Lifestyle

Oito destinos brasileiros para viagens entre amigas

Passar um tempo de qualidade com as amigas é quase sempre sinônimo de muita diversão, risadas e boas conversas. Já pensou, então, em fazer um passeio com essas pessoas queridas? Para celebrar a Semana da Mulher 2022, reunimos dicas de oito destinos brasileiros para viagens entre amigas.


Aventureiras ou festeiras? Não importa como é o seu grupo, afinal de contas, viajar é pra todas! Pensando nisso, preparamos uma lista com os melhores destinos e as dicas mais importantes na hora de organizar essa jornada. 

Também conversamos com algumas mulheres viajantes experientes quando o assunto é sair pelo Brasil conhecendo novos lugares ao lado das amigas. Reunimos as principais sugestões delas por aqui. Confira a seguir todas as recomendações para garantir que essa experiência seja incrível.

Viajar com amigas é uma oportunidade para estreitar laços, divertir-se e conhecer novas culturas

 

Como viajar com as amigas?

Para começar a planejar a sua viagem de amigas, realize uma reunião com todas as pessoas envolvidas no processo. Além de botar o papo em dia, vocês podem aproveitar esse encontro inicial para discutir os aspectos mais importantes do passeio, como o orçamento, as datas possíveis e as expectativas de cada uma. 

A sua viagem tem um objetivo específico, como assistir ao show daquela banda que vocês adoram ou fazer uma despedida de solteira? Em caso afirmativo, fica até mais fácil decidir um destino e combinar as atividades que vocês vão realizar. Caso contrário, busquem avaliar juntas os gostos que vocês têm em comum e quais são as principais características que as unem.

Às vezes, pequenas preferências partilhadas podem dar origem a uma grande viagem. Por exemplo: todas adoram tomar um bom vinho? Que tal buscar um destino que explora essa paixão e conhecer um local famoso por produzir a bebida? Aqui nós listamos algumas dessas rotas!

Interesses em comum podem ajudar a montar um itinerário que agrada a todas

Ao planejar uma viagem só com amigas, uma preocupação recorrente é em relação à segurança. As mulheres podem e devem ir para qualquer lugar que quiserem, mas sabemos que muitas vezes a cautela é redobrada para evitar situações de risco. Conversem juntas sobre os eventos que poderiam deixar vocês vulneráveis e tentem minimizar os riscos de que eles ocorram. Nós preparamos um guia com roteiros e dicas para deixar sua viagem mais segura. Veja aqui.

Outro ponto que vocês precisam discutir durante a programação é o orçamento para a viagem. Tentem encontrar um valor que atenda a todas as envolvidas. Dividam sempre todos os gastos; afinal de contas, como diz o ditado, “amigas, amigas, negócios à parte”. 

Existem muitos aplicativos que podem ajudar você com planejamento financeiro e até fazer essas divisões de valores. Aliás, a tecnologia pode ser uma “mão na roda” na hora de organizar todo o passeio. Confira aqui a lista que preparamos com os melhores apps para ajudar em uma viagem.

Uma preocupação bem comum também tem a ver com dinheiro: quanto custa viajar com as amigas? Bem, isso vai depender do quanto vocês têm à disposição para gastar. É possível fazer viagens incríveis por um fim de semana gastando menos de R$ 500. Agora, quanto mais tempo fora de casa e quanto mais longe você quiser ir, mais os valores tendem a aumentar. Garanta descontos de até 50% e economize em voos, hotéis e pacotes com as promoções da 123milhas!

Feito o orçamento, é hora de decidir: para onde viajar com as amigas? Vamos conferir as dicas de algumas mulheres experientes no assunto na hora de tomar essa decisão.

 

Como escolher o destino para viajar com as amigas?

Escolher lugares para viajar com as amigas pode ser uma tarefa simples ou desafiadora. Quanto maior o grupo, mais difícil de encontrar um consenso. Nós conversamos com uma série de mulheres que são experts em viajar com as amigas para descobrir como elas fazem para tomar essa decisão.

A dica da Milena Cristina, psicóloga e apaixonada por viajar, é buscar formar uma turma que não seja tão grande

Nascida na divisa entre Minas e Bahia, a profissional de 24 anos explica o porquê da preferência: “Grupos maiores têm uma tendência de acabar nos podando um pouco. Para agradar a todos, acabamos abrindo mão de muita coisa.” Isso também acontece na hora de decidir o destino. 

A psicóloga Milena Cristina (à esquerda) em uma de suas viagens

Por isso, para ela, quanto mais enxuta for a turma, melhor. “Além de entrar em acordo com mais facilidade, em grupos menores nós ficamos mais abertos a conhecer novas pessoas e a fazer mais amizades. Além disso, estar em um número reduzido de pessoas aumenta o nosso poder de mobilidade, nos permite dividir transporte, dentre outras facilidades”, explica.

Ao invés de escolher o lugar de acordo com o grupo, a colunista de viagens da rádio Itatiaia, Aline Campolina, recomenda avaliar a possibilidade de fazer o contrário: decidir primeiro para onde ir e então analisar quem seriam as melhores companhias para esse passeio: “Cada lugar pede a pessoa que vai estar ali. Se for um destino voltado para a diversão, é uma oportunidade excelente para encaixar as amigas”, exemplifica.

A colunista de viagens Aline Campolina (mais abaixo na foto) em uma de suas viagens

Se não tiver como fugir de grupos grandes, a recomendação da Silvana Nascimento é ir para um lugar com menos variedade de coisas para fazer. Silvana trabalha com turismo, e sugere: “Ao viajar com amigas, é muito melhor você ir para uma praia, ficar em uma hospedagem compartilhada em que vocês possam cozinhar juntas, por exemplo”.

Especialista em turismo, Silvana (à esquerda) prefere destinos mais naturais e menos urbanos na hora de viajar com as amigas

Para ela, esse tipo de viagem exige um “consenso geral”. “Eu não considero oportuno ir com muitas amigas para um centro muito histórico, pois uma pode gostar de certos tipos de atividades, e a outra não. Uma pode querer realizá-las em um tempo, e a outra em um ritmo diferente”, explica.

Já a coordenadora de TI Renata Ferreira, também experiente em passear com as amigas, gosta de ir para lugares com uma “night” movimentada. Ela nos deu algumas dicas na hora de escolher o destino. Para a profissional de 31 anos, em uma viagem só para mulheres, é interessante escolher cidades que tenham vida noturna agitada. “No caso do Brasil, as metrópoles são uma boa opção de lugares para conhecer nesse tipo de excursão”

Renata (à direita) e sua amiga posam juntas em frente a um dos monumentos mais famosos do mundo, a torre de Pisa, na Itália

Veja a seguir as sugestões de destinos que essas mulheres viajantes prepararam para nós. São alternativas para todos os gostos: desde para quem procura um centro urbano movimentado com muita curtição e pessoas novas até para as interessadas em relaxar, curtir um tempo de qualidade com as colegas e aproveitar algumas belezas naturais. Veja qual desses lugares têm mais a cara da sua turma e descubra tudo o que você precisa para começar a planejar sua viagem!

 

Melhores destinos para viajar com as amigas

Agito à noite e opções para relaxar e curtir a natureza durante o dia. A lista de destinos para viajar com as amigas, preparada pelas mulheres viajantes Renata e Milena, explora todas essas alternativas. Confira as sugestões a seguir e veja qual delas mais se encaixa com sua galera.

 

Búzios (RJ)

A ensolarada cidade de Búzios, na orla fluminense, é um verdadeiro paraíso próximo ao município do Rio de Janeiro. O balneário fica na chamada Região dos Lagos, a apenas duas horas e meia da capital do estado. Oferece opções para todos os gostos, ao longo de 23 praias de mar transparente e azulado, em sua grande maioria, de águas calmas.

Se as águas são tranquilas, já não se pode dizer o mesmo sobre as noites em Búzios. O município é conhecido pelo agito noturno e reúne muita gente jovem, bonita e solteira no clima para curtir shows, música boa e festas animadas.

A orla de Brigitte Bardot é apenas uma das belas paisagens que você encontrará em Búzios

A Rua das Pedras é um dos pontos de encontro mais badalados quando escurece. Na avenida você encontra lojas, restaurantes com o melhor da gastronomia local e casas noturnas. As mulheres que não dispensam uma balada terão opções para todos os gostos. As mais famosas da região são a Privilège e a Pacha, sempre com shows de DJs e bandas. O Silk Beach Club também é uma alternativa para quem curte ficar com o pé na areia, com animadas festas à beira da Praia Brava.

Outra opção cultural que você vai encontrar em Búzios é o Gran Cine Bardot, o único cinema da região. O local é famoso por abrigar o Festival de Cinema de Búzios, que ocorre em novembro e tem ótima programação cultural. Fica a dica para as amigas que também são viciadas em um filminho

Durante o dia, não vão faltar opções de praias para um banho delicioso. Desde as mais agitadas, como a de Geribá, até as mais selvagens, como a Praia do Forno. Existe até uma alternativa para quem quer experimentar o nudismo: a Praia Olho de Boi, escondida em meio a rochedos, dá a privacidade necessária para os banhistas ficarem bem à vontade por lá. Quer mais dicas do que fazer em Búzios? Clique aqui e veja nossas sugestões.

 

Curitiba (PR)

Uma das cidades mais verdes do Brasil, Curitiba tem uma infraestrutura excelente para o turismo, com ótimas opções tanto para o dia quanto para a noite. A capital paranaense é dona de cartões-postais encantadores, como o Jardim Botânico, o Teatro Ópera de Arame, o Museu Oscar Niemeyer e os Parques Barigui e Tanguá

A Estufa do Jardim Botânico de Curitiba é um dos principais cartões-postais da cidade

Para quem gosta do clima de barzinhos, vale uma parada para tomar cerveja gelada na charmosa Rua XV de Novembro, também conhecida como Rua das Flores. É uma via fechada para carros, decorada com canteiros floridos e ainda cheia de lojas e restaurantes. 

As festeiras precisam saber que as baladas começam cedo por lá. Os bares têm muito movimento na happy hour, e à meia-noite dá fila na porta das casas noturnas. O bairro Batel Soho é conhecido por seus bares e shows mais descolados, localizados próximos à Praça Espanha. Já o bairro Batel, uma das áreas com a vida noturna mais movimentada, é o point de casas de show com músicas sertaneja e eletrônica.

Durante o dia, uma dica excelente é aproveitar o clima arborizado da capital para se reconectar com a natureza. São muitas as opções de parques que você vai encontrar por lá, como o Parque das Pedreiras e o Bosque do Alemão, além, claro, do famoso Jardim Botânico. Clique aqui para saber tudo sobre esse destino.

 

Lapinha da Serra (MG)

Uma sugestão para as meninas que estão procurando mais relaxamento e reconexão com a natureza é a cidade de Lapinha da Serra, no interior de Minas Gerais. Um destino cheio de trilhas e cachoeiras incríveis, é uma opção para as interessadas em praticar turismo ecológico, que estão buscando um passeio com uma vibe mais alternativa.

O povoado fica no município de Santana do Riacho, na região da Serra do Cipó, a cerca de 135 km de Belo Horizonte, ou menos de 3 horas de viagem de carro. A pequena vila é o destino perfeito para quem procura paisagens selvagens, boa gastronomia, esportes de aventura ou mesmo descanso para repor as energias. 

Localizada no meio das montanhas mineiras, Lapinha da Serra tem excelentes rotas de ecoturismo e aventura, como também é um lugar perfeito para relaxar

Além de ser cercada por belos lagos, rios e cachoeiras, a região apresenta ótimo calendário de eventos. O Arraiá da Lapinha da Serra, realizado tradicionalmente em julho, reúne turistas e moradores em alguns dias de festa, com muita música, atrações culturais e comida típica. É realizado na Praça da Lapinha, no centrinho do vilarejo.

Algumas das principais atrações naturais do local são: a Cachoeira Lajeado, com sua queda d’água de cerca de 40 metros e trajeto de 12 quilômetros (ida e volta); o Sítio Arqueológico da Lapinha, com pinturas rupestres de aproximadamente 7 mil anos; e a Cachoeira do Bicame.

 

Porto Seguro (BA)

Conhecida como “Terra Mãe do Brasil” por ser o local de chegada dos portugueses em 1500, Porto Seguro pode ser a cidade ideal para a sua viagem entre amigas. O local combina um pouco de tudo: belas praias, variedade de passeios, deliciosa gastronomia, importância histórica, e claro, festas muito animadas.

Não é à toa que o destino é um dos mais procurados pelos jovens em viagens de formatura. Com muitas arenas de shows, casas noturnas e espaços para eventos, é uma das melhores opções para quem está buscando por festas diárias. As excursões de adolescentes costumam ocorrer no período de junho a julho e na Semana da Criança, em outubro. Nessa época, a cidade fica muito movimentada, e o público costuma ser bem jovem. 

Uma das mais conhecidas barracas de praia é a Axé Moi, um supercomplexo de lazer. Fica na Praia de Taperapuan, e, além da estrutura de bares e restaurantes, oferece vários shows em sua arena para grandes eventos. A empresa é famosa pelos Carnavais e festas de Ano-Novo

Vista aérea do CarnaPorto, em festival do Axé Moi, que atrai milhares de foliões anualmente

Outra barraca muito popular é a Tôa Tôa, também em Taperapuan. O estabelecimento faz shows com grandes artistas e bandas brasileiras, como Chiclete com Banana, Gusttavo Lima, Cláudia Leitte, e outros. 

Para quem estiver buscando um clima de barzinho, a Passarela do Descobrimento, mais conhecida como “Passarela do Álcool”, é onde fica o agito noturno da cidade. Ao longo do corredor, estão várias barracas de comidas típicas, artesanato, bons drinks e cerveja gelada. Além da variedade de opções, os preços são mais acessíveis. Quer saber aonde mais ir em Porto Seguro? Veja nossas dicas aqui.

 

Prado (BA)

Ainda mais ao sul da Bahia, a cerca de 207 km de distância de Porto Seguro, fica o município de Prado. Um pouco menos badalado do que a terra do Axé Moi, o vilarejo atraí turistas que estão buscando uma atmosfera sossegada e uma proposta mais rústica.

A presença cada vez mais constante de jovens, com o objetivo de relaxar e curtir a natureza juntos, tem tornado o lugar uma opção cada vez mais conhecida por turistas. E não é para menos; afinal de contas, o município é repleto de belezas naturais, praias selvagens e pouco exploradas pelo homem. Há até quem chame a região de “Caribe do Nordeste”

Águas claras, piscinas e o encontro do rio com o mar fazem parte do belo cenário da Ponta do Corumbau, uma das praias mais bonitas de Prado

Algumas das atrações mais procuradas são os mergulhos em recifes de corais (um dos mais famosos é oferecido no Arquipélago de Abrolhos), e os passeios de barco para avistar baleias. A área é conhecida por ser um importante ponto na rota de procriação das jubartes, e é bem fácil avistá-las perto da praia.

A vida noturna pode não ser a mais desejada por quem gosta de baladas muito prestigiadas, mas dá para curtir bastante o cenário cultural e gastronômico da região. O point é o Beco das Garrafas, um calçadão no centro histórico. O local é repleto de bares e restaurantes, com mesas e cadeiras na calçada, que criam um clima descontraído e animado. Tradicionalmente, em outubro, o local recebe um Festival de Culinária, que leva ainda mais movimento para as suas ruas.

Outro point em que você vai encontrar algum agito é em Cumurixatiba, distrito de Prado, que fica a cerca de 30 km do centro da cidade. Além de belíssimas praias, a região também tem algumas opções para quem busca atividades noturnas. Durante a alta temporada, você pode curtir um forró em quiosques na beira da praia até o amanhecer, com uma galera jovem e geralmente bem animada.

 

Recife (PE)

Recife é uma cidade repleta de atrações que agradam a todos os estilos de viajantes. Possui monumentos históricos do século XVII, igrejas cravejadas de ouro, parques com baobás milenares e praias maravilhosas. Além disso, é uma região riquíssima em cultura, com muita diversidade, cor e energia. 

Para as manas carnavalescas, uma sugestão é visitar a cidade em fevereiro, durante a festividade. É nessa época que desfila o tradicional Galo da Madrugada, considerado o maior bloco de Carnaval do mundo, conforme registrado em 1994 no Guinness Book. O bloco, que costuma sair na manhã de sábado, é considerado Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Pernambuco. Segundo os organizadores, mantém o recorde de 2,5 milhões de foliões desde 2015.

A cidade também é um paraíso para quem adora dançar. O frevo e o maracatu são ritmos típicos da região que tomam conta do Recife. Você vai encontrar diversas manifestações culturais a cada esquina. Se estiver procurando agito noturno, terá boas opções nos bairros de Boa Viagem, Pina e Recife Antigo

Os pequenos guarda-sóis coloridos, característicos das danças regionais, enfeitam a cidade na época do Carnaval

Durante o dia, aproveite as belas praias e o importante centro histórico da capital. Com 8 km de orla, um mar calmo e água morna, a Praia da Boa Viagem é a mais famosa do Recife e dispõe de excelente infraestrutura para turistas. Se estiverem em uma vibe mais urbana, podem passear pela Rua do Bom Jesus, eleita como a terceira rua mais bonita do mundo pela revista americana Architectural Digest. Veja aqui o Guia completo que preparamos sobre o local.

 

Rio de Janeiro (RJ)

Não vamos esquecer da Cidade Maravilhosa! Com um centro urbano agitado, turistas de todas as partes do mundo e praias deliciosas e muita natureza ao seu redor, o Rio de Janeiro é uma ótima opção de destino para viajar com as amigas.

Com o Cristo Redentor abençoando sua baía, o Rio é dono de um dos principais cartões-postais do Brasil

Os eventos anuais mais famosos que acontecem tradicionalmente no Rio são o Carnaval e o Réveillon. A primeira festa traz diferentes manifestações culturais, como desfiles de escolas de samba e diversos blocos de rua. Já durante o segundo evento, há uma imperdível queima de fogos. Fora que a capital fluminense costuma sediar muitos eventos convidativos durante o ano, como o Festival Internacional de Cinema, a Bienal do Livro, o Fashion Rio e o Rock in Rio.

Uma das celebrações mais tradicionais dos cariocas é a festa do Dia de São Jorge, comemorada em 23 de abril, quando uma multidão vestida de vermelho e branco vai às ruas ao encontro das barraquinhas de comes e bebes.

Além das festas típicas, o Rio de Janeiro é cheio de opções de baladas bem animadas. O bairro da Lapa é onde o agito noturno se concentra, com vários bares e casas noturnas. O Teatro Odisseia, o Clube dos Democráticos e o Leviano Bar são algumas das alternativas que podem agradar a gostos diferentes. Também nessa região fica o Circo Voador, uma das casas de shows mais queridas dos cariocas. Além de receber apresentações de grandes artistas, o espaço é palco de festas e grandes eventos.

Mas nem só de agito na night se faz uma viagem de mulheres, não é mesmo? Durante o dia, o Rio tem centenas de opções para turistas, que vão desde curtir as belas praias como Copacabana, Ipanema, Urca, Barra da Tijuca e Joatinga, até conhecer os museus e monumentos mais famosos como o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. Também é um paraíso para as praticantes do ecoturismo, repleto de trilhas e belezas naturais. Enfim, opções não vão faltar na “Cidade Maravilhosa”. Confira mais por aqui.

 

Salvador (BA)

Algumas pessoas não sabem, mas Salvador foi a primeira capital do Brasil. A miscigenação entre indígenas, africanos e portugueses desde os primórdios da colonização resultou em uma cultura rica, com pluralidade religiosa e diversidade artística. Todos esses aspectos, unidos ao clima tropical, tornam esse destino uma cidade única, alegre e com muita história para contar. Um excelente lugar para conhecer ao lado das amigas!

Em 2015, Salvador recebeu da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) o título de “Cidade da Música”, sendo a primeira do país a conquistar essa categoria! E não é sem razão: o local é a terra do Axé Music, do Samba de Roda e do internacionalmente famoso Olodum, grupo que participou de um clipe do ícone do pop Michael Jackson, de uma canção de Paul Simon e também da abertura da Copa do Mundo de 2014. Os tambores baianos vão contagiar você em Salvador.

Aliás, se o assunto é festa, a gente precisa falar sobre o Carnaval de rua da capital, considerado o maior do mundo pelo Livro dos Records Guinness. Os desfiles e os blocos são realizados em uma área de 25 quilômetros da cidade, com a participação de aproximadamente dois milhões de pessoas, incluindo locais e turistas brasileiros e estrangeiros. 

Com desfiles à beira-mar, a terra em que o trio-elétrico foi inventado tem um dos calendários de Carnaval mais agitados do Brasil

Outra manifestação cultural superinteressante que ocorre, em fevereiro, na cidade de Salvador, é a Festa da Iemanjá, celebrada no dia 2. É a maior manifestação pública do candomblé na Bahia. Na data, fiéis vão à Casa de Iemanjá com oferendas e celebram a divindade. A festa foi tombada como Patrimônio Cultural de Salvador em 2020, para que a tradição seja mantida.  

A cerimônia é realizada no bairro Rio Vermelho, em Salvador,  também um dos points do agito noturno da região. A Praça Caramuru, revitalizada, costuma receber muitos turistas e moradores e conta com dezenas de restaurantes ao seu redor.

O destino também conta com belíssimas praias, como a do Porto da Barra. A localização deslumbrante, na entrada da Bahia de Todos os Santos, e o Forte colonial branco, que integra o cenário, chamam bastante a atenção. Por isso mesmo, esse ponto foi listado pelo jornal britânico The Guardian como a terceira melhor praia do mundo! Veja mais opções de praias e passeios diurnos em Salvador por aqui.

E aí, qual desses passeios você mais achou a cara do seu grupo de amigas? Compartilhe logo este post com elas e decidam juntas o próximo destino! Ah, e por falar em companheira de viagem, sabe quem não abandona você e ainda dá os melhores descontos nesse processo? A 123milhas! Reserve sua passagem com a gente, chame as amigas e partiu viajar!