Lugares para comer

Tipos de cachorro-quente pelo mundo: curiosidades sobre o prato

O hot dog é um dos pratos mais versáteis, com inúmeras variações ao redor do globo, que levantam muitas curiosidades aos apreciadores da iguaria. E em 9 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Cachorro-Quente. A data foi escolhida porque acredita-se que o sanduíche foi criado nesse dia em 1884, na cidade de Nova York, Estados Unidos

Sendo assim, nada mais justo do que trazer curiosidades sobre um dos lanches mais democráticos do planeta. Partiu conhecer mais sobre os tipos de cachorro-quente mundo afora?

Você vai ler sobre

Tipos de cachorro-quente ao redor do mundo

Você sabe onde surgiu o hot dog? Muitos acreditam que o lanche foi criado na cidade de Nova York, no século XIX. A receita tradicional leva salsicha grelhada, dentro de um pão específico, cebola, ketchup e mostarda. E isso ainda é o que vai no cachorro-quente normalmente. 

Até hoje, essa é a receita mais comum do lanche em food trucks nas ruas da Big Apple. Um dos mais tradicionais é o do Nathan’s, que funciona desde o ano de 1916 e já é uma atração por si só.

À medida que diferentes culturas apropriaram-se do cachorro-quente, incrementando o lanche com diferentes elementos culinários, a receita original sofreu inúmeras modificações. Isso faz com que o prato surpreenda em cada canto do planeta!

A seguir, veremos os tipos de cachorro-quente pelo mundo.

Tipos de cachorro-quente pelo mundo: curiosidades sobre o prato | Nathan's Hot Dog Food Truck | Conexão123

Encontre o lanche em food trucks nas ruas de New York, uma das mais tradicionais é o Nathan’s

Nos EUA existem outras variações de hot dog. Por exemplo, encontramos nos lugares para comer em Washington o half-smoke, uma montagem que leva linguiça defumada e grelhada servida com pão e molho de cachorro-quente e pimenta-malagueta. 

Indo para a América do Sul, chegando ao Chile, temos os completos, uma espécie de cachorro-quente com abacate amassado, tomates picados, cebola e maionese artesanal. 

Já na Guatemala, existem os shucos, recheados de salsichas cortadas, chorizo, salame, entre outras carnes, servidos com guacamole, repolho picado, maionese e mostarda.

Os panchos, na Argentina, também são amplamente difundidos em território portenho. O diferencial deles é o seu tamanho que, geralmente, é bem maior do que o usual em outros países, servidos com palitos de batata crocantes, tomates e seus molhos favoritos.

Mas é na Ásia que encontramos um dos cachorros-quentes mais únicos do mundo inteiro, mais especificamente na Coreia do Sul. Espetada em um palito de churrasco, a salsicha é envolvida em um pão com ketchup e mostarda. É um dos tipos de hot dog pelo mundo mais inusitados.

Tipos de cachorro-quente pelo mundo: curiosidades sobre o prato | Dois cachorros-quentes da Coreia do Sul | Conexão123

O cachorro-quente coreano é um dos mais diferentes, servido espetado em um palito de churrasco com salsicha envolvida no pão

Os hot dogs também são bem consumidos na Europa. Na Alemanha, os diferenciais são o repolho picado e fermentado, a mostarda, e umas das melhores salsichas do mundo – afinal eles são especialistas nesse tipo de embutido. 

O cachorro-quente também ganhou as ruas das principais cidades da França, com a salsicha servida em uma baguete e queijo gruyère.

Na Islândia, você pode comer o melhor cachorro-quente do mundo! Essa recomendação é do jornalista e crítico de gastronomia Nenel Neto, que descreve o lanche em minúcia. Contudo, os grandes diferenciais são o pão, mantido no vapor, e a salsicha, à base de carne de cordeiro. Ainda são acrescentados cebolas, ketchup, mostarda doce islandesa e remoulade.

Por fim, mas não menos importante, temos boerie roll, na África do Sul, um preparo com pão e boerewors — uma salsicha típica feita com vitela e temperos variados. Também se serve com ketchup e cebola. 

Todas essas variações carregam diferenças culturais e ingredientes típicos de cada lugar do mundo. E vamos combinar: há algo mágico em ver traços distintos em um dos lanches mais democráticos do mundo. É quase impossível decidir qual é o melhor cachorro-quente, para isso, é preciso experimentar todos!

Curiosidades sobre o cachorro-quente

Conta-se que a criação do prato se deu a partir da imigração de alemães aos Estados Unidos, mais especificamente para a cidade de Nova York. Além disso, existem outros fatos curiosos e peculiares sobre o prato:

  • Um dos cachorros-quentes mais caros do mundo custou US$ 2,3 mil
  • Certa vez, em uma competição, Joey Chestnut comeu 74 hot dogs em 10 minutos 
  • Os Estados Unidos consomem por volta de 20 bilhões de hot dogs por ano, mais de 50 por pessoa

Um prato que desperta tanta curiosidade — e a fome! — também tem seus adeptos aqui no Brasil. Vamos ver agora alternativas de onde comer hot dog no Brasil!

Variações do hot dog no Brasil

O cachorro-quente também é um dos lanches mais queridinhos entre os brasileiros, sendo que há muitas variações do prato pelos estados do país, das mais simples às mais bem-elaboradas. 

Em São Paulo, por exemplo, a versão mais encontrada é aquela que vai salsicha e purê de batata, complementada com ketchup, mostarda, maionese e batata-palha. Porém, existem versões mais aprimoradas, como no caso do dogão prensado de Osasco.

Sem sairmos do Sudeste, no Rio de Janeiro também há o acréscimo de alguns ingredientes ao clássico pão com salsicha, como ovo de codorna, molho vinagrete, queijo parmesão ralado, azeitona e batata-palha.

Tipos de cachorro-quente pelo mundo: curiosidades sobre o prato | Cachorro-quente paulistano | Conexão123

Em São Paulo é muito comum encontrar o cachorro-quente com purê de batata

Em Blumenau, terra da Oktoberfest do Brasil, é comum encontrar o lanche servido no pão francês, recheado com chucrute, molho de tomate e mostarda escura, seguindo as tradições germânicas. 

Indo para a região Norte, um dos lanches que leva mais elementos do próprio local  é o feito no Pará, com uma receita que conta com tucupi, folhas de jambu, vinagrete, repolho e outros ingredientes tradicionais.

Por fim, mas não menos importante, temos o hot dog da Paraíba, representando o Nordeste brasileiro, que leva salsicha, carne moída, molho vinagrete, ovos de codorna, azeitonas, coentro e queijo de coalho ralado.

Gostou de saber sobre os tipos de cachorro-quente que fazem sucesso por aí? Conte com a 123milhas para experimentar todos esses sabores ao redor do Brasil e do mundo!