Jalapão

Jalapão

Viajar ao Jalapão, no Tocantins, é fazer uma imersão às paisagens espetaculares e vivenciar uma experiência única em meio à natureza. Localizado no extremo leste do estado, a região é um encanto e proporciona registros deslumbrantes. Planeje sua viagem com turismo no Jalapão: guia de viagem

 

Você vai ler sobre


Conheça o Jalapão

A cerca de 150 km de Palmas, capital do Tocantins, o Jalapão não é uma cidade, como alguns viajantes pensam, mas um conjunto que agrega cinco áreas de preservação natural. 

O Parque Estadual do Jalapão, por exemplo, é uma unidade de conservação com mais de 150 mil hectares que reservam atrações turísticas para todos os gostos. O território do destino está distribuído entre os municípios Mateiros, São Félix do Tocantins, Novo Acordo e Ponte Alta do Tocantins. 

Águas cristalinas, cachoeiras, mirante, pôr do sol, cânions e esportes radicais são alguns dos atrativos destinados ao turismo local. A origem do nome Jalapão vem da flor Jalapa-do-Brasil, que pode ser encontrada por todo território. Aliás, as raízes da planta têm propriedades terapêuticas para fins medicinais. 

Viajar para o Jalapão pode ser a oportunidade de conhecer novos lugares, estar em contato com a natureza e apreciar momentos singulares. O Conexão123 reuniu os principais pontos turísticos e informações para uma viagem inesquecível. 

Turismo no Jalapão: guia de viagem | Dunas no Jalapão | Conexão123

Dunas douradas de mais de 40 m integram o turismo no Parque Estadual do Jalapão, em Tocantins

 

Turismo no Jalapão

A viagem para o Jalapão é repleta de lugares imperdíveis para os visitantes que desejam ter uma experiência completa e única. Por isso, montar um guia de viagem pode ser ideal para você aproveitar melhor e curtir todos os atrativos turísticos. 

 

Os turistas mais aventureiros também podem praticar o ecoturismo na região. Afinal, o destino permite contato com a natureza, aventura, descanso e relaxamento. Separamos alguns lugares interessantes, entre eles os fervedouros, a Cachoeira da Formiga, as Dunas do Jalapão, o Cânion Sussuapara e a Pedra Furada. 

 

Fervedouros

Os fervedouros são nascentes de rios subterrâneos e formam poços com águas cristalinas que brotam das areias brancas. Devido ao fenômeno natural de ressurgência, pressão natural da subida da água, os visitantes podem apreciar um banho refrescante e sentir-se como se estivessem flutuando.

 

Há dezenas de fervedouros por toda a extensão do Parque Estadual do Jalapão, mas os principais são o Fervedouro do Ceiça e o Fervedouro do Soninho. Aproveite para se divertir e tirar muitas fotos nesses pequenos oásis naturais em meio à vegetação local. 

 

Cachoeira da Formiga

A cor verde-esmeralda da cachoeira da Formiga encanta os turistas que exploram as atrações do Jalapão. Localizada nas imediações de Mateiros, as águas do local formam uma piscina natural após a deslumbrante queda d’água. É possível mergulhar e contemplar a paisagem, além de sentir a areia branca que cobre o fundo do ambiente. 

 

Dunas do Jalapão

Situadas também na cidade de Mateiros, as dunas do Jalapão receberam o título de deserto brasileiro. As areias douradas chegam a até 40 m de altura e reservam um lugar incrível para apreciar o pôr do sol. Aliás, lá do alto é possível observar os córregos que cercam a Serra do Espírito Santo. O ponto turístico pode ser visitado durante o dia e garante fotografias únicas aos viajantes. 

 

Cânion Sussuapara

A natureza como ela realmente é! O grande charme do Cânion Sussuapara são os aspectos naturais. Por todo trajeto, o visitante aprecia as paredes com musgos e plantas. Além disso, há uma queda d’água de cerca de 5 m. 

Apesar de ser um atrativo de visitação rápida, vale a pena conferir de perto os detalhes. Situado a 12 km de Ponte Alta do Tocantins, é destinado para quem gosta de adrenalina e aventura. 

 

Pedra Furada 

A Pedra Furada está localizada dentro de uma propriedade particular a cerca de 35 km de Ponta Alta do Tocantins. O ambiente é procurado pelos registros deslumbrantes e por propiciar um pôr do sol estonteante. Para alcançar a parte mais alta do ponto turístico, é preciso fazer uma trilha de dez minutos, por isso a dica é ir de tênis, já que o terreno é relativamente instável. 

Outros lugares integram o guia turístico no Jalapão, afinal é o destino ideal para contemplar a natureza. Separamos mais alguns para você incluir em seu roteiro:

  • Mirante do Cerrado
  • Borda Infinita
  • Cachoeiras do Brejo Limpo e da Velha
  • Lagoas do Japonês e da Serra
  • Rio Azuis
Turismo no Jalapão: guia de viagem | Pedra Furada no Jalapão | Conexão123

A Pedra Furada no Jalapão conta com um esplendoroso pôr do sol

 

Quando ir ao Jalapão

A temperatura média anual no Jalapão é de 30º C e o calor sempre reina por lá. Portanto, é um destino para ser apreciado durante todos os dias do ano. Alguns períodos podem ser melhores para a visita à região, por exemplo, de maio a setembro é a temporada de seca, e de outubro a abril é a época das chuvas, o que pode atrapalhar alguns passeios. 

Já a temperatura das águas dos fervedouros e das cachoeiras é sempre agradável e ajuda a refrescar o turista no verão. Para evitar filas e muitos visitantes ao mesmo tempo, evite viajar no período de férias e feriados prolongados.  

De maio a julho pode ser considerada a época ideal, já que o clima é seco, mas a baixa umidade não atrapalha. Além disso, a vegetação estará verde, as cachoeiras terão um bom volume e o pôr do sol será maravilhoso. Aposte em roupas leves e confortáveis na hora de arrumar as malas e embarcar para o paraíso chamado Jalapão

 

Como chegar ao Jalapão

Palmas, capital de Tocantins, é a cidade mais próxima que recebe voos diretos de Brasília, Goiânia e São Paulo. De outros locais do país, é preciso fazer conexão aérea para chegar até o município. Após o pouso, a viagem segue de carro até Ponte Alta do Tocantins, principal porta de entrada para o Jalapão. Ao todo, são 195 km de estrada asfaltada, entre as rodovias TO-050 e TO-255.

Outra opção saindo da capital é percorrer até Novo Acordo pela BR-010 e depois seguir pela TO-020. Já até Mateiros, local da maioria dos atrativos turísticos, é por meio da TO-255 saindo de Ponte Alta do Tocantins. Ou, então, a partir da cidade de Novo Acordo, utilizar as rodovias TO-030 e a TO-255. 

A locomoção por Jalapão é ideal ser feita com veículos 4x4, devido ao terreno de solo arenoso. Aliás, a orientação é viajar com guia pelas estradas que têm poucas placas, e a maioria dos pontos turísticos é de difícil acesso. Aos viajantes que desejam chegar ao destino final pelas estradas nacionais, é possível visitar o Jalapão saindo de qualquer estado brasileiro. 

Turismo nom Jalapão: guia de viagem | Piscina natural no Jalapão | Conexão123

Em meio à biodiversidade local, os turistas encontram piscinas naturais para um refrescante mergulho em águas verdes-esmeraldas

 

Quanto custa viajar para o Jalapão

O custo da sua viagem ao Jalapão dependerá da escolha do meio de transporte, época do ano, hospedagem e atrativos escolhidos para conhecer. Partindo de São Paulo, o voo até Palmas tem duração média de 2 horas e 20 minutos, e fora da alta temporada os preços estão a partir de R$ 2.174 (ida e volta), sem escala.

A gastronomia é mais um quesito que merece importância, pois além de contribuir com o valor final, é repleta de delícias caseiras. Já garanta seu checklist gastronômico de onde comer no Jalapão. 

Aproveite também para decidir o que fazer no Jalapão: pontos turísticos e passeios antes de embarcar para essa belíssima aventura. 

O turismo no Jalapão: guia de viagem apresentou aos viajantes diversos detalhes sobre o destino que reúne atrações turísticas e muito lazer. A próxima etapa é concretizar os planos de conhecer a região que conquista a todos. 

Conte com a 123milhas para garantir pacotes de viagem, hotéis e voos em um só clique!

RESPOSTAS123

Viajar para o Jalapão agrega diversos pontos fundamentais que influenciam no preço final. Por exemplo, o aeroporto mais próximo é o de Palmas. Partindo de São Paulo, o voo até Palmas tem duração média de 2 horas e 20, e fora da alta temporada os preços estão a partir de R$ 2.174 (ida e volta), sem escala. Além disso, os atrativos turísticos, hospedagem, alimentação e aluguel de carro são outros paralelos para pesquisar. Mas a visita ao Jalapão vale cada minuto!

O custo-benefício é sempre válido ao programar uma viagem. Se você deseja economizar e conhecer o Jalapão, conte com o guia de viagem da 123milhas para planejar com antecedência.

O Jalapão é um destino perfeito para o ano todo, porém de maio a julho pode ser considerado o período ideal, já que o clima é seco, mas a baixa umidade não atrapalha.

Com tantas atividades e lugares para explorar, quanto mais tempo você puder ficar no Jalapão, será melhor, mas a partir de dois dias já é possível conhecer o parque. Se você não tem muito tempo para a estada na região, veja o guia de viagem do Conexão123 para fazer seu roteiro antes de embarcar.