Guia turístico

Bom, bonito e barato: Viagem com economia e qualidade

Viajar é bom, mas viajar gastando pouco é melhor ainda! É possível ter férias com experiências maravilhosas economizando bastante. Ainda mais quando vivemos em um país repleto de belezas naturais como o nosso. Bom, bonito e barato: Viagem com economia e qualidade! Confira com a 123milhas três lugares baratos para viajar no Brasil e as principais dicas de como planejar os roteiros.

 

Para onde viajar gastando pouco?

Belezas naturais, praias ou cidades históricas? Não importa a sua preferência, é possível conhecer todos os tipos de lugares gastando pouco. Descubra como viajar barato pelo Brasil com nossas dicas de passeios variados em três destinos turísticos incríveis.

 

Arraial do Cabo 

A pequena e mega fotogênica cidade de Arraial do Cabo fica localizada na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. É um dos destinos perfeitos no Brasil para quem quer curtir uma praia paradisíaca sem gastar muito dinheiro.

Se você já viu algumas imagens do local, deve ter ficado impressionado com o mar limpinho, ostentando infinitos tons de azul. O oceano é realmente a grande estrela desse destino, ideal para quem quer relaxar com o pé na areia. 

As belas cores do mar de Arraial do Cabo. Não é à toa que alguns chamam a praia de Caribe Brasileiro

Organizar uma viagem para Arraial é relativamente simples, e o melhor de tudo, pode ser bastante econômico. As principais atrações que você vai encontrar por lá são as praias. Caminhando por poucos minutos do centro do município, você chega à Praia Grande, uma das mais badaladas da região. Sua faixa de areia tem cerca de 40 quilômetros e só termina em Saquarema.

Por conta de sua extensão, essa praia é boa para todos os gostos. Tem pontos mais agitados, onde a galera pratica esportes aquáticos e outras atividades como vôlei e slackline; e áreas mais tranquilas, que ficam praticamente desertas.

Além de extensa, a Praia Grande também possui largas faixas de areia

Existem muitas outras praias boas para curtir na região. A Praia dos Anjos também está bem próxima do centro e reúne uma série de atrações para os turistas. A começar por seu próprio cenário bucólico, que costuma ficar cheio de barcos dos pescadores locais. Além disso, escondida no final de sua orla fica a trilha que leva a um dos principais cartões postais da cidade: a Praia do Forno.

Para chegar na Praia do Forno é preciso percorrer uma trilha um pouco íngreme, que dura cerca de 20 minutos. Outro jeito de chegar lá é pegar um barco-táxi, mas essa opção vai te fazer gastar dinheiro e não é isso que a gente quer, não é mesmo? E o esforço da subida é logo recompensado pelo belo cenário da enseada. 

Com uma faixa de areia branca e cercada por uma vegetação exuberante, essa praia é ótima para passar o dia. Também é um lugar excelente para mergulhar, então leve seu equipamento de snorkeling para lá para não perder nada.

Visual da Praia do Forno, cercada por uma vegetação intensa

Outra atração que também sai da Praia dos Anjos é o passeio de barco de Arraial do Cabo, que leva os turistas para conhecer as prainhas da região, além do principal ponto turístico da cidade: a Praia do Farol. Ela só é acessível de barco, então mesmo que esse passeio gaste um pouco mais de dinheiro, recomendamos realizá-lo ao menos uma vez durante a sua estadia.

Mas porque a Praia do Farol é tão importante? Essa pergunta você pode fazer para o INPE, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, que a classificou como uma das praias mais perfeitas do país. Ela é uma das que mais segue os padrões de pureza da água, qualidade da areia e paisagem.

Sua orla é cercada por uma área verde superpreservada e com importância histórica. Afinal, uma das árvores que existe até hoje, marcando o centro da praia, foi mencionada na carta náutica escrita por Américo Vespúcio nos anos de 1500.

Por conta de tudo isso, vale mencionar que o acesso é restrito, de forma que apenas 250 visitantes podem permanecer a cada 45 minutos. Então não vá esperando passar o dia inteiro nesse paraíso.

A Praia do Farol fica em uma ilha protegida pela Marinha brasileira

O passeio de barco tem duração aproximada de 4 horas, e ainda passa por outros pontos turísticos, como a Gruta Azul e as Prainhas do Pontal do Atalaia. A voltinha custa R$ 100 por pessoa.

Arraial do Cabo costuma ser conhecida por ter preços acessíveis.  A maior parte das acomodações, restaurantes e comércios em geral são bem simples, e os valores não costumam ser tão altos assim.

Para chegar em Arraial sem gastar muito dinheiro, você pode pegar um avião direto para o Rio de Janeiro. Até existe um aeroporto em Cabo Frio, mais próximo da região, mas os voos para lá são bem limitados e acabam ficando mais caros. Da capital fluminense é possível alugar um carro ou comprar uma passagem de ônibus para percorrer os 165 quilômetros que separam a cidade maravilhosa desse destino.

 

Ouro Preto 

Viajar barato é possível em Ouro Preto. Tombada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, a cidade guarda um conjunto arquitetônico de estilo barroco sem igual no país. 

A 100 quilômetros de Belo Horizonte, é um ótimo destino para conhecer o passado do Brasil; apaixonar por uma cultura pulsante que alia modernidade e período colonial; relaxar na natureza e provar a deliciosa comida mineira.

Percorra as ladeiras do Centro Histórico de Ouro Preto, onde estão igrejas, museus e casarões coloniais, que abrigam hotéis, ateliês e lojas de pedras preciosas

O acesso rápido e fácil por rodovia, a partir da capital mineira, é um dos motivos que faz de Ouro Preto um dos lugares baratos para viajar. Para chegar lá, você pode desembarcar no aeroporto de Confins e optar por alugar um carro para circular na região. Saiba quais são as melhores hospedagens em Ouro Preto com bom custo-benefício. 

Comece a visita caminhando no centro histórico de Ouro Preto. O tour clássico inclui conhecer a Igreja de São Francisco de Assis, projetada com fachada de Aleijadinho e o interior pintado pelo Mestre Ataíde. Além de espaço para professar a fé, o tempo é uma verdadeira relíquia do século XVIII. 

Inclua o Museu da Inconfidência, a Casa dos Contos e a Casa de Tomás Antônio Gonzaga no seu roteiro. O preço da entrada nesses monumentos variam de R$ 5 a R$ 20. A Igreja Matriz Nossa Senhora do Pilar é imperdível. Apenas o altar tem  mais de 400 quilos de ouro no interior da construção. 

O Museu da Inconfidência conta como era a vida em Ouro Preto entre os séculos XVIII e XIX, com um importante acervo da história do Brasil

Mergulhe dentro de uma antiga mina de ouro de propriedade de Chico Rei, um escravo que teria conquistado sua alforria, enriquecido e se tornado o único negro a possuir uma mina no período colonial. 

Outro passeio subterrâneo em Ouro Preto engloba a Mina da Passagem, que liga a cidade histórica a Mariana, com diversos túneis e trilhos. O lugar, talhado pelas mãos dos escravos, conta com um santuário improvisado para Santa Bárbara – padroeira dos mineiros. Guias também oferecem mergulho de cilindro em um lago subterrâneo, formado em uma área inundada. 

É possível fazer um percurso ao longo dos 8 quilômetros de extensão da  Mina do Chico Rei, entre 175 galerias abertas

 

Foz do Iguaçu 

Todo mundo deveria ter a oportunidade de viajar para conhecer o conjunto de quedas d’água mais extenso do mundo: as Cataratas do Iguaçu. A boa notícia é que o passeio até esse lugar, que é considerado uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza, pode ser bem acessível.

As Cataratas do Iguaçu tem uma extensão de 2.700 metros, dos quais 1.900 ficam na Argentina e 800 no Brasil

O ponto turístico fica na fronteira entre Brasil e Argentina. O acesso do lado brasileiro é feito pela cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. O município possui um Aeroporto Internacional que recebe voos diários de diversas partes do Brasil. É possível encontrar passagens abaixo dos R$ 1000.

Se você vai viajar até lá, é claro que um dos passeios essenciais do roteiro inclui a visita às cataratas. Formadas por um conjunto de mais de 270 quedas de 40 a 80 metros de altura, elas ficam localizadas dentro do Parque Nacional do Iguaçu

São aproximadamente 185 mil hectares no lado brasileiro da reserva. Além disso, ela abriga uma espécie de santuário, com mais de 250 espécies de árvores e uma imensidão de animais que vivem na área. O ingresso no parque pelo território brasileiro custa cerca de R$ 60, e nós prometemos que essa será a entrada mais cara de todos os passeios que vamos sugerir para a sua viagem econômica.

O caminho construído no Parque Nacional do Iguaçu leva os turistas para contemplar as cataratas bem de pertinho

Com uma área preservada tão gigantesca, a região é um pólo do ecoturismo. Por isso, existem muitos atrativos voltados às belezas naturais do local. O Refúgio Biológico Bela Vista é um deles. O espaço realiza um trabalho de conservação da fauna e da flora locais, e abriga cerca de 172 animais de 50 espécies diferentes, entre répteis, anfíbios, aves e mamíferos. Você pode visitá-lo por cerca de R$ 30.

O Ecomuseu fica no Complexo Turístico da Itaipu e também está voltado à preservação da natureza. Ele conta a história da região por meio de cenários imersivos, exposições fixas e temporárias, totens e uma maquete de piso. Possui um acervo botânico com mais de 900 espécies e um acervo zoológico com animais taxidermizados nativos da fauna regional. A entrada no complexo custa cerca de R$ 20. 

A maquete de piso é uma das atrações do Ecomuseu

Por atrair visitantes de todas as partes do mundo, a cidade de Foz do Iguaçu dispõe de muitos pontos turísticos interessantes. Como, por exemplo, alguns belos templos religiosos, que possuem acesso gratuito.

A mesquita muçulmana Omar Ibn Ai-Khatab foi construída em 1981 e realiza alguns tours guiados. Há, também, um Templo Budista, o maior de toda a América Latina. O local dispõe de belos jardins e cerca de 120 estátuas, entre elas uma enorme de Buda de 7 metros de altura.

O Templo Budista Chen Tien foi construído em 1996 por comunidades chinesas

 

Como viajar barato?

É claro que a escolha do destino impacta bastante nos valores de seu passeio, mas existem algumas dicas universais para quem quer fazer uma viagem barata. Veja nossas sugestões para que você possa economizar bastante, independentemente do local que quer visitar:

  • Fuja da alta temporada: geralmente, os meses de dezembro a fevereiro, que marcam as férias escolares, costumam atrair muitos turistas para diversas regiões do país. O mesmo acontece durante o mês de julho e alguns feriados prolongados. Se puder, evite viajar nessas épocas, pois os preços tendem a ficar mais salgados
  • Programe sua viagem com antecedência: quanto mais tempo você tiver para pesquisar sobre o seu destino, mais opções econômicas vai encontrar. Além disso, já vai chegar lá sabendo tudo o que precisa para otimizar tempo e dinheiro
  • Se for para o exterior, faça um seguro-viagem: à primeira vista, essa dica pode soar estranha, afinal de contas ela custa dinheiro. Mas acredite, receber qualquer assistência extra fora do país é bem mais caro do que o preço que você paga para se prevenir. E existem opções super em conta para esses seguros. Faça sua cotação com a 123milhas
  • Seja esperto na hora de se alimentar: não é para passar a viagem inteira à base de fast-food, mas buscar por experiências gastronômicas requintadas em todas as refeições vai encarecer bastante a sua viagem. Tente frequentar restaurantes mais distantes de regiões turísticas e aposte em um café da manhã reforçado, seja oferecido pelo hotel ou preparado com produtos comprados no supermercado
  • Pense duas vezes antes de comprar: todo mundo quer levar uma lembrancinha da viagem para a casa. Mas antes de adquirir qualquer novo item, analise se você precisa mesmo dele. E faça as contas para ver quanto você pode gastar com souvenirs
  • Faça um planejamento financeiro: colocar os gastos na ponta do lápis te ajuda a ver com mais clareza a situação da sua viagem e saber quanto dinheiro você ainda tem para aproveitar o passeio. Existem aplicativos de viagem para o celular que te ajudam a fazer isso
  • Busque por um pacote de viagem: reserve as passagens de avião junto com o hotel em que você vai ficar. Comprando de maneira combinada, sua viagem pode ficar muito mais barata.

Veja mais dicas para planejar a viagem perfeita gastando pouco

Por falar em economizar, sabe quem tem os melhores pacotes e opções para a sua viagem? A 123milhas! Com seu sistema de milhagem próprio (você não precisa de ter milhas para economizar) ela consegue ofertas com até 50% de desconto para os mais variados destinos. E aí, partiu viajar e economizar ao mesmo tempo?