Lugares para conhecer

Turismo em terras indígenas: três destinos no Brasil para conhecer

O turismo em terras indígenas tem um grande espaço dentre as iniciativas de viagem voltadas para aproximar os viajantes das comunidades e do contexto cultural dos destinos que visitam, principalmente num país como o Brasil, em que os povos originários foram decisivos para a criação da identidade nacional.

Em 9 de agosto, é comemorado o Dia Internacional dos Povos Indígenas. A criação da data comemorativa, em 1995, pela Organização das Nações Unidas (ONU) tem como objetivo assegurar condições de existência dignas aos povos indígenas de todo o mundo, sobretudo no que se refere aos seus direitos à autodeterminação, bem como a garantia aos direitos humanos.

Sendo assim, o Conexão123 indica reservas indígenas para visitar, de maneira responsável, em três diferentes estados: Mato Grosso, Bahia e Amazonas. 

Você vai ler sobre

O que é turismo em terras indígenas?

O turismo em terras indígenas é uma prática que engloba um conjunto de atividades que visam integrar o turismo étnico, comunitário e sustentável. Vamos entender melhor cada um desses conceitos:

O turismo étnico é uma vertente do turismo cultural e refere-se às atividades relacionadas com vivência e experiências, tendo como foco o contato direto com o modo de vida de diferentes grupos étnicos, como, por exemplo, os povos originários.

Já no turismo comunitário o protagonismo está inteiramente na comunidade, sendo que o objetivo é gerar vantagens coletivas, promovendo a troca de saberes entre os turistas e os grupos locais.

Por fim o ecoturismo, que parte do turismo sustentável, que é a reunião de práticas que incentivam a conservação do patrimônio natural e cultural.

Ao visitar reservas indígenas no Brasil, da forma adequada e indicada pelos órgãos de preservação da cultura, alguns benefícios são proporcionados ao destino:

  • Movimenta alguns segmentos econômicos, auxiliando as aldeias indígenas
  • Propicia a inclusão social e diminui as desigualdades sociais
  • Estimula a conservação do patrimônio cultural e natural das localidades
  • Valoriza os costumes milenares e o intercâmbio cultural

Dessa forma, quando o turismo em terras indígenas é realizado de forma responsável, existem muitos pontos positivos, tanto para os povos visitados quanto para os visitantes. 

Destinos para turismo em terras indígenas no Brasil

Antes de começar o turismo em terras indígenas no Brasil, é necessário se  atentar previamente a alguns pontos:

  • Feche seu passeio com uma agência de turismo
  • Peça autorização antecipadamente
  • Coloque todas as suas vacinas em dia e apresente comprovação
  • Certifique-se de que sua visita é de conhecimento do cacique
  • Respeite as tradições e os rituais, não interfira

Agora, vamos conhecer três reservas indígenas para visitar no Brasil, durante suas viagens aos estados do Mato Grosso, Bahia e Amazonas.

Turismo em terras indígenas: Parque Nacional do Xingu (MT)

O Parque Nacional do Xingu está localizado na porção nordeste do estado do Mato Grosso, no sul da Amazônia brasileira. São mais de 2,6 milhões de hectares que abrigam uma enorme biodiversidade, o que o torna uma das maiores reservas indígenas da América Latina.

Quando trata-se dos povos originários que habitam a região, o parque é lar de 16 etnias, sendo elas:  Aweti, Ikpeng, Kaiabi, Kalapalo, Kamaiurá, Kĩsêdjê, Kuikuro, Matipu, Mehinako, Nahukuá, Naruvotu, Wauja, Tapayuna, Trumai, Yudja, Yawalapiti.

Para visitar o Parque Nacional do Xingu, há empresas especializadas que oferecem pacotes turísticos para vivências dentro do parque. O roteiro tem geralmente quatro dias e permite conhecer, por exemplo, a aldeia dos Waurá e Trumai, onde os visitantes são recebidos pelos índios e assistem a danças e rituais, aprendem sobre histórias e lendas indígenas, além de participarem do cotidiano da aldeia.

Saindo de Cuiabá, o trajeto até o Parque Nacional do Xingu, geralmente, é feito por mais de um meio, como: carro e transporte fluvial. Chegando lá, a visita deverá ser mediada por um guia que conheça bem o território e os costumes locais. 

Turismo em terras indígenas | Parque Nacional do Xingu | Conexão123

O Parque Nacional do Xingu, localizado no estado do Mato Grosso, é um dos destinos mais visitados em se tratando de turismo em terras indígenas

Para o início do passeio, considere se hospedar na capital de Mato Grosso, Cuiabá, em um hotel como o Mato Grosso Palace Hotel, situado entre as principais avenidas da cidade (Av. Presidente Getúlio Vargas e Av. Isaac Póvoas). 

São 136 apartamentos equipados, com itens necessários para uma estada confortável. Além disso, a hospedagem em Cuiabá ainda dispõe de um restaurante, o Alavanca de Ouro, com opções de café da manhã, almoço e jantar. 

Turismo em terras indígenas: Reserva Indígena Pataxó da Jaqueira, Porto Seguro (BA)

A Reserva Indígena Pataxó da Jaqueira está situada a pouco mais de 10 km do centro de Porto Seguro, uma das cidades da Bahia muito procurada por turistas de diversos cantos do país. 

Em termos de preservação, a reserva é um dos lugares mais importantes para o povo Pataxó. Trata-se de um oásis de pouco mais de 800 hectares, contendo Mata Atlântica conservada, ideal para viagens regenerativas. Lá, vivem 34 famílias, que mantêm os costumes tradicionais. 

Participar de cerimônias festivas, como a de casamento, chamada Kãdemãvey, imergir-se no cotidiano das famílias e fazer trilhas pelos arredores são atividades possíveis a quem visita o destino. As vivências ocorrem mediante agendamento prévio e pagamento e podem durar de algumas horas até alguns dias, com pernoites na aldeia.  

O endereço é Rua do Telégrafo, 4728 – 5136, Porto Seguro (BA), abre de segunda a sábado, das 8h às 15h, sendo que os horários podem variar sem aviso prévio. Por isso, consulte antecipadamente antes de marcar seus passeios. 

Turismo em terras indígenas | Reserva Indígena Pataxó da Jaqueira | Conexão123

A Reserva Indígena Pataxó da Jaqueira é um dos lugares possíveis de visitar, localizada em Porto Seguro (BA) | Foto: Esse Mundo é Nosso

Para curtir o turismo local com o máximo de conforto, você pode se hospedar em Porto Seguro, como na Pousada do Coco, localizada a 500 m de distância da Passarela do Álcool, um dos principais pontos turísticos do município baiano. A hospedagem é uma ótima opção para aqueles que desejam estar em contato com a natureza em todos os momentos da viagem.

Turismo em terras indígenas: Reserva São João do Tupé, Manaus (AM)

A Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé fica localizada na comunidade São João, ao longo do Rio Negro, a uma distância de aproximadamente 25 km de Manaus, capital do estado. 

Por lá, é possível visitar a Aldeia Tupé, lar de etnias indígenas muito importantes na região, como os Tatuyos, os Tuiucas e os Dessana. O acesso só pode ser feito por transporte fluvial. O lugar costuma ser ponto de parada dos principais passeios de barco saindo de Manaus em direção à floresta. 

A Praia do Tupé, um dos principais pontos turísticos para colocar na lista de o que fazer em Manaus, fica dentro dessa importante área de preservação. Vale a pena incluir a visita em um pacote com outros passeios.

É possível também ir de barco a partir da Marina do Davi, a 1 quilômetro do Hotel Tropical, na Ponta Negra. Informe-se antes sobre os horários de saída.

As vivências na reserva incluem uma visita a uma oca, espetáculos de danças e rituais típicos, além da culinária tradicional. 

Turismo em terras indígenas | Praia do Tupé | Conexão123

A Praia do Tupé fica dentro da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé | Foto: Semcom/Divulgação

Para curtir o passeio com o máximo de conforto, pense em lugares para se hospedar em Manaus, como o Búri Resort, uma alternativa de hotel com piscina, na capital do estado. 

São 55 apartamentos, equipados com elementos que garantem conforto e tranquilidade à sua viagem. Além disso, o local dispõe de playground, sala de jogos, academia, complexo aquático Hope Bay Park e muito mais.

Gostou das dicas para praticar o turismo em terras indígenas? Conte com a 123milhas para planejar e realizar sua viagem dos sonhos!