarugas de água salgada brasileiras. E, claro, as estrelas do projeto não ficam de fora. 

O espaço abriga quatro das cinco espécies de tartarugas marinhas encontradas no Brasil, em diferentes estágios do ciclo de vida. 

Diferentes espécies de tartarugas marinhas podem ser vistas no Projeto Tamar

O Centro de Visitantes é dividido em espaços temáticos, que apresentam questões específicas relacionadas à vida das tartarugas e aos desafios que essas espécies enfrentam. Entre atividades interativas e visitas orientadas é possível aprender bastante informação sobre a fauna da região de um jeito bem divertido.

O programa é ótimo para crianças, mas também tem tudo para encantar os mais velhos. 

A entrada custa R$ 35, com opção de meia-entrada para os grupos que têm direito e gratuidade para crianças abaixo de 5 anos. 

A fundação fica aberta para visitação de quarta a domingo, das 11h às 17h, e exige comprovante de vacinação contra Covid-19 para entrada. Ela fica na avenida Farol Garcia D ́Ávila.

O Projeto Tamar é um dos principais pontos turísticos da Praia do Forte.

 

Espaço Baleia Jubarte

O Espaço Baleia Jubarte é o único centro interpretativo do Brasil dedicado especialmente às grandes baleias jubartes e ao seu habitat natural. 

Ele foi construído com o objetivo de apresentar aos visitantes esses animais magníficos, que visitam a costa brasileira a cada inverno e primavera.

Na sede do programa,  os turistas podem observar um esqueleto completo de baleia jubarte, além de várias réplicas de espécies distintas desse animal marinho, em tamanho natural. 

No anfiteatro do complexo ficam computadores interativos, miniaturas de cetáceos brasileiros e uma projeção contínua de vídeos.

Diversão e aprendizado andam lado a lado no Espaço Baleia Jubarte

Localizado na Avenida do Farol, o espaço abre de terça a domingo, das 9h às 17h30. A entrada no centro custa R$ 12. 

Junto com operadoras de turismo parceiras, o local também organiza excursões para a observação das jubartes no oceano. Esses passeios podem ser realizados de julho a outubro, quando os mamíferos visitam a costa brasileira. 

A observação das baleias jubarte é uma das atividades mais procuradas pelos turistas na região.

 

Visitar as ruínas do Castelo Garcia d’Ávila na Praia do Forte

Construída entre 1551 e 1624, a Casa da Torre de Garcia d’Ávila foi o primeiro castelo medieval erguido no Brasil. Hoje restaram apenas suas ruínas para contar a história. Elas ficam no acesso da Praia do Forte e ganham destaque entre os  atrativos turísticos da região.

O forte de Garcia d’Ávila foi a primeira grande edificação civil portuguesa no Brasil

Considerada a primeira maior edificação portuguesa no país, ela foi tombada como patrimônio histórico pelo IPHAN em 1937. Atualmente o local tem como principais atrativos a Capela de Nossa Senhora da Conceição e passarelas rodeadas por coqueiros que vão da Praia do Forte até Itacimirim. 

Os ingressos para o museu podem ser adquiridos com antecedência pelo Sympla, e custam R$ 30 a inteira. O local funciona de quarta a domingo de 9h às 18h. 

Nas sextas-feiras, fins de semana e feriados ocorrem projeções de Vídeo Mapping. O parque da Fundação Garcia D’ávila fica na estrada da Linha Verde. 

Quem preferir chegar por um caminho mais emocionante pode se aventurar pelas trilhas que passam pelo meio da mata Atlântica da Reserva Ecológica da Sapiranga, e levam até o castelo.

 

Reserva Ecológica da Sapiranga

Este santuário é o local ideal para os apaixonados pelo ecoturismo. São mais de 600 hectares de Mata Atlântica preservada, lar de diversas espécies de plantas e animais. 

Existem várias opções de passeios na Reserva Sapiranga. O local dispõe de oito opções de trilhas ecológicas, sendo a Trilha da Reserva de Sapiranga a mais curta, com 30 metros de extensão. 

A  Trilha Longa é a maior da reserva, com 10 km. É possível percorrer esses percursos a pé ou de bicicletas, buggys e quadriciclos, que ficam disponíveis para aluguel no espaço.

Os programas costumam incluir banhos no Rio Pojuca, observação de pássaros, banho na Lagoa Açu e visita ao Centro de Estudo Ambiental, onde se encontram animais da região. 

O parque também fica próximo da Praia do Forte e à Fundação Garcia d’Ávila, que é responsável pela manutenção do local.

A Reserva Ecológica da Sapiranga é repleta de paisagens da Mata Atlântica brasileira

 

Dunas da Vila de Santo Antônio

A Vila de Santo Antônio fica a 25 km da Praia do Forte. Além de abrigar uma das praias mais selvagens e tranquilas do município, outro atrativo encanta os visitantes: as belas dunas de areia branca da região.

Para quem quiser conhecê-las melhor, é possível realizar diversos tipos de passeios por essas formações de  areia. O mais típico é o de jegue, que os próprios moradores alugam e conduzem os visitantes pelas dunas. Mas também é possível andar de buggy, quadriciclo e até mesmo a pé. 

As dunas da vila Santo Antônio são bem amplas e claras

Se for para lá, aproveite para curtir um dia na Praia da Vila de Santo Antônio. O mar fica cheio de piscinas naturais na maré baixa, e possui águas bem quentinhas.

 

Andar de jangada pelo rio Imbassaí

O pequeno rio Imbassaí corre à margem do oceano, em tons escuros, até finalmente desaguar no mar, na praia que leva o seu nome. Além de formar belos desenhos na areia, o riacho é próprio para banho e ainda possui águas mornas.

Mesmo que você não queira se banhar no rio, faça um passeio de jangada pelo seu curso d ‘água. 

O valor é super em conta – menos de R$ 10 por pessoa – e o visual é um verdadeiro espetáculo. 

As águas escuras do rio Imbassaí proporcionam diversas atividades de recreação para os visitantes

Também é possível alugar materiais para a prática de alguns esportes mais emocionantes nas águas do Imbassaí. Caiaque e Stand Up Paddle são opções que atraem muitos turistas. Os valores ficam em torno de R$ 10 a R$ 30 por pessoa, durante 30 minutos de diversão.

Ah, e aproveite o dia na praia também. O mar é quente e cheio de ondas. O ponto fica a 16 km da Praia do Forte e possui uma vila bem estruturada. 

 

Lagoa do Aruá

A Lagoa do Aruá, na cidade de Mata de São João, é outro ponto para quem gosta de praticar esportes náuticos.  

Procurada por sua água quente e paradinha, é um paraíso perfeito para fazer canoagem havaiana, caiaque, stand up paddle e pedalinho.  Tudo isso com várias casas de veraneio e muita mata em volta. 

A Lagoa do Aroá fica a 5 km da Praia do Forte e é local ideal para esquecer do mundo

 

Aproveitar um day pass na Costa do Sauípe

Mais conhecida até mesmo do que o município que a abriga, a Costa do Sauípe fica na Mata de São João, e é fundamental para o turismo na região. A área é famosa por dispor de muitos serviços de praia e impressionantes hotéis e resorts.

Além de curtir as piscinas do próprio hotel, os hóspedes podem desfrutar e tomar sol nas espreguiçadeiras na areia. Quando a maré está baixa, piscinas naturais são formadas, atraindo quem quer relaxar e brincar com as crianças. 

Quem não está hospedado na costa mas quer aproveitar as comodidades desses estabelecimentos pode adquirir um day pass. Os valores ficam na casa dos R$ 250 por pessoa, e dão direito ao acesso à área de lazer de qualquer resort, bem como a participar do sistema de alimentação all inclusive. Os tickets valem por um dia, das 10h30 às 18h.

Cercada por coqueiros gigantes, a Costa do Sauípe é um dos maiores complexos turísticos da Bahia

Com a pandemia, os ingressos se tornaram ainda mais limitados. Portanto, lembre-se de checar a disponibilidade deste serviço com antecedência.

A Costa do Sauípe fica ainda mais ao norte do litoral baiano, a 35 km da Praia do Forte. É uma boa pedida para quem está buscando hospedagens de luxo e muita comodidade.

E por falar em estadias, que tal conhecer as melhores opções de hotel em Mata de São João? Clique aqui para conferir as nossas sugestões.

A 123milhas tem as melhores promoções de hospedagem, passagens e pacotes para as suas férias. Aproveite descontos de até 50% e agende sua viagem.