Lugares para conhecer

Cidades na Amazônia: três municípios para passeios imperdíveis na floresta

São mais de 7 milhões de km², que se espalham por seis países e englobam 25 mil quilômetros de rios navegáveis: essa é a grandiosidade da floresta amazônica, um dos patrimônios mais importantes da humanidade. 

Para celebrar este destino surpreendente, que tem boa parte de sua área localizada no Brasil, vamos conhecer três cidades na Amazônia com passeios imperdíveis para conhecer mais sobre esse tão importante bioma. Partiu?

Você vai ler sobre

Dia da Amazônia 

Comemorado em 5 de setembro, o Dia da Amazônia tem objetivo de conscientizar a população sobre a importância da preservação da Amazônia, patrimônio natural mais valioso da humanidade

A floresta amazônica tem mais de 7 milhões de km² e engloba a grande bacia do rio Amazonas, a maior bacia hidrográfica do planeta. São 25 mil quilômetros de rios navegáveis. A área abrange seis países: Brasil, Peru, Bolívia, Equador, Colômbia e Venezuela. 

No Brasil, o conceito de Amazônia Legal foi criado em 1966 e, atualmente, inclui: 

  • Amazonas 
  • Acre
  • Pará
  • Amapá
  • Roraima
  • Rondônia
  • Mato Grosso
  • Maranhão
  • Goiás
  • Tocantins 

A Amazônia Legal abrange 59% do território brasileiro, com 5 milhões de km², distribuídos por 775 municípios. Essa área representa 67% das florestas tropicais do mundo. Se fosse um país, a Amazônia Legal seria o sexto maior do mundo em extensão territorial. Um terço das árvores do mundo estão na região, além de 20% das águas doces.

Fonte de matérias-primas florestais, minerais, medicinais e alimentares, além de ser o lar de inúmeras espécies animais, vegetais e arbóreas, a floresta amazônica é também uma das sete maravilhas naturais do mundo.

Tanto potencial também abre caminho para as atividades turísticas, principalmente as  voltadas para o ecoturismo. Agora, vamos conhecer três cidades na Amazônia com passeios imperdíveis para estar em contato com a natureza própria da floresta.

Como a maior parte da floresta amazônica está localizada no Brasil, recomendamos que as experiências comecem por lá. Em cidades como:

Cidades na Amazônia: Manaus (AM)

Manaus é uma das cidades na Amazônia mais procuradas entre os viajantes que buscam experiências imersivas na natureza. 

Há muito o que fazer em Manaus, desde conhecer o centro da cidade, com as construções históricas, até explorar passeios em meio à natureza exuberante da floresta amazônica, que é o grande atrativo turístico do destino.

Por lá, você pode observar a riqueza hídrica da Amazônia por meio do encontro do Rio Negro com o Rio Solimões, um fenômeno que foi tombado pelo IPHAN como um patrimônio natural. É possível fechar um tour de barco particular no Porto do Ceasa para navegar sobre as águas de ambos os rios. 

Cidades na Amazônia: três municípios para passeios imperdíveis na floresta | Encontro do Rio Negro com o Solimões | Conexão123

Encontro do Rio Negro com o Rio Solimões é um fenômeno tombado pelo IPHAN | Foto: Divulgação / Portal Amazônia

Além disso, ainda é possível fazer outros passeios, como, por exemplo, conhecer as comunidades que vivem na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé, localizada ao longo do Rio Negro. É ideal para vivenciar o turismo em terras indígenas brasileiras com o máximo de contato com as tradições de diferentes povos originários.

Outras atividades turísticas também podem ser realizadas na cidade ou em suas proximidades, como trilhas em meio à floresta, paraquedismo, passeios de barco, e mais.

Experimentar os sabores locais também é essencial para conhecer o que a Amazônia nos oferece de melhor, como as frutas típicas: açaí, araçá-boi, buriti, camapu, cupuaçu, graviola, entre outras. Por isso, coloque no radar passar pelos lugares para comer em Manaus

Para curtir os passeios em meio à floresta amazônica com o máximo de conforto, pense em lugares para se hospedar em Manaus com uma pegada de “resort de floresta”, como o Amazon Ecopark Jungle Lodge. Sinta-se em casa em uma das 70 suítes. Os quartos possuem varandas particulares, banheiro privativo com chuveiros e produtos de toalete de cortesia. As comodidades incluem cofres e salas de estar separadas.

Veja mais opções no conteúdo exclusivo do Conexão123: Onde se hospedar em Manaus: hotéis e pousadas!

Cidades na Amazônia: Belém (PA)

Belém, a capital do Pará, vai te surpreender, seja por conta da riqueza cultural ou das inúmeras possibilidades de contato com a biodiversidade da floresta amazônica, seja através dos temperos típicos. 

O Bosque Rodrigues Alves, localizado no Jardim Zoobotânico da Amazônia, é um dos pontos turísticos que você tem que conhecer em Belém.

Trata-se de uma área preservada com 15 hectares de floresta amazônica, 10 mil árvores de 300 espécies e pouco mais de 400 animais de diversas espécies. Uma ótima opção para ver de perto bichos como peixe-boi-da-amazônia, jacaré, jabutis, araras e macacos.

Cidades na Amazônia: três municípios para passeios imperdíveis na floresta | Bosque Rodrigues Alves | Conexão123

O Bosque Rodrigues Alves, em Belém (PA), tem cerca de 15 hectares de Floresta Amazônica

Conheça também o Museu Paraense Emílio Goeldi e o seu parque zoobotânico, uma instituição concentrada em pesquisar e difundir conhecimento científico sobre a biodiversidade amazônica. O local tem um acervo arqueológico, biológico, documental, etnográfico, mineral e fóssil, encontrado na região.

O museu está localizado na Av. Gov Magalhães Barata, 376 – São Brás, e funciona de quarta a domingo, das 9h às 15h, com fechamento da bilheteria e dos portões de entrada às 14h. Os ingressos custam R$ 3, sendo que os estudantes têm direito à meia-entrada, mediante a apresentação de Carteira de Identificação Estudantil.

Também existe a possibilidade de fazer outras atividades de turismo de aventura em meio à natureza, principalmente nos parques naturais voltados à preservação do meio ambiente, como trilhas em meio à floresta, passeios de barco, banho em rios, entre outras.

Em Belém, por exemplo, fica a Ilha do Combu, uma das 39 catalogadas da cidade. O local é conhecido pela produção de cacau e pelos passeios por igarapés situados em frente à zona urbana de Belém, a apenas 15 minutos de barco. As embarcações partem diariamente da Praça Princesa Isabel. O trajeto custa em torno de R$20.

A produção de cacau da Ilha do Combu vira matéria-prima para a produção de chocolate artesanal e colocou o destino na rota de chefs brasileiros renomados como Alex Atala. Além da visita à produção do fruto, é possível conhecer comunidades ribeirinhas, realizar caminhadas ecológicas e observar de perto a grandiosidade da floresta durante o passeio.

Outra forma de conhecer a Amazônia  é por meio de seus sabores típicos. Você tem que comer em Belém: açaí, farinhas, pratos com tucupi, frutas da região e a castanha-do-pará. Afinal de contas, a capital paraense detém o título de Cidade Criativa da Gastronomia, pela UNESCO, repleta de preparos deliciosos.

Para curtir as belezas naturais da floresta amazônica em Belém, busque hospedar-se em um dos hotéis da região, como o Radisson Hotel Belém, localizado no polo comercial da cidade, onde podem ser encontrados diversos restaurantes, bares e lojas. Além de ter fácil acesso à maioria das atividades turísticas em Belém. 

Cidades na Amazônia: Rio Branco (AC)

Em Rio Branco, capital do Acre, também existem opções de passeios na Amazônia, afinal a cidade também está localizada na maior floresta tropical do mundo e possui uma biodiversidade imensurável e de importância nacional. 

Conheça Rio Branco entre junho, julho e agosto, meses que apresentam os menores índices de chuva, e são as melhores épocas para uma viagem a um local que possui uma enorme riqueza hídrica.

Por lá, recomendamos que visite o Parque Ambiental Chico Mendes, uma das principais áreas verdes de Rio Branco, tem 57 hectares de mata preservada. Está localizado a aproximadamente 20 km do centro da cidade, então o ideal é alugar um carro para visitar o parque, que funciona de terça a domingo, das 7h às 17h, com entrada gratuita.

Outro passeio imperdível e diferentão são os voos de balão sobre as matas. Na zona rural de Rio Branco, na região da BR-364, são realizados voos tripulados em balões que suportam de dois a oito passageiros e piloto licenciado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). 

O voo dura de 40 a 60 minutos, dependendo da direção e velocidade dos ventos. O balão chega a até 100 metros de altura, de onde dá para ter uma ideia da dimensão impressionante da floresta. É possível flagrar alguns dos macacos pulando pelos galhos, aves sobrevoando o local e ainda ouvir a sinfonia da mata. Mas atenção: a programação começa bem cedo: às 4 da manhã, com retorno às 8h ou 9h, dependendo do clima. 

Cidades na Amazônia: três municípios para passeios imperdíveis na floresta | Parque Ambiental Chico Mendes | Conexão123

O Parque Ambiental Chico Mendes, em Rio Branco (AC), tem cerca de 50 hectares de mata preservada para conhecer a Amazônia | Foto: Divulgação / Letícia Rocha/Semeia

Outro ponto de visitação importante para conhecer a riqueza cultural da Amazônia é o Parque da Maternidade, na região central de Rio Branco. Lá fica a Casa dos Povos da Floresta. Vista de fora, a construção se assemelha a uma grande maloca. Em seu interior, a casa exibe uma exposição permanente do imaginário amazônico, com mitos e lendas transmitidas oralmente por seringueiros, ribeirinhos e indígenas.

Conheça também os lugares onde comer em Rio Branco e tenha uma experiência completa sobre a floresta amazônica.

Curta a Amazônia com o máximo de conforto nas hospedagens em Rio Branco, como, por exemplo, o Nobile Suítes Gran Lumni Rio Branco, um hotel localizado na Avenida Ceará, com quartos equipados para garantir o conforto da estada. Além disso, o estabelecimento dispõe de business center, academia e piscina.

Agora que já sabemos sobre três cidades na Amazônia para conhecer mais sobre a floresta, marque a sua viagem com a 123milhas e encontre condições exclusivas em hotéis, voos e muito mais.