Lugares para conhecer

Bate e volta no feriado da Independência: destinos nacionais para curtir no 7 de Setembro

Colocar as malas no bagageiro, encher o tanque e pegar a estrada. As road trips estão cada dia mais em alta. No dia 7 de setembro, boa parte dos brasileiros vai ganhar um tempo off, e, por isso, planejar um bate e volta no feriado da Independência é a pedida certa para aproveitar, com estilo, essa folga tão merecida. 

Existe sensação melhor do que sair dirigindo rumo a novos lugares e, no decorrer do caminho, deslumbrar-se com lindas paisagens naturais? Os passeios no 7 de Setembro podem ganhar um toque especial com as sugestões do Conexão123, plataforma de incentivo a experiências de viagens.

Inclusive, se você está planejando uma viagem curta em um único dia para curtir o feriado nacional, o aluguel de carros é uma excelente opção para garantir conforto, segurança e praticidade. 

O Dia da Independência do Brasil, neste ano, cai numa quarta-feira, oportunidade perfeita para um bate e volta, não acha? Se você, assim como nós, ama conhecer destinos nacionais e suas peculiaridades, preparamos um conteúdo exclusivo de turismo para um dia inteiro, saindo de Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ). Partiu? 

Você vai ler sobre

Bate e volta no feriado da Independência: Congonhas, Minas Gerais

Monumentos, construções antigas e uma imersão cultural integram os principais atrativos de uma visita à cidade histórica de Congonhas, a cerca de 90 km de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais

Considerada símbolo da arquitetura barroca no país, ela fica próxima de Ouro Preto, outro município histórico mineiro. Congonhas abriga uma das obras mais importantes do escultor mineiro Aleijadinho. 

Os Doze Profetas de Aleijadinho são reconhecidos como o maior conjunto barroco executado no mundo. As esculturas foram construídas em pedra-sabão, entre 1796 e 1805, e medem cerca de 2 metros de altura. Aliás, as obras ornamentam a escadaria do Santuário Bom Jesus, outro ponto turístico de suma relevância para o município. 

A tradição religiosa do destino é observada nas edificações antigas e importantes do período Brasil Colônia. O Santuário Bom Jesus de Matosinhos começou a ser erguido na segunda metade do século XVIII e foi reconhecido como Patrimônio Cultural Mundial pela Unesco em 1985. 

Bate e volta no feriado da Independência: destinos nacionais para curtir no 7 de Setembro | Santuário Bom Jesus | Conexão123

O Santuário Bom Jesus abriga Os Doze Profetas de Aleijadinho, escultor mineiro

O local abre de terça a domingo, das 7h às 18h, na Praça do Santuário, s/n – Centro. A entrada é gratuita. Inclusive, existe a opção de visita guiada mediante pagamento. Consulte durante a sua viagem.

Mais um lugar para apreciar a identidade de Congonhas é a Rua Aleijadinho, onde é possível admirar seis capelas, que contam a história da Paixão de Cristo. Ao todo, 66 figuras foram criadas por Aleijadinho e Mestre Athaíde. 

Na região, os turistas ainda podem visitar o Museu de Congonhas, considerado o primeiro “museu de sítio” do Brasil. Inaugurado em 2015, o espaço cultural é ideal para aqueles que apreciam turismo cultural e religioso. 

Com 3.452,30 m² de extensão, o atrativo abriga salas de exposição, reserva técnica, biblioteca, auditório, espaço educativo, cafeteria e anfiteatro ao ar livre. A arquitetura do prédio é contemporânea e harmoniza com a paisagem da cidade. 

O local funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. O tíquete custa R$ 10, mas às quartas-feiras a entrada é franca. Anote o endereço: Alameda Cidade de Matosinhos de Portugal, 77 (ao lado do Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos).

Para chegar a Congonhas, partindo de Belo Horizonte, pegue a Avenida Afonso Pena e a Rua Rio Grande do Norte até a Avenida Nossa Sra. do Carmo em São Pedro. Após, siga pela BR-356, acesse a BR-040 até a Avenida Michael Pereira de Souza, em Congonhas. O trajeto tem duração aproximada de 1h20, de carro. 

Bate e volta no feriado da Independência: Santos, São Paulo

A cidade litorânea de Santos remonta a história da Independência do Brasil, afinal, Dom Pedro I utilizou a Estrada Velha de Santos como caminho para chegar às margens do riacho Ipiranga e soar o tão famoso grito de “independência ou morte”. 

São Paulo fica a aproximadamente 80 km de distância de Santos, e o acesso pode ser feito por duas rodovias principais, a Anchieta (SP – 150) ou Imigrantes (SP – 160). 

Apesar de ser bem pertinho da capital paulista, a mudança de ares é perceptível desde o fim da serra. Aliás, sentir a brisa do mar é a sensação perfeita para renovar as energias. 

Além, é claro, de poder apreciar as belíssimas paisagens naturais cercadas por palmeiras e areia fina que levam o viajante até as águas oceânicas. 

Por lá, alguns pontos turísticos se destacam pela oportunidade que oferecem de conhecer um pouco da história da cidade e vivenciar uma experiência única. 

Aos apaixonados por café, o Museu do Café é o lugar ideal para visitar, e fica bem no centro histórico santista. O espaço proporciona ao público uma aventura cafeeira pelas exposições permanentes e temporárias, obras de arte, mobiliário de época e muito mais. 

De terça a sábado, das 9h às 18h, e domingos, das 10h às 18h (a bilheteria fecha às 17h), os visitantes podem apreciar a história do café e ainda degustar o preparo com os melhores grãos da bebida, até mesmo o mais caro e raro do país. O ingresso custa     R$ 10 (por adulto). Anote o endereço: Rua XV de Novembro, 95 – Centro histórico. 

Que tal fazer uma viagem no tempo por pontos históricos e culturais do município? A linha turística de bonde é o pedido certo! O ponto de partida é a Estação do Valongo, prédio de 1867 e da primeira ferrovia paulista. Os elétricos datam dos séculos XIX e XX, e percorrem o centro histórico, em roteiro monitorado por guia de turismo.

Bate e volta no feriado da Independência: destinos nacionais para curtir no 7 de Setembro | Bonde turístico de Santos | Conexão123

Os bondinhos de Santos partem do centro histórico e proporcionam aos visitantes uma viagem no tempo através dos pontos turísticos que percorrem | Foto: Divulgação

Inclusive, os veículos originais são procedentes da Escócia, Portugal e Itália. Os condutores vestem réplicas do uniforme original da época em que os bondes eram o principal meio de transporte na cidade. 

Em geral, o passeio está disponível de terça a domingo, das 10h30 às 17h, e a jornada parte do Largo Marquês de Monte Alegre, 2, Valongo – Centro histórico. O bilhete custa R$ 7 (por pessoa). 

Antes de prosseguirmos com os próximos tópicos, aproveite também para conhecer lugares interessantes para um roteiro do Bicentenário da Independência em São Paulo, com diversas atrações, como o Museu do Ipiranga

Bate e volta no feriado da Independência: São Gonçalo, Rio de Janeiro

Uma viagem incrível de 7 de Setembro também pode ser feita saindo da Cidade Maravilhosa. A aproximadamente 30 km de distância do Rio de Janeiro (RJ), São Gonçalo acolhe pontos turísticos culturais e históricos. Se você aprecia conhecer detalhes sobre o destino que visita, a cidade fluminense é o lugar perfeito!

A Igreja de São Gonçalo de Amarante é a atual matriz e aparece nos registros desde 1675. Ou seja, há pelo menos 340 anos. A princípio, o estilo da fachada do santuário religioso tinha estilo barroco, mas, após diversas reformas, hoje, a arquitetura exibe o tipo neoclássico. 

No seu interior, a igreja esbanja beleza com detalhes únicos que valem a pena registrar e conhecer de pertinho. O local fica na Alameda Pio XII, 86 – Zé Garoto, e funciona de segunda, das 13h às 17h30, terça a sexta, das 8h às 17h30, e sábado, das 8h às 11h30. 

A Capela da Luz é outro atrativo turístico religioso muito interessante. Ela fica na Praia da Luz, tem um estilo Jesuítico e foi construída no século XVII. 

A fachada é em estilo barroco, e a edificação abriga imagens originais de Santana, São Gonçalo do Amarante e de Cristo Crucificado, esta última com um metro de altura. A igreja foi registrada como patrimônio histórico municipal em 1985. O atrativo abre de terça a domingo, das 7h às 20h. 

Bate e volta no feriado da Independência: destinos nacionais para curtir no 7 de Setembro | Capela da Luz | Conexão123

A Capela da Luz foi erguida ainda no século XVII e foi registrada como patrimônio histórico municipal, em 1985

Já o Alto do Gaia é uma atração turística ao ar livre, perfeita para os apaixonados pelo ecoturismo. Na Serra de Itaitindiba encontra-se o ponto mais alto da cidade, com mais de 538 metros de altura. De lá, é possível observar os municípios de São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e parte da Área de Proteção Ambiental de Guapimirim.

Aberto para visitação, ele fica dentro da Fazenda Santa Edwiges. Para chegar até o local, existem duas alternativas: uma caminhada de 2h30 ou a utilização de veículos. Anote o endereço: Final da Estrada de São Tomé, 14 – Santa Isabel. 

O trajeto até o município é feito pela BR-101 via Túnel Rio 450 anos, o motorista deve seguir pela rodovia até a Rua Governador Agamenon Magalhães já em São Gonçalo. 

Bicentenário da Independência: há 200 anos Dom Pedro “gritou” às margens do riacho Ipiranga 

O Dia da Independência do Brasil, também chamado de Dia da Pátria, é celebrado em 7 de setembro. O evento símbolo da “libertação” brasileira da colônia portuguesa aconteceu em 1822, um importante fato histórico nacional. 

Neste ano, comemora-se o Bicentenário da Independência, ou seja, há 200 anos, Dom Pedro proclamou a libertação do Brasil da Coroa portuguesa ao gritar às margens do riacho do Ipiranga, em São Paulo, “independência ou morte”.  

Antecedente ao grito emblemático, o imperador ordenou aos soldados que o acompanhavam que tirassem os símbolos portugueses dos uniformes. Esse ato representou a independência nacional. 

Bate e volta no feriado da Independência: destinos nacionais para curtir no 7 de Setembro | Dia da Independência do Brasil | Conexão123

O pintor Pedro Américo, em 1888, representou o grito de “independência ou morte” de Dom Pedro em uma tela com tinta a óleo | Foto: Divulgação

Mas, mesmo após esse ato de suma importância para a nação brasileira, Portugal apenas reconheceu a independência do Brasil em 1825, com pagamento de uma indenização de cerca de dois milhões de libras esterlinas. 

Curtiu as sugestões de destinos nacionais para um bate e volta no feriado da Independência? Conte com a 123milhas para garantir os melhores preços em passagens aéreas, hotéis, pacotes de viagem e aluguel de carros.