Lifestyle

Dicas para curtir o Lollapalooza

Está chegando a data de um dos festivais de música mais aguardados. O Lollapalooza, que inicialmente seria em 2020, foi adiado em razão da pandemia da Covid-19. O evento foi remarcado para os dias 25, 26 e 27 de março de 2022 e as expectativas estão altíssimas. Se você garantiu seu ingresso é melhor se preparar para poder aproveitar bastante. Confira dicas para curtir o Lollapalooza e não passe nenhum perrengue no festival!

Se você está indo pela primeira vez, é fundamental ficar por dentro de algumas informações importantes. O Lollapalooza é realizado no Autódromo de Interlagos em São Paulo, localizado na zona sul da cidade. O espaço tem 600 mil m² e quatro palcos. Considere o tempo de deslocamento dentro do local quando decidir a quais artistas pretende assistir. Lembre-se de que você também terá necessidade de comer e de ir ao banheiro; então inclua intervalos para isso na sua programação.


Lembre-se de considerar o tempo de deslocamento dentro do Autódromo de Interlagos.

A line-up já foi divulgada e terá The Strokes, Miley Cyrus e Foo Fighters como os headliners da 9ª edição do evento no Brasil. O cronograma de horários ainda não está disponibilizado. No último festival os shows começaram às 13h e foram até às 23h.

O Lollapalooza de 2022 terá cerca de 70 atrações, de artistas nacionais e internacionais

O Lollapalooza de 2022 terá cerca de 70 atrações, de artistas nacionais e internacionais

Além dos shows, o Lollapalooza tem outras atrações como brinquedos; brindes; pontos para tirar fotos; áreas de descanso e lojas para comprar camisetas, bonés e outras lembranças. Para conseguir aproveitar tudo, é importante chegar cedo, principalmente se você for a somente um dia do festival ou se é a sua primeira vez. Caso alguma das apresentações a que você quer assistir esteja programada para o início, também é bom chegar com antecedência. Tenha em mente que os portões do Lolla abrem às 11h, então não precisa chegar muito cedo.

Chegue cedo para curtir todas as atrações.

 

Onde ficar

Caso você esteja indo exclusivamente para o evento, fique hospedado próximo ao Autódromo a fim de conseguir ir e voltar com facilidade. São Paulo tem 1.521 km², é uma cidade enorme e leva certo tempo para que você possa se deslocar de uma região a outra.

Os bairros mais próximos de Interlagos são Bela Vista, Consolação, Itaim Bibi, Paraíso, Vila Olímpia e Pinheiros. São boas opções caso sua estadia seja curta.

Hospede-se perto da Avenida Paulista se você planeja passear pela cidade.

Hospede-se perto da Avenida Paulista se você planeja passear pela cidade.

Para quem vai aproveitar a viagem com a intenção de conhecer outros lugares da capital paulista, é bom ficar perto da Avenida Paulista, que é a principal da cidade, reúne diversos pontos turísticos (como o MASP e o Sesc) e tem estações de metrô. A Paulista abrange os bairros Bela Vista, Consolação, Paraíso, Jardim Paulista e Cerqueira César.

Outra opção é ficar no centro, no bairro da República. Lá estão lugares famosos como o Edifício Copan, a Galeria do Rock e o Sampa Sky.

Saiba mais sobre tudo o que você tem que conhecer em São Paulo. Para quem também quer explorar a gastronomia da cidade, confira cinco lugares para comer bem sem gastar muito e outras dicas de restaurantes incríveis.

 

Como chegar

Primeiro você deve chegar a São Paulo, certo? Há dois aeroportos na cidade. O mais próximo ao centro é o de Congonhas, que fica a aproximadamente 10 km do Autódromo e é usado para voos domésticos. A outra opção é o de Guarulhos, que serve tanto para viagens nacionais quanto internacionais. Fica mais distante, a cerca de 45 km de Interlagos. Ambos têm vários voos diários de diversas partes do Brasil.

Vá de avião para chegar a São Paulo mais rápido e com tranquilidade.

Vá de avião para chegar a São Paulo mais rápido e com tranquilidade.

Se você puder escolher entre os dois, a dica é optar pelo de Congonhas. Mas caso você vá chegar por Guarulhos, não se preocupe. Há opções de trem e ônibus que o levam à cidade ou ainda você pode pegar um táxi ou usar um aplicativo de motorista.

A linha de trem mais próxima ao local do evento é a 9 – Esmeralda, na Estação Autódromo. De lá você pode ir caminhando, num percurso de aproximadamente 22 minutos, ou ir de táxi ou usar um aplicativo de transporte.

Para quem não mora em São Paulo ou não tem o hábito de ir até lá, as linhas do metrô podem parecer um pouco confusas, mas fique tranquilo. Existem 15 linhas, todas classificadas com um número e uma cor.

As estações estão espalhadas por toda a cidade. Algumas têm duas linhas, que servem para fazer a baldeação, ou seja, trocar de uma para a outra. Como você já está dentro da estação, não precisa pagar outra passagem. Existe um mapa que mostra todas as rotas e é essencial para planejar o trajeto.

A melhor maneira de se locomover em São Paulo é via trem e metrô.

A melhor maneira de se locomover em São Paulo é via trem e metrô.

Se você estiver hospedado no bairro Pinheiros, por exemplo, a estação de mesmo nome tem as linhas 9 – Esmeralda e a 4 – Amarela. Para chegar, basta pegar a Esmeralda no sentido Mendes – Vila Natal.

Caso sua acomodação seja no bairro da Consolação, vá para a estação de mesmo nome e pegue o metrô da linha 4 – Amarela no sentido Vila Sônia. Desça na Estação Pinheiros e troque para o trem da Esmeralda.

O bilhete desse sistema de metrô e trem custa R$ 4,40 e é uma opção bem econômica.

No retorno, preste atenção ao horário. O transporte público opera até à 0h. Se você planeja ficar até o fim dos shows, terá de ir embora de táxi ou chamar um aplicativo. Caso você vá embora mais cedo, compre o bilhete de retorno junto com o da ida para não enfrentar a fila novamente.

Também tem a opção de ir com o próprio carro e parar no estacionamento do Autódromo. O valor da diária será disponibilizado pelo Lolla, mas, para ter uma ideia, custava R$ 130 em 2019. Se for a melhor opção pra você, chegue cedo, pois fica lotado.

Há oito linhas de ônibus que passam pela região: 6030-10, 6062-51, 6069-10, 607M-10, 6118-10, 637G-10, 675X-10, 695D-10. Geralmente há rotas especiais para os dias de evento, que serão divulgadas no site da SPTrans. O bilhete também custa R$ 4,40.

 

O que levar

Há regras bem específicas sobre o que pode ou não levar no Lollapalooza, já que todas as pessoas podem ser revistadas na entrada.

Para conseguir passar o dia com tranquilidade e lidar com qualquer mudança climática, como chuva, sol e frio, a dica é levar óculos escuros, agasalho e capa de chuva. Um boné ou um chapéu também é uma boa ideia. Não se esqueça de levar seus documentos pessoais e dinheiro. Câmeras fotográficas portáteis, protetor solar e hidratante labial também são autorizados.

Leve uma mochila ou bolsa com tudo o que você precisa.

Leve uma mochila ou bolsa com tudo o que você precisa.

É recomendável levar algo para comer. O evento só permite a entrada com frutas cortadas e alimentos industrializados e lacrados. Há várias opções para alimentação no Lolla, como pizza, hambúrguer, espetinhos, churros, etc. O cardápio ainda será divulgado pela produção, mas é importante saber que o preço é “salgado”. Em 2019, a fatia de pizza custava R$ 18. Leve alguns lanches se quiser economizar e também para evitar algum perrengue.

 

O que não levar

A lista de itens proibidos é bem extensa. Preste bastante atenção, já que todos os objetos não permitidos serão jogados fora. Você não pode levar: garrafas; latas; bebidas; utensílios de armazenagem; embalagens rígidas com tampa; capacetes; cadeiras ou bancos; armas de fogo e armas brancas; objetos pontiagudos, cortantes e/ou perfurantes; correntes e cinturões; fogos de artifício; objetos de vidro; câmeras fotográficas ou filmadoras profissionais ou com lente destacável; cartazes feitos com papelão grosso e/ou fixados a madeira; canudos rígidos; animais (exceto cães de assistência, identificados e acompanhados de pessoa com deficiência visual); bastão para tirar foto; guarda-chuva; substâncias inflamáveis; corrosivas e ou tóxicas; revistas, jornais e livros.

 

O que vestir

Use roupas leves e confortáveis a fim de curtir o festival com tranquilidade. Coloque um sapato adequado para andar bastante – geralmente tênis é a melhor escolha. O clima provavelmente estará ameno na data, então pode ser uma boa ideia ir de calça comprida. Caso você seja uma pessoa que sente bastante calor, o short também é uma opção.

Usar um tênis confortável é uma ótima escolha.

Usar um tênis confortável é uma ótima escolha.

De maneira geral, a maior dica é colocar um look que faça você se sentir bem e não cause nenhum incômodo ao longo do dia.

Não se esqueça de passar protetor solar.

 

Lolla Cashless

Tanto o acesso quanto o consumo no evento são feitos com a pulseira Lolla Cashless. A produção do Lollapalooza disponibilizará um link para colocar créditos no item, que são usados para comprar alimentos, como também souvenirs. Dinheiro e cartões não serão aceitos. No entanto, não saia sem “nada” na carteira, visto que será necessário pagar o transporte e pode ser que você queira comprar algo no caminho.

Caso seus créditos de telefone acabem, será possível recarregar o aparelho durante os shows. Se sobrarem créditos ao fim do festival, você receberá o valor de volta.

 

Protocolos de saúde

As medidas de segurança contra a Covid-19 no Lollapalooza serão conforme o protocolo definido pelo Governo de São Paulo. Atualmente, as medidas são disponibilizar álcool em gel e exigir o uso de máscara e apresentação do comprovante de vacina. Todas as informações oficiais serão divulgadas próximas à data do festival. Acompanhe o perfil do Instagram do evento para não perder nenhuma atualização.

Agora que você já está por dentro de todas as dicas para aproveitar o Lollapalooza, não se esqueça de garantir sua passagem aérea e sua hospedagem com a 123milhas!