Guia turístico

Turismo em Foz do Iguaçu: guia de viagem

Muito buscado por viajantes ao redor do globo, o turismo em Foz do Iguaçu atrai milhares de pessoas anualmente. No interior do Paraná, a cidade é abrigo de uma das maiores cachoeiras do mundo, e reúne diversos atrativos para uma viagem inesquecível. Por isso, o Conexão123 preparou um guia de viagem completo para você. 

 

Você vai ler sobre

 


Conheça Foz do Iguaçu

No extremo oeste do estado do Paraná está a cidade de Foz do Iguaçu, localizada na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina. A população local totaliza mais de 257 mil habitantes, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas – IBGE (2021). 

Aliás, quem nasce no município é chamado de iguaçuense, gentílico que nomeia um povo que reside em meio a paisagens naturais exuberantes. A extensão territorial de mais de 618 mil km² reserva diversos atrativos e passeios inesquecíveis.

A história de Foz do Iguaçu é repleta de acontecimentos que remontam às primeiras civilizações do território brasileiro. De acordo com pesquisas realizadas pela Universidade Federal do Paraná no reservatório de Itaipu, foram encontrados vestígios de presença humana na região do ano 6000 a.C. 

Em 1542, o espanhol Álvar Núñez Cabeza de Vaca chegou ao Rio Iguaçu. O navegador é considerado o primeiro homem branco a encontrar as cataratas. Mas antes da chegada dos europeus, povos nativos habitavam a área. A emancipação como cidade ocorreu oficialmente em 10 de junho de 1914, depois da posse do primeiro prefeito, Jorge Schimmelpfeng. 

Já a idealização do Parque Nacional aconteceu em 1916, com a passagem do “Pai da Aviação”, Alberto Santos Dumont, pelo município. Na época, a propriedade pertencia ao uruguaio Jesus Val. Porém, Santos Dumont intercedeu junto a Affonso Alves de Camargo, Presidente do Estado do Paraná (nomeação da época), para que o território fosse patrimônio público. Em 1939, foi criado o Parque Nacional do Iguaçu.  

Atualmente, o destino é procurado por turistas do mundo inteiro pelas famosas Cataratas do Iguaçu, uma das maiores cachoeiras do mundo, com extensão de 2,7 km. Esse é um dos motivos por que a viagem para Foz do Iguaçu pode ser uma experiência única e especial.

Turismo em Foz do Iguaçu: Guia de Viagem | Marco das três fronteiras entre Brasil, Paraguai e Argentina | Conexão123

O Marco das Três Fronteiras entre Brasil, Paraguai e Argentina é um ponto turístico apreciado e procurado pelos viajantes

 

Turismo em Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu tem tudo para conquistar turistas de todas as idades e gostos. Os apaixonados pela natureza podem apreciar paisagens magníficas, espécies raras da fauna e da flora e muito mais. Além das maravilhosas quedas d’água das Cataratas do Iguaçu, a cidade oferece atrativos únicos, como esportes radicais, parques, passeios, espaços gastronômicos e hotéis incríveis. 

Antes de prosseguirmos, aproveite para conhecer lugares para comer em Foz do Iguaçu: os melhores restaurantes. 

Com mais de 185 mil hectares no lado brasileiro, o Parque Nacional do Iguaçu faz fronteira com a Argentina. O local é considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO. Por lá, também é possível curtir atividades como: rafting, rapel, escalada em rocha e passeios de barco em meio às quedas, além de outras opções de ecoturismo. 

Considerada uma das sete maravilhas do mundo, as Cataratas do Iguaçu deixam todos sem fôlego por tamanha beleza: ao todo, são 275 quedas d’água de até 80 m de altura. Pelo lado do Brasil, o viajante encontra uma trilha de aproximadamente 1,5 km, que passa por vários mirantes e um elevador panorâmico ligando a base das quedas ao nível superior do rio. 

O acesso à reserva é feito pela Rodovia BR 469, km 18, Foz do Iguaçu, Paraná. O funcionamento é de terça a sexta, das 9h às 16h e sábado e domingo, das 8h30 às 16h.

O Parque das Aves é também um excelente espaço e turístico para visitar. Criado em 1994 pelo casal Anna-Sophie Helene (alemã) e Dennis Croukamp (sul-africano), o local possui 17 hectares de mata nativa. Aproximadamente 1.500 aves de 140 espécies, sendo 90% oriundas da Mata Atlântica, estão integradas ao ambiente. Além disso, o visitante ainda pode conhecer um borboletário, um viveiro de beija-flores e o setor de répteis que abriga cobras e jacarés.

O endereço é Avenida das Cataratas, 12.450, Foz do Iguaçu, Paraná e o horário de funcionamento é de terça a domingo, das 8h30 às 16h30.

Há muitas opções para “turistar” por Foz do Iguaçu, entre elas monumentos, museus e outros. Listamos mais alguns lugares para você incluir em seu roteiro:

  • Itaipu Binacional – Av. Tancredo Neves, 6.731 (Horário de funcionamento: domingos, segundas, quartas e quintas, das 8h30 às 17h, e sextas e sábados, das 8h30 às 19h);
  • Templo Budista Chen Tien – Rua Dr. Josivalter Vila Nova, 99 (Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 9h30 às 16h30);
  • Mesquita Muçulmana – Rua Meca, 599 – Jardim Central (Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30;  sábado, das 9h às 11h30); 
  • Itaipu Ecomuseu – Avenida Tancredo Neves, 6.001 (Horário de funcionamento: quarta a segunda, das 10h às 17h);
  • Marco das 3 Fronteiras – Avenida Gen. Meira, s/n – Jardim Eldorado (Horário de funcionamento: terça a domingo, das 14h às 21h).

Quer deixar seu guia de viagem ainda mais completo? Confira também o que fazer em Foz do Iguaçu: pontos turísticos e passeios. 

Turismo em Foz do Iguaçu: Guia de Viagem | Tucano do Parque das Aves, Foz do Iguaçu | Conexão123

O Parque das Aves reúne mais de 1.500 animais de 140 espécies diferentes

 

Quando ir para Foz do Iguaçu

Viajar para Foz do Iguaçu é vivenciar um espetáculo natural e muitos atrativos turísticos. O clima quente e temperado traz à região duas estações bem definidas ao longo do ano. Com temperatura média de 18ºC e poucas chuvas, o inverno permite que o  turista aprecie quedas d’água mais definidas, especialmente nos meses de junho, julho e agosto, porém é mais frio. 

Já no verão, os termômetros atingem, em média, 26ºC e as chuvas são mais frequentes, o que aumenta a vazão das cachoeiras. O destino é incrível em qualquer mês do ano. Mas, principalmente, nos períodos de férias (julho, dezembro e janeiro) o turismo é intenso. Por isso, se você busca encontrar os pontos turísticos mais vazios, priorize datas fora do recesso escolar, além de feriados prolongados. 

Vale lembrar que é importante verificar a previsão do tempo para os dias em que você vai viajar para Foz do Iguaçu. Quando for arrumar as malas, inclua roupas e sapatos confortáveis, protetor solar, boné ou chapéu, entre outros. Se for no verão, garanta peças mais leves; já se embarcar no inverno, coloque itens mais quentes. 

 

Como chegar a Foz do Iguaçu

O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas recebe voos nacionais, principalmente de cidades como Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Além disso, também chegam aviões de destinos internacionais. 

Os voos são considerados os meios mais importantes para o trânsito de turistas, e o complexo de aviação brasileiro fica a 13 km do centro da cidade. Já do lado argentino, existe a opção do Aeroporto de Puerto Iguazú (IGR) e o Paraguai oferece o Aeroporto Internacional Guarani (AGT). 

Outra alternativa é viajar de ônibus para o município. O local de desembarque é a Rodoviária de Foz do Iguaçu. Além de passageiros oriundos de outros estados brasileiros, o lugar também recebe veículos de outros países. 

Porém, se o turista deseja utilizar transporte próprio, é possível chegar ao destino de carro. De Curitiba para Foz do Iguaçu são 640 km de estrada; de Porto Alegre para a cidade, o visitante percorre 900 km, em média. O principal acesso para Foz é a rodovia BR-277. 

Já em solo iguaçuense, a locomoção pode ser feita por veículos de aplicativo, aluguel de carros ou pelo transporte público, que oferece linhas de ônibus. 

Turismo em Foz do Iguaçu: Guia de Viagem | Templo Budista Chen Tien | Conexão123

O Templo Budista Chen Tien é um importante ponto turístico da cidade e está localizado na Rua Dr. Josivalter Vila Nova, 99

 

Quanto custa viajar para Foz do Iguaçu

O guia Foz do Iguaçu apresentou aspectos históricos, atrações turísticas e detalhes para conhecer a cidade paranaense. Mas, afinal, quanto custa viajar para o município?

O preço final da sua viagem vai depender dos passeios, alimentação, passagens aéreas ou de ônibus, entre outros pontos importantes, além da escolha de onde se hospedar em Foz do Iguaçu: hotéis e pousadas. 

Saindo de Curitiba para Foz do Iguaçu é possível encontrar voos (ida e volta) a partir de R$ 400 (por passageiro) para setembro de 2022. Já partindo de São Paulo para o mesmo destino, os valores para passagens aéreas ida e volta começam em R$ 710 (por viajante) para o mesmo período. 

 

Pacote de turismo para Foz do Iguaçu

As opções para viajar e economizar são inúmeras. O turista pode optar pelos pacotes de viagem, que incluem passagem aérea e hospedagem. Embarcando no Rio de Janeiro para Foz do Iguaçu, os preços começam a partir de R$ 1.510 (por turista) para três diárias e café da manhã incluso. 

Não se esqueça de separar um valor extra para se alimentar e locomover pela cidade. Também vale lembrar que a pesquisa foi realizada com antecedência e fora da alta temporada. 

Gostou do guia turístico para Foz do Iguaçu? Conte com a 123milhas para conhecer esse destino incrível. 

 

Respostas123

1: Qual a melhor época para ir à Foz do Iguaçu?

Foz do Iguaçu pode ser visitada o ano inteiro. Porém o inverno é mais frio, com chuvas mais escassas. Já no verão, os termômetros registram temperaturas mais altas e ocorrem mais precipitações. Nos meses de julho, dezembro e janeiro há mais turistas na região. Por isso, se você deseja curtir os pontos turísticos com poucas pessoas, evite esse período. 

2: Qual a distância de Foz do Iguaçu até as Cataratas?

As Cataratas do Iguaçu estão situadas no Parque Nacional do Iguaçu, que fica a cerca de 18 km do centro da cidade paranaense. 

3: Quantos dias é ideal para ficar em Foz do Iguaçu?

O ideal é ficar no mínimo quatro dias para aproveitar todos os atrativos turísticos e também visitar a Argentina e o Paraguai, que fazem fronteira com Foz do Iguaçu.