Maceió

Maceió

Areia branca, água do mar em tons de verde e azul, céu ensolarado e palmeiras pela orla. O apelido de “Caribe brasileiro” faz jus à paisagem paradisíaca de Maceió, capital do Alagoas. Este destino não desaponta os turistas, que aproveitam as praias, gastronomia e simpatia de um povo que recebe os visitantes de braços abertos. Quer saber mais? Vem com a gente descobrir por que você tem que ir para Maceió!

 

Praias

O principal chamariz da cidade são as praias, e isso é inegável. Com águas semitransparentes, de tom verde e azul turquesa, é uma missão impossível passar por Alagoas sem dar uma esticada nas praias de Maceió, ainda que a viagem seja totalmente a trabalho. Confira algumas das melhores praias da cidade!

 

Praia de Pajuçara

Ponto de partida das jangadas que levam os turistas às piscinas naturais, onde podem relaxar e ver diversas espécies de peixe da região, essa praia tem águas calmas e alta popularidade. Em um bom bairro, é uma das preferidas dos turistas e tem ótima estrutura. É tão bonita que até virou música de Luiz Gonzaga!

"Alagoas tem joias tão caras que meus olhos não cansam de olhar / Uma delas és tu, Pajuçara, / Praia linda engastada no mar (...)".

A Praia de Pajuçara é uma das mais frequentadas de Maceió.

 

Praia do Gunga

Paradisíaca é pouco para descrever a Praia do Gunga. Com água morna cristalina e areia branca fininha, é um lugar delicioso para passar o dia. Na parte da manhã, o mar é bem calmo, e até dá para ver alguns peixinhos nadando! Na parte da tarde, a maré sobe e o mar fica mais agitado, ideal para quem gosta de nadar com ondas.

A praia do Gunga é um paraíso para todos os gostos.

 

Praia da Ponta Verde

Muito arborizada e considerada uma das melhores praias de Maceió. Várias palmeiras compõem o cenário perfeito para relaxar e curtir as férias. É nesta praia que fica o letreiro de “Eu amo Maceió” e o farol, dois cartões postais da cidade. Na maré baixa, você consegue caminhar pela água e chegar bem pertinho do farol.

Tire uma foto com o letreiro “Eu amo Maceió”.

Aos domingos, a avenida da orla fica fechada para carros das 8h às 17h. É o momento ideal para andar de patins ou bicicleta e ainda levar as crianças para brincar.

Caminhe na água até o farol em Ponta Verde.

 

Praia do Francês

As águas calmas e mornas atraem famílias com crianças para a Praia do Francês. O mar é tão tranquilo que parece uma piscina natural. Tem ótima infraestrutura, com quiosques e restaurantes ao pé da areia, que oferecem ótimos drinks e comidas típicas. Se tiver oportunidade, não deixe de ir ao Atoatoa Beach Bar Restô. Os deliciosos frutos do bar e a cerveja gelada tornarão suas férias ainda melhores!

 

Pontos turísticos

Nem só de praias vive a capital alagoana. Para quem adora explorar a história e arquitetura das cidades, o centro histórico e suas casas coloniais valem a visita. Também há uma série de museus muito interessantes e para todos os gostos.

 

Centro histórico

O centro histórico de Maceió é o paraíso para quem gosta da arquitetura neoclássica, pois é o estilo predominante da região.
Um dos pontos mais importantes é a Igreja Nossa Senhora dos Prazeres, também conhecida como Catedral Metropolitana de Maceió. O santuário é em homenagem à padroeira da cidade e foi inaugurado em 1859. O evento foi muito importante e contou com a presença do rei Dom Pedro II e sua esposa, Tereza Cristina. Por essa visita ilustre, é conhecido como “templo imperial”. Chique demais!

Dom Pedro II foi à inauguração da Catedral Metropolitana
Créditos: Catedral Metropolitana de Maceió

Outro importante local sagrado é a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Foi construída pela Irmandade de mesmo nome, composta apenas por pessoas negras. Começou como uma pequena capela, que aos poucos foi reformada e virou um belo templo. Um dos destaques é a torre, cujo topo é revestido de cacos de prato azul.

Não deixe de dar uma passada no Teatro Deodoro. Foi fundado em 1919 e tem capacidade para 650 pessoas. Continua sendo usado para diversas apresentações artísticas. A programação é muito rica e está presente no site do teatro. Mesmo que não for assistir nada, compensa ir apreciar a bela arquitetura.

O Teatro Deodoro chama atenção pela arquitetura.
Créditos: Teatro Deodoro

 

Museus

Há muitos museus em Maceió, então é bom já planejar o roteiro! Um dos principais é o Museu Théo Brandão, que fica em um casarão bem charmoso do bairro Jaraguá. É considerado a maior referência da cultura popular do estado, por ter muitas fotografias, literatura de cordel, discos, filmes sobre manifestações culturais, dentre outros. Os materiais foram doados pelo professor e folclorista Theotônio Brandão Vilela, que doou sua coleção à Universidade Federal de Alagoas. O acervo também conta com peças de cerâmica, quadros, adereços, esculturas, bordados e outros elementos da cultura e folclore do estado.

O Museu Théo Brandão tem grande acervo sobre o folclore de Maceió.

 

O Museu Palácio Floriano Peixoto é a antiga sede do governo de Alagoas. Durante a visita, você pode ver a mobília, a prataria e objetos decorativos dos séculos XIX e XX. Além disso, há vários quadros de pintores do estado, como Rosalvo Ribeiro e José Zumba.

Outro que você não pode deixar de visitar, principalmente se gostar de arte sacra, é o Museu de Arte Pierre Chalita. O acervo é composto por parte da coleção particular do pintor Pierre Chalita, que também foi professor e colecionador. As peças incluem pinturas, esculturas, objetos decorativos, sendo a maioria da arte sacra brasileira, e algumas de origem europeia. Algumas pinturas de Pierre também estão expostas no museu.

 

Arte e Cultura

Maceió consegue traduzir bem todo o folclore do estado alagoano, com manifestações diversas dessa cultura, por meio de folguedos como Reisado e Coco de Roda.

O Reisado acontece entre os dias 24 de dezembro e 6 de janeiro. Com muita música e dança, os participantes vão de porta em porta anunciar o nascimento de Jesus e homenagear os Reis Magos. Os instrumentos musicais, como viola, cavaquinho, acordeon, reco-reco e pandeiro são muito marcantes no Reisado.

Reisado é patrimônio imaterial de Alagoas
Créditos: Agência Alagoas

Um dos mais antigos folguedos alagoanos é o Coco de Roda, que tem raízes africanas. O ritmo é caracterizado pela cantoria e batidas de pés. É comum em festas juninas ou para celebrar acontecimentos importantes em uma comunidade. É uma dança cantada. Em círculos, as pessoas dançam em pares. O barulho do sapateado é muito característico e super contagiante.

Coco de Roda tem dança e cantoria
Créditos: Agência Brasil

 

Artesanato

O artesanato é muito forte em Maceió, então já pode deixar um espaço na mala! As rendas são muito populares, coloridas e originais. A renda filé, considerada patrimônio imaterial cultural, é uma das mais características. O bairro Pontal da Barra é considerado o point das rendeiras, onde você encontra mais opções e peças.

A renda filé é a mais popular.

As esculturas de madeira também são muito produzidas. As principais são as carrancas. Segundo a lenda, elas protegem os navegantes do Rio São Francisco. Contudo, os artistas também esculpem outras figuras. Animais e imagens religiosas são os mais buscados. Os detalhes são impressionantes, e todas são muito bem feitas. É até difícil de escolher.

Segundo a crença popular, as carrancas protegem os navegadores do Rio São Francisco dos maus espíritos.

Decorações e objetos em cerâmica também merecem destaque. Os artesãos produzem esculturas lindíssimas, e geralmente com referências ao folclore ou à cultura local. Você também encontra vasos, pratos, potes e outros objetos.

 

Feirinhas de rua

As feirinhas de rua são parada obrigatória! A de Pajuçara é uma das mais tradicionais, e onde você pode fazer compras por um preço mais acessível. São mais de 200 barraquinhas que vendem artesanato e comidas típicas. Roupas, panos de prato, esculturas, bolsas e cachaças são alguns dos artigos mais populares.

A feira Artesanato dos Guerreiros também deve estar na sua lista se você gosta de comprar lembrancinhas e conhecer a cultura local. Além de vender o artesanato típico, também é conhecida por vender roupas e acessórios de praia. Por lá você encontra biquínis, saídas de praia, chapéus e bolsas de qualidade e por preços acessíveis.

 

Gastronomia

A comida nordestina costuma ser irresistível pela mistura de texturas e temperos. Pois bem, como toda cidade litorânea, o ponto forte de Maceió são os peixes e frutos do mar. Você encontra na maioria dos restaurantes, geralmente bem frescos e com receitas criativas.

Um dos restaurantes mais populares é o Massagueirinha, próximo à praia de Pajuçara. A casquinha de siri é muito elogiada! Não deixe de experimentar.

A casquinha de siri é muito elogiada.

O Imperador dos Camarões, também em Pajuçara, é recomendadíssimo! O grande atrativo da casa é o Chiclete de Camarão. O nome é diferente, mas pode confiar! É um prato com frutos do mar e cinco queijos. De dar água na boca!

Um alimento muito popular em Maceió, que é vendido na cidade há mais de 40 anos, é o cuscuz. A base é flocão de milho com água e sal, bem simples mas que conquista todos os corações. Para comer um bom cuscuz por preço justo, a dica é ir à Bodega do Sertão. Você pode comer tanto café da manhã quanto almoço e jantar. Fica aqui uma curiosidade: o cuscuz é comido em qualquer refeição! Este restaurante fica aberto todos os dias, das 11h30 às 16h, e das 17h30 às 22h. Pode confiar que é uma delícia!

As tapiocas, principalmente recheadas com coco, também são queridinhas pelos maceioenses. São muito fáceis de achar. Você pode comer em barraquinhas de praia, vendedores ambulantes, lanchonetes e restaurantes. Reza a lenda que as tapiocas do quiosque Maria Bonita, na praia da Jatiúca, são as mais recheadas de todo o Alagoas.

Tapiocas com coco são as favoritas.

Difícil vai ser querer voltar pra casa depois de uma temporada com tantas belezas naturais, povo hospitaleiro, alegria e, claro, muito descanso. Maceió é uma das cidades do mundo onde o turista pode ter tudo – e, de preferência, ainda hoje.

Vamos planejar sua viagem? Vem descobrir mais sobre este destino com a 123Milhas e saiba tudo o que você tem que conhecer em Maceió!

RESPOSTAS123